Morrendo de inveja

0

Os servidores estaduais estão morrendo de inveja dos colegas da Prefeitura de Aracaju, que ganharam um mísero reajuste salarial linear de 6,5%. É uma vergonhosa ninharia, mas pior é a situação do funcionalismo do estado, que há três anos recebe a mesma merreca. Neste longo período, o governo insiste numa só cantilena: a despesa ultrapassa o limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal. Ora, e o que o servidor tem com isso? A despesa é maior do que a receita por incompetência da equipe econômica e, principalmente, pelo exagerado número de cargos comissionados criados para beneficiar apadrinhados. Há dias, o governador Jackson Barreto (PMDB) vem prometendo reajustar os salários com base no índice inflacionário, porém nada fala sobre aumentos retroativos a 2012 e 2013, anos em que o servidor passou, quando muito, a pão é água. Uma crueldade!

Freio salvador

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que a rota de decolagem do avião da Azul não seria cruzada pelo helicóptero identificado no radar e que obrigou o piloto a frear bruscamente a aeronave de passageiros. Diferente da versão oficial, o comandante da Azul disse que sem a freada, a colisão frontal ocorreria em 20 segundos. Pelo susto que passaram, os passageiros jamais vão acreditar na conversa da FAB.

Não libera

Fica difícil acreditar que, por comodismo político, o prefeito João Alves Filho (DEM) vai lavar as mãos sobre a sucessão estadual. Político experiente, ele sabe que em cima do muro não é o melhor lugar para quem administra uma capital e sonha com a reeleição. Ademais, o próprio João sempre disse que “quem lidera, não libera”. Por que agora ele pensaria diferente?

Pau da barraca

A colega Rita Oliveira publica hoje no Jornal do Dia que o vice-presidente da Assembleia, deputado Zé Franco (PDT), prometeu esperar só até o próximo dia 20 para adotar uma posição sobre a presidência do Legislativo. O parlamentar não engole o fato de a presidente Angélica Guimarães (PSC) insistir em permanecer no cargo até depois das eleições, mesmo já tendo sido eleita conselheira do Tribunal de Contas do Estado. Não estranhem se Zé Franco chutar o pau da barraca!

Educação Física

O professor e escritor Reinaldo Soler ministra nesta sexta-feira e amanhã em Aracaju três oficinas sobre Jogos Cooperativos. Será durante a 3ª Semana Científica de Educação Física da Faculdade Estácio Fase. Aberto anteontem à noite, o evento consta de Colóquios e Workshop de Nutrição Probiótica e treinamento em musculação. Participe!

Alça de mira

E o presidente do PT de Tobias Barreto, Franco Ramos, foi vítima ontem de uma tentativa de homicídio. Quando transitava num carro da Secretaria Municipal da Educação, o petista foi abordado por dois elementos de moto, que o mandaram estacionar. Como não parou o veículo, virou alvo dos bandidos, que atiraram várias vezes, mas não o atingiram. Ainda bem!

Grevismo

É meramente político o objetivo das sucessivas greves promovidas pelos professores da rede estadual. Pelo menos é assim que pensa o vereador aracajuano Agamenon Sobral (PP). Segundo ele, o sindicato dos educadores insiste em promover paralisações, embora o governo já tenha atendido as reivindicações salariais da categoria. “O povo não é burro: essas greves não passam de campanha política”, discursa Agamenon.

Derrotado

O deputado federal André Moura (PSC) sofreu ontem mais uma derrota no Supremo Tribunal Federal. A ministra Cármen Lúcia julgou improcedente a reclamação do parlamentar, que contestava a tramitação da ação de improbidade administrativa que responde na Comarca de Japaratuba. O parlamentar é acusado de ter montado um sofisticado esquema de corrupção na Prefeitura de Pirambu.

Itinerante

O radialista e deputado estadual Gimar Carvalho retomou hoje os programas intinerantes para a rádio Ilha/FM. O primeiro órgão público visitado pelo comunicador foi o Ipesaúde. “Fiquei satisfeito com a rapidez do atendimento e a forma cortez como os servidores tratam os beneficiários”, afirmou Carvalho após ouvir várias pessoas e o presidente do Instituto, Lauro Seixas.

Agiotagem

Os juros médios cobrados da pessoa física, medidos a partir dos valores cobrados em seis linhas de crédito, aumentaram 0,1 ponto percentual em abril, na comparação com março, ficando em 5,96% ao mês. Nos primeiros quatro meses do ano, a média dos juros para pessoa física subiu 2,26 pontos percentuais. O maior reajuste foi na taxa do cartão de crédito, que subiu 0,44 ponto percentual no último mês, chegando a 10,52% ao mês e 232,12% ao ano. Isso é agiotagem!

Recorte de jornal

Publicado na Folha de Sergipe em 23 de julho de 1908

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais