Novo prefeito

0

Aracaju será administrada interinamente a partir de amanhã pelo vereador Vinícius Porto (DEM). Ele substituirá o titular João Alves Filho (DEM), que se ausenta do país para participar na Colômbia do 7º Fórum Urbano Mundial, que tratará sobre mobilidade e segurança pública. Para não ficar impedido de participar das próximas eleições, o vice José Carlos Machado (PSDB) resolveu integrar a comitiva do demista, da qual também fazem parte a senadora Maria do Carmo Alves (DEM), o superintendente da SMTT, Nelson Felipe, e o comandante da Guarda Municipal, Enilson Aragão. Quanto ao novo prefeito, é bom os aracajuanos não esperarem muito dele, pois na condição de interino o presidente da Câmara de Vereadores apenas esquentará a cadeira de João Alves, representando-o em solenidades oficiais.

Sem gás

E quem anda se sentindo abandonado é o ex-prefeito de Capela, Manoel Messias “Sukita” (PSB). Alegando ter sido escanteado pelo próprio partido e esquecido pelo governador Jackson Barreto (PMDB), o capelense chantageia, ameaçando chutar o pau da barraca e pular para a oposição. Alguém precisa aconselhar “Sukita” a baixar a bola, pois ex-prefeito é igual a Coca-Cola sem gás, não tem serventia alguma.

Prepare o bolso

A ligação telefônica em aparelhos fixos fica mais cara a partir da próxima semana. O reajuste aprovado ontem pela Anatel para as concessionárias de telefonia fixa nas modalidades local e longa distância varia entre 0,65% e 0,95%.

Mudança

Os vereadores Agnaldo Feitosa (PR) e Anderson de Tuca (PRTB) são, respectivamente, os novos líder e vice-líder do prefeito na Câmara Municipal de Aracaju. Substituem Manoel Marcos e Renilson Felix, ambos do DEM. A mudança foi explicada como um ato normal combinado com os quatro vereadores pelo prefeito João Alves Filho (DEM).

Equívoco

A Prefeitura de Aracaju está removendo pontos de ônibus bem conservados para colocar outros novos, enquanto a periferia fica sem o benefício. A queixa é do vereador Anderson de Tucá (PRTB). Ele advertiu que a melhoria deve ser colocada onde não existe e não em áreas bem servidas com este equipamento. Até parece que a principal preocupação da Prefeitura é exibir em locais bem movimentados os novos pontos de parada com as cores da administração demista.

Lerdeza do TCE

E o Tribunal de Contas do Estado segue com a cara de uma velha e lenta tartaruga. Quer um exemplo? Somente agora em 2014 o TCE conseguiu rejeitar as contas das Prefeituras de Japaratuba, Glória e Nossa Senhora de Lourdes referentes ao exercício de 2006. Os ex-prefeitos condenados tiveram oito anos para cometer novas irregularidades contra a administração pública. Êta lentidão dos diabos, seu menino!

Torturas apuradas

As torturas praticadas em 1975 nas dependências do 28º Batalhão de Caçadores vão ser apuradas pela Comissão Nacional da Verdade (CNV). Pedido nesse sentido foi feito ontem pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Na época, ele era deputado estadual e foi levado no jeep ao quartel do Exército para ser acareado com presos políticos: “Vi companheiros em estado de trapo humano”, disse Jackson ao secretário-executivo adjunto da CNV, Marcus Vinicius.

Novela

Ficou para a semana que vem a votação pela Assembleia da autorização para o governo contrair um empréstimo de R$ 250 milhões. É que os deputados Venâncio Fonseca (PP) e Zeca da Silva (PSC), respectivamente, presidente e relator da Comissão de Justiça, não deram as caras ontem no Legislativo. Nos corredores do Parlamento, comentava-se que a ausência dos dois foi determinada pelos irmãos Amorim para protelar a votação do projeto. Será?

Quer cargos

O PSD deseja ter uma maior participação no governo. Segundo o deputado estadual Gustinho Ribeiro, o partido possui três representantes na Assembleia, mas só tem uma Secretaria estadual, enquanto legendas sem qualquer parlamentar estão bem melhor representadas no governo. Resta saber se o governador Jackson Barreto vai atender a reivindicação do PSD, que foi trazido para Sergipe pelo falecido ex-governador Marcelo Déda (PT).

Qual a diferença?

Setores do PT fazem biquinho quando alguém levanta a hipótese de o partido e o DEM estarem juntos no palanque do governador Jackson Barreto (PMDB). Alguns petistas mais radicais se apressam em lembrar a resolução do PT proibindo qualquer aliança com o Democratas. Vem cá, e qual a diferença entre o DEM sergipano e o PP de Paulo Maluf, um dos responsáveis pela eleição do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT)? Será que a direitona malufista é melhor do que a sergipana?

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 13 de maio de 1919

Resumo dos Jornais

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 13 de maio de 1919

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários