MOVIMENTO 45 VAI ÀS RUAS

0

Preocupado com o crescimento pífio da candidatura de Geraldo Alkmin (PSDB) em Sergipe, o ex-governador Albano Franco, líder maior do partido no estado, deu esta semana um passo importantíssimo no sentido de alavancar a campanha de seu candidato à presidência: indicou como coordenador geral da campanha do PSDB em Sergipe o ex-secretário da Justiça – e idealizador do “Movimento 25” – Emanuel Cacho.

 

É público e notório o desempenho de Cacho como coordenador do movimento que rendeu a João Alves, nas eleições de 2002, excelentes frutos na capital ante seu adversário à época, José Eduardo Dutra. Naquele ano, a classe média, estimulada pelo movimento, literalmente desceu dos prédios onde morava, vestiu-se de verde e assumiu compromisso com a eleição de João Alves. Um fato considerado inédito que, pelo visto, começa a se repetir gradualmente este ano diante da quantidade de carros com adesivos do Movimento 25 circulando pela cidade. Quase não se vê a fortíssima militância petista de outrora nas ruas. Vermelho, hoje, só nas bandeiras do candidato ao governo, João Fontes (PDT), a tremular na Av. Beira Mar. Até parece que o “Movimento 13” dá azar. E que estrela no peito é sinônimo de alienação.

 

Mas a campanha mal começou e tudo isso ainda pode mudar. Os movimentos pró-Lula e Déda devem, sim, começar a ser articulados. Afinal, ninguém, em sã consciência, pode ser cego o suficiente para acreditar que as intenções de voto na capital já estão sacramentadas em favor de Marcelo Déda, só porque ele foi reeleito prefeito, em 2004, com 71% dos votos dos aracajuanos. A realidade agora é outra.

 

Na corrida pela presidência da República não é diferente. Como Lula leva vantagem nas pesquisas de opinião, sua turma, em Sergipe, até agora, não deu o ar da graça. Razão pela qual Albano Franco quer aproveitar o momento para abordar o eleitorado com o lançamento do “Movimento 45”, tendo à frente um expert no assunto como Emanuel Cacho. E quem sabe, assim, possa transformar o picolé de chuchu em algo degustável. 

 

 


O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais