MUSIQUALIDADE

0

R E S E N H A     1

 

Cantor: NANDO REIS

Título: “SIM E NÃO”

Gravadora: UNIVERSAL

 

Nando Reis é ex-baixista do grupo Titãs, com o qual emplacou vários sucessos de sua autoria (como “Marvin” “Bichos Escrotos” e “Os Cegos do Castelo”). Reconhecido mais como compositor que como intérprete, é cultuado por grandes cantoras da nossa MPB, a exemplo de Marisa Monte e Cássia Eller. Ambas já gravaram várias canções do artista, a exemplo de “Beija Eu”, “Diariamente”, “O Segundo Sol” e “All Star”.

Acaba de chegar nas lojas o sexto CD solo de Nando. Trata-se do álbum “Sim e Não”, um lançamento da gravadora Universal. O trabalho é totalmente autoral e faz-se composto de doze faixas inéditas, nas quais se denota o amadurecimento artístico do rapaz, especialmente no que diz respeito às letras, já que, quanto às melodias, algumas delas já começam a soar repetitivas.

Os temas das canções resvalam, na maioria das vezes para o lado dos encontros e desencontros amorosos e dá para notar que a voz pequena de Nando também tem mostrado progressos e as desafinações que antes eram constantes agora são exceções.

Como já vinha fazendo desde o seu último trabalho, Nando divide o CD com o grupo que o acompanha denominado Os Infernais. É uma galera que toca bem pra caramba e que conhece o som de Nando a fundo, garantindo assim um resultado sonoro de indiscutível qualidade.

Como destaques deste novo CD dá para citar a contagiante “Sou Dela” (que tem toda a pinta de se transformar facilmente em hit) e a intrigante “Monóico” (cuja letra sugere a inversão dos papéis sexuais). Já a curiosidade fica por conta da bela e delicada “Espatódea”, dedicada a Zoé, a quarta filha da já abundante prole de Nando e a única ruiva como ele (espatódea é uma árvore que dá uma flor cor de laranja).

O cara já provou que tem talento. Precisa não se acomodar e permitir-se renovar sempre. Assim agindo, tem tudo para cravar o seu nome dentre os melhores compositores da sua geração. 

 

 

R E S E N H A     2

 

Cantora: LENY ANDRADE

CD: “LUA DO ARPOADOR”

Gravadora: BISCOITO FINO

 

A cantora carioca Leny Andrade, em parceria com o violonista Romero Lubambo, está lançando, através da gravadora Biscoito Fino, mais um CD que passa a integrar a sua vasta discografia. Intitulado “Lua do Arpoador”, o trabalho foi gravado integralmente em New Jersey, nos Estados Unidos, no famoso Knoop Studios.

São treze faixas pelas quais Leny passeia a sua voz grave e rouca, poderosa ainda, apesar de estar, há décadas, a serviço da boa música popular brasileira. Com uma maneira de respirar característica, muitas vezes cortando a frase musical pelo meio, Leny é uma intérprete vigorosa, daquelas que emprestam a alma às canções.


O disco recém-lançado conta apenas com a voz de Leny e o violão virtuoso de Lubambo, artista que já a acompanha há tempos, especialmente durante as suas temporadas no exterior, onde a cantora é bastante conhecida e respeitada.

Mostrando clara predileção pelo samba e pelo jazz, ritmo caracterizado pela improvisação, arte na qual Leny é fera, a síntese do álbum termina ficando, então, com a faixa “Influência do Jazz”, obra-prima de autoria de Carlos Lyra. Todavia, há outros excelentes momentos como, por exemplo, “No Pedaço” (de Moacyr Luz e Sérgio Natureza), “Desenredo” (uma das raras parcerias de Ivan Lins e Gonzaguinha) e “Unidunitê” (de Márcio Proença e Marco Aurélio). Há espaço ainda para a batida da bossa-nova (“Assim Não Dá”, de Kléber Jorge e Regina Werneck) e para uma canção à la Dolores Duran (“Beijo Distraído”, outra de Regina Werneck, desta feita com Durval Ferreira).

Não se trata, é bem verdade, de um disco arrebatador (e Leny tem cacife para fazer isso), mas mostra uma intérprete em contínua batalha para mostrar o seu canto, motivo pelo qual vale ser conhecido.

 

 

N O V I D A D E S

 

·               O compositor e cantor paraense Nilson Chaves está lançando mais um CD, desta vez dividindo a produção com o maranhense Zeca Baleiro. O trabalho intitulado “Maniva” conta com arranjos caprichados e uma boa seleção de parceiros que terminam por conferir ao álbum um agradável resultado final. Baleiro também está entre eles, assinando a faixa “Papoulas”, mas os melhores momentos ficam por conta de “Você Me Guia”, “Cabelo Açaizal” e “Círio do Exílio”. Há as participações especiais da cantora Ceumar e dos cantores Moska, Chico César e Flávio Venturini, entre outros.

 

·               A exímia violonista Badi Assad lança mais um CD, continuando no seu intento de também mostrar o seu canto. De fato, a bela morena canta muitíssimo bem e já pode ser incluída entre as melhores intérpretes brasileiras. O álbum recém-lançado é bem interessante, muito embora tenha ficado aquém do disco anterior da cantora, o excelente “Verde”. Badi mostra-se autora inspirada, seja compondo sozinha (“O Que Seria?”), seja dividindo parceria com Chico César (“Zoar”). Dentre os destaques, há que se registrar as faixas “Acredite ou Não” (de Lenine e Bráulio Tavares), “From United States of Piauí” (de Gonzaguinha) e “O Mundo é um Moinho” (de Cartola). Há as participações especiais do ultra-festejado cantor Seu Jorge em “Vacilão” (de Zé Roberto) e da atriz e poetisa Elisa Lucinda em “A Banca do Distinto” (de Billy Blanco). Mas delicioso mesmo é poder ouvir Badi cantado, aos quatro anos, “Estrada do Sol” (de Tom Jobim e Dolores Duran), em gravação caseira, acompanhada pelo violão de Sérgio Assad, seu pai.

 

·               “Pimenta Rosa” é o título do novo CD da cantora Lica Cecato. O trabalho, que já está nas lojas, tem como destaques as faixas “Chuva Tropical”, “Via da Ilusão” e “Pr’arrasar”, parcerias da própria Lica com o tecladista José Lourenço.

 

·               Ao lado de Cazuza, é indubitavelmente Renato Russo o nome mais importante da geração do rock que surgiu no Brasil na década de oitenta. Líder da banda Legião Urbana, Renato até hoje arregimenta milhares de fãs com suas canções de cunho adolescente-revolucionário e urbano. Aproveitando esse segmento que parece cultuar Renato como se fosse um semi-deus, a gravadora EMI acaba de pôr nas lojas o CD “Renato Russo – Uma Celebração” que foi gravado, em dezembro passado, na Fundição Progresso (RJ) e faz parte do Projeto MultiShow ao vivo. Vários são os artistas que aderiram à homenagem e a maior parte do disco é dominada por som pesado e guitarras distorcidas. As exceções ficam por conta do pessoal do Pato Fu (em “Eu Sei”), de Vanessa da Mata (em “Por Enquanto”) e de Dinho Ouro Preto (em “Marcianos Invadem a Terra”). Há ainda duas faixas bônus gravadas em estúdio: a bela instrumental “O Grande Inverno da Rússia” (com a banda Confraria) e a inédita “Fábrica 2” (com os Titãs). Para quem preferir, encontra-se disponível também em formato DVD.

 

·               Já se encontra no estúdio da gravadora Trama registrando as canções que farão parte de seu primeiro CD a banda paraibana Zefirina Bomba. Os seus três componentes fazem um som bastante arrojado e criativo. É esperar para conhecer…

 

·               E é também a Trama que já divulga o segundo CD da banda pernambucana Mombojó. Intitulado “Homem-Espuma”, o novo álbum conta com as participações de Tom Zé (na faixa “Realismo Convincente”) e da cantora Céu (em “Tempo de Carne e Osso”).

 

·               Jorge Vercilo realizou no final de abril, no Canecão, dois shows que, devidamente registrados, resultarão em CD e DVD que estarão em breve à venda nas melhores lojas. Do repertório constam uma canção inédita (“Funk da Vela”) e a regravação de conhecido samba de Wilson Moreira e Nei Lopes imortalizado, na década de setenta, pela cantora Zezé Motta (“Senhora Liberdade”).

 

·               Em 2003, a cantora Gláucia Nasser estreou no mercado fonográfico com um CD dedicado à obra do compositor Anísio Dias. Agora, faz chegar às lojas o seu segundo disco que leva a assinatura de Sérgio Carvalho na produção. Intitulado “Bem Demais”, o repertório traz, dentre outras, músicas de Tito Madi (“Balanço Zona Sul”) e de Isabella Taviani (“Canção para um Grande Amor”).

 

 

RUBENS LISBOA é compositor e cantor


Quaisquer críticas e/ou sugestões serão bem-vindas e poderão ser enviadas para o e-mail: rubens@infonet.com.br

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais