Nova gestão sem agonia

0

  Embora a todo o momento esteja deixando claro, através da imprensa, que este primeiro ano de governo, será de reconstrução da máquina estatal e cheio de sacrifícios, o governador Marcelo Déda (PT) dá sinais claros de que deseja iniciar ainda no segundo semestre deste ano diversas ações importantes em todo Estado.

 Além dos diversos convênios que vêm sendo assinados em nível nacional, como por exemplo, o crédito para diversas áreas de cerca de R$ 50 milhões, o governador leva para a viagem que inicia amanhã nos EUA, cartas-consulta importantes de projetos de infra-estrutura e desenvolvimento para Sergipe.

 Os quatro projetos são o “Programa de Qualificação Integrada do Turismo em Sergipe”, o “Programa de Revitalização da Bacia hidrográfica do Rio Sergipe”, o “Casa Nova, Vida Nova” e o “Programa de Infra-Estrutura Produtiva do Semi-Árido”. São quatro programas em áreas bastantes distintas que demonstram a preocupação de melhorar a qualidade de vida no Estado, como um todo e não apenas em áreas isoladas. O governador vai a busca de recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID e do Banco Mundial.

  Na parte administrativa, quando retornar da viagem aos EUA, prevista para 2 de maio, o governador Marcelo Déda poderá ter um diagnostico mais concreto do desempenho financeiro por conta do fechamento do primeiro quadrimestre do seu governo. Qualquer leigo que não entenda de economia sabe que este diagnóstico será importante para balizar todas as ações durante o ano, fazendo as projeções de investimentos e despesas por conta da tendência dos primeiros quatro meses.

   Deixando de lado a parte política-partidária, onde os problemas continuam, o governador Marcelo Déda vem demonstrando que é persistente e tem um objetivo a alcançar. Parece que não tem pressa e, sobretudo, sabe que não basta ter vontade, é preciso capacidade para fazer certo. Ele chegou a citar um exemplo numa entrevista, afirmando que poderia comparar com uma mineração onde cada vez se cava mais fundo na mina sabendo que os riscos aumentam a cada dia e precisam ser previstos.

  O governador também está otimista com o  rumo que vem sendo implementado na região Nordeste por conta da nova geração de governadores. A grande maioria, independente de partido político, fechou um pacto de cooperação em várias áreas que pode resultar ainda este ano em ações concretas. Parece que a partir de maio o governador deve implementar um novo ritmo a máquina estatal por conta do total controle do processo, alicerçado nos profundos ajustes que fez na área fiscal e na sustentabilidade da nova gestão pública sem gastos excessivos em várias áreas e reduzindo o custeio. Resta a todos os que moram em Sergipe, independente de cor partidária, torcer para que o novo governo comece a dar frutos significativos e que as mudanças comecem a aparecer, sem agonia, mas dentro da realidade administrativa e financeira do governo estadual.

 

Cenam vai passar para o comando da Justiça e Cidadania

Uma das alternativas que o governador deve anunciar para resolver o problema das fugas no Centro de Atendimento ao Menor – Cenam é passar o órgão para o comando da Secretaria da Justiça e da Cidadania. Somente este ano foram 43 fugas no Cenam enquanto que nos presídios nenhum preso escapou até o momento. Hoje o Cenam está vinculado a Secretaria da Inclusão Social. Detalhe: a Secretaria da Justiça, sob o comando de Benedito Figueiredo, do adjunto, Henrique Rocha e toda equipe vem dando conta do recado.

 

Nota de Falecimento

  Juciara Brito Melo, esposa, João Marcelo, filho, Marcele, filha e demais familiares comunicam o falecimento de Marcelo Nunes Melo ocorrido no dia de ontem, 19, e o sepultamento hoje, 20, às 15h no cemitério Santa Isabel saindo o féretro do velatório Osaf situado na rua Itaporanga, centro de Aracaju. Marcelo Nunes Melo era engenheiro agrônomo, servidor de carreira da Delegacia do Ministério da Agricultura em Sergipe.

 

Jackson destaca este espaço na Câmara dos Deputados

O artigo publicado na semana passada, sobre a atual situação dos ferroviários, foi destacado pelo deputado federal Jackson Barreto ontem,19, na Câmara dos Deputados. Jackson leu todo o artigo que ficou gravado nos anais da Câmara e pediu ao Governo Federal um atenção especial aos ferroviários brasileiros. Por falar em Jackson, o anúncio ontem, neste espaço, que ele vai se filiar ao PMDB, independente da decisão do STF, pegou muita gente de surpresa. Com a decisão Jackson sepulta de vez a ida do senador Almeida Lima para o partido.

 

Ações de atendimento a mulher que denuncia violência

Preocupada com o crescente aumento do número de violência contra a mulher em Sergipe, a primeira-dama do Estado, Eliane Aquino, participou ontem de uma reunião com integrantes da Delegacia dos Grupos Vulneráveis e representantes das áreas da educação, saúde e assistência e do desenvolvimento social, para fortalecer as ações de proteção e atendimento as mulheres que denunciam este tipo de violência e muitas vezes ficam sem o atendimento devido. A idéia é dá todo suporte necessário para que a mulher não fique sem amparo neste momento difícil e muitas vezes tenha que retornar ao lar se submetendo a nova violência por falta de apoio e alternativa para que possa levar uma vida normal. O objetivo é levar as ações também para o interior do Estado.

 

Quem é o responsável pelo pagamento do pessoal da informática da Seed?

Quem trabalha no setor de informática da Secretaria de Estado da Educação está desde 21 de janeiro sem receber seus salários. De quem é a culpa? Será que o governador Marcelo Déda está sabendo desta situação? O pior que todos estão exercendo suas funções normalmente prestando serviços na área de informática.

 

Agenda do governador nos EUA I

Na segunda-feira, 23, o governador tem várias  reuniões no Banco Internacional para a Reconstrução e o Desenvolvimento –BIRD, ligado ao Banco Mundial, em Washington. Começa com uma audiência com Otaviano Canuto, diretor do Banco Mundial para diversos paises da América do Sul e Ásia. Déda fará também a apresentação de projetos à diretoria do BIRD. A noite participara de um almoço na residência de Otaviano Canuto, que é sergipano. Na quarta-feira, 25, tem reuniões no BID. Será recepcionado pelo Diretor Executivo para Brasil e Suriname, Rogério Studart. Depois terá uma reunião técnica com diretores ligados a região que o Brasil faz parte. Entre os assuntos das reuniões técnicas, habitação, desenvolvimento urbano e inclusão produtiva, além do turismo.  Ainda na quarta-feira, o governador terá uma audiência com o presidente do BID, Luis Alberto Moreno. Na quinta-feira, o governador viaja para Nova York.

 

Agenda do governador nos EUA II

Na sexta-feira, 27, Déda participa do Fórum das Américas em Nova York. Juntamente com outros sete governadores brasileiros participa de uma palestra durante almoço a empresários e banqueiros de Nova York. O governador presidirá a mesa, ao lado dos investidores e será chamado ao púlpito para responder algumas perguntas por parte da platéia.Na segunda-feira, 30, o governador participa do Fórum de Desenvolvimento Sustentável 2007, promovido pela Associação das Nações Unidas-Brasil (ANUBRA). O governador e a comitiva retorna na terça-feira com a chegada prevista em Aracaju para o início da tarde do dia 2 de maio.

 

Análises técnicas das pesquisas eleitorais

Senhor colunista,  com base na nota: “Colunista está com medo de analisar pesquisa?” publicada no dia 18  passado, vimos nos colocar a disposição para fazer análises técnicas, para esta coluna, de pesquisas veiculadas na imprensa local ou nacional. Na qualidade de Diretor Técnico da ASEP – Associação Sergipana de Empresas de Pesquisa, entidade que agrega empresas de pesquisas de opinião de Sergipe para o engrandecimento da atividade no mercado local, sentimo-nos na obrigação de tornar transparente à população sergipana de tudo o que possa envolver o assunto “pesquisa de opinião” dentro de uma abordagem técnica e ética. Entendemos o receio deste colunista face aos processos enfrentados, mas entendemos também que um dos motivos que fizeram com que esta coluna conquistasse o respeito dos leitores foi a abordagem de temas polêmicos, neste caso, “o silêncio” não pode ser a melhor resposta”. Oscar Wagner de S. Ferreira – Diretor Técnico da ASEP – Associação Sergipana de Empresas de Pesquisa.Não é que ele tem razão. As análises começarão a ser divulgadas, quem tiver telhado de vidro que se prepare…

 

 

Conexão direta com o leitor

De um leitor: “Caro colunista venho através e-mail pedir do Ministério Público Estadual e o Tribunal de Contas à atenção deste órgão, como já vimos em caso anterior nas prefeituras de Gararu, Propriá e Laranjeiras que antes de sair o pedido de cassação de mandato, a imprensa noticiou  que computadores e documentos sempre são levados pelo prefeito que está sendo afastado do cargo. Somente a atuação destes órgãos pode proibir que aconteça a mesma coisa no município de Graccho Cardoso”.

 

 Preocupação com os “amigos do poder”

Sobre o artigo “Silêncio dos Inocentes”, um leitor escreveu: Tem sido preocupante para aqueles que sonham com Sergipe melhor ver os mesmos “amigos do poder” cada vez mais forte, que com muita habilidade vão ganhando terreno, seja defendendo o governo, mesmo que suas bases sejam também eleitores de João e fortes opositores do novo projeto, Ou como experientes bajuladores que são, vão em frente. Precisamos entender melhor as dificuldades de Déda e passarmos a defender seu governo com garra, pois temos certeza que irá dar certo, o PT e aliados devem se unir e diminuir os espaços dos “amigos do Poder”. Precisamos consolidar de uma vez por todo o projeto que estamos construindo há muito tempo ganhamos sem eles, não é agora que vamos lhe dar tudo que conquistamos com muito suor,às vezes parece que estamos acomodados e passamos a pensar apenas em 2008 e 2010, deixando de lado o que é necessário fazer para o hoje, a luta continua e não podemos deixar sucumbir o nosso projeto de mudança. É preciso acelerar os processos de nomeações para que tenhamos mais tempo para colaborarmos nas implementações das novas ações do governo, deixando os oportunistas assumirem nossos postos”.

 

PPS não está unificado

Alguns dirigentes do PPS estão entrando em contato com o ex-deputado Ivan Paixão, que faz um curso de especialização no Sul do país, para terem uma conversa com o presidente nacional, Roberto Freire. Vão mostrar que têm força dentro do partido e diversas lideranças que desejam ingressar no PPS. Porém, é preciso compartilhar a nova Direção Estadual.

 

Frase do Dia

“Enquanto houver vontade de lutar haverá esperança de vencer”. Santo Agostinho.

 

 

 

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários