O bem estar dos pulmões em tempos de Panemia: como proceder?

0

“Quando vocês discutirem, não deixem que seus corações se afastem, não digam palavras que os distanciem mais, pois chegará um dia em que a distância será tanta que não mais encontrarão o caminho de volta”  Mahatma Gandhi

Quando se trata de medidas saudáveis para o pulmão, os especialistas são unânimes: tabagismo, não: No entanto largar o cigarro não é o único hábito recomendado para quem quer preservar a saúde respiratória, com certeza devemos incluir nessa relação a alimentação, a prática de exercícios e a manutenção de um ambiente livre de partículas nocivas no ar.

A saúde pulmonar, é claro, começa deixando de lado o tabaco, de longe o maior causador de doenças das vias respiratórias, além do que se o fumante já tiver algum tipo de condição prévia, abandonar o hábito do cigarro tornasse ainda mais urgente, mas no entanto não significa que seja fácil; ou seja sabemos de que a grande maioria das pessoas não consegue parar de fumar, e também é conhecido de que quem consegue geralmente é só depois de tentar cinco ou seis vezes, ou seja sabemos muito bem de que a luta é extremamente difícil.

No entanto sabemos muito bem de que não é impossível, e sempre vale muito a pena tentar. Com toda a certeza sabemos que largar o vício requer, primeiro de tudo, um motivo, quais sejam para economizar dinheiro, ou pela perda de alguém próximo, portanto convém salientar de que a reposição de nicotina, medicamentos e terapia cognitiva comportamental são as principais armas disponíveis nessa luta.

Devemos frisar que sempre é recomendável procurar um médico ou centro confiável, ou seja que seja um profissional que esclareça com detalhes os malefícios do cigarro, porém não  devemos amedrontar o nosso paciente, por é importante estimularmos a mudança de comportamento, ou seja se a pessoa está com vontade de fumar, que faça outra coisa, ligue para um amigo para bater um papo agradável até passar o pico de vontade.

O ideal é nem começar a fumar, seja cigarro, cigarro eletrônico, charuto, cachimbo ou cigarro de palha, daí a importância das campanhas de conscientização dos jovens e adultos, que precisam ser alertados das artimanhas da indústria do tabaco para convencer novos consumidores.

O tabaco, porém, não é a única fumaça que faz mal aos pulmões, com toda a certeza a poluição do ar também é altamente nociva , além de ser ainda mais complicada de evitar e combater. Estima-se que ela esteja associada com a mortalidade precoce de 7 milhões de pessoas por ano, o que é mais do que matam a diarreia e a malária somadas, de acordo com as ultimas pesquisa encontradas no meio médico.

Sabemos que não existe um  padrão de qualidade do ar seguro, da mesma maneira de que não há padrão de fumo seguro. No entanto estimasse de que a exposição à poluição equivale a dois a três cigarros por dia ,ou seja infelizmente fumamos sem ter escolha: Aparentemente pode parecer pouco , mas é o suficiente para aumentar os riscos de infecções respiratórias, infarto do miocárdio e cerebral, baixo peso ao nascer e câncer de pulmão….

Os ganhos para a longevidade, são visíveis, ou seja se a poluição do ar fosse reduzida em uma grande Cidade até o padrão restrito estabelecido pela Organização Mundial de Saúde, a expectativa de vida aumentaria em dois anos e meio nessa localidade.

Portanto a adoção de medidas restritivas de emissão de poluentes geraria um ganho de tempo de descanso e trabalho perdidos em congestionamentos, e seria bastante benéfica para a saúde mental, e consequentemente reduziria bastante os acidentes de trânsito resultando em um efeito pontual extremamente rápido.

Devemos também referir que o controle ambiental doméstico também se torna ainda mais importante por conta disso, já que somos os reis e rainhas das nossas casas, é mais do que justo de que convém tomar cuidados para manter as ameaças respiratórias da porta para fora.

Ácaros e mofo adoram umidade e se instalam em travesseiros e colchões, por isso é imperioso forrá-los para reduzir sobremaneira o risco de alergias. Além do que em alérgicos, é bom retirar tapetes, cortinas, carpete, edredons e bichos de pelúcia, e é prudente lembrar que produtos de limpeza com perfumes irritantes devem ser substituídos por sabão de coco, vinagre e álcool 70%

Porém não podemos esquecer de nosso amiguinhos voadores: os pássaros que podem causar pneumonia de hipersensibilidade em alérgicos.

O ar-condicionado pode ser um aliado nas regiões mais quentes e úmidas, mas os filtros devem ser limpos semanalmente, e a manutenção preventiva deve ser feita a cada seis meses, lembrando que a temperatura não deve ser inferior a 23o C ou 24o C.

Lembrando também que no caso de locais muito secos, um umidificador é um aliado para evitar irritação das vias respiratórias, que podem virar doenças crônicas, é bom também chamar a atenção de que a ingestão de líquidos lubrifica as vias respiratórias e elimina mais facilmente agressores dos pulmões.

Para a saúde pulmonar, valem duas máximas que servem para todo o corpo: tenha uma alimentação equilibrada e faça exercícios físicos, além disso devemos chamar bem a atenção de que o controle do peso é fundamental: ou seja o sobrepeso e a obesidade alteram a dinâmica respiratória, sendo que o acúmulo de gordura pode causar um grave problema de saúde: a síndrome da apneia do sono.

Quanto à alimentação, não há segredo ou fórmula mágica, basta seguir a orientação de um Nutricionista, portanto se a pessoa é saudável, tem uma boa alimentação, que traz as substâncias adequadas para o funcionamento dos sistemas imunológico e cardiovascular, consequentemente ela estará protegendo adequadamente os pulmões.

Devemos salientar de que com os portadores de doenças pulmonares, a conduta deve ser diferente, ou seja aconselhamos que seja prescrita uma dieta pobre em carboidratos, como uma opção mais adequada( sempre orientada por um Nutricionista !).Além disso devemos alertar de que em casos mais graves, pode ser necessário escolher alimentos de digestão mais facilitada, para economia de oxigênio, além de complementação de vitaminas e minerais.

No caso dos exercícios, para aqueles que não possuem doença pulmonar, a recomendação é melhorar a capacidade cardiorrespiratória com exercícios aeróbicos, não sendo necessariamente a pratica da natação, como se acreditava antigamente, ou seja pode ser caminhada, corrida, bicicleta, ergométrica, esteira.

Trabalhos de força, que mexam com os músculos do tórax, também são benéficos, no entanto devemos frisar de que o acompanhamento profissional é sempre recomendável, logico que no caso de pessoas com doenças respiratórias esse item torna-se indispensável e obrigatório.

Também não faz mal investir em exercícios respiratórios que mexam com o diafragma e ainda promovam relaxamento, portanto no caso de indivíduos que tem asma, DPOC e outras doenças respiratórias, eles são recomendáveis, seja na forma de práticas integrativas como meditação e tai chi chuan, seja usando técnicas mais tradicionais, como a fisioterapia, lembrando bem que a prática da reabilitação pulmonar aumenta a capacidade de encarar exercícios e fortalecer os músculos.

IMPORTANTE: Essa conduta também deve ser utilizada para quem está se recuperando dos efeitos da Covid-19,observa-se que em oito semanas, a capacidade deles em realizar  exercícios melhora em pelo menos 60%, e com certeza o Seu perfil de ansiedade e depressão irá diminuir.

A esperança é que, pelo menos nos casos de Covid-19, a vacina possa com toda a certeza minimizar o impacto dessa terrível e desastrosa doença…Causada pelo coronavírus Sars-Cov-2 é um dos maiores vilões que pulmão humano já enfrentou até os dias atuais. .

Finalizando podemos inferir de que como o pulmão interage com o meio ambiente, precisamos nos proteger das infecções em geral, ou seja quando sofremos uma agressão muito grande com a Covid-19, sendo ele o órgão mais atingido, e a sua porta de entrada no organismo, com a Vacina com certeza irá mudar o espectro da pandemia, portanto sugerimos de forma veemente que todos que querem defender o seu pulmão, o pulmão de seus pais, de seus filhos, de seus amigos e concidadãos, que se vacinem, pois felizmente no momento atual é a única forma eficaz de proteger o aparelho respiratório e a população..

Uma boa semana, use mascara, use álcool gel e fique em casa…

NAMASTÊ!!!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais