Musiqualidade

0

R E S E N H A

Cantora: ZABELÊ
CD: "ZABELÊ”
Gravadora: POMMELO DISTRIBUIÇÕES

Depois de, há alguns anos, tentar emplacar no mercado fonográfico nacional junto com suas duas irmãs ao se lançar no grupo SNZ, a cantora Zabelê (filha de Pepeu Gomes e Baby do Brasil) ressurge agora em carreira solo ao pôr no mercado, através da Pommelo Distribuições, o seu primeiro e homônimo CD solo.
O álbum foi produzido pelo baterista Domenico, um dos principais nomes da nova música popular brasileira, o qual também assina a autoria de cinco das dez inéditas faixas selecionadas para compor o repertório (uma delas solitariamente e as quatro restantes ao lado dos parceiros Alberto Continentino, Pedro Sá e Gustavo Benjão). Também foram selecionadas canções compostas por outros cobiçados nomes da atualidade, tais como André Carvalho, Kassin, Quito Ribeiro, Rubinho Jacobina e Luísa Maita.
A ficha técnica contempla a efetiva participação dos já citados Pedro Sá (na guitarra), Alberto Continentino (no baixo) e Domenico (na bateria e percussão), além de Kassin (no violão), Ricardo Dias Gomes (no fender rhodes), Berna Ceppas (no synth), Marlon Sette (no tombone), Zé Carlos Bigorna (no sax) e Altair Martins (no trompete). São esses músicos que formatam a sonoridade pop do trabalho que ganha ares mais suaves em “Enquanto Desaba o Mundo” e “Colado”, mas mostra fartas doses de suingue em “Atenção” e “Sabadá”. Nesta última faixa, Zabelê faz lembrar a mãe, embora sua voz pequena esteja mais próxima de outras intérpretes contemporâneas, caso de Bebel Gilberto e Vanessa da Mata (o que se pode constatar após ouvir “Nossas Noites” e “Prática”, respectivamente).
Moreno Veloso surge como o único convidado especial do projeto, dividindo os vocais da animada “Cara de Cão”, sem dúvida um dos maiores destaques do set list.
Zabelê estreia, pois, em sua trajetória individual longe das presenças dos pais famosos e de Pedro Baby, seu emergente irmão guitarrista, o que demonstra uma real vontade em conquistar espaços próprios. Se irá conseguir, só o futuro dirá…

N O V I D A D E S

* Aclamado pela crítica com o lançamento de “Asa”, seu primeiro CD solo, no ano passado, o cantor e compositor Gustavo Galo segue paralelamente integrando a Trupe Chá de Boldo, grupo paulistano que acaba de fazer chegar às lojas, também através da Pommelo Distribuições, o CD intitulado “Presente”. Trata-se do terceiro álbum da galera, o qual foi produzido pelo competente Gustavo Ruiz e se faz composto por treze faixas. Galo assina oito das canções apresentadas, algumas em parceria, e comprova ser, de fato, um autor inventivo. Suas letras são geralmente curtas, mas passam o recado que ele quer dar de forma inteligente e criativa. Ouvintes mais atentos encontrarão, no trabalho da Trupe, ecos do lendário grupo Rumo (surgido em São Paulo em 1974 e dissolvido em 1991, mas que influenciou diversas gerações), bem como de Itamar Assumpção. Entre boas canções assinadas por Negro Leo (“Jovem-Tirano-Príncipe-Besta”), Tatá Aeroplano (“Cine Espacial”, composta com Julia Valiengo), Tomás Bastos (“Aos Meus Amigos”) e Iara Rennó (“Lampejo”, feita com Gustavo Cabelo), os destaques do repertório apresentado ficam mesmo por conta de criações de Galo, a exemplo da deliciosa “Diacho”, da direta “Amores Vão” e da demolidora “Meu Tesão É Outro”  (criada ao lado de Ciça Góes, Felipe Botelho e Marcelo Segreto). Vale a pena conhecer!

* O show “Pelos Caminhos do Som – Martinho da Vila, do Brasil, do Mundo” foi devidamente registrado durante recente apresentação realizada no Imperator (RJ) para se transformar no primeiro DVD da carreira da sambista Ana Costa. Vários convidados participaram do espetáculo. Quem viver, verá e ouvirá!

* Com vistas às vendas que geralmente crescem com a proximidade do Dia das Mães, a gravadora Sony Music quebra a regra de lançar produtos de Roberto Carlos às vésperas do Natal e põe nas lojas, já no começo de abril, o CD e DVD que eternizam o show feito pelo Rei na MGM Gran Garden Arena, em Las Vegas (EUA), em setembro do ano passado. No repertório, ele revive alguns de seus maiores sucessos e resgata standards do cancioneiro mundial, interpretando-os em quatro idiomas (português, espanhol, inglês e italiano).

* A emergente cantora Alice Caymmi aproveita seu ótimo momento de exposição e disponibiliza no portal SoundCloud o single de sua versão para “Falam de Mim”, clássico samba de Noel Rosa, Éden Silva e Aníbal Silva, originalmente lançado em 1948 pela dupla Zé da Zilda e Zilda do Zé e já gravado pela tia Nana Caymmi em 1977. A produção coube ao multi-instrumentista Gustavo Benjão e o arranjo contou com programações e samples a cargo de Rodrigo Gorkie.

* “Consumido” é o título da primeira parceria entre o cantor e compositor carioca João Cavalcanti e o uruguaio Jorge Drexler e está entre as faixas no novo CD do artista, atualmente em fase de gravação em estúdio carioca. Com a produção assinada por Tó Brandileone e Bruno Giorgi, o disco trará um repertório inteiramente autoral, contendo também músicas feitas com Joyce Moreno e Claudio Jorge.

* O compositor, produtor e pesquisador musical Hermínio Bello de Carvalho estará completando, no dia 28 de março, oito décadas de vida e a data redonda desse importante nome da nossa MPB será efetivamente comemorada com os lançamentos, em breve, de dois livros seus: um contendo poemas inéditos a ser lançado pela Folha Seca, o qual se intitula “Meu Zepelim Prateado”, e outro com cinquenta crônicas ilustradas pelo cartunista Bap. Além disso, ele procura patrocínio para gravar um disco de canções inéditas resultantes de parcerias com Vidal Assis, seu novo parceiro, o qual vem se juntar a, entre outros, Cartola, Dona Ivone Lara, Chico Buarque e Paulinho da Viola. Hermínio, que foi o responsável pelo lançamento de grandes artistas, a exemplo de Clementina de Jesus, Simone e Vital Lima, também será homenageado, no segundo semestre, pelo Centro Cultural Correios que abrigará a série “Hermínio aos 80”: serão realizados quatro shows que trarão roteiros baseados em recortes temáticos sobre sua obra. Muito merecido!

* “Nord” é o título do segundo CD do compositor e percussionista pernambucano Jam da Silva. Composto por dez músicas autorais, o álbum traz uma nova versão para a bela “Gaiola da Saudade”, parceria do artista com Maciel Salu e lançada por Elba Ramalho em 2007. Há parcerias com Luisa Maita e com a norte-americana Lisa Papineau, além da participação especial de Lucas Santtana.

* “Desvelo” é o título do primeiro CD solo que a cantora e pianista mineira (ora radicada em São Paulo) Andrea dos Guimarães está lançando com distribuição da Tratore (ela que também faz parte do grupo Conversa Mineira e do Garimpo Quarteto). Trata-se de um produto independente que se fez viabilizado através de plataforma de financiamento coletivo e que apresenta uma artista versátil e segura, plena no dom que Deus lhe deu. São doze faixas nas quais Andrea se acompanha unicamente ao seu piano erudito e coloca sua bela e afinada voz a serviço de canções já bastante conhecidas, conferindo-lhes, todavia, cores próprias em formatação camerística. Entre elas estão “Começar de Novo” (de Ivan Lins e Vítor Martins), “Lata d’Água” (de Luís Antônio e Jota Júnior), “Retrato em Branco e Preto” (de Tom Jobim e Chico Buarque) e “Acalanto” (de Edu Lobo e Chico Buarque). Em “Meus Tempos de Criança” (de Ataulfo Alves), a artista conta com a participação afetiva de Alcides Nunes, seu pai, nos vocais. Há também a inserção, no repertório, de dois temas autorais, instrumentais e inéditos (“Ciranda dos Meninos” e “Estrada do Contorno”).

* “O Voo do Dragão” é o título do terceiro álbum do trompetista pernambucano Guizado que vai chegar ao mercado fonográfico ainda agora em março. De repertório autoral, o CD alia sons orgânicos a timbres sintéticos e mostra influências da música oriental no trabalho do artista.

* Este promete ser um ano de lançamentos consideráveis, embora praticamente já tenha se esgotado o primeiro trimestre sem que tenha chegado às lojas um produto de real peso (com exceção do magistral “All Around the World”, de Ithamara Koorax). Mas é uma questão de paciência porque em breve estarão disponíveis os novos CDs de Seu Jorge, Ivan Lins, Elba Ramalho, Gal Costa, Cida Moreira, Chico César, Lenine e Janaína Fellini. Aí, galera, será só correr para o abraço!

RUBENS LISBOA é compositor e cantor.
Quaisquer críticas e/ou sugestões a este blog serão bem-vindas e poderão ser enviadas para o e-mail: rubens@infonet.com.br

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais