MUSIQUALIDADE

0

R E S E N H A     1

 

Cantora: LUCINA

Título: “A MÚSICA EM MIM”

Gravadora: DUNCAN DISCOS

 

Novo lançamento do Duncan Discos, o selo criado por Zélia Duncan (grande batalhadora da nossa música) para abrigar artistas que produzem à margem do mercado dominado pelas multinacionais, acaba de chegar às lojas mais um ótimo trabalho da compositora e cantora Lucina, o disco intitulado “A Música em Mim”, produzido musicalmente pela experiente Bia Paes Leme.

Lucina tornou-se conhecida por ter formado dupla, durante longos anos, com a também compositora e cantora Luli (que atualmente assina Luhli e que possui, inclusive, algumas parcerias com a nossa sergipana e excelente Joésia Ramos), desfeita em 1997. É de autoria das duas, por exemplo, canções que fizeram sucesso nas vozes de Nana Caymmi, Joyce, As Frenéticas, Wanderléa e principalmente de Ney Matogrosso (como “Napoleão”, “Coração Aprisionado” e “Êta Nóis”).

Dona de um belo timbre grave (que, por vezes, lembra o da cantora Miúcha), Lucina vem de bons trabalhos solos anteriores. Ultimamente, tem composto regularmente com Zélia Duncan (a parceria delas já rendeu hits como “Coração na Boca”), que participa, como convidada especial, da faixa “Oxford Street”. Duas inéditas criações das duas estão presentes no novo álbum: o tango “Enfim” e a cinematográfica “Coração Inquebrável”, esta emoldurada por um gracioso e criativo arranjo feito pelo músico Fábio Luna do qual constam apenas flautas e percussão.

A faixa-título, embora não chegue a ser nenhuma obra-prima, é muito interessante e, se bem trabalhada, pode chegar a ser bastante executada nas rádios voltadas para o circuito de música independente. Curiosamente, porém, os dois melhores momentos do disco são as músicas de Lucina com a antiga parceira Luhli: “Ao Longe” e “Corpo Canção”. Mas não dá para deixar de registrar o “Samba da Zinha” (parceria com Joãozinho Gomes), uma inspirada canção que encerra o CD em grande estilo.

 

 

R E S E N H A     2

 

Cantor: BEBETO CASTILHO

Título: “AMENDOEIRA”

Gravadora: BISCOITO FINO

 

Bebeto Castilho é o baixista do Tamba Trio. Também um exímio flautista, ele é tio de Marcelo Camelo, vocalista da banda Los Hermanos. Pois bem, é esse artista que está lançando, aos 66 anos, o seu primeiro CD intitulado “Amendoeira” (antes, houve apenas um vinil que saiu em 1976, bem pouco conhecido). Trata-se de esmerado trabalho cuja produção ficou a cargo do talentoso sobrinho (em dobradinha com Kassin) e que acaba de chegar às lojas através da gravadora Biscoito Fino.

Aclamado por Caetano Veloso como possuidor de “qualidades inigualáveis”, Bebeto possui voz pequena e canta ao estilo de João Gilberto. Nada, porém, que venha a comprometer a qualidade do álbum recém-lançado. Muito pelo contrário: isso termina soando como um grande charme para o disco que conta com arranjos dos renomados Laércio de Freitas e Gilson Peranzzetta.

O repertório é todo ele um primor: há desde a conhecida “A Vizinha do Lado” (de Dorival Caymmi) à esquecida pérola “Infidelidade” (de Ataulfo Alves e Américo Seixas), passando pela divertida “Ora Ora” (de Almanyr Greco e Eduardo Gomes Filho) e pela boa canção inédita que dá título ao CD (de autoria de Camelo). Grandes momentos ficam por conta de “Sabiá de Mangueira” (Benedito Lacerda e Erastóstenes Frazão) e “Cabelos Cor de Prata” (de Sílvio Caldas e Rogaciano Leite).

Para abrilhantar ainda mais, há as participações afetuosas do mesmo Camelo em “Porta de Cinema” (de Luiz Souza), de Nina Becker em “Beijo Distraído” (de Durval Ferreira e Regina Werneck), de Wilson das Neves em “Minha Palhoça” (de J. Cascata) e de Thalma de Freitas em “Pode Ser?” (de Geraldo Pereira e Marino Pinto). E para quem sente saudades do instrumental do Tamba Trio, o CD de Bebeto reserva uma surpresa: a última faixa “Porque Somos Iguais” (de Durval Ferreira e Pedro Camargo), junta Bebeto e Laércio ao baterista Ivo Caldas em um número digno dos melhores trios de jazz.

Em depoimento, o mano mais famoso de Bethânia classificou o disco como “histórico e sagrado”. Pode ser exagero de baiano, mas não deixa de ser válido pois reverencia esse belo trabalho que há muito Bebeto devia à nossa música popular brasileira.  

 

 

N O V I D A D E S

 

·               Para os vários leitores que têm mandado mensagens para este Colunista, o meu muito obrigado! É bem gratificante saber que um trabalho que é feito com tanto carinho e respeito vem obtendo tamanha receptividade. E àqueles que questionam em que lojas podem encontrar alguns dos CD’s independentes que são aqui citados, aí vão três excelentes endereços virtuais: www.modernsound.com.br, www.fnac.com.br e www.mubi.com.br

 

·               E a Coluna Musiqualidade desta semana parabeniza o compositor, cantor e produtor Neu Fontes e sua dedicada esposa Cássia. É que o casal, um dos exemplos de união e cumplicidade do meio artístico sergipano, estará completando Bodas de Prata amanhã (terça-feira, dia 27). Que esses 25 anos de casamento se prolonguem indefinidamente e que o amor continue sendo a base de tão sólido e bonito relacionamento!

 

·               Estará chegando, no começo de julho, nas melhores lojas o novo CD de Olívia Hime. Desta vez, a cantora se volta para a obra musical do cineasta Ruy Guerra. O disco, mais um lançamento da gravadora Biscoito Fino, se intitula “Música em Guerra”.

 

·               O primeiro DVD do compositor e cantor Zé Renato vai ser oriundo de show a ser realizado esta semana na casa de espetáculos Estrela da Lapa, no Rio de Janeiro, e contará com as participações de Milton Nascimento e do grupo vocal Boca Livre.

 

·               Também esta semana será gravado, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo, o trabalho que o pernambucano Lenine vai lançar no segundo semestre, em CD e DVD, dentro do projeto Acústico MTV. Já estão convidadas as participações do baterista Iggor Cavalera (ex-integrante do grupo Sepultura), da harpista Cristina Braga e da cantora mexicana Julieta Venegas.

 

·               Para comemorar o aniversário de 60 anos de Maria Bethânia (recém-completados no último dia 18), as três gravadoras que detêm o acervo musical da baiana (Universal, EMI e Sony & BMG) estarão repondo em catálogo, numa iniciativa inédita, toda a vasta e fundamental obra da intérprete mais visceral que a MPB já conheceu. São 34 títulos que cobrem o período 1965-2001, ano em que a cantora ingressou em sua quarta gravadora, a Biscoito Fino, onde permanece até hoje.

 

·               E como já foi informado anteriormente neste mesmo espaço, a incansável Bethânia já prepara para outubro próximo o lançamento de dois novos CD’s. Um deles é um disco temático sobre a água. O repertório vai contar com canções do mano Caetano Veloso e do gaúcho Totonho Villeroy, além de uma nova parceria entre Ana Carolina e Jorge Vercilo. O outro é um trabalho recheado de canções inéditas que já vêm sendo garimpadas pela cantora há algum tempo e que deverá revelar agradáveis surpresas.

 

·               O grupo The Originals, que é composto por ex-integrantes dos conjuntos The Fevers, Os Incríveis e Renato e seus Blue Caps, está lançando, através da gravadora Indie Records, o segundo CD e uma das faixas, a música “Areia pro Meu Caminhão” (parceria de Michael Sullivan e Dudu Falcão), já entrou para a trilha da novela global “Cobras & Lagartos”. O álbum traz Lobão e Paulo Ricardo entre os convidados especiais.

 

·               Muito embora tenha recentemente lançado o belo CD “Nobreza”, dividido com o violonista Luiz Brasil, a cantora Jussara Silveira já se encontra em estúdio gravando mais um álbum. Intitulado “Entre o Amor e o Mar”, canção inédita composta por Luiz Tatit e Ná Ozzetti, o trabalho irá contar com composições de Adriana Calcanhotto, Roque Ferreira e Péri.

 

·               João Gilberto, tido como o pai da bossa nova e um dos nomes mais conhecidos da música brasileira no exterior, deverá gravar, em novembro próximo, o seu primeiro DVD. Será oriundo do registro de um show que o artista vai realizar no Japão. O trabalho visa a comemorar os 75 anos de vida do artista que foram completados este ano.

 

 

RUBENS LISBOA é compositor e cantor


Quaisquer críticas e/ou sugestões serão bem-vindas e poderão ser enviadas para o e-mail: rubens@infonet.com.br

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais