O acidente que não sai do noticiário

0

Passados quase oito dias do acidente do pequeno avião em Paraty, no Rio de Janeiro, que vitimou 5 pessoas – entre elas o Ministro do STF, Teori Zavascki – o assunto é ainda o mais comentado nas redes sociais. É bem verdade que nas redes de computadores paira uma certa desconfiança: teria sido um acidente mesmo ou algo provocado por sujeitos inqualificáveis? Seja como for, a boataria é até certo modo “incentivada” pelo filho de Zavascki que deu declarações de que ele recebia telefonemas com ameaças. ‘O Ministro estava prestes a homologar 77 delações da Odebrecht, o maior acordo de colaboração da Lava Jato. “O que ele me contava é que estava muito preocupado pela gravidade das coisas de que ele tinha tido conhecimento nas delações e pelas pessoas envolvidas”. Depois da internacionalização das falcatruas da Odebrecht as ameaças se tornaram mais insistentes. Nas redes sociais rola até a informação de que pessoas desqualificadas teriam sido contratadas para dar um fim ao Ministro Teori. Vai levar um longo tempo até que a opinião pública se convença de que tudo não passou mesmo de um acidente. Até hoje é quase impossível convencer um mineiro que o ex-Presidente Juscelino Kubitschek morreu num acidente de carro, em estrada movimentada entre Rio e São Paulo. As mortes de Tancredo Neves, Eduardo Campos, até do ditador Castelo Branco também são lembradas como muito suspeitas. Mesmo com os laudos emitidos por autoridades federais depois de apurações envolvendo muitos especialistas. A morte de Teori Zavascki vai terminar como uma lenda urbana. É a teoria da conspiração funcionando normalmente.

Igualzinho a Jânio Quadros

Há muito tempo não se via um presidente dos Estados Unidos, ao tomar posse, pronunciar um discurso tão nacionalista forrado de ameaças como o Donald Trump na última sexta-feira. Prometendo fazer a América voltar a ser grande novamente, o discurso mais parecia uma ameaça ao mundo do lado de cá: “Saiam da frente que o “o bom gigante amigo” está de volta”. Ocorre que o mundo mudou muito, alguém precisa dizer isso ao Sr. Trump antes que ele faça alguma besteira.

Numa dessas centenas de entrevistas que permeiam as emissoras de televisão, veio a observação: até por conta da antipatia do seu próprio partido, o Sr. Donald Trump parece uma cópia piorada do ex-presidente brasileiro Jânio Quadros.

Os oito que valem 3,6 bilhões

Oito dos homens mais ricos do mundo concentram o mesmo patrimônio de 3,6 bilhões de pessoas – a metade mais pobre da humanidade, que detém 0,25% da riqueza global líquida. O dado consta do relatório “Uma economia humana para os 99%”, que será divulgada nesta segunda-feira, em Davos, na Suiça, e foi elaborado pela Oxfam, entidade que reúne diversas organizações não governamentais. Segundo o relatório, nunca se produziu tanta riqueza, mas ela se concentra no grupo que compõe o 1% mais rico da população mundial, cuja renda aumentou 182 vezes mais que a dos 10% mis pobres entre 1988 e 2011. Com isso, a entidade estima que o mundo terá seu primeiro trilhardário em apenas 25 anos.  Quatro anos atrás, o Forum de Davos identificou o aumento da desigualdade econômica como uma ameaça à estabilidade social no planeta. O Fundo Monetário Internacional e o Banco Mundial também já elaboraram documentos em que alertavam para o fato de essa desigualdade extrema prejudicar o crescimento ao suprimir a demanda, o que compromete a economia como um todo. Outro da do revelador: cem bilhões de dólares é a perda anual que países desenvolvidos têm por sonegação fiscal.

A reforma do Secretariado

A semana que agora se inicia não deve terminar sem que o Governador Jackson Barreto conclua sua reforma no Secretariado. Entra para a equipe o ex-Reitor Josué Mudesto dos Passos Sobrinho, que vai comandar a Secretaria da Fazenda, vaga com a saída de Jefferson Passos. O Sr. Almeida Lima vai para a Secretaria de Saúde (é aí onde mora o perigo… deixando a área de Meio-Ambiente). Mas não se descarta nenhuma surpresa de última hora.

A inflação da região Nordeste

A inflação na região Nordeste apresentou crescimento de 0,42% no último mês de 2016, resultado superior ao índice de novembro (+0,20%) e ao índice nacional (+0,30%). As maiores elevações ocorreram nos grupos de Despesas Pessoais (+1,28%), vestuário (+0,83%) e Transportes (+0,73%). A Avaliação do Escritório de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), órgão de pesquisas do Banco do Nordeste, e complementa as informações divulgadas  mensalmente no âmbito nacional pelo IBGE. O índice regional de inflação do Etene é elaborado a partir de metodologia própria e utiliza dados oficias para construir base de análise ampla, válida para toda  a região. Entre as regiões metropolitanas, Fortaleza apresentou a maior elevação de preços na Região nos grupos de Despesas Pessoais (+1,99%) e Transportes (+1,06%). Salvador registrou maior crescimento no grupo de Vestuário (_1,06%) e Recife superou as demais capitais nordestinas nos grupos Artigos de Residência (0,79%), Aumentos e Bebidas (+0,7%) e Habitação (+0,5%).

Posse no Forum será dia 2 de fevereiro

A nova diretoria do Fórum Empresarial toma posse no dia 2 de fevereiro, em solenidade a principio programada para o auditório da Associação Comercial. A Coordenadora do Forum é a Sra. Susana Nascimento, a primeira mulher a dirigir o Forum. O Vice-Coordenador é o Sr. Hugo França. O 1º Tesoureiro, Mauricio Vasconcelos. O 2º Tesoureiro Érico Nery, o 1º Secretário, José Abílio Primo, o 2º Secretário, o sr. Brenno Barreto.

…e para encerrar…

AUDIÊNCIA – Hoje, a partir das 14h30, na Assembleia Legislativa, ocorre a audiência pública sobre Visibilidade Trans , promovida pela deputada  Ana Lúcia. Discursam o desembargador Dr. Thenisson Santasna Dória, especialista em direito homoafetivo;  e Tatiane Araújo, Coordenadora da Rede Nacional Trans.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários