Médicos do bem e do mal

0

Hoje, 28, é comemorado o Dia do Servidor Público. Em Sergipe, uma parte não tem o que comemorar. Já outra parte, que tem poder de mobilização, teve reajustes reais nos últimos anos, mas, infelizmente, estes ganhos não foram traduzidos na melhoria dos serviços prestados a população sergipana.

Hoje o blog publica algumas informações recebidas de um profissional que trabalha no setor de Oncologia do Hospital de Urgência Governador João Alves Filho. É para o leitor refletir entre o profissional que realmente honra o que ganha e doa seu sangue pelo próximo, daquele profissional que não respeita o paciente e teve como lema sugar ao máximo. É o famoso parasita.

Carga horária e salários descontados – Problemas existem em vários locais, inclusive no setor de Oncologia, mas o bombardeio dos últimos dias, contra a Fundação Hospitalar de Saúde e a Coordenadora do Setor de Oncologia, Rute Andrade, é porque alguns médicos começaram a ser cobrado e descontado do salário que eles tem no contrato e que nunca cumpriram.

Um exemplo – Um médico do setor de Oncologia, que também é dono de clinica, tem 60 horas contratadas e somente vai ao Hospital atender 18 horas. É correto? E aí o Ministério Público, através da competente promotora Euza Missano, assim que teve conhecimento de toda carga horária cobrou as providências devidas, já que a responsabilidade é do gestor.

Esquemas – Segundo o médico, infelizmente tem vários outros (são poucos) que também só querem fazer esquemas, não só na oncologia, como também no Pronto Socorro.  Aliás, o programa Fantástico, da rede Globo, começou um movimento nacional para mostrar também estes problemas relacionados a comportamentos de alguns médicos, que dificultam muito aos gestores corrigirem falhas. Uma boa pauta para a TV Sergipe. Lá no Hospital de Urgência todo mundo sabe quem são estes médicos.

Corporativismo – É nítido que o Hospital de Urgência foi politizado nos últimos anos, por um pequeno grupo de profissionais de várias áreas. A preocupação maior  não é com o paciente. E, infelizmente, segundo o médico, em alguns casos estes “colegas” que não tem compromisso com o trabalho acabam tendo apoio das entidades médicas, que estão extremamente politizadas.

Não faltam médicos – A verdade é que não faltam médicos em alguns setores, mas cumprimento das suas responsabilidades e cargas horárias. Muito fácil comprovar: é só pedir a carga horária destes médicos. Basta ligar no horário que deveriam prestar seus serviços no Hospital para as clinicas particulares para confirmar. Olha aí uma boa pauta para o Fantástico.

Cobranças particulares – Um médico relatou ainda que na  ortopedia do Pronto Socorro  tem faltas, esquemas de profissionais e até cobranças de pacientes do SUS por alguns médicos para procedimentos que eles tem que fazer sim no SUS. Isso tudo pode ser provado.

Seria bom que as entidades representativas dos médicos fiscalizassem e fossem ávidas no exercício da profissão como são contra o governador de plantão.

É preciso extirpar dos hospitais profissionais que são parasitas sugando o dinheiro da população. Tudo é uma nojeira e como disse um profissional médico: “Me faz vergonha de ser médico às vezes”. Não caro médico, você não pode ter vergonha, pelo contrário, você tem que levantar a cabeça e se orgulhar do que faz.

“Não é o diploma médico, mas a qualidade humana, o decisivo”. Carl Jung.

Cobrança transparência I
Os leitores sabem que a coluna sempre cobra transparência das instituições, públicas ou privadas, sempre que interesses coletivos estão em discussão. Já fizemos isso nesse caso da Associação dos militares, não acusando quem quer que seja, mas pedindo que os argumentos de parte a parte sejam discutidos com racionalidade, sem perseguições, mas sem deixar de cobrar uma postura firme para apurar denúncias e responsabilizar quem tiver culpa no cartório.

Cobrança transparência II
Pois bem, será que é verdade que o procurador do Estado que deu o despacho divulgado semana passada, amplamente divulgado pelas envolvidos como garantia de que o processo não deveria ser instaurado pela Polícia Militar, é na verdade cunhado de um dos principais envolvidos? Se é verdade, a Procuradoria não deveria ter entregue o caso a profissionais mais isentos, até para evitar suspeitas ainda maiores sobre esse processo já complicado?

Jogo de cintura
Coitado do líder da bancada do prefeito na Câmara Municipal de Aracaju  (CMA), Danilo Segundo (PSB). O rapaz anda fazendo das tripas coração  para defender a administração e ontem conseguiu barrar um recurso que  onerava o orçamento da Prefeitura de Aracaju, com apenas um voto de  diferença, numa bancada que a cada dia sofre redução. O que será que anda  acontecendo?

TCE ratifica irregularidades em contas de Sukita
Reunido em sessão do Pleno na manhã de ontem, 27, o colegiado do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE) mostrou-se solidário ao conselheiro Ulices Andrade e repudiou as ofensas que lhe foram dirigidas nos últimos dias pelo prefeito do município de Capela, Manoel Messias, o Sukita.

Percentual mínimo
Em meio às falhas encontradas pelos técnicos e corroboradas pelos pareceres da Auditoria e do Ministério Público de Contas, estava o não investimento do percentual mínimo de 25% dos impostos e transferências na área da Educação, conforme preconiza a Constituição Federal de 1988.

Irregularidades
Reinaldo Moura enfatizou que o relatório já havia sido elaborado pela equipe do conselheiro Antonio Manoel, que ao se aposentar foi sucedido pelo conselheiro Ulices. "Ele [Sukita] desconhece isso e transforma numa questão política", colocou Reinaldo, citando ainda outras infrações encontradas, como a acentuada divergência nas informações dos dados apresentados ao Sistema de Auditoria Pública (Sisap) e a abertura de crédito especial de R$20mil sem apresentação de lei.

Sem comprovação
Outro agravante mencionado pelo conselheiro diz respeito à resposta emitida pelo prefeito Sukita ao ser questionado sobre o investimento de apenas 21,49% da receita na área da Educação. "Ele disse que aplicou o restante no Ensino Médio e não tem um documento que prove. É preciso ficar claro que ele tentou enganar o Tribunal respondendo a uma solicitação do relator ao dizer que atingiu os 25%".

Contra instituição
O conselheiro Clóvis Barbosa lembrou que no momento do julgamento, há uma semana, antes de seguir o voto do relator, perguntou quais eram os opinamentos da Auditoria, do Ministério Público de Contas e da Coordenadoria. "Todos foram no sentido da rejeição e justamente por isso fiz questão de frisar na última sessão da 1ª Câmara que o ataque violento partido pelo gestor não foi contra o conselheiro Ulices, mas contra a instituição".

Surpresa
Ao agradecer a solidariedade do colegiado, composto ainda pelo conselheiro substituto Alexandre Lessa, o conselheiro Ulices Andrade rechaçou todas as acusações do prefeito, disse ter ficado surpreso ao tomar conhecimento e assegurou que continuará cumprindo seu papel de forma imparcial. "Quando aqui tomei posse eu disse que tudo faria para que a instituição tivesse seu conceito elevado perante a sociedade e é isso que continuarei fazendo", concluiu.

Almeida Lima apresenta emendas para modificar sistema eleitoral
O presidente da Comissão Especial da Reforma  Política, deputado Almeida Lima (PPS), apresentou, nesta quarta-feira, emendas modificando o sistema nas eleições proporcionais no país. O parlamentar adiantou que uma das propostas revoga dispositivo do Código Eleitoral, acabando, na prática com a chamada  cláusula de barreira, que impede  os partidos – principalmente os pequenos –  que não atingiram o coeficiente partidário de eleger candidatos a deputados federal e estadual e vereadores.“Acreditamos que essa emenda vá destravar um dos nós da proposta”, afirmou Almeida Lima.

Valadares Filho defende melhoria do ensino público
A melhoria da qualidade do ensino oferecido pela rede pública tem sido uma das lutas constantes do deputado Valadares Filho (PSB). O parlamentar sergipano defende o aporte de mais recursos para educação. “Neste momento em que está para ser votado o Plano Nacional de Educação, o PNE, é a oportunidade para aprovar a destinação de mais recursos para educação”, disse o deputado em pronunciamento feito hoje (27-10) na tribuna da Câmara.

10% do PIB para educação
Valadares Filho, que defende a aprovação de 10% Produto Interno Bruto (PIB) para educação, destacou que existe uma unanimidade em relação à baixa qualidade do ensino que é oferecido pelas escolas da rede de ensino público no Brasil, mas não há unanimidade para aumentar as verbas destinadas à educação.

Márcio Macêdo:“Reforma política servirá para aprofundar a democracia”
O deputado federal Márcio Macêdo (PT) ocupou a tribuna da Câmara obtem, 27, no espaço destinado à liderança do partido, para defender as principais temáticas da reforma política. Para o parlamentar, três pontos são fundamentais neste debate: o financiamento público exclusivo de campanha, a fidelidade partidária e a lista pré-ordenada. O projeto da reforma deve ir a plenário em novembro.

Financiamento
"A reforma política servirá para mudar a forma e o financiamento da disputa eleitoral do nosso país. Acho que o modelo atual precisa ser reformulado, para que a democracia brasileira seja aprofundada, para que as instituições democráticas sejam fortalecidas e para que prevaleça a vontade popular e se estabeleça equidade na disputa", afirmou.

Pesquisa mostra liderança de Fábio em Socorro I
A coisa anda muito boa para o prefeito Fábio Henrique, em Nossa Senhora do Socorro. Desde que assumiu a prefeitura, em janeiro de 2009, inúmeros foram os desafios. De lá pra cá, muitas obras foram feitas, muitos projetos foram postos em prática. E as pesquisas realizadas em Socorro nos últimos dias comprovam a aprovação do atual prefeito junto à população.O Instituto Padrão realizou pesquisa entre os dias 6 e 7 de outubro, e ficou evidente a liderança de FábioHenrique.  Foram ouvidas 427 pessoas em 24 povoados, bairros econjuntos de Socorro.

Pesquisa mostra liderança de Fábio em Socorro II
Na pesquisa estimulada, onde são expostos os nomes dos possíveis candidatos em 2012, foi feita a seguinte pergunta: "Em qual destes candidatos o senhor votaria para prefeito se as eleições fossem hoje?". Fábio Henrique teve 51,3% das intenções, contra 12,9% do Padre Inaldo e 8,4% do deputado Augusto Bezerra. Números que comprovam a liderança do atual prefeito. Ainda na pesquisa realizada pelo Instituto Padrão foi avaliada a rejeição de todos os possíveis candidatos à Prefeiturade Socorro em 2012.

Rejeição
Surpreendentemente, quando perguntando "em qual  destes candidatos o(a) senhor (a) não votaria de jeito nenhum para prefeito se as eleições fossem hoje?"  um pré-candidato que faz oposição ao atual prefeito ficou em primeiro lugar na pesquisa de rejeição em Nossa Senhora do Socorro, mesmo nunca tendo exercido nenhum mandato no executivo de Socorro, diferente do prefeito Fábio Henrique que está no terceiro ano do seu mandato.

Padrão de Qualidade do Software da INFOX
A empresa sergipana INFOX Tecnologia da Informação teve seu processo de desenvolvimento de software avaliado e aprovado pelo modelo de Melhoria do Processo de Software Brasileiro (MPS.BR), no Nível G. O MPS.BR é uma iniciativa brasileira coordenada pela Softex e que envolve universidades, grupos de pesquisa e empresas. Seu objetivo é promover a melhoria da qualidade e da produtividade de soluções e serviços de software de acordo com os padrões de qualidade aceitos internacionalmente, em conformidade com as normas internacionais ISO/IEC 12207 e 15504 e compatível com o CMMI (Capability Maturity Model Integration).

Modelo de Qualidade
Para o diretor-presidente da INFOX, engenheiro Jorge Santana, o MPS.br não é um prêmio, nem um certificado, mas um modelo de qualidade para o qual as empresas se preparam e são avaliadas, podendo ou não ser aprovadas. A INFOX é a primeira empresa sergipana nesse estágio e uma das 40 do Nordeste brasileiro a terem seus processos aprovados pelo MPS.br. "Do Nível G até o Nível A do MPS.br tem-se uma longa trajetória, que costuma durar anos, e nosso objetivo é atingir o Nível F no ano que vem e chegar ao Nível A nos próximos 5 anos", assegura Jorge Santana.

25 anos e 150 colaboradores
A INFOX acabou de completar 25 anos de existência, tem sede em Aracaju (unidades Matriz e Filial SergipeTec) e filial no Porto Digital do Recife. Conta com 150 colaboradores e atua em 12 Estados, oferecendo serviços e produtos para o Poder Judiciário (Sistema de Processo Judicial Eletrônico), para os órgãos estaduais de defesa agropecuária (Sistema Sidagro) e para instituições financeiras (Sistema de Ativos Mobiliários). Na última segunda-feira, em Campinas, o executivo da Softex, Nélson Franco, entregou a Jorge Santana a placa que confirma a avaliação e aprovação da empresa no MPS.br.

Recursos para Hospital
Durante o grande expediente da sessão plenária de ontem, 27, na Assembleia Legislativa, o 4º secretário da casa, o deputado estadual Zé Franco (PDT), parabenizou a aprovação dos recursos na ordem de quase R$ 20 milhões para a construção do Hospital do Câncer em Sergipe e do Centro de Reabilitação de Pessoas com Deficiência. A garantia de liberação do recurso aconteceu depois de uma audiência entre o governador Marcelo Deda (PT) e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, na tarde da última quarta-feira, 26, em Brasília. O dinheiro é fruto de uma emenda coletiva da bancada federal sergipana no Orçamento da União.

Celi patrocina II Aracaju Night Run
A Celi reforça seu compromisso com esporte sergipano ao patrocinar a II Aracaju Night Run, corrida que será disputada no dia 5 de novembro, às 20h, com percurso de 9 km no Parque da Sementeira, com a largada próxima ao Mansão Luciano Barreto Júnior, empreendimento Celi. Serão ao todo 800 participantes que disputam a prova em duplas masculinas, femininas ou mistas eos vencedores receberão troféus, medalhas e ainda uma premiação em dinheiro para os cinco melhores pares de cada categoria. Se você quer participar, fique ligado na fanpage da Construtora Celi (www.facebook.com/construtoraceli) para concorrer ao sorteio de inscrição para uma dupla.

Entre Amigos – Entretenimento
Sem muita badalação aqui no Brasil, mas com um reconhecimento muito grande em várias partes do mundo a cantora grega Nana Mouskouri conquistou ao longo do tempo um grande público em vários países, canta em francês, italiano inglês, espanhol, alemão e português.A música que você vai assistir é muito conhecida de todos , Canta Canta, Minha Gente, de Martinho da Vila. Clique no link abaixo para assistir e tenha um bom fim de semana. O link:
http://www.youtube.com/watch?v=JZ_sLN3XWsY&feature=related

Hoje, 28, Dia do Flamenguista
O Dia do Flamenguista é comemorado no dia 28 de Outubro, que também é considerado dia de São Judas Tadeu. A data é comemorada desde 2007 através de projeto de lei sancionado no Rio de Janeiro.

Vem aí Grande Encontro da Nação Rubro-Negra em SE
E depois de conversar com alguns flamenguistas por conta da sugestão de amigos e leitores para realizar uma confraternização dos flamenguistas em Sergipe, o titular deste espaço estará na linha de frente na realização do Grande Encontro da Nação Rubro-Negra em Sergipe. Preparem os Mantos Sagrados!

Freguesia encerra outubro com MPB e som regional
Unindo boa música, artesanato local e culinária regional, o Projeto Freguesia encerra sua programação para o mês de outubro, com o melhor da cultura sergipana e do MPB. No sábado, 29, o grupo Pilão de Pif toca para os visitantes da Feira do Aratipe, na Orla de Atalaia, às 20h. Já no domingo, 30, Beto Bastos anima a Praça Tobias Barreto, no bairro São José, a partir das 18h.

Norcon Rossi em nova região
Um novo estande será inaugurado em novembro na rótula do Farol com a marca da Norcon Rossi, parceria entre a Rossi, uma das principais incorporadoras e construtoras do País, e a Construtora Norcon, líder do segmento na região Nordeste. Os últimos preparativos do espaço de vendas indica que brevemente será apresentado ao mercado mais um empreendimento Norcon Rossi, na mesma região onde a Norcon já possui sete residenciais construídos e que tem, historicamente, excelente aceitação da população sergipana e de grupos investidores. Com esta nova aposta imobiliária, a Norcon Rossi diversifica sua oferta para outros segmentos e perfis de renda, ampliando também sua atuação para a zona sul de Aracaju, já que seus dois primeiros produtos foram lançados no Jardins, com o Jardins da França – 100% comercializado – e o Horizon Jardins, empreendimento de alto padrão com 95% das unidades comercializadas.

Sol & Mar Eventos
E o Espaço Sol & Mar está agora totalmente climatizado para atender seus clientes. Fundado em 2006 o Salão de Festas Sol e Mar Eventos, está instalado a Rua Delmiro Gouveia, 1528, Bairro Coroa do Meio em Aracaju, na melhor localização da Cidade. Neste endereço, além de um aconchegante Salão de Festas com boate isolada acusticamente, ambos climatizados e área verde. O Sol & Mar Eventos conta também com o Buffet Isadora Saraiva. Confira o site: www.solemareventos.com.br

PELO TWITTER

www.twitter.com/betocego Se não queremos Ladrao na nossa casa,por que aceitar um Bandido na casa do Povo? Lugar de Bandido e na Cadeia!

www.twitter.com/marcos_rm Jornalistas, que tal termos nosso exame da Ordem? Tiraríamos os "ratos" aproveitadores sem diploma e os incapazes.

www.twitter.com/silviosantospt Fazendo alongamento para minha caminhada matinal e rindo muito do contorcionismo do PT.

www.twitter.com/sinpolse por georgelemos1986 Você sabia? Para o Sinpol a configuração: delegado, escrivão, agente e agente auxiliar, não é mais compatível com o crescimento da sociedade.

www.twitter.com/marciorocha1 Estou pouco me lixando para o que pensam ou falam de mim. Não pagam minhas contas mesmo… Senta e chora, tá? Depois dou uma balinha.

www.twitter.com/glauco_vinicius tem mais jornalista no meu condomínio do que nas assembleias do Sindijor. Estou pensando até em montar uma chapa pra ser sindico.

DO LEITOR

Sobre o cuidado ao comprar carros 0Km em Aracaju
Depoimento de um profissional da área de comunicação: “Recentemente comprei um veículo zero quilômetro. Não tive um prejuízo grande porque fui na contramão do brasileiro e pesquisei bastante na internet, tanto o valor dos veículos, como configurações, nomenclaturas e pacotes de opcionais e o quanto esses detalhes influenciam no preço final, além de comparar entre as marcas e procurar um bom custo/benefício. Pois bem, de posse desses dados pude realmente constatar que algumas concessionárias costumam realmente embutir custos no preço final dos veículos. É preciso que o comprador esteja disposto a negociar e não fechar negócio empolgado com adicionais dados como brinde, mas que na verdade o custo desses "presentes" estão embutidos no valor final do carro. Exemplo. Algumas revendedoras cobram pela cor do veículo e oferecem emplacamento gratuito. Balela: o que o consumidor paga na cor "exclusiva", na verdade está cobrindo o custo do emplacamento, já que essa montadora específica não cobra pela cor. Outras oferecem tapetes, jogo de rodas, som e alarme com brinde, mas esses acessórios fazem parte do pacote original oferecido por determinada versão apresentada nos sites oficiais. É necessário cuidado e paciência. O que o comprador deve fazer é exigir desconto. O que se deve pagar é o valor divulgado nos sites oficiais acrescido apenas de frete (quando cobrado)”.

Trânsito: Gentileza Gera Gentileza: Realmente isso é um exemplo
Do leitor Mendonça Júnior sobre o vídeo divulgado ontem neste espaço: Em nossa cidade, Aracaju, 90% dos agentes de trânsito são mal educados e pessimamente instruídos. Só de exemplo temos agente de trânsito no aeroporto Santa Maria, onde os mesmos ficam batendo papo com os taxistas. Eles não orientam o trânsito do local e muito menos pedem, com gentileza, que as pessoas não estacionem ou orientem que ali é um local proibido. E outra coisa mais impressionante que acontece é que esses ditos agentes aguardam que vários carros estacionem e depois que todos estacionam eles escolhem os carros a serem multados.Falo isso pq presenciei tal fato. Todos os carros mais caros tinham uma multa e os de menor valor não tinham a multa.E ainda falavam: "Aqui eu multo quem eu quiser!"Duas coisa que me intrigam:1- A má-fé desses agentes;2- O princípio da igualdade não observado por tais pessoas.Sem falar que no aeroporto não tem estacionamento público, apenas particular, ou seja, somos obrigados a pagar pelo estacionamento ou parar em outro local e tomar uma multa.

Ainda sobre demora no atendimento da Delegacia Plantonista
De Antonio Moraes,Policial Civil (escrivão), presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Sergipe – SINPOL Sergipe e vice-presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores em Sergipe – NCST Sergipe: “Caro Cláudio Nunes, sobre a lentidão do atendimento na delegacia plantonista o SINPOL Sergipe acredita que há uma solução legal e econômica. O sindicato está propondo, na seara da Nova Lei Orgânica da Polícia Civil, que agentes, agentes auxiliares e escrivães passem a ser denominados INVESTIGADORES. Propomos ainda que aqueles investigadores, maiores de 30 anos de idade, 08 anos de experiência na atividade policial civil e, preferencialmente, bacharel em direito, possam, além de chefiar delegacias em cidades com até 15 mil habitantes, lavrar os procedimentos policiais civis (boletins de ocorrência, termos circunstanciados, autos de prisão em flagrante). Cabendo ao delegado, superior hierárquico, a fiscalização posterior dos procedimentos e o encaminhamento ao Poder Judiciário. Entendemos que cabe ao delegado supervisionar, coordenar, gerir a atividade. Essa concentração de trabalhos atrapalha o andamento do serviço. Dessa forma, um delegado para a Delegacia Plantonista é suficiente. É preciso otimizar o uso do recurso humano policial civil, modernizando a atuação da Polícia Civil. O PROBLEMA É DE GESTÃO e somente uma legislação moderna pode mudar esse quadro atual”.

Considerações sobre a segurança pública
De um servidor público, devidamente identificado: “É interessante a natureza humana. Interessante à medida que os comportamentos do homem, sejam em grupo ou individualmente tornam-se mais transparentes através, por exemplo, dos chamados atos falho. A “magia” do ato falho, está em um, talvez possamos chamá-lo assim, “bug” cerebral, que desmonta todo a estrutura de uma mentira.
Em outros casos, temos esse desmonte estrutural nas declarações que se dá sobre um tema, e a correlação do que foi dito, com uma questão relacionada mais ocorrida preteritamente.
Nesse diapasão, alguns fatos recentes ligados à segurança pública são extremamente pertinentes. Pois revelam, mais pelo que não foi dito, pela omissão ou pelo que deveria o ter.
Há alguns meses, houve um homicídio dentro de uma delegacia no interior do estado, e um gestor da polícia civil afirmou que a responsabilidade do referido crime era da polícia militar, pois nos finais de semana somente esses profissionais permanecem por lá.
O que não foi dito, é que lá é uma delegacia e que, por isso, deveria ter uma equipe policial civil (para atender o público que não escolhe precisar da policia civil), para poder atender suas demandas. Além da missão precípua, por ser uma delegacia, só por isso, deveria ser gerida por equipes da PC. Mas não, quem efetivamente fica na maioria esmagadora das delegacias de polícia no interior do Estado são os policiais militares. Quando do assassínio supracitado, os policiais militares se ausentaram para efetuar uma ação ordinária, deixando a delegacia fechada com os presos dentro e mais ninguém.
No caso acima citado, em havendo um plantão policial civil, possivelmente teriam notado o “movimento” dentro da cela, e evitado a perda de uma vida.
Mas nada disso foi tratado por quem de direito. A voz que primeiro se manifestou oficialmente, limitou-se a responsabilizar os policiais militares que lá estavam.  Porque não se discutiu o fato de que apesar de se haver efetivo para ocupar a maioria das delegacias no interior, não o fazem, deixando a maior parte deles na capital? Seria um bom caminho para diminuir a ineficiência da segurança pública. Pois aumentaria a presença e eficiência da polícia civil nas cidades, e liberaria a polícia militar para fazer policiamento ostensivo.
No outro caso, mais recente, por conta das críticas à demora dos atendimentos na delegacia plantonista, que compromete o policiamento ostensivo da capital, a fala do defensor, limitou-se a dizer que a atividade é complexa e que precisaria de mais de um delegado na plantonista.
Por ser óbvio o que foi dito, não acrescentando nada à discussão, o que se poderia ter sido dito, ao invés da omissão, era porque somente uma delegacia funciona em regime de plantão na capital, se existem delegados que somente podem trabalhar na capital por definição do edital do concurso? Porque não se tem mais de uma delegacia plantonista na capital, se a maioria do efetivo dos delegados e dos demais policiais civis está na capital?
Essas posições poderiam ser debatidas e discutidas.
Afinal de contas, a responsabilidade por delegacias cabe à polícia civil e não à polícia militar. Do mesmo jeito que quem faz a gestão dos servidores policiais civis é a própria policia civil, e não um ente externo como o Leviatã”.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
"Amo o Flamengo como se fosse um pedaço da terra onde nasci".José Lins do Rêgo, escritor paraibano, autor de "Menino de Engenho", que foi diretor do Flamengo (em outros tempos, é bom que se diga).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários