Navalha e o vento da liberdade

0

   O vento da boa informação e da liberdade de imprensa parece que chegou a Sergipe e pretende aportar por algum tempo. Depois da campanha eleitoral do ano passado, onde se viu todo tipo de censura, até mesmo em veículos tradicionais, a Operação Navalha, ficará marcada na história de Sergipe, não só pelas prisões e o envolvimento de autoridades, mas por ter iniciado o retorno da boa informação ao quatro cantos do Estado. A campanha eleitoral em Sergipe – e para presidente da República em 2006 – foi marcada por fatos que denegriram a relação correta que deve existir sempre entre o meio de comunicação e o cidadão. Seria irônico – e ainda é para alguns veículos que ainda insistem em não citarem os nomes de todos envolvidos – se uma ação da PF, como a Operação Navalha, que afetou a área política de Sergipe não tivesse repercussão nos meios de comunicação da terra.

    Um fato também deve ser considerado neste momento. O novo modelo de parceria entre o governo estadual e os meios de comunicação. Sem subserviência, sem imposição do alinhamento editorial e político, colocando em primeiro lugar o critério técnico no momento da distribuição das verbas publicitárias. Por conta do desastre que foi a comunicação no período eleitoral do ano passado, alguns empresários da comunicação descobriram que para manter vivo seus veículos de informação é preciso antes de tudo reconquistar a credibilidade da sociedade. Com isso, alguns aproveitam a Operação Navalha para trilhar pelo caminho da verdade “doa a quem doer”.

   O jornalismo empreendido nas últimas semanas por alguns meios, como o Jornal da Cidade e a TV Atalaia é digno de todos os sergipanos. Os veículos conseguiram gerar comentários positivos da população, que ficou com um ar de apreensão e incredulidade pela contundência e pela riqueza de detalhes como eles têm explorado o episódio da Operação Navalha. Os diálogos apresentados diariamente pela TV Atalaia chamaram tanto a atenção da sociedade que levou a TV Sergipe a veicular também no dia de ontem,14.

   De parabéns a sociedade. E quanto aos veículos, não adianta sair com o jargão de que “sempre fizemos um jornalismo democrático” porque quem vive em Sergipe sabe que “democrático” sempre foi, mas cauteloso com a divulgação de matérias e nomes de alguns envolvidos. Ocorre que toda sociedade caminha para a evolução e dessa forma não pode ser surpresa que importantes figuras da classe empresarial e política, que sempre estiveram publicamente vinculadas aos setores de comando da maquina pública, adotem uma nova postura e passem a agir preferencialmente em favor da população que ao longo da história tem ficado apenas com a parte sacrificante do cotidiano.

 

Alguns estão “Pisando em ovos”

Essa expressão “Pisando em ovos” cabe bem para alguns programas de rádio quando noticiam matérias sobre os casos envolvendo Flávio Conceição e o processo de André Moura. Tudo porque o próximo pode ser o patrão. Ontem, 14, a coluna recebeu três e-mails de leitores criticando o radialista Gilmar Carvalho que, segundo eles, não fez nenhuma analise sobre a Operação Navalha, mas analisou a decisão da juíza que pediu o afastamento do conselheiro. Os leitores não analisam o mérito da decisão, mas a maneira como foi analisada a mesma. Este jornalista vai deixar para analisar o papel de alguns programas de rádio na Operação Navalha assim que o processo for concluído. Vai contar muita história dos bastidores…

 

Governo vai processar responsáveis pela maternidade

No final da tarde de ontem, 14, ao participar de uma solenidade da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, o governador Marcelo Déda avisou que a maternidade Nossa Senhora de Lourdes não pode virar um elefante branco porque o povo de Sergipe não merece. Déda avisou que a partir do momento que o governo disponibilizar novos recursos na maternidade vai responsabilizar e processar quem errou. Só faltou dizer quem inaugurou…

 

 Primeira decisão contra Flávio Conceição

A decisão da juíza Simone de Oliveira Fraga – da 3ª Vara Cível da Comarca de Aracaju – na última quarta-feira favorável ao afastamento do conselheiro Flávio Conceição, do TC, é apenas a primeira. Um jurista consultado ontem disse que as provas apresentadas pela Polícia Federal são indiscutíveis para qualquer decisão judicial.A decisão da juíza foi fruto de uma ação popular movida por dirigentes do Sindicato dos Auditores Tributários do Estado de Sergipe (Sindat).

 

Tentando segurar os anéis, TC pode perder também os dedos

Esse episódio de Flávio Conceição parece com aquele caso onde o individuo tem que entregar os anéis, mas continua mantendo os mesmos nos dedo. Acaba perdendo não só os anéis, mas também os dedos. É o que vem ocorrendo com o Tribunal de Contas. Ontem, 14, a TV Atalaia e a  TV Sergipe exibiram um diálogo entre Flávio Conceição e Zuleido Veras (dono da Gautama), onde o conselheiro fala da vitória no TC, da não realização da auditoria na Deso: Nós do Tribunal “matamo” logo tudo. Flávio também critica Déda, que segundo ele teria pedido a um conselheiro para votar a favor da auditoria. “A partir de agora ele (Déda) vai passar a me conhecer é uma atitude canalha. O governador disse que cresce quando está encurralhado, eu também.”, bradou Flávio, dizendo que iria dar um troco dos bons, “na jugular” verificando o lixo de Aracaju. Este diálogo já tinha sido publicado pelo Jornal da Cidade.

 

Diálogo entre Heráclito Rollemberg e Flávio Conceição,

A TV Atalaia também divulgou ontem, 14, um diálogo entre os conselheiros Flávio Conceição e Heráclito Rollemberg. No diálogo, Flávio tece comentários fortes sobre uma pessoa sem citar o nome e destaca uma decisão ocorrida há pouco tempo. Ao acabar a veiculação do diálogo, o apresentador Gilvan Fontes leu um texto, onde, entre outras coisas, a emissora deixou claro que “não fará coleta seletiva do lixo das gravações e todos os citados não terão os nomes preservados. O julgamento fica para a Justiça e para povo”. Ao ser entrevistado ao vivo, após ouvir o diálogo, o presidente da OAB/Se, Henri Clay voltou a pedir a CPI para apurar todas suspeições e o trafico de influência que resultou nos contratos da Deso. Henry Clay também defendeu a anulação da decisão do TC que impediu que a Deso fizesse uma auditoria interna independente.  “Agora está tudo claro porque essa decisão que vai de encontro a Constituição. Agora ficou revelado os interesses escusos, através do diálogo de Flávio Conceição. É preciso abrir a caixa preta da Deso e punir exemplarmente os culpados”.

 

André Moura tem diploma cassado pelo TRE

O voto Minerva da desembargadora Madeleine Gouveia, presidente do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe, foi decisivo para a cassação do diploma eleitoral do deputado estadual André Moura (DEM). Na última sessão o embargo solicitado pelo MPF ficou empatado em três a três. Com a cassação, quem assume o lugar de André Moura na Assembléia Legislativa é a suplente Goreti Reis. O advogado de André Moura, Paulo Ernani, vai recorrer da decisão ao TSE e tentará também um efeito suspensivo para manter o mesmo no cargo, até o julgamento final pelo TSE. Ao ser entrevistado ontem o advogado disse que “foi um julgamento polêmico, mas não foi decidido por emoção”.

 

Jornal prenunciou voto justo

O leitor acompanhe o raciocínio de um final de um artigo publicado ontem, 14, no Correio de Sergipe: “Além disso, a desembargadora Madeleine Gouveia tem toda uma história de honradez e coragem em sua trajetória no judiciário e, com absoluta certeza, não vai se curvar a qualquer tipo de pressão, que possa modificar o seu voto justo para o processo que tem em mãos”. Ou seja, o voto da desembargadora foi justo para o processo que ela tinha em mãos. Ou foi um lapso na tentativa de demonstrar imparcialidade?

 

 

Faíscas entre Edvaldo Nogueira e Rogério Carvalho

Uma bomba: o clima entre Rogério Carvalho atual secretário de Estado da Saúde e o prefeito Edvaldo Nogueira não é nada bom. São faíscas por todos os lados e Déda no meio com o extintor de incêndio. Tudo por conta da atual situação financeira da Secretaria Municipal de Saúde. Pelo que se comenta todos os recursos estão alocados e não há nada para investimentos na área.

 

 Boato sobre a ida de Samarone para a saúde

Por todo dia de ontem circulou o boato que Antônio Samarone deixaria a SMTT para assumir a Secretaria Municipal de Saúde, no lugar de Lêda Couto. Samarone negou ontem, 14, à noite, dizendo que pretende concluir o novo projeto de trânsito em Aracaju.

 

Veículo da saúde deixa criança em escola de ballet

Ontem à tarde,14, mais precisamente às 15h50 um veículo clio branco, chapa HZO-2633, da Secretaria de Estado da Saúde, parou em frente ao Studium Danças, na 13 de Julho. Do carro desceram uma criança e uma mulher, como se fosse algo normal. Quem é o responsável pelo veículo na estrutura da Secretaria da Saúde? É preciso punição ou não? Detalhe: não foi ninguém que informou por e-mail ou telefone, foi este jornalista que estava do outro lado da rua e viu tudo. Uma vergonha, como diz Boris Casoy.

 

Seminário sobre governo eletrônico

Na próxima semana será realizado em Aracaju um seminário sobre governo eletrônico, que visa simplifica o atendimento ao cidadão através da disponibilização de vários serviços pela Internet. Mesmo os que não são usuários poderão usufruir dos serviços através de postos de atendimentos que serão instalados. A idéia é facilitar a vida do cidadão e reduzir as filas para diversos serviços prestados pelo governo. Um dos palestrantes do seminário será o vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, que quando prefeito do município de Piraí promoveu um projeto de inclusão digital que serviu de referência internacional.

 

Gama se filia ao PMDB no dia 22

A solenidade de filiação do secretário de Turismo, João Augusto Gama, ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro – PMDB – foi transferida do dia 15 para o dia 22 de junho, às 15 horas. O evento será realizado na sede do PMDB em Aracaju, localizada na Travessa João Francisco da Silveira, n° 97, último trecho da Av. Barão de Maruim.

 

Messias Carvalho estréia segunda na Aperipê

Estréia na próxima segunda-feira, 18, nas rádios Aperipê AM e FM, o programa “Sergipe em Debate”, com a  apresentação do radialista Messias Carvalho. O programa irá ao ar pelas duas emissoras de segunda a sexta-feira, das 6 às 9 horas. O formato da nova atração segue a linha que tornou o radialista conhecido e respeitado no jornalismo sergipano: reportagens sobre temas atuais – com destaque para o cotidiano político – além de variedades e entrevistas, sempre com espaço garantido para a participação do ouvinte. O Sergipe em Debate será gerado a partir dos estúdios da TV Caju e retransmitido em cadeia pelas rádios Aperipê AM e FM.

 

 Sergipetec promove Happy Hour Digital

O Sergipetec promove na próxima sexta-feira, dia 15, a partis das 18:30, o Happy Hour Digital no auditório da sede que funciona no Centro Administrativo Governador Augusto Franco, no bairro Capucho. Será uma oportunidade para os participantes se atualizarem na área e de criar um melhor canal de relacionamento para seus negócios. Neste primeiro encontro o tema escolhido, “Governança em TI”, está voltado para pessoas da área de tecnologia e administração. Jadson Antônio de Almeida, gerente de Tecnologia da Informação do grupo G Barbosa e que no momento também gerencia um projeto de governança, vai apresentar alguns desafios e dificuldades que vem enfrentando para executar este projeto. Mais informações pelo e-mail: marcus.dratovsky@sergipetec.org.br ou pelo telefone 3259-0191.

 

Frase do Dia

“Só existem dois dias do ano em que não podemos fazer nada. O ontem e o amanhã”. Mahatma Ghandi.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários