Nem Ford, nem sai de Sinca

0

Enquanto os aracajuanos se desesperam diante de tanta violência, o comando da Polícia Militar perde tempo discutindo sobre de quem é a competência para enfrentar os criminosos. Alega ser exclusividade da PM abordar e prender suspeitos e que, portanto, a bem equipada e treinada Guarda Municipal de Aracaju está desautorizada legalmente para efetuar tais tarefas. Incompetente para impedir o assustador aumento da criminalidade, principalmente na periferia da capital, a Polícia Militar deveria era agradecer a providencial ajuda da corporação municipal, que tem realizado um excelente trabalho em áreas violentas da cidade, como os mercados centrais, praças da periferia e imediações dos terminais de ônibus. Aliás, diante de tão reduzido contingente, a PM deveria recorrer, inclusive, à ajuda das empresas de vigilância armada.Desde que respeitando a lei, tudo é válido nessa guerra sem trégua do bem contra o mal. O comando da PM precisa ter em mente que para a sociedade o que importa é resultado. Portanto, como diz o adágio popular: ou faz ou desocupa a moita.

Violência preocupa

Em seu primeiro discurso após a licença para disputar o governo de Sergipe, o senador Eduardo Amorim (PSC) afirmou que o Estado precisa de mais atenção nas áreas da saúde, da educação e da segurança. Ele citou dados mostrando que a criminalidade aumentou nos últimos anos: “O mapa da violência, divulgado recentemente pelo Ministério da Justiça, revela um dado ainda mais preocupante para Sergipe. A pesquisa mostra que o Estado ocupa a quarta colocação no ranking da violência no Brasil”, lamentou.

Forró de luto

Sergipe acaba de perder a forrozeira Clemilda, conhecida nacionalmente pelas músicas de duplo sentido como ‘`Prenda o Tadeu’, ‘Forró cheiroso’, e ‘Hoje eu tomo todas’. Vítima de derrame cerebral, Clemilda morreu na manhã de hoje no Hospital Primavera. Nascida em Alagoas, ela escolheu Sergipe para morar. Fez sucesso nacionalmente e, durante décadas, comandou o programa ‘Forró no Asfalto’, exibido pelas rádios e TV Aperipê. O corpo de Clemilda será velado no Osaf e sepultado à tarde, no Cemitério São João Batista, em Aracaju.

Calcinha branca

Para protestar contra as bobagens ditas pelo vereador Agamenon Sobral (PP), a vereadora Lucimara Passos (PCdoB) fez corar os colegas ao desfraldar na tribuna da Câmara de Aracaju a própria calcinha branca. Comentando o fato de um padre ter se recusado a casar uma noiva que estava sem a roupa íntima, Sobral disse que a moça deveria ser espancada por ser uma vagabunda. “Quero saber se, ao mostrar esta calcinha, os senhores vão me julgar e me condenar a ser surrada”, discursou a comunista, enquanto Agamenon a observada com cara de cueca mal lavada.

Braços cruzados

Os auditores fiscais de Sergipe cruzam os braços hoje e amanhã em protesto contra as últimas medidas econômicas anunciadas pelo governo, como “a atual política irresponsável de concessões de benefícios fiscais para os grandes grupos empresariais”. A categoria exige a redução do elevado número de comissionados e o fortalecimento da máquina fiscalizadora, visando aumentar a arrecadação de impostos. Também cobra a reposição salarial de 12%, para cobrir as perdas inflacionárias dos últimos dois anos.

Alvo errado

As construtoras e o sindicato dos trabalhadores na construção civil estão por aqui com a seccional sergipana da OAB por causa da decisão judicial impedindo a construção em Aracaju de prédios com mais de 12 andares. Na verdade, deveriam culpar a Câmara de Vereadores, que aprovou projetos sobre edificações sem considerar exigências legais, como a necessária realização de consultas populares. A OAB apenas exerceu seu legítimo papel de defesa da Constituição e da ordem jurídica.

Cedo demais

Os candidatos eleitos na última eleição ainda nem foram diplomados e a classe política já discute as eleições de 2016 e 1018. Entre os agoniados por uma nova e desgastante campanha eleitoral está o deputado estadual João Daniel (PT), que já lançou a candidatura do petista Rogério Carvalho a prefeito de Aracaju. Homem, calma, deixe a poeira assentar!

Sem surpresa

Não houve qualquer surpresa na eleição da diretoria executiva e da presidência do Sebrae Sergipe. Realizado ontem, o pleito elegeu Gilson Figueiredo presidente da instituição e Emanoel Sobral como superintendente. Também foram eleitos Marcelo Barreto (diretor técnico) e Eduardo Prado Júnior (diretor administrativo e financeiro). O novo Conselho Fiscal será composto por José Normando da Mota Guimarães Filho, José Antonio Vicente Dias, Epifânio Fontes de Goes, Raildo Vieira Meneses, Elida Maria Cândida Pereira e Pedro Xavier Neto.

Quer distância

O Jornal da Cidade publica hoje que o prefeito de Aracaju, João Alves Filho (PFL), não quer nem ouvir falar na hipótese de o vereador Renilson Félix (DEM) assumir a liderança da bancada governista a partir de 2015. Segundo o JC, João já teria dito que se for para entregar a coordenação dos governistas a Renilson, “eu entrego a Prefeitura junto”. Vixe Maria!

Bancada reunida

Será escolhido hoje o coordenador da bancada federal de Sergipe. Há quem defenda a permanência do senador Antônio Carlos Valadares (PSB), mas existem posições contrárias, principalmente depois que o peesebista caiu em desgraça junto ao governador Jackson Barreto (PMDB) por ter votado no presidenciável Aécio Neves (PSDB). A reunião também servirá para os parlamentares discutirem sobre as emendas coletivas ao Orçamento da União.

Homenagem justa

A Universidade Federal de Sergipe lança amanhã, a pedra fundamental do Memorial da Democracia. O monumento será construído na praça em frente ao prédio da Reitoria, no Campus de São Cristóvão. Trata-se de uma homenagem aos seus ex-alunos e demais sergipanos atingidos pela Ditadura Militar, que se instalou no Brasil em 1964. O Memorial será construído no próximo ano, quando o Brasil comemora os 30 anos de retomada do processo democrático. Legal!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 28 de julho de 1917

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais