MPE/SE: agir com altruísmo sem aparelhamento

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

O Ministério Público tem como alicerce principal a defesa dos interesses da sociedade e da ordem jurídica atuando, principalmente, junto ao

 Poder Judiciário. Em Sergipe o Ministério Público Estadual até pouco tempo esteve na vanguarda de importantes lutas da sociedade.

A base e a estrutura do MPE de Sergipe sempre foram os interesses da sociedade com o respaldo de outros segmentos e da imprensa.  Nos últimos meses, ou melhor, desde 2016, o MPE  passa a impressão que mudou de atitude. Deixou de ser vanguarda e virou mero coadjuvante (ou nem isso) em processos importantes.

E o blog foi em busca da razão dessa mudança de atitude. Descobriu que os promotores do MPE  estão divididos ao extremo.  Na semana passada ocorreu uma reunião e um bate boca entre alguns  com o caso das verbas indenizatórias da Alese. Tem quem assuma que é do grupo de “fulano” (um gestor de outro poder) e tem quem brade que o grupo dele é a autonomia do MPE.  Para o blog não importa os nomes, importa sim a atual apatia do órgão.

O blog induz que forças exteriores estão influenciando nas ações do MPE. É fato reforçado por alguns dos seus membros.  Um exemplo foi a recente transferência do promotor Henrique Cardoso do comando do Centro de Apoio ao Patrimônio Público e,consequentemente, das operações Babel e  Antidesmonte.  Henrique, como alguns outros colegas, atuam como a sociedade sergipana deseja. Com firmeza, sem olhar a quem, o sobrenome e os apadrinhamentos.

O blog torce que acabe a atual divisão no MPE. Que todos atuem com altruísmo, alheio aos interesses próprios ou do governante de plantão. Não se pode colocar o interesse particular de qualquer pessoa acima do interesse coletivo.

É mais do que uma reflexão. É uma análise de quem tem conhecimento de tudo que ocorre atualmente no MPE.  É preciso lembrar que os governantes passam, as pessoas passam o que fica para a história é a ação e a conquista.

O MPE tem uma história de conquistas. O órgão não pode “empacar”, virar obstáculo e deixar de ser instrumento de avanços e dos anseios da sociedade.

Em síntese: O aparelhamento não pode vencer o coletivo no MPE/SE.

Adepol alfineta em MP
E o blog publica hoje as notas da Adepol/SE  e do MPE/SE. A Adepol publicou uma nota em solidariedade ao trabalho dos delegados e aproveitou para alfinetar o MPE pelo afastamento do promotor Henrique Cardoso. O MPE fez uma nota afirmando que o órgão tem compromisso com a sociedade.  A posição do blog está clara no artigo.

Sobre o processo da Babel e o sigilo
O inquérito foi encaminhado à justiça. Lá, o processo não está em segredo de justiça. Por decisão da magistrada,ela levantou o segredo. Como o processo é virtual, qualquer advogado pode olhar pelo site. A parte sigilosa: declaração de IR, extratos. Isso vai apartado em segredo e não está acessível.Mas as conversas transcritas podem ser publicadas,segundo um advogado renomado.  Claro. Elas são provas que instruíram o inquérito policial.

Indiciamento e possível delação premiada
Deu em Eugênio Nascimento, no JC:Há muita especulação sobre o indiciamento de políticos, empresários e funcionários públicos envolvidos no escândalo da Operação Babel. Uma delas é relativa a uma possível delação premiada por parte do principal dirigente da empresa Torre. Se isso acontecer, muitos políticos enfrentarão problemas por causa de supostos financiamento de campanhas eleitorais, entre outras coisas mais. Não é bom nem pensar no que pode acontecer.

“Coincidência” de empresário da Torre no Hospital Cirurgia
Pergunta que não quer calar: não acha uma curiosa "coincidência" que alguém que tenha tanto dinheiro esteja em um hospital tão mais popular em relação ao São Lucas ou Primavera? E mais:com forte influência política? E no fim de semana as redes sociais bombaram com o boato que o empresário José Antônio seria solto e  que a esposa dele está disposta a revelar muita coisa. Nada foi confirmado.

João Fontes: “…tremem com a continuidade da Operação Babel”
Do ex-deputado João Fontes: “Acompanho a vida política de Sergipe de muito perto há 30 anos e percebo que são os mesmos profissionais da imprensa que produzem as versões encomendadas pelo  palácio do governo com o objetivo de confundir a opinião pública.Querer passar para a população que a cúpula da SSP/SE foi exonerada, face a posição do Delegado Geral, Alessandro Vieira, em aumentar o salário da Polícia Civil é uma piada.”

João Fontes: “…tremem com a continuidade da Operação Babel” II
E finaliza: “Na verdade, os vasos comunicantes subterrâneos do poder tremem com a continuidade da Operação Babel e uma possível delação premiada dos proprietários das empresas de lixo em Sergipe!Muito oportuna a frase de Assis Chateaubriand: não existe opinião pública, existe opinião publicada!!! Muito fedor no transbordo do lixo recolhido em nosso pobre Sergipe Del Rey.”

Todos os olhares de Sergipe para coletiva hoje pela manhã
Os delegados do Departamento de Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (Deotap), Danielle Garcia, e os delegados Nádia Flausino e Gabriel Nogueira, apresentam hoje, às 8h, os resultados da Operação Babel. A investigação visou apurar crimes envolvendo a coleta de lixo em Aracaju. A expectativa é enorme.

Socorro pagou em 2017 R$ 7 milhões a Torre
Deu no Nenotícias de Gilmar Carvalho: Até o último dia 11 deste mês, o prefeito de Nossa Senhora do Socorro, Padre Inaldo (PCdB), pagou à 

Valores pagos pela Prefeitura de Socorro a Torre este ano (Fonte NEnotícias)

TORRE quase 7 milhões de reais. Veja print ao lado.

O que deputado quer com a Torre?
Durante as escutas telefônicas autorizadas pela justiça, uma pessoa importante, que é irmão de um deputado estadual, estava querendo conversar a todo custo com a irmã de Zé Antônio (empresário da Torre) a Senhora  Soraya, também sócia da empresa. No tabuleiro do xadrez de Sergipe a Torre é mais forte que a rainha e deixa o Bispo de pernas para o ar.

TORREbrecht e o MPE de Sergipe
Esse episódio do inquérito do lixo, realizado pelo Deotap,  que foi encaminhado a Justiça e a juíza responsável pelo processo enviou para que o MPE acate ou não as denúncias será um divisor de águas no órgão. Toda sociedade sergipana está voltada e esperando que o MPE faça a sua parte sem nenhuma interferência externa.

Decisões judiciais no fim de semana
No fim de semana a Emsurb conseguiu uma decisão na justiça é decisão da empresa continuar com a Cavo ou contratar a Torre. É que neste caso, não foi por conta da licitação emergencial que foi suspensa, mas outro contrato feito imediatamente com a Torre. Na outra decisão a Justiça derrubou a liminar que determinava a instalação da CPI do Lixo. Agora tem que esperar o julgamento do mérito, para abrir ou não a CPI.

Lixo, bom senso agora é iniciar a licitação para cinco anos
A Prefeitura de Aracaju, através da Emsurb, deve iniciar de imediato o processo licitatório para a área do lixo para os próximos cinco anos. Não adianta fica discutindo a licitação emergencial. É a única maneira de acabar essa celeuma da licitação.

Foi-se o tempo da qualidade de vida. Aracaju em 21º lugar entre  as 26 capitais
Entre as 26 capitais do país Aracaju encontra-se hoje em 21º lugar na qualidade de vida. No Nordeste só ganha para São Luis (MA em 22º) e Maceió (AL em 24º). Os dados foram  divulgados no fim de semana pela revista Exame e feitos pela consultoria Macroplan. A cidade de Curitiba (PR) ficou em primeiro lugar. No Nordeste o primeiro lugar é da cidade de João Pessoa (PB).

Indicadores
Para chegar a esta conclusão, a consultoria analisou os municípios com mais de 266 mil habitantes em 16 indicadores divididos em quatro áreas distintas: saúde, educação e cultura, segurança e saneamento e sustentabilidade.Pelas áreas analisada pela consultoria Aracaju fica: Educação e cultura em 22 lugar; Saúde em 21 lugar; Segurança em 22 lugar; saneamento e sustentabilidade, 14 lugar.

Farra nas Olimpíadas do Rio
O blog recebeu uma lista com nomes das pessoas que participaram de uma mega farra nas olimpíadas no Rio de janeiro realizada no ano passado. O problema é que a denúncia afirma que tudo foi patrocinado com recursos públicos, com aluguel de mansão, muita bebidas, ingressos para diversas competições e outros gastos para plena diversão da comitivas de amigos e futuros aliados.

Farra nas Olimpíadas do Rio II
Um gesto público – que já trocou de cargo – e que gosta de  muita fará quando está longe de Aracaju foi quem proporcionou a mega farra no Rio de janeiro, onde foi tudo muito bem pensando o aluguel da mansão foi pago de forma diferente. Mais a história é  bem outra. O blog teve acesso a forma feita. Na lista de convidados estão: políticos, deputados, prefeitos, Secretários, assessor de imprensa, desportista, professores de educação física e funcionários públicos. O blog divulgará a lista em breve, quando terminar de chegar o restos das informações.

Missa de 7º Dia – José Lopes, ex-vereador
A família do ex-vereador de Aracaju José Lopes de Menezes agrade a todos pelas manifestações pelo seu falecimento e convida os amigos para a Missa de 7º Dia em sufrágio de sua alma, que será celebrada nesta segunda, 24, às 19h3, na Igreja Jesus Cristo Ressuscitado, no Bairro Grageru.

Secretário com atividade paralela retira nome de escritório
Depois da repercussão negativa de um secretário municipal na Grande Aracaju que estava mais preocupado em fazer lobby para o escritório de advocacia que é sócio, do que atuar na pasta, ele resolveu retirar o nome dele da placa que fica na frente da empresa. Alguns prefeitos chegaram a denunciar a insistência do secretário em querer a contratação do escritório com a “garantia de segurança” que chamou a atenção de um órgão fiscalizador.

Governo promoverá praças e oficiais da PM hoje, 24
O governador Jackson Barreto, realiza hoje, 24, às 19h no ginásio Constâncio Vieira em Aracaju, a primeira promoção de oficiais e praças de Sergipe em função da Progressão por Tempo de Serviço (PTS). Ao todo serão promovido,  1.267 homens e mulheres da Polícia Militar do Estado de Sergipe (PMSE).  São 44 oficiais e 1.223 praças da PMSE.

MPE investigando reformas gabinetes
Depois das revelações sobre as reformas do Triplex e do Sítio de Atibaia, Ministério Público de Sergipe será convidado a investigar reformas dos gabinetes da Adema (em 2015) e da Secretária de Estado da Saúde.É inadmissível que em momento de crise aguda, com servidores sem poder receber seus reajustes salariais, se torre tanto dinheiro público, para compra de móveis e decoração que atenda aos caprichos de qualquer que seja o gestor

MPE investigando reformas gabinetes II
A pergunta é: Que empresário gastaria nos dias atuais, cerca de 200 a 300 mil com a reforma do escritório particular, se tivesse que usar recurso próprio?

Sessão especial Centenário Seixas Dória
A Assembleia Legislativa promove hoje, 24, às 17h sessão especial para comemorar o centenário de nascimento do ex-governador João de 

Seixas Dória. A sessão é iniciativa da deputada estadual Ana Lúcia, PT, que protocolou um Projeto de Lei que institui 2017 o “Ano Seixas Dória: em defesa dos direitos políticos e da liberdade democrática”.Antes de governar Sergipe e ser cassado pelo golpe militar de 1964, o homenageado foi deputado estadual e federal.

Conjunto em Poço Verde
Na última quarta, dia 19, foi um dia movimentado nas obras da JFilhos. Tivemos a ilustre presença do Gov. do Estado, Jackson Barreto, no Conjunto Habitacional Silvino Augusto que beneficiará 311 famílias no município de Poço Verde. Já no Conjunto Habitacional Agripino Bernardo fomos presenteados com a visita de Guilherme Cunha, Superintendente Nacional dá Rede Negocial e Executiva de Habitação, que beneficiará 400 famílias no Município de Tobias Barreto.

Pacientes do Centro de Reabilitação terão sessão no Cinemark
Hoje, 24, o Ipesaúde irá levar os pacientes assistidos pelo Centro de Reabilitação Maria Virgínia Leite Franco para uma sessão especial de cinema. O evento é resultado de uma parceria entre o Instituto e o Cinemark, e tem o objetivo de promover uma manhã divertida para as crianças assistidas pelo Centro e que possuem algum tipo de deficiência. A sessão será exclusiva para essa turminha e adaptada com iluminação e sons adequados ao grupo de pequenos que possuem mais sensibilidade. O encontro vai acontecer na segunda, no Cinemark Jardins.

Revivendo a Jovem Guarda, sábado, 29
Quem viveu os melhores momentos da Jovem Guarda canta junto com Renato e Seus Blue Caps, Zezo e The Fevers! Os conjuntos mais

Mesas à venda na Central do Ticket – Primeiro piso do Shopping Riomar.

 importantes dos anos 60 e 70 se apresentam em Aracaju no dia 29 de Abril, no Espaço Emes, numa grande Festa de Arromba! Mesas à venda na Central do Ticket – Primeiro piso do Shopping Riomar.

Estudante de Jornalismo é selecionada para participar de estágio especial na Câmara dos Deputados
Desde 2003, a Câmara dos Deputados oferece para estudantes o Programa Estágio-Visita de Curta Duração. A plataforma possibilita os universitários de todo o país o acesso a conhecimentos relacionados ao funcionamento da Câmara e a forma de atuação de seus representantes, incentivando a participação democrática e o exercício da cidadania.

Rede Ilha
A aluna do 7º período do curso de Jornalismo, Crislayne Silva, foi escolhida para participar do programa em Brasília (DF). A estudante ficará de 23 a 29 de abril conhecendo e acompanhado os trabalhos dos parlamentares.
A discente, que sempre sonhou em integrar o projeto, diz que sua participação é grande importância para o seu aprendizado na política.Estudante da Universidade Tiradentes (UNIT), Crislayne Silva é estagiária de Jornalismo do portal iSergipe, pertencente à Rede Ilha de Comunicação.

Falece Jerry Adriani, ícone da Jovem Guarda
Ele tinha o nome Jair Alves Sousa, Jerry Adriani, o "Jerry" do ator/comediante americano Jerry Lewis, de quem ele era fã incondicional, e "Adriani", tirado do pré nome do cantor/compositor italiano Adriano Celentano, foi um ícone da Jovem Guarda, Jerry Adriani começou sua carreira artística em 1964 cantando músicas italianas para chegar ao sucesso a partir de 1967 com músicas da Jovem Guarda, nasceu em São Paulo em 1947, faleceu ontem aos 70 anos.Clique no link abaixo e assista Jerry Adriani no Programa de Hugo Santana da TV Jornal (Manchete). (colaboração de Gerivaldo Peixoto da TV Jornal): https://www.youtube.com/watch?v=vAK4ffgYB94

As notícias de destaques da última semana
Com a colaboração de Ludwig Oliveira através de seu canal de vídeos do Youtube apresentamos aqui aquelas notícias que mais tiveram destaque na última semana nas redes sociais, blogues, rádio, televisão, jornais… clique no link:  https://www.youtube.com/watch?v=MEf-XLNyjEA&t=5s

PELO TWITTER

www.twitter.com/pdralex  O circo está se fechando – como dizia Ismael Silva, "quanto mais longe do circo mais eu encontro palhaço"…

www.twitter.com/AnaPaulaKummer_  Proteção  à corrupto. Tem jeito não, voltamos ao velho dilema votar ou não votar? Todos são iguais . A piscina tá cheia de ratos!

www.twitter.com/calbnascimento   “Muitos juízes são absolutamente incorruptíveis; ninguém consegue induzi-los a fazer justiça.”  Bertolt Brecht

www.twitter.com/ThalesBrandao   O chorume do lixo em Aracaju começou a feder.

www.twitter.com/rogeraju    Se o MP fizesse um acordo de delação com o dono da torre José Antonio, muita máscara iria cair em Aracaju de situação e de oposição.

www.twitter.com/Valadares_Filho   O gov JB após a vitória de Edvaldo, gabou-se  q fora ele o resolvedor. Agora sabemos o porquê. Edvaldo e JB irmãos siameses nessa história.

DO LEITOR

Copa Sejesp. Grama alta e campo sem marcação
E-mail recebido de alguns pais: A secretaria de esporte do município promove Copa de  Futebol em várias categorias de idades, mas a falta de organização é muito grande. Neste final de semana foi no Anchietão no Bugio onde o campo estava sem marcação e a grama muito alta, tudo por falta de manutenção da prefeitura de Aracaju e da secretaria de esporte que não tem o mínimo de organização.”

NOTA PÚBLICA DA ADEPOL SERGIPE

A Associação dos Delegados de Polícia de Sergipe (ADEPOL) vem a público parabenizar os delegados João Batista Santos Júnior e Alessandro Vieira pelo relevante trabalho desempenhado à frente da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Delegacia-Geral da Polícia Civil, respectivamente, durante os últimos 14 meses, ao tempo em que saúda e deposita as mais altas expectativas na gestão que ora se inicia, capitaneada pelos experientes Dr João Eloy de Menezes, novo titular da SSP, e pela Dra Katarina Feitoza, nova Delegada-Geral da Polícia Civil.

Forte defensora dos princípios democráticos e republicanos plasmados na Constituição Federal e no ordenamento jurídico brasileiro, a Adepol lamenta, porém, que as mudanças tanto na *SSP* quanto no Ministério Público Estadual tenham ocorrido exatamente num momento em que todo o sistema de segurança e de justiça, assim como toda a sociedade sergipana, estavam presenciando a atuação combativa, corajosa e emblemática dos delegados de polícia lotados na DEOTAP e do promotor de justiça Henrique Ribeiro Cardoso, no comando do Centro de Apoio ao Patrimônio Público (CAOPP), frente a grupos criminosos que se instalaram no Estado de Sergipe, voltados ao desvio e locupletação de recursos públicos, no âmbito das administrações públicas estadual e municipais.

É inconcebível que, num momento em que a sociedade brasileira assiste, orgulhosa, aos desdobramentos da Operação Lava-Jato, responsável pelo desmonte do maior esquema de corrupção da história do Brasil, em Sergipe, os poderes político e econômico possam transpor as barreiras de uma sólida instituição e atingir o trabalho independente de um dos seus mais combativos e honrados membros, sem quaisquer consequências além do silêncio cúmplice e ensurdecedor de quem tem o dever de agir em defesa de seus pares e, por conseguinte, dos interesses da própria sociedade.

Não sem razão, a Adepol entende como absolutamente inócua a decisão do Supremo Tribunal Federal que autorizou o Ministério Público a realizar investigação criminal por mão própria, na medida em que a tão propalada independência funcional dos seus membros dissipa-se como fumaça ante a primeira investida dos fatores reais de poder.

Neste particular, a Adepol lamenta que certas manifestações, a pretexto de conferir apoio e solidariedade aos delegados de polícia, tenham por desiderato a indisfarçável e oportunista autopromoção institucional, fruto de um projeto megalômano que visa retirar a autonomia funcional dos delegados e subordoná-los, bem como às polícias judiciárias da União e dos Estados, ao ilimitado poder de seus membros.

Por fim, a Adepol aproveita o ensejo para render as suas mais sinceras e justas homenagens aos delegados *Danielle Garcia, Gabriel Nogueira e Nádia Flausino, pedindo vênia à Associação Sergipana do Ministério Público para estender as mesmas homenagens ao ilustre promotor de justiça Henrique Ribeiro Cardoso, cujo abrupto afastamento do comando do CAOPP ainda não foi satisfatoriamente esclarecido pela chefia do Ministério Público nem publicamente enfrentado por sua associação de classe.

Paulo Márcio Ramos Cruz
Presidente da Adepol

NOTA DE ESCLARECIMENTO – MPE SERGIPE

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SERGIPE – MP/SE, por meio de seu Procurador- Geral de Justiça, vem a público prestar esclarecimentos necessários em relação aos últimos acontecimentos, no âmbito das investigações de crimes contra a Administração Pública e atos de improbidade administrativa, no Estado de Sergipe.

De saída, o MP/SE esclarece que sua atuação é e sempre foi firme em relação ao combate à corrupção no Estado, e assim permanecerá, independente da mudança de gestão na cúpula da Secretaria de Segurança Pública. Nesse contexto, revela-se necessário esclarecer que a referida Secretaria é órgão do Poder Executivo Estadual, que, por sua vez, em razão das regras constitucionais em vigor, regras essas que vinculam a atuação desta e de todas as demais Instituições Republicanas, tem discricionariedade para escolher e nomear seus dirigentes. O Ministério Público, respeitada a discricionariedade estatal, não interfere em decisões políticas dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, e assim não o faz por inércia ou protecionismo de quem quer que seja, e sim em razão do respeito aos sistemas de investigação e acusatório, previstos na Constituição de 1988.

Causa indignação a esta Instituição e a seus membros os rumos que as notícias vêm tomando ultimamente, dentro e fora da própria instituição, inclusive na imprensa, com imputações de inércia e silêncio do Ministério Público Estadual. O MP/SE age quando dever agir, sempre pautado pelas normas constitucionais e legais da República e não pelo clamor social ou por presunções descabidas de que apenas um ou poucos Agentes Públicos (Magistrados, Promotores de Justiça, Delegados de Polícia, Conselheiros, Secretários de Governo ou quaisquer outros) são honestos e competentes, e os demais não. Honestidade, compromisso, honradez e ética são deveres de todos os Agentes Públicos e valores presumidamente inerentes a todos eles, até que se prove o contrário.

Por outro lado, o Ministério Público entende que toda e qualquer investigação é conduzida por Instituições, de forma impessoal, pautando-se em princípios éticos, no devido processo legal, nos princípios do contraditório e da ampla defesa e nas demais regras constitucionais. E, nesse sentido, com o escopo maior de eficiência e bons resultados nas investigações e na persecução penal e de improbidade administrativa, o Ministério Público de Sergipe, mantendo-se aguerrido em sua atuação, preza pelo bom relacionamento com as demais instituições incumbidas pela Constituição para o combate à corrupção, inclusive a Polícia Civil.
Sempre andando lado a lado, em regime de parceria e colaboração recíprocas, na busca de objetivos comuns, o MP vem firmando termos de parceria e atuação conjunta com diversos órgãos e instituições, a exemplo do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe e da Polícia Civil. A Operação Antidesmonte, criada a várias mãos e nascida da parceria entre MP/SE, Polícia Civil e TCE/SE, corrobora esse intento de integração das instituições constitucionais de controle. De igual modo, as diversas investigações conduzidas em parceria pelo MP/SE e pela DEOTAP (Operações INDENIZAR-SE, SUBVENÇÕES, entre outras) também evidenciam que o caminho mais salutar é a INTEGRAÇÃO das instituições no combate à corrupção, sem protagonismo de qualquer agente estatal.

Junto à sociedade, destinatária final de nossa atuação, o Ministério Público Estadual reitera seu compromisso de combate incessante à corrupção no Estado de Sergipe. E, junto a TODOS os Membros da nossa e de todas as Instituições e órgãos de controle, renovamos nosso irrestrito apoio e confiança no trabalho que vem sendo desenvolvido.

Aracaju, 21 de abril de 2017.

JOSÉ RONY SILVA ALMEIDA
Procurador-Geral de Justiça do MPSE

NOTA PÚBLICA – PREFEITURA DE ITABAIANA

A Prefeitura de Itabaiana, através da Secretaria de Comunicação Social vem a público informar que não se responsabiliza pelas postagens assinadas pelo Sr. Jackson da Itnet, divulgadas em redes sociais. Outrossim, assegura  que textos, fotos e artes não foram autorizadas por está Secretaria, uma vez que o seu responsável não faz parte do seu quadro de funcionários. Assim sendo, as referidas postagens e outras que forem  publicadas são e serão de  inteira responsabilidade dele, não representando o pensamento da SECOM.

Itabaiana, 23 de abril de 2017
Carlos Ferreira – Secretário Municipal de Comunicação Social.

Cláudio Nunes no Face e no twitter:

https://www.facebook.com/blogclaudionunes/

Frase do Dia
“A inimizade pode ser tão cordial quanto a amizade.” Sérgio Buarque de Holanda, historiador, jornalista e escritor brasileiro, morreu em 24 de Abril de 1982 (n. 1902).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários