Ninguém pensa no Brasil. Todos só pensam neles

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Há muito tempo se fala na necessidade de reformas política e tributária no país. Mas a classe política brasileira não tem o menor interesse em mudar o atual sistema. Ela usufrui dele de todas as formas, apesar de alguns, nos palanques e discursos, bradarem que são contra, mas na prática nada fazem para mudar.

O Brasil hoje tem mais de trinta partidos e cada um faz seu lobby para manter o atual sistema. Por conta da crise política o governo federal e as lideranças sinalizaram para uma reforma. Ela será aprovada, mas mudará pouco o atual quadro. Será apenas um engodo, mas na verdade vai contemplar os desejos de quase todos os partidos. Os pontos principais serão o fim da reeleição e a igualdade das eleições. O resto das regras, o eleitor engolirá calado, pensando que melhorou.

Reforma tributária – E a reforma tributária? Não sai, porque o governo federal usa como válvula de escape da incompetência administrativa ao longo dos anos o aumento de impostos.

FHC passou oito anos e não teve coragem de fazer. O PT completou doze anos no poder e nada de reforma tributária. A estrutura de impostos do país é ainda da década de 60. Todos os partidos falam, falam, mas na prática não faze nada.

O problema é que é preciso diminuir o tamanho do Estado. E uma reforma que diminua a carga tributária não é vista com bons olhos pelos governantes. Perder receita significa perder força política.

Aprovarão agora uma reforma política de araque para jogar embaixo do tapete uma crise fruto da promiscuidade das instituições.

Ao fim de tudo, todos eles fazem que brigam, mas na verdade é tudo jogo de cena. Ninguém pensa no Brasil. Todos só pensam neles.

Jackson e João. Robson não está falando sozinho. Acordo pode está sendo fechado debaixo dos panos
Ontem, 14, o titular deste espaço recebeu e-mail com duas nomeações publicadas no Diário Oficial do Estado. As nomeações envolvem dois nomes (uma mulher – CCE-8 e um homem – CCE-7)e  são respectivamente a filha e o genro do Controlador Geral da Prefeitura de Aracaju, Edgard D'ávila Melo Silveira. Os dois estão lotados na Casa Civil. Jackson não nomearia adversários se não existisse algo por debaixo dos panos. Robson Viana já declarou que torce por uma aliança com João Alves.

Sukita perde mais uma no TSE
O Pleno do Tribunal Superior Eleitoral rejeitou ontem à noite por unanimidade, os Embargos de Declaração interpostos pelo ex-prefeito de Capela, Sukita, que teve a candidatura a deputado estadual impugnada. Com isso Gualberto continua deputado estadual.

Gualberto: é hora de afastar os amigos da onça
E o deputado Francisco Gualberto, líder do governo, sabe que muita gente que dizia ser seu amigo ajudou em muito Sukita nos últimos meses em Brasília, onde ele montou acampamento, inclusive no apartamento funcional emprestado por um parlamentar que deixou o cargo em fevereiro. Como Gualberto não é masoquista, chegou o momento de afastar os amigos da onça.

Agiotagem: PF de olho em Sergipe
O blog foi informado que a Polícia Federal em Sergipe está surpresa e assustada com o grande número de agiotas no Estado. São várias denúncias envolvendo nomes que circulam na mídia.

TV Sergipe: parabéns pela iniciativa de transmitir hoje Ceará X Confiança
O blog parabeniza todo o departamento de jornalismo da emissora TV Sergipe pela transmissão que ocorrerá hoje à noite do jogo pela Copa do Brasil, Ceará X Confiança,  no estádio Presidente Vargas, em Fortaleza.

Memórias reveladas. Para saber mais testemunhos do que foi o regime militar
O blog agradece aos vários leitores que enviaram e-mails ontem parabenizando pela lembrança do Brasil Nunca Mais. Entre eles, recebeu o e-mail do professor Milton Barboza da Silva, que é responsável pelo Centro de Referências das Lutas Políticas no Brasil ( Memórias Reveladas ) em Sergipe, cuja sede fica no Arquivo Público do Estado de Sergipe.

SE tem 703 dossiês dos presos da ditadura
No  “Memórias Reveladas” em Sergipe estão guardados 703 dossiês dos presos da ditadura em Sergipe. Esse acervo pode ser consultado por esses jovens, apenas para refrescar suas memórias, ou quem sabe, informá-los, com provas documentais o que significa, na prática, o que eles estão "pedindo". Mais detalhes do Centro de Referências das Lutas Políticas no Brasil  Memórias Reveladas ), no site: http://www.memoriasreveladas.gov.br  , excelente repositório de testemunhos documentais do que representou um regime militar e suas consequências para a democracia e para o Estado de Direito.

Injustiça absurda na reinauguração do Cacique Chá
Na reabertura do Cacique, causou estranheza o fato de o nome de Alberto Carvalho não ter sido citado. Quem acompanha a história de nossa cidade sabe que o professor, escritor, crítico literário e de cinema foi, indubitavelmente, o maior frequentador do referido bar e restaurante, durante várias décadas. Quem sabe ainda haveria condições para consertar essa falha?

Injustiça absurda na reinauguração do Cacique Chá II
Alberto não apenas integrou, mas influiu, bastante, sobre uma geração de intelectuais, principalmente os mais jovens. Com perdão pelo trocadilho, Alberto era, incontestavelmente, um verdadeiro “cacique” naquele ambiente, sendo oportuno frisar que exerceu um papel destacado na cultura sergipana.

Apreensão no BB: não reajuste de contribuição à CASSI
Funcionários do Banco do Brasil vivem momentos de apreensão face à posição assumida por aquela instituição financeira, ao negar o aumento de sua contribuição à CASSI – a Caixa de Assistência do BB. O banco não admite reajustar sua própria contribuição, mas trabalha para que os servidores da ativa, aposentados e pensionistas, aceitem um aumento em suas próprias mensalidades.

Apreensão no BB: não reajuste de contribuição à CASSI II
Atualmente, o banco contribui com 4,5 por cento, enquanto que os funcionários e aposentados o fazem na proporção de 3 por cento. Em suma, o BB quer que os servidores passem a pagar 4,5 por cento (igualando-se à contribuição do Banco do Brasil). O impasse continua.

Economia X Banco Central
A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) realizou ontem,14, sabatina para apreciação dos nomes de Otávio Ribeiro Damaso e de Tony Volpon para a diretoria do Banco Central. O senador Valadares (PSB) participou da reunião questionando os sabatinados acerca do cenário econômico mundial.

Economia X Banco Central II
“As medidas econômicas atreladas ao dólar podem levar a uma manipulação por parte dos Estados Unidos, como já ocorreu em 2010, quando o FED liberou U$ 600 bilhões provocando uma desvalorização disfarçada para beneficiar o país. Por conta desse atrelamento ao dólar, as reversas internacionais não poderiam diversificar mais o uso de outras moedas?”, disse.

Economia X Banco Central III
Segundo Otávio Damaso, a aplicação nas reversas internacionais obedece aos critérios de segurança, liquidez e rentabilidade e essas características são fortes na moeda americana, mas existe a participação de outras moedas. Já Tony Volpon concordou com o senador que, realmente, o dólar tem um lugar demasiadamente forte, mas já se trabalha para diminuir esse poder, com uma política de diversificação de moedas.

Investimentos com ministro da Pesca
Ontem, 14, o deputado federal Fábio Reis, o presidente da Codise, Sérgio Reis, o diretor de industrialização do órgão, Carlos Tadeu, e o chefe de gabinete, Rosman Pereira, discutiram com o ministro da Pesca e Aquicultura, Hélder Barbalho, a implantação do Plano Safra, no qual o Governo Federal irá fazer investimentos na ordem de R$ 2 bilhões e no atrativo de indústrias de beneficiamento e processamentos de pescados para a região do Baixo São Francisco e a região Sul do estado de Sergipe.

Celeridade
O deputado federal Fábio Reis (PMDB) cobrou celeridade no convênio entre o Ministério da Pesca e a antiga Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedurb) para a construção de um novo terminal pesqueiro público. Segundo o ministro, o projeto está em andamento aguardando apenas que as readequações solicitadas sejam feitas e encaminhadas ao ministério.

Parcerias
O presidente da Codise, Sérgio Reis, também propôs parcerias no sentido de atrair novas formas de incentivo na produção de pescados, a exemplo da criação de surubim em tanques-rede, visto que é uma espécie de pescado que tem um valor agregado superior aos atuais, que são produzidos nas comunidades ribeirinhas.

CFO
O líder do PSC, deputado federal André Moura, recebeu ontem, 14, no gabinete da Liderança, em Brasília, membros do Conselho Federal de Odontologia (CFO) para tratar de assuntos pertinentes à categoria e apoio aos projetos que tramitam na Câmara dos Deputados. A procura é resultado da atuação vitoriosa de Moura em benefício das classes trabalhadoras a exemplo dos Defensores Públicos e dos Agentes de Saúde e de Combate às Endemias.

Imóveis atrasados
Será retomado hoje, 15, o julgamento dos atrasos na entrega dos imóveis pelas construtoras. O ato ocorrerá no 8° andar do Tribunal de Justiça, a partir das 08h:30. A sessão será aberta ao público e todos os interessados poderão acompanhá-la.

Pedido de vistas
O julgamento teve início em 25 de fevereiro, sendo relator do processo o desembargador José dos Anjos, que proferiu voto totalmente favorável ao direito dos consumidores. O julgamento foi suspenso devido a um pedido de vistas do desembargador Ricardo Múcio. Os consumidores estão numa expectativa de vitória. São advogados dos consumidores, Leonardo Zirpoli e Maurício Soares Nogueira.

Orlando Rochadel é eleito Conselheiro Nacional do Ministério Público
Durante reunião extraordinária do Conselho Nacional de Procuradores Gerais – CNPG, em Brasília, o Promotor de Justiça de Sergipe e Ex-Procurador-Geral, Orlando Rochadel Moreira, foi escolhido para ocupar uma das três vagas destinadas aos MPs no Conselho Nacional do Ministério Público – CNMP.

Vitória
“É uma vitória do MP de Sergipe e de nossos representantes”, comemorou o novo Conselheiro. Além de Rochadel, compõem a lista tríplice de Conselheiros, Marcelo Ferra, Promotor de Justiça de Mato Grosso, e Fábio Bastos Stica, Ex-Procurador-Geral de Roraima. Concorriam aos cargos 15 membros de MPs escolhidos em seus Estados de origem.

Eugênio Sobral é o novo Comodoro do Iate Clube
Numa disputa das mais acirradas da história do Iate Clube o ex-comodoro Eugênio Sobral se sagra eleito sobrepujando seu opositor Laonte Gama. "A luta foi árdua, foi muito difícil, mas os 40 votos de margem serão representados de forma digna e leal, irei me desdobrar com o intuito de realizar tudo aquilo que apresentei como programa de campanha. Muito obrigado aos sócios que acreditaram em minha palavra, pois daqui pra frente será o engrandecimento de nosso Clube, será uma sequencia de todo um trabalho iniciado pelo meu saudoso irmão Orelhinha, muito obrigado meu Deus.", disse o vitorioso.

PELO  TWITTER

www.twitter.com/jrobertotgomes  Não, burrice não é atenuante legal…

www.twitter.com/vieiramattoss  amigo meu falou que os políticos corruptos, são muitos parecidos e trazem a consciência do Judas Iscariotes, eu não conheci o Judas, mas me afirmaram também que todos este  políticos, terminam como o Judas, vão morrer pela direção dada pela consciência na forca.

www.twitter.com/frednavarro  PT e PSDB disputaram uma corrida p/ver quem chegava ao abismo primeiro. O PT ganhou, mas o PSDB estava no vácuo e foi atrás.

www.twitter.com/SauloCoelhoAju  Alô, dona @SkyBrasil, sugiro que mude seu nome para #biSKYte. Muito mais condizente com a bodega em que está se transformando.

www.twitter.com/capsamuel Cem dias de Governo Jackson Barreto,Cem mil desculpas pela falta de resultados prometidos nas eleições.Jeito PMDB de cuidar de Você.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun    

Frase do Dia
“Nunca se é tão vencedor nem tão vencido como o imaginamos.” Charles de Montalembert, jornalista e político francês, nasceu em 15 deAbril de 1810 e morreu em 1870.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários