Morte na garupa

0

A aprovação pela Assembléia de projeto do governo isentando do pagamento de IPVA e taxas de licenciamento para motocicletas com até 125 cilindradas deve aumentar a venda desse perigoso tipo de transporte. A medida também fará crescer o já exagerado índice de acidentes envolvendo motos pequenas que, em sua maioria, são conduzidas por adolescentes sem qualquer conhecimento da legislação de trânsito. Levantamento divulgado pelo Denatran e Ministério da Saúde revela que o número de mortes em acidentes com motos no Brasil aumentou 263,5% em 10 anos. Só em 2011 as motocas mataram 11.268 pessoas no país. Naquele mesmo ano, houve 155.656 internações por acidentes de trânsito, com custo de R$ 205 milhões. Ao aprovarem o projeto, os deputados preocuparam-se apenas com os votos dos motociclistas, esquecendo-se dos prejuízos causados pelos acidentes. Lastimável.

Saiu da UTI

O assunto mais discutido ontem em Sergipe foi o boletim médico do Hospital Sírio Libanês informando que o governador Marcelo Déda (PT) estava na UTI “para tratamento específico após apresentar quadro febril”. Ontem à tarde, a primeira dama Eliane Aquino tranquilizou os sergipanos ao postar no twitter que Déda “já saiu da UTI e está no apartamento assistindo ao jogo. Muito obrigado meu Deus!”.

Caminhoneiros

Itabaiana realiza de 8 a 13 deste mês a 48ª Feira do Caminhão. Na Praça de Eventos acontecerão shows de Bruno e Marrone, Garota Safada, Dorgival Dantas, Aviões do Forró, Galã do Brega e César Menotti e Fabiano. A festa, que deve reunir por dia entre 50 mil a 60 mil pessoas, será encerrada com procissão e missas em louvor a Santo Antônio, padroeiro daquele município sergipano.

Corda bamba

O prefeito de Nossa Senhora das Dores, Fernando Lima (PDT), está com o mandato por um fio. Acusado de má-utilização de verbas federais, ele foi condenado pela 5ª Região da Justiça Federal, em Recife, à perda dos direitos políticos por cinco anos e mais 18 meses de reclusão. A prisão foi transformada em multa de R$ 20 mil e prestação de serviços em instituições públicas. Lima vai recorrer da decisão para se manter no cargo.

Rio Sergipe

O prefeito de Aracaju João Alves Filho (DEM) retorna nesta terça-feira da viagem à Itália. Segundo o jornalista Eugênio Nascimento, o demista volta disposto a resolver a questão do aterro do rio Sergipe, ali no bairro Treze de Julho. Será que João traz na bagagem as licenças ambientais exigidas pela Adema para autorizar o início das obras? Do contrário, vai ficar só na vontade.

Greves pipocam

Depois dos servidores da administração direta, em greve há quase 20 dias, hoje será a vez de os professores estaduais e funcionários do Detran cruzarem os braços por tempo indeterminado. Todos cobram reajuste salarial, que já deveria ter sido concedido desde janeiro passado. Na última sexta-feira, o governador em exercício, Jackson Barreto (PMDB), tentou esfriar o movimento dos servidores, afirmando que o governo não tem recursos para atendê-los. É, pelo visto o estado vai parar de vez!

Disputa

Caso haja quórum na sessão de hoje à tarde, a presidente da Assembléia, Angélica Guimarães (PSC), fará a eleição para a escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Concorrem à vaga a deputada estadual Susana Azevedo (PSC) e o secretário estadual da Educação, Belivaldo Chagas. Este já avisou que se a votação não for aberta e se Susana for eleita com menos de 13 votos, recorrerá novamente à Justiça. Essa briga promete!

Volta às aulas

Estudantes da Universidade Federal de Sergipe voltam às aulas nesta segunda-feira. A boa notícia é o reinício do funcionamento do restaurante universitário (RESUN), que fornecerá almoço e jantar ao preço simbólico de R$ 1. Para garantir o funcionamento do RESUN, a UFS fez um contrato emergencial para 180 dias, com o total de 3 mil refeições ao dia.

Forró Siri

Milhares de sergipanos e turistas se esbaldaram ontem à noite em Socorro durante a abertura do Forró Siri, um dos mais animados festejos juninos de Sergipe. A festança foi animada pelas bandas Aviões do Forró, Forró Fidapé, Forró da Roça, Sena, e Léo e Lenílson. A organização e o forte esquema de segurança garantiram a tranquilidade do evento junino. Legal!

Do baú político

No final da década de 70, o governador Augusto Franco autorizou a instalação de uma agência do Banco do Estado de Sergipe (Banese) no Rio de Janeiro, como parte da política de extensão da instituição bancária. Inaugurada com pompa na rua jornalista Orlando Dantas (não é o fundador da Gazeta de Sergipe), no bairro Botafogo, a pequena agência atendia basicamente sergipanos de passagem pela capital carioca. A falta de um maior policiamento na área contribuiu para que assaltantes descobrissem ali uma fonte de renda. Inicialmente era um ataque por mês, mas logo o Banese começou a ser “visitado” pelos bandidos semana sim, outra também. O Jornal do Brasil fez uma matéria mostrando que a agência bancária da rua Orlando Dantas era a mais assaltada do Rio, a ponto de a gerência reservar algum dinheiro exclusivamente para os assaltos. Diante da reportagem, o governador autorizou seu fechamento, para tristeza dos assaltantes.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários