Negociar é preciso

0

A greve dos servidores do Tribunal de Justiça de Sergipe está completando hoje nove dias, sem sinal aparente de um acordo. De um lado, o Sindicato da categoria reclama porque o presidente do TJ, desembargador Roberto Porto, insiste em não receber os grevistas. Este, por sua vez, afirma já ter atendido, em parte, as reivindicações e insiste em só retomar as negociações quando o movimento foi encerrado. Vários setores da sociedade tentam colaborar para por fim ao impasse, que não interessa a ninguém, principalmente ao povo, que precisa dos relevantes serviços prestados pela Justiça. A OAB, por exemplo, está orientando os advogados que documentem as dificuldades encontradas nas Varas, Cartórios e/ou Comarcas para resguardar o direito dos clientes. Como se vê, está claro ser ponderável que as partes dispam-se do radicalismo, se é que há, sentem à mesa, desentesem o cabo de guerra e tentem um acordo possível. Negociar é preciso e possível, principalmente entre pessoas civilizadas.

 

Exposição Fitec

 

Foi aberta ontem e prossegue até o dia 29, no Shopping Jardins, a Exposição ‘Made in Sergipe’. Trata-se de uma pequena amostra dos produtos fabricados no parque industrial de Sergipe. A linha produtiva sergipana poderá ser vista na integra durante a Feira da Indústria e Inovação Tecnológica (Fitec2010), que acontecerá de 27 a 30 deste mês no Centro de Convenções de Sergipe. Cosméticos, calçados, linha de cama, mesa e banho, água mineral, pisos e cerâmicas, roupas, fios de algodão, latas de refrigerante e cerveja, móveis, são alguns dos produtos da exposição.

 

Grande festa

 

O Sistema Atalaia de Comunicação promoveu ontem uma grande festa para comemorar os 35 anos da TV Atalaia, canal 8. Ex-funcionários e autoridades diversas foram homenageadas com o Prêmio Augusto Franco, a Orquestra Sanfônica e a cantora Amorosa abrilhantaram as comemorações e os convidados brindaram com o melhor uísque e a mais espumante champagne. Como dizem os coleguinhas colunistas sociais, a festa estava supimpa.

 

Capital x trabalho

 

O presidente da Federação dos Empregados no Comércio e Serviços do Estado de Sergipe, Ronildo Almeida, participou em Santiago (Chile) da reunião promovida pelo Sindicato Global Uni-América. O objetivo foi estabelecer de uma pauta mínima visando aprimorar as relações entre os trabalhadores, suas entidades de classe e a Cencosud, grupo que controla GBarbosa. Segundo Almeida, a reunião foi um importante passo rumo à construção de um canal de negociação entre os trabalhadores e a Cencosud.

 

Borrachudos

 

Em abril passado, foram trocados em Sergipe R$ 199,10 milhões em cheques, o que significa uma queda de R$ – 21,40 milhões em relação a março último. Do montante trocado no 4º mês do ano, foram devolvidos R$ 29,90 milhões em cheques sem fundo. Segundo o Dieese, de cada R$ 100 em cheque trocados em abril, R$ 15,02 foram devolvidos por falta de fundos. No mesmo mês do ano passado, esse valor era de R$ 18,44. Nos últimos 12 meses, os cheques sem fundo emitidos no Estado chegaram a R$ 249,90 milhões. Pode?

 

Recorde de empregos

 

A geração de novos empregos em Sergipe nos últimos 12 meses alcançou o nível mais alto desde que o Ministério do Trabalho e Emprego começou a realizar esse tipo de levantamento. Dados divulgados ontem, mostram que entre maio de 2009 e abril de 2010, foram criados 15.786 novos postos de trabalho no Estado. Os destaques ficaram com os setores de serviços (5.670), construção civil (3.932), indústria de transformação (3.069) e comércio (2.656).

 

Crise superada

 

Conforme os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), em abril passado, foram criadas 1.588 novas vagas em Sergipe. As atividades que mais se destacaram foram os setores de serviços (845), indústria de transformação (393), comércio (371) e construção civil (194). No mesmo período do ano passado (ainda sob o efeito da crise internacional), a economia sergipana registrou o fechamento de 743 postos de trabalho.

 

Mais dinheiro

 

A Caixa Econômica Federal aumentou de R$ 50 mil para R$ 100 mil o limite máximo por cliente para os empréstimos sob penhor. Para este ano, a Caixa tem disponíveis R$ 7,8 bilhões para aplicação em penhor. A quantia representa um crescimento de 38,8% em relação ao ano anterior. Tradicional e popular, o penhor é uma modalidade de crédito atrativa, por suas facilidades de acesso e rapidez na contratação. Não é necessário avalista e o dinheiro é liberado na hora.

 

Energia nuclear

 

Com o objetivo de estimular o debate em torno da instalação de uma usina nuclear no Estado, o Governo de Sergipe vai promover, na próxima sexta-feira, 3° Workshop de Energia Nuclear no Nordeste. O evento acontecerá das 8 às 18h no Radisson Hotel, localizado na Orla de Atalaia. O secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério das Minas e Energias, Altino Ventura Filho, fará uma palestra sobre ‘O Planejamento Energético e a Necessidade de Usinas Nucleares no Nordeste para o Sistema Interligado Nacional’.

 

Mais caras

 

Está pensando em tirar carteira de motorista? Pois prepare o bolso que as autoescolas deverão elevar os preços das aulas nos próximos dias. O argumento para o reajuste é a Portaria do Contran, que entrou em vigor ontem, tornando obrigatórias aulas noturnas de direção para os futuros motoristas. Segundo a resolução, 20% das aulas práticas de direção veicular terão que ser feitas à noite. A medida não traz acréscimo na carga horária, porém as autoescolas vão reajustar o preço do serviço sob a alegação de que precisarão contratar instrutores para o período noturno.

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários