O começo ou o fim

0

A eleição que se aproxima será o fim da carreira política do Senador Antônio Carlos Valadares ou a sua consagração como um super-homem, aquele capaz de desafiar as mais importantes forças políticas do Estado e vencê-las todas, a ponto de levá-lo ao Senado pela quarta vez e a seu filho, o deputado federal Valadares Filho – de atuação medíocre na Câmara – ao governo do Estado. Até agora, as tuitadas do Senador têm feito sucesso, mas, ao mesmo tempo, impede-o de se aproximar de nomes como Eduardo Amorim, Mendonça Prado, entre tantos outros para a formação de um bloco que vá para as urnas  unido e com chance de vitória. Teimoso como uma mula, o Senador Valadares insiste em carregar uma “mala” – no caso o seu próprio filho, Valadares Filho – para o Governo do Estado. Reside aí o grande problema: é muito Valadares numa chapa só. Sem falar, que ele ainda quer lugar para outros valadaristas  que não se desgarram do chefe, como Elber Batalha, pais e filho, também, Luciano Pimentel e outros. A essência do PSB, o socialismo, virou socialismo para os Valadares. Não se deixa de reconhecer a liderança do Senador Valadares, mas nestas eleições ele está perdendo o rumo criticando açodadamente o ex-governador Jackson Barreto ou um dos líderes da Oposição, o deputado André Moura, porque este é líder do Governo Temer na Câmara.

Belivaldo se livra do PRB e do Pastor Heleno

Até que enfim, o Governador Belivaldo Chagas deu um rumo diferente ao seu governo. Demitiu o antigo Pastor Heleno Silva, do Escritório de Sergipe em Brasília e mandou demitir todos os nomes apontados por ele e que se encastelavam no governo do Estado. Nas composições políticas  que ora se estudam, Heleno Silva exigia ser candidato ao Senado mas esta não era a disposição da chapa liderada por Belivaldo Chagas para o governo, porque não via nele um nome razoavelmente competitivo para a disputa. Mordido pela mosca azul, Heleno Silva nos últimos meses passou mais dias em Aracaju do que no seu posto de trabalho em Brasília. Líder de um partido pequeno, o PRB, Heleno Silva, por um tempo, julgou-se já eleito. Mas, então o “Senador “ Heleno Silva caiu dentro da realidade e a vaca foi pro brejo.  Até a Oposição está na dúvida de dar a Heleno o posto de candidato ao Senado… Depois de 4 anos, só elogiando o Governador Jackson Barreto, Heleno Silva tem agora que caprichar nas palavras para sua nova turma, liderada pelo deputado André Moura.

Conferência da UNALE começa hoje

  De hoje até sexta-feira realiza-se na cidade gaúcha de Gramado a 22ª. Conferência da UNALE (União Nacional das Assembleias Legislativas). Sergipe está mandando para lá, hoje, nada menos que sete deputados – o Pastoro Antônio, evidentemente, não poderia faltar, por ser ele o maior defensor na Assembleia Legislativa do Estado, o Pastor Antônio. Jornalistas e cinegrafistas já seguiram ontem para Gramado para de lá mandar cobertura completa da Conferência da Unale. O debate que promete maior interesse deve ocorrer na sexta-feira, “Panorama Político Nacional”, que contará com a participação de vários candidatos a presidente da República, como Geraldo Alckmin, Ciro Gomes, Henrique Meirelles, Marina Silva, Álvaro Dias, Manuela D´Avila, Rodrigo Maia, Jair Bolsonaro, Flávio Rocha. O Ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes falará sobre ‘Gestão e Controle dos Gastos Públicos”;  já o ex-Ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Henrique Neves  debaterá “Eleições 2018 e as Novas Regras”.  E o professor, web ativista e colunista Gil Giardelli abordará “Democracia nas Mídias Sociais e as Fake News”. A Conferência terá como cenário o Centro de Eventos da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, na cidade de Gramado.

Pagamentos de Royalties de Petróleo e Gás

O pagamento de royalties do petróleo  e gás natural para o Estado de Sergipe ficou em R$ 6 milhões, em abril deste ano, referente à produção do mês de fevereiro de 2018. O montante recebido foi cinco por cento superior ao recebido no mesmo mês do ano passado, cujo repasse total havia sido de R$ 5,7 milhões. Na comparação mensal (março, 2018) houve queda de 18,8%. Entretanto, no acumulado do ano, janeiro a abrir deste ano, os repasses ultrapassaram os R$ 27 milhões, com crescimento de 4,2% em relação ao mesmo período do ano passado.

Maiores repasses de royalties

No quarto mês de 2018, os municípios de Japaratuba, Carmopolis e Aracaju apresentaram os maiores repasses de royalties, somando aproximadamente R$ 2,22, R 1,15 e R$ 1,06 milhão, respectivamente. Outros municípios como Divina Pastora, Estância e Itaporoanga também apresentaram recebimentos elevados, sendo R$ 952, R$ 934 e R$ 924, respectivamente. Entre os demais municípios, Siriri, Pirambu, Riachuelo, Maruim, São Cristóvão, Brejo Grande, Areia Branca e Pacatuba receberam royalties entre R$ 804 e R 649 mil, referentes a extração de petróleo e gás.

STF 2 x Lula 0, até agora…

O STF está julgando um pedido de habeas corpus para o ex-presidente Lula da Silva. Até ontem, o placar estava de 2 a 0. A votação ocorre na 2ª. Turma e faltam votar os Ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e  Celso de Mello. Surpresa foi a votação do Ministro Dias Toffoli:  seguiu o voto de Edson Facchin para manter Lula preso. Essa votação virtual deve se encerrar até amanhã, 10. É a grande esperança da militância petista para retirar Lula da cadeia…

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais