Mastite: como descobrir e tratar?

0

Amor à beleza é gosto. Criação da beleza é arte.
( Ralph Waldo Emerson )

Mastite significa inflamação (lesão provocada por inflamação ou irritação) no tecido do seio, ela pode ocorrer em mais de um terço das mulheres que estão amamentando (dando de mamar) e quando surge logo em seguida ao parto recebe a denominação de mastite da lactação. Quando a mastite da lactação decorre de uma infecção, geralmente é causada por bactérias, apesar de infecção por fungos poderem também causar mastite. Muitos dos casos da mastite da lactação ocorrem nos primeiros três meses após o parto, podendo, porém ocorrer em qualquer tempo durante a amamentação. Quando a mastite é grave, um abscesso (coleção de pus localizada resultante de uma infecção) pode se desenvolver no seio afetado.

Sintomas da mastite da lactação

Febre

Área vermelha no seio, normalmente bem delimitada e endurecida.

Seio quente e dolorido

Dor durante a amamentação (pode também ser causada por assaduras ou fissuras nos mamilos sem mastite)

Fatores de risco para o desenvolvimento da mastite

Mastite em gravidez anterior

Mamilos dolorosos ou com rachaduras

Fazer uso de somente uma posição para amamentar de forma que ambos os seios não se esvaziem por inteiro.

Tratamento da Mastite

Continue a amamentar e use várias posições para amamentar de forma a esvaziar os dois seios por completo ou pelo menos esvaziar um seio em cada mamada.

Esvazie completamente o seio afetado mesmo que por expressão manual.

Compressas mornas ou banhos quentes.

Aumente a ingestão de líquidos.

Repouse no leito

Medicação para a dor se necessário

Antibióticos se prescritos por seu médico

Se você pensa que tem mastite, procure seu médico, na maioria dos casos seu tratamento é extremamente simples, não impedindo que a amamentação possa continuar a ser realizada. Portanto a mãe pode continuar sua amamentação sem problemas, pois sabemos que a mastite não irá afetar o seu recém – nascido.

A mastite pode ocorrer em mulheres mais velhas que não estejam amamentando, nesses casos recebe o nome de mastite periductal. O que ocorre é que os ductos de leite perto do mamilo se tornam inflamados, causando dor no seio. Existe também uma massa no seio perto do mamilo, retração do mamilo ou saída de liquido pelo mamilo.

Como o câncer de seio também pode ser causa destes sintomas é importante que você consulte seu médico se apresentar algum destes sintomas.É bom relembrar que o tratamento da mastite periductal pode incluir antibióticos, anti-inflamatórios e calor local, mas à depender da sua severidade pode ser necessário o uso da cirurgia para drenagem e/ou reconstrução estética da área afetada.

Existe uma forma de câncer de seio chamado câncer de seio inflamatório que pode ser confundido com a mastite. Como o câncer de seio inflamatório cresce rapidamente, é muito agressivo e mortal, deve ser diagnosticado o mais cedo possível. A febre geralmente ocorre na mastite, porém raramente com o câncer inflamatório de seio.

Mãe: procure sempre seu médico ao menor sinal de inflamação!

É bom para você, e muitíssimo melhor para o seu bebê.

Uma Boa Semana com muita Paz e muita Luz……………………

Comentários