Musiqualidade

0

R E S E N H A

Cantora: ITHAMARA KOORAX
CD: “ALL AROUND THE WORLD”
Gravadora: JVC

Uma verdadeira força da natureza! Essa parece ser, sem exagero, a melhor definição para quem ouve a cantora Ithamara Koorax em seu novo CD “All Around the World”, o qual foi gravado ao vivo durante turnê pela Europa, Ásia e EUA (com arranjos de Arnaldo DeSouteiro, produtor brasileiro hoje radicado em Los Angeles), e chegou ao mercado sem overdubs (complementos) nem correções de estúdio.
A carioca que iniciou a carreira tendo Elizeth Cardoso como madrinha e que, em 1990, viu sua voz ser propagada de norte a sul do Brasil com a gravação de “Iluminada”, faixa mais executada da trilha sonora do seriado global “Riacho Doce”, vem sendo eleita, há doze anos consecutivos, uma das dez melhores cantoras do mundo segundo as renomadas revistas DownBeat, Jazz People e Swing Journal, além de já ter recebido três indicações para o Grammy. Ela também teve seu nome incluído entre as melhores cantoras da história do jazz pela enciclopédia "The Jazz Singers" e foi destaque no Book of The Year 2013 da Enciclopédia Britânica.
Uma das artistas brasileiras de maior prestígio internacional e com um trabalho tremendamente bem aceito no exterior, principalmente no Japão, onde seus discos têm expressivas vendagens, e na Inglaterra, onde suas músicas fazem sucesso no universo do acid jazz, Ithamara deveria ser referência obrigatória para essas cantantes sussurrantes que pululam por aí aos milhares. Dona de voz de timbre belo e claro, com pronúncia e respiração irretocáveis e uma extensão fora do comum, ela está, com o recém-lançado álbum (o vigésimo de sua aclamada discografia), comemorando vinte e cinco anos de trajetória musical. Nele, a artista mostra o que sabe fazer de melhor: cantar bonito e com uma entrega avassaladora. E como os raríssimos talentos que sabem se garantir no gogó, faz de sua voz mais um instrumento (é assim que ela a entende), sempre abrindo espaço, sem qualquer receio de ser ofuscada, para que os fantásticos músicos que a acompanham possam brilhar em apaixonantes solos.
No repertório que, como de costume, mistura pérolas nacionais com temas estrangeiros (entre estes estão “Butterfly”, de Herbie Hancock, “Up From the Skies”, de Jimi Hendrix, “What’s Going On?”, de Marvin Gaye, e “My Favorite Things”, de Richard Rodgers), ela reuniu canções que lhe permitem mostrar o quão alto pode voar com seus agudos absurdamente afinados, o que pode ser constatado, entre outros momentos, através da delicada roupagem conferida a “Primavera”, obra-prima propagada por Cassiano.
O CD, distribuído pela gravadora JVR (associada à empresa japonesa Sanyo Corporation), serve para denotar as idas e vindas de Ithamara por palcos os mais diversos (só no ano passado ela bateu a impressionante marca de cento e onze shows realizados) que vão do Rio de Janeiro a Londres, de Praga a New York, passando, entre outros, por Paris, Frankfurt, Tóquio, São Paulo e Helsinki, conforme registrado na contracapa. Já no encarte, ela fez questão de prestar homenagem aos que com ela dividiram vivências e experiências em palcos e estúdios, ali explicitando, entre outros, Tom Jobim, Edu Lobo, Cristóvão Bastos, Martinho da Vila, Baden Powell, João Donato, Hermeto Pascoal, César Camargo Mariano, Tito Madi e Guinga.
O set list selecionado se faz composto por doze faixas e, ainda que seja tarefa hercúlea enumerar destaques, se torna obrigatório ressaltar a interpretação fora de comum da artista para “Black Is Beautiful”, canção gravada com maestria por Elis Regina no LP “Ela”, de 1971, mas que agora ganha seu registro definitivo. Igualmente beirando o sublime é a releitura feita para “Água de Beber” (de Tom Jobim e Vinicius de Moraes), numa levada de hip-hop, gravada durante uma apresentação no clube Band On The Wall de Manchester, na Inglaterra (e que inclui uma eletrizante improvisação vocal de Ithamara com citações de “Cry Me A River”, “Zum Zum” e “Me Deixa Em Paz”), bem como a versão suingante de “Mas Que Nada” (de Jorge Ben Jor), música de que ela já se apropriou há anos e que tem se tornado obrigatória em suas apresentações. Também da dupla Tom e Vinicius ela resgata a conhecida “Ela É Carioca” e, atenta às bases do nosso cancioneiro, traz a lume “Cala Boca Menino” (de Dorival Caymmi), conferindo-lhe novas e insuspeitadas tintas. E se “A Rã” (de João Donato e Caetano Veloso) se transforma em uma verdadeira aula de divisão rítmica, “Human Nature” (hit de Michael Jackson) surge espertamente recheada de citações de antigas canções do universo infantil.
Uma diva no esplendor de sua forma vocal em um CD obrigatório que confirma se tratar Ithamara Koorax de uma das maiores cantoras de todos os tempos na história da música mundial. Corra e ouça sem parar!

N O V I D A D E S

* Compositor niteroiense que tem seu nome intrinsecamente ligado ao movimento artístico mineiro denominado Clube da Esquina, Ronaldo Bastos se tornou conhecido no mundo musical em especial por suas parcerias com Milton Nascimento (“Três Pontas”, “Nada Será Como Antes” e “Cravo e Canela” estão entre elas). Mas ele, um criador profícuo, também criou, ao longo de sua trajetória, ótimas canções com diversos outros artistas, a exemplo de Celso Fonseca, Tom Jobim, Ed Wilson, Marina Lima, Flávio Venturini, Beto Guedes, Wagner Tiso, Caetano Veloso e Lulu Santos. Na década de oitenta do século passado, Ronaldo, que é formado em Jornalismo, aproveitou o momento romântico que assolava as paradas musicais brasileiras e engatou vários sucessos. Esse seu lado mais popular encontra-se reunido no recém-lançado CD “Alta Costura”, uma compilação de vinte e um fonogramas que chegou às lojas através de uma parceria entre a gravadora Universal e o selo Dubas (de propriedade dele próprio). Entre as selecionadas, há músicas que se entranharam definitivamente no inconsciente coletivo nacional, caso de “Sorte”, “Um Certo Alguém”, “Seguindo no Trem Azul”, “Chuva de Prata” e “Todo Azul do Mar”. Alguns dos maiores intérpretes do nosso cancioneiro dão voz aos seus versos: de Maria Bethânia e Simone a José Augusto e Joanna, passando por Gal Costa, Tim Maia, Sandra de Sá, Zizi Possi e Nana Caymmi.

* A cantora mineira Regina Souza está lançando seu terceiro CD. Intitulado “Inversões” e sob a direção artística de Pedrinho Alves Madeira, o álbum foi produzido por Rodrigo Campello e traz no repertório, vertidas para o português, canções norte-americanas dos anos 1930, 1940 e 1950, além de outras compostas em português que receberam letras em línguas estrangeiras.

* Desde 2006 longe do mercado fonográfico, Fernanda Abreu irá quebrar esse jejum ainda este ano. Ela já se encontra em estúdio gravando as canções que integrarão o repertório de um novo e aguardado CD.

* Em março chegará às lojas, através da gravadora Coqueiro Verde Records, um disco com gravações inéditas de Cássia Eller intitulado “O Espírito do Som”. Trata-se de registros caseiros feitos pela saudosa artista em 1983, antes de alcançar projeção nacional, aproveitados de fitas cassete que foram encontradas por amigos.

* Foi através também da gravadora Coqueiro Verde Records que chegou às lojas o novo e bom CD da cantora, compositora e atriz Danni Carlos. Intitulado “Livre”, o álbum, composto por doze faixas inéditas e autorais (aqui incluídas a bônus “Boca” e “Se Essa Rua Fosse Minha”, adaptada de conhecido tema de domínio público), foi produzido pelo tecladista Carlos Trilha que soube mesclar, na sonoridade pop escolhida para o disco, momentos mais suaves com outros recheados de pegada roqueira. Danni, que começou a compor aos dezesseis anos e aos vinte e um resolveu se aventurar pela Europa (continente que percorreu como mochileira, cantando e tocando para ganhar alguns trocados), se mostra uma autora interessante que sabe falar de emoções corriqueiras de forma simples, porém criativa. Dona de voz de timbre límpido e bonito, ela sabe dosar as emoções na medida certa e suas interpretações geralmente surgem num crescendo. Entre os melhores momentos do repertório apresentado estão as faixas “Vem me Dizer” (que, se incluída em trilha de alguma telenovela, certamente estouraria fácil), “Anzol”, “Embalagem” e “A Chuva Quer Cair”.

* A cantora e atriz baiana Emanuelle Araújo – todos sabem – canta muito bem e solta sua voz à frente da banda Moinho. O que se faz novidade é que ela vai iniciar, em breve, carreira individual pois já se encontra atualmente gravando o seu primeiro CD solo sob a produção de Kassin. O repertório contemplará músicas de Arnaldo Antunes, Moska e Zeca Baleiro.

* A trilha sonora nacional da telenovela global “Alto Astral” acaba de aportar no mercado em dois volumes, os quais albergam vinte e oito faixas. Vendidos separadamente, eles trazem, entre os artistas selecionados, Lulu Santos (“Sócio do Amor”), Maria Rita (“Rumo ao Infinito”), Moska (“Somente Nela”), Fábio Jr. (“O que Importa É a Gente Ser Feliz”), Luiz Melodia (“Muito Romântico”), Fafá de Belém (“Escândalo”), Zizi Possi (“O Amor”) e Elis Regina (“O que Tinha de Ser”).

* Chegará às lojas no próximo mês o novo CD do padre Fábio de Melo, o qual virá recheado de convidados famosos. Intitulado “Deus no Esconderijo do Verso”, o álbum contará com as participações especiais de Alcione, Elba Ramalho, Fafá de Belém, Fagner, Nana Caymmi, Ninah Jo e Zeca Pagodinho.

* Em breve será posto no mercado o primeiro DVD da cantora e compositora carioca Anna Ratto. Por enquanto, os curiosos poderão saciar um pouco a vontade assistindo ao clipe da simples e bela canção autoral “Nem Sequer Dormi”, já disponível no YouTube, e que traz a participação especial de Roberta Sá.

* Através da gravadora Universal, o cantor e compositor Seu Jorge estará lançando, ainda neste primeiro trimestre, o segundo volume da trilogia intitulada “Músicas para Churrasco”, por ele iniciada em 2011. Quem viver, ouvirá!

RUBENS LISBOA é compositor e cantor.
Apresenta o quadro "Musiqualidade" dentro do programa "Estúdio Aperipê”, veiculado pela Aperipê FM todas as segundas-feiras, às 11 horas.
Quaisquer críticas e/ou sugestões a este blog serão bem-vindas e poderão ser enviadas para o e-mail: rubens@infonet.com.br

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais