MDB virou nanico

0

O MDB de Aracaju não é mais aquele grande partido, que elegia prefeitos, fazia a maioria da Câmara de Vereadores e era o primeiro a ser requisitado na hora de formar alianças políticas vitoriosas. Hoje, o MDB velho de guerra não tem mais representação no Legislativo da capital, nem sonha com a hipótese de disputar a prefeitura. Quando muito, um prefeiturável vai querer o apoio da legenda com interesse, principalmente, no tempo de televisão. Lamentável é que, quem colocou o outrora grande MDB na galeria dos nanicos foi o ex-governador Jackson Barreto, seu presidente em Aracaju e, por muitos anos, a principal estrela emedebista de Sergipe. Marminino!

Dança das cadeiras

Em Aracaju, os partidos que mais se deram bem com a janela eleitoral, fechada sábado passado, foram o PSD e o PDT. O primeiro saiu de três para 10 vereadores, enquanto a legenda pedetista conquistou quatro “passes”, ficando com uma bancada de cinco parlamentares. O PSC, que não tinha nenhuma cadeira na Câmara, conseguiu quatro. Sorte igual não tiveram os PSDB, REDE, PTB, PRTB, PHS, PMB, MDB, PPS e DEM, que ficaram sem qualquer representação no Legislativo da capital. Vixe!

Volta pra casa

E quem trocou o PSC pelo DEM foi o ex-deputado estadual Reinaldo Moura. O bom filho a casa torna! É prematuro dizer agora se o novo demista vai tentar uma cadeira na Câmara de Aracaju. Conselheiro aposentado do Tribunal de Contas, Moura não disputa uma eleição há muito tempo, porém continua sendo um respeitado quadro político. Ex-presidente do TCE, Reinaldo já foi o vereador mais votado de Aracaju, deputado estadual por seis mandatos e presidiu a Assembleia por duas vezes. Ôxe!

Abaixo a covardia

O deputado estadual Iran Barbosa (PT), está propondo a criação de diretrizes que assegurem prevenção, controle e proteção às mulheres vítimas de violência. Segundo o petista, a explosão da violência contra as mulheres colocou Sergipe numa posição vergonhosa: “Entre 2017 e 2018, apresentamos o maior crescimento de casos de feminicídio no país. Já somos o segundo estado nordestino com maior número de mulheres assassinadas”, lamenta. Crendeuspai!

Praias proibidas

Está proibido tomar banho nas praias de Sergipe. Até o próximo dia 17, quem for flagrado perambulando pelos balneários sergipanos corre o risco de ir se explicar ao delegado. A interdição das praias de Sergipe visa impedir a propagação da pandemia do coronavírus. A governo espera interditar toda a costa sergipana até o final desta semana. Que tristeza!

Abandonou o barco

O empresário João Tarantella (ex-PSL) deu com os costados no DEM. O homem procurou outro domicílio eleitoral ao perceber que o embrionário partido Aliança pelo Brasil não seria legalizado a tempo de participar das eleições. Resta saber se, mesmo no DEM, Tarantella continuará ajudando o presidente Bolsonaro a organizar o “Aliança” ou se ocupará o tempo com sua provável candidatura a vereador de Aracaju. Aff Maria!

Chamada na chincha

A Petrobras vai ser chamada para um conversado pela Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). Segundo a autarquia, a petrolífera não pode desativar a planta de gás do Tecarmo, em Aracaju, sem a devida autorização. Gilvan Dias, presidente da Adema, afirma que se abandonar a tubulação de gás no subsolo, a Petrobras poderá ser responsabilizada por possíveis e graves explosões. Misericórdia!

PT reage

Os petistas estão por aqui com Renato Brill de Goés. O dito cujo vem a ser o vice-procurador-geral eleitoral que deu parecer favorável pelo fim do Partido dos Trabalhadores. “Querem acabar com o PT! Por quê?”, indaga o senador Rogério Carvalho. Segundo ele, o povo reage aos abusos do governo Bolsonaro e aparece alguém tentando exterminar o partido. O presidente do PT em Sergipe, deputado federal João Danel, foi curto e grosso: “Ninguém apaga a nossa estrela”. Então, tá!

Alto lá

A discussão e votação de propostas de emenda à Constituição em momentos de calamidade e, principalmente, por meio do sistema de deliberação remota, foi alvo de questionamentos do senador Alessandro Vieira (Cidadania). Segundo ele, a Constituição não poderia ser alterada em momentos de calamidade. Também afirma que as sessões remotas não deveriam valer para votar propostas tão complexas. Danôsse!

Time escalado

PTB e PSL já formaram as chapas proporcionais para disputar as eleições em Aracaju. Os dois partidos deverão apresentar 72 candidatos a vereador na capital, além do prefeiturável Rodrigo Valadares (PTB). O novo vice-presidente estadual do PSL, vereador Cabo Amintas, informou que caberá ao seu partido indicar o candidato a vice do petebista. Ah, bom!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 29 de dezembro de 1918

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários