Nadando em dinheiro: Estados e municípios com o dobro em caixa 2020

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Reportagens dos portais Valor Econômico e G1, do grupo Globo, mostraram ontem que os Estados e municípios fecharam o ano de 2020 com o dobro de dinheiro em caixa, segundo dados do Tesouro Nacional e do Banco Central.
Apesar da pandemia, de acordo com as duas instituições, o saldo de estados e municípios passou de R$ 42,7 bilhões em 2019 para R$ 82,8 bilhões, no fim do ano passado, uma alta de 94%. Trata-se da maior disponibilidade de caixa para prefeitos e governadores em ao menos 19 anos.

As reportagens têm especialistas informando que este fôlego financeiro é apenas transitório e ocorreu por alguns fatores como: à transferência realizada pela União; ao pagamento do auxílio emergencial; e à suspensão da dívida dos estados. E que a preocupação com a situação fiscal dos estados continua.

Nem todos os Estados, porém, elevaram os investimentos no segundo ano de mandato dos governadores. Entre as exceções ficaram Paraíba, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul e Rio de Janeiro, segundo levantamento do jornal Valor (veja print ao lado).

No levantamento feito jornal Valor, com base nos dados do Tesouro Nacional e do BC, Sergipe aparece com investimentos de R$ 306 milhões e com uma elevação de 42,2% se comparado com o ano de 2019.


O desmanche de um país: Brasil de Bolsonaro, com o apoio do PT Do Fórum de leitores do Estadão, Eliana França Leme: “Nunca tive antes esta sensação de viver num país tão decadente. Dá um desânimo danado ver o desmanche. Parece que chegamos ao fundo de um poço sem fundo, porque nada para de cair e a sensação de impotência é dolorida. Jair Bolsonaro conseguiu o que quis no Congresso, não por mérito pessoal, mas por distribuir cargos e dinheiro a rodo em troca de apoio – e não importa para apoiar o quê. Tudo está à venda e todos querem comprar. Até o PT, que punha um medo terrível em grande parte do eleitorado como o bicho-papão comunista que come criancinhas, está no mercado. Lá estão eles todos juntos, como se nada jamais os tivesse separado. Os poucos que se afastam desse indecente escambo são expelidos do sistema. E a pandemia continua a matar sem dó. Vacina mesmo só se pode contar com a Coronavac, do Butantan, e um pouco da Oxford-astrazeneca, porque Bolsonaro nunca se interessou em salvar vidas. Ao contrário, fez de tudo para estimular a descrença nos cuidados preventivos. Quantas vidas foram perdidas por essa maldade consciente?! Quem assiste a todo esse descontrole se angustia, mas nada pode fazer – o vírus impede tudo – além de constatar o horror. Vozes isoladas se opondo e resistindo são atacadas com virulência jamais vista. Todo e qualquer esforço para reagir parece inútil. E o Brasil vai se desfazendo ética e moralmente a olhos vistos, enxovalhado por gente de nível abaixo do rés do chão que, sabemos, finge interesse pelo País. E são esses os vencedores, que parecem ter saído das catacumbas do inferno. Mas assim mesmo, sem voz e sem vez, os que ainda mantêm a esperança de dias melhores haverão de resistir. Porque não há mal que sempre dure nem bem que nunca se acabe.”

“103 em Revista” A partir deste sábado, 13, com apresentação de Carlos Ferreira E o jornalista e radialista Carlos Ferreira está de volta ao rádio, com o programa “103 em Revista” a partir deste sábado, 13, na 103 FM, das 12 às 13h. O programa será um misto de jornalismo, entretenimento e muita informação.

 Itabaiana: prefeito busca recursos em Brasília para construção de Centro de Imagens  O prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa, acompanhado do deputado estadual Talysson de Valmir, está em Brasília em busca de recursos com a bancada de Sergipe para construção e estruturação de um Centro de Imagens para atender os pacientes de toda região Agreste, exclusivamente do SUS. Segundo Adailton, a Prefeitura já tem o terreno e o Centro iria atender uma demanda de  227 mil habitantes englobando 14 municípios da região que hoje têm que se deslocarem para Aracaju e fazer exames cujos resultados são demorados.

Atendimento mais digno “Uma obra importante, de alta complexidade e que beneficiará uma população carente que necessita de um atendimento mais digno, ágil e perto de onde mora”, explicou o prefeito que disse que foi bem recebido pelos senadores e deputados federais da bancada de Sergipe.  “Passamos detalhes, como por exemplo, que o Centro poderá atender 103 pessoas diariamente com exames de ressonância magnética, tomografia, ultrassonografia, mamografia, eletrocardiograma, ecocardiograma e densitometria óssea”, explicou.

Delegado de Capela se reúne com líderes comunitários da cidade No final da manhã de ontem, 10, o delegado Wanderson Bastos, titular da delegacia de Capela, se reuniu com líderes comunitários e representantes dos mais de 40 povoados do município, na sede da Paróquia do Amparo. A reunião, idealizada pelo delegado, teve o propósito de estreitar laços entre a polícia e as lideranças locais, no sentido de estabelecer novos protocolos de comunicação entre a população capelense e as autoridades. “Os líderes comunitários conhecem os problemas de seus logradouros como ninguém mais poderia conhecê-los . É premente que eles confiem na polícia, para compartilhar dados que possibilitem levar um clima de paz minimamente necessário a todos os rincões da cidade”, pontuou o delegado. “É obrigação dos servidores públicos, que exercem função de autoridade, colocar-se à disposição plena de todos os segmentos da municipalidade, para melhor servi-la, pois não há autoridade acima do povo”, frisou Wanderson. “Ouvir, com habitualidade, lideranças de povoados, movimentos sociais e segmentos da coletividade em geral só ajudará a polícia a entender melhor as angústias da população, para que, desse modo, estratégias específicas de combate ao crime possam ser traçadas. Isso vai acabar com o crime? Não. Mas vai fazer o bandido enxergar que o povo de bem e a polícia tanto dialogam, quanto andam de mãos dadas. É um princípio de ocupação territorial que começa pela observação constante do cidadão, o qual subsidiará a polícia com imprescindíveis informações para o enfrentamento de organizações criminosas”, finalizou o delegado.


                                               
AJU: modernização do sistema de tributação E ontem, 10, ao lado do presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI-SE), Sérgio Sobral, o deputado estadual Luciano Pimentel teve uma reunião com o secretário municipal da Fazenda de Aracaju, Jeferson Passos. A pauta abordou a modernização do sistema de tributação do município e novidades que serão anunciadas até o final do mês de março e facilitarão a vida dos corretores, conferindo celeridade a todo processo de compra e venda de um imóvel.

Presidente da Acese: “abrir o comércio no Carnaval é a defesa de empregos e da vida” Marco Pinheiro, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), entende que é importante que os comerciantes tenham o direito de abrir as portas nos dias 15 e 16 deste mês, quando deveria acontecer o Carnaval. Segundo ele, como não há nenhuma proibição ou uma permissão, deve-se respeitar a liberdade do empresário decidir o que é melhor para o seu negócio.

Sem feriado “Não existe o feriado de carnaval. O que sempre existiu foi a cultura de darmos a folga. Mas esse ano exige o bom senso. Vai da cabeça de cada um a sua necessidade. Cada um sabe o que é melhor: abre o comércio quem quiser e fecha quem quiser também”, alega. O presidente justifica que a garantia desse direito representa a defesa dos empregos e das vidas.

Contrassenso impor fechamento “Impor o fechamento é um contrassenso em um momento em que estamos lutando para reaver a economia. Muitas empresas ainda estão tendo dificuldades para enfrentar a crise e manter seu negócio funcionando. Por isso, abrir um ou dois dias a mais tem sua relevância. Ajudar a manter esses empreendimentos vivos significa manter empregos em um momento em que postos de trabalho estão se escasseando”, defende.

Sem ponto facultativo “Vale lembrar que as festividades de carnaval foram suspensas e o próprio Governo não decretará ponto facultativo. Isso porque há uma preocupação de evitar festas, aglomerações e, é claro, com a saúde e salvando vidas. Temos esse mesmo pensamento: a garantia da vida e do emprego que ajuda pais e mães de família a garantir o seu sustento”, completa Pinheiro. O posicionamento do presidente vai de encontro ao argumento do Sindicato dos Comerciários que deseja o fechamento das lojas nos dias 15 e 16. A entidade alega que há um acordo coletivo garantindo a folga neste período. Porém, o gestor da Acese explica que o acordo não está mais vigente desde 2020. “É uma análise prática: a convenção coletiva não tem mais validade. Não há mais que se estender”, garante.

Outros setores O presidente da Acese acrescenta que outros setores deverão funcionar durante os dias de carnaval. Contudo, não há nenhuma ação ou crítica neste sentido. “O julgamento que está sendo feito é somente em torno do comércio. Bares, restaurantes e serviços de uma maneira geral vão funcionar. Por que somente os comerciantes não poderão abrir as suas portas?”, questiona Pinheiro.

Eventos: Mitidieri defende medidas emergenciais para empresas do setor O deputado federal Fábio Mitidieri (PSD) esteve ontem, 10, em Brasília, em um café da manhã organizado pela Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (ABRAPE) onde se comprometeu a apoiar as negociações no Congresso Nacional por medidas emergenciais para a sobrevivência das empresas e dos empregos ligados ao setor. “É um setor que gera muita renda em todo o Brasil. Estamos sem eventos há mais de um ano por causa da pandemia e não podemos deixar um grande número de pessoas desamparadas. Há proposta de um  projeto de lei, mas acredito que podemos aperfeiçoar o texto para ajudar ainda mais os empresários do setor”, afirmou citando o Projeto de Lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos – PERSE.

Carência O projeto obriga as instituições financeiras federais a disponibilizar para as empresas do setor linhas de crédito específicas para o fomento de atividades, capital de giro e para a aquisição de equipamentos e também da condição especial para renegociação de débitos que eventualmente essas empresas tenham mesmo se forem optantes do Simples Nacional. Fábio Mitidieri votará pela a aprovação do PL e também vai conversar com o deputado federal Felipe Carreras (PSB-PE) para melhorar o texto sugerindo um ano de carência no empréstimo financeiro e que ele seja subsidiado pelo Governo Federal. Para o parlamentar sergipano, o principal objetivo neste momento é preservar o maior número de empregos e dar condição para as empresas seguirem atuando assim que superarmos a pandemia.               

2 milhões de pessoas O setor de eventos emprega mais de 2 milhões de pessoas, gerando colocações que superam a indústria automobilística, por exemplo. Com mais de 97% das atividades paralisadas por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a área de eventos na cultura e entretenimento no Brasil vive um cenário delicado com empresas enfrentando dificuldades financeiras onde já eliminaram mais de 450 mil postos de empregos. Estiveram presente no café da manhã mais de 120 produtores de todo o Brasil. Entre os produtores de Sergipe estavam Fabiano Oliveira, organizador do Pré-Caju, Gustavo Paixão, organizador da Odonto Fantasy, Teo Santana, que realiza grandes festivais, e o produtor teatral, André Vilela.

Professor Bittencourt se reúne com representantes da LBV Aracaju Ontem, 10, o vereador Professor Bittencourt (PCdoB) recebeu em seu gabinete os representantes da Legião da Boa Vontade (LBV) em Aracaju e o Superintendente de Relacionamento Institucional da associação. Na visita de cortesia, o parlamentar teve a oportunidade de conhecer um pouco mais do trabalho da LBV e colocou o seu mandato à disposição.

Papel importante “A Legião da Boa Vontade é uma entidade quase centenária e que cumpre um papel importante de assistência social na cidade de Aracaju. Ela envolve um número expressivo de famílias, em especial da região do bairro industrial. Em outras oportunidades já visitei a LBV, coloquei o mandato à disposição e hoje os recebi aqui no gabinete na possibilidade de estabelecermos parcerias”, pontuou.

Atuação A LBV é uma associação civil de direito privado, beneficente, filantrópica, educacional, cultural, e sem fins econômicos, reconhecida no Brasil e no exterior por seu trabalho nas áreas da educação e da assistência social. Em Aracaju, a associação contribui para o desenvolvimento das famílias dos bairros 18 do Forte, Santo Antônio, Cidade Nova, Getimana, Japãozinho, Coqueiral, Porto Dantas e Bairro Industrial. Na visita, estavam presentes: Paulo Medeiros, Superintendente de Relacionamento Institucional da LBV; Deosdete Marquiza, Gestor Patrimonial e Marília Graziella, Gestora Administrativa Municipal.


EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Planejamento: Salvador é a primeira capital a ter um Plano Diretor de Tecnologias Estadão: Em 23 de fevereiro, o Connected Smart Cities & Mobility, iniciativa da Necta que fomenta o tema por meio de uma plataforma e diversos eventos ao longo do ano, realiza o Encontro Regional Salvador, na Bahia, para debater sobre as iniciativas e estratégias de cidades inteligentes na cidade. A edição conta com a parceria da SPIN Soluções Públicas Inteligentes e marca a abertura da agenda de eventos regionais da plataforma para 2021, em todas as capitais do Brasil.
Especialistas O encontro acontece ao vivo, em formato virtual, e reunirá diversos especialistas no assunto. A programação irá abordar indicadores de desenvolvimento da cidade, no contexto do Ranking Connected Smart Cities, e a apresentação do Plano Diretor de Tecnologias da Cidade Inteligente (PDTCI) de Salvador, lançado no início de 2020, que transforma a cidade na primeira capital brasileira a ter um documento do tipo.

Ecossistema de cidades inteligentes “Somos a principal plataforma do ecossistema de cidades inteligentes e mobilidade urbana no Brasil e fomentar esse tema da forma mais abrangente possível faz todo sentido para o nosso trabalho. Os encontros e outras atividades permitem que o debate e as boas práticas para cidades e mobilidade urbana alcancem mais municípios. E, assim como em Salvador, teremos uma agenda importante nas demais capitais e o envolvimento de vários atores com atuação no desenvolvimento mais sustentável das cidades”, disse Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities & Mobility.

Trabalho para a sociedade Vitor Amuri, sócio e diretor de projetos da SPIN Soluções Públicas Inteligentes, representante do Consórcio Salvador Smart City, enfatiza que o desenvolvimento das cidades precisa refletir os anseios da população e, por meio das tecnologias, servem de ferramentas para melhorar a qualidade de vida.
Potenciais e limitações da cidade “Buscamos, em Salvador, interpretar esses anseios da população, organizá-los de um modo racional, levando em consideração todos os potenciais e limitações da cidade, definindo objetivos e metas para um horizonte de 30 anos, de modo a maximizar continuamente seis ‘propósitos de sustentabilidade’, intimamente ligados aos objetivos do desenvolvimento sustentável”, diz Amuri. São eles: atratividade, bem-estar, coesão social, preservação do meio ambiente, resiliência e uso responsável dos recursos. “Nos próximos anos, todos os investimentos da gestão pública da cidade em tecnologia serão massivos, devendo, necessariamente, se inspirar nesses propósitos”, completa.

Indicadores Salvador se destacou no Ranking Connected Smart Cities, que avalia as cidades em 11 eixos e 70 indicadores. “A capital baiana melhorou 12 posições em 2020, na comparação com o ano anterior, com destaque para mobilidade, urbanismo, governança, empreendedorismo e tecnologia e inovação. Como toda cidade brasileira, ela ainda possui pontos a evoluir, e o desenvolvimento do seu ‘Plano Diretor de Tecnologias da Cidade Inteligente’ é um dos seus principais aliados”, enfatiza Willian Rigon, sócio, diretor comercial e de marketing da Urban Systems.
Inscrições gratuitas Participam do evento Ivan Euler Pereira de Paiva, diretor de resiliência da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Salvador; Cláudio Maltez, diretor técnico da Companhia de Governança Eletrônica (Cogel); e Igor Calvet, presidente da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo link: evento.connectedsmartcities.com.br/eventos-regionais



PELO TWITTER

www.twitter.com/BiodiversidadeB Uma das aves mais bonitas do Brasil! O araçari-mulato (Pteroglossus beauharnaesii) ocorre na região amazônica.


www.twitter.com/CNNBrasil Novos dados do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC, na sigla em inglês) mostram que usar duas máscaras pode melhorar significativamente a proteção contra a Covid-19.

 


www.twitter.com/igorfbaima Em SE temos o nosso auto declarado Presidente. O CRQ8 está com mandato da diretoria vencido desde Dez/2020 e por algum motivo não fez eleição. Daí o ex-tesoureiro se autodeclarou presidente sem qualquer legitimidade e sem ser eleito por ninguém está assinando em nome do CRQ8.

www.twitter.com/malvados


www.twitter.com/emirsader Se um macaco acumulasse mais bananas do que pudesse comer, enquanto a maioria dos outros macacos morresse de fome, os cientistas estudariam aquele macaco para descobrir o que diabos estaria acontecendo com ele. Quando os humanos fazem isso, nós os colocamos na capa da Forbes.

Siga Blog Cláudio Nunes:         

Instragram
Facebook
Twitter

Frase do Dia
“Hoje desaprendo o que tinha aprendido até ontem e que amanhã recomeçarei a aprender.” Cecília Meireles.

https://www.vaticannews.va/pt/papa/news/2021-02/papa-francisco-audiencia-geral-oracao-liturgia-vida-cotidiana.html

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais