O DEM acabou

0

O DEM acabou

O Partido Democratas está com seus dias contados depois do pífio resultado conseguido nas eleições de ontem no Brasil inteiro. Em Sergipe, o DEM perdeu a disputa para o governo e o Senado, além de só ter conseguido eleger um deputado federal e três estaduais. Derrotado em sua segunda tentativa de governar o Estado, dificilmente o ex-governador João Alves Filho conseguirá juntar os pedaços do DEM, pois seus poucos liderados deverão migrar para outros partidos visando sobreviver politicamente. Vai acontecer com o Democratas o mesmo que ocorreu com a Arena, PDS e PFL, que morreram por exaustão.

Fim de uma era

Com as eleições de ontem, a política começou a mudar de mão em Sergipe. Além do fracasso de João Alves Filho, o deputado federal Albano Franco (PSDB) levou um forte tombo, ao ser derrotado para o Senado. Esta foi a primeira derrota política do tucano, que não perdia uma eleição desde 1966. Com a derrocada de Albano, sua família fica sem nenhuma representação no Legislativo, já que o deputado eleito José Franco (PDT) nunca representou o clã politicamente.

Precisa repensar

Reeleito no primeiro turno com 52,08% dos votos, o governador Marcelo Déda (PT) vai precisar repensar seu arco de alianças, o comportamento dos aliados políticos e corrigir os erros do primeiro mandato. Apoiado por um verdadeiro ‘ balaio de gatos’, o petista viu de tudo na campanha. Teve que engolir aliados próximos apoiarem candidaturas adversárias e outros cruzaram os braços porque não foram atendidos em suas reivindicações. Déda saiu das urnas vitorioso, mas os pouco mais de 70 mil votos que colocou sobre João Alves foram muito menos do que ele esperava.

Saiu arranhado

Um grande derrotado nas eleições de ontem foi o prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo (PMDB). Ele investiu todas as fichas na candidatura de João Alves Filho ao governo e viu o eleitorado itabaianense dar uma magra vantagem de pouco mais de 2 mil votos ao democrata. Também quase não consegue eleger o irmão Arnaldo Bispo (DEM) e teve que engolir a vitória folgada de Maria Mendonça (PSB) para a Assembléia Legislativa. Luciano terá que se rebolar muito se quiser se reeleger daqui a dois anos.

Edvaldo perdeu

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), também saiu das eleições sentindo o sabor da derrota na boca. Não conseguiu eleger Tânia Soares (PC do B) para a Assembléia, viu João Alves Filho colocar na capital uma diferença de 5 mil votos sobre Marcelo Déda (PT) e teve que assistir a derrota para o Senado do quase aliado Albano Franco (PSDB), que teve em Nogueira o grande incentivador da candidatura independente.

Pouca força

Outro que não mostrou tanta força assim nas eleições de ontem foi o vice-governador eleito Jackson Barreto (PMDB). Seu candidato a deputado estadual, Robson Viana, não logrou êxito na disputa, enquanto o jovem Fábio Reis (PMDB), também apoiado por Jackson, só permanecerá eleito se o candidato Rogério Carvalho (PT) não se livrar do processo que tramita contra ele no Tribunal Superior Eleitoral. Assim como Edvaldo, Jackson viu João Alves colocar uma dianteira sobre Marcelo Déda em Aracaju e ainda teve que engolir a eleição do primo José Almeida Lima (PMDB) para a Câmara Federal.

Força menor

Embora tenha sido reeleita, a deputada estadual Ana Lúcia (PT) viu reduzida a força de sua tendência política. Ele teve exatos 20 mil votos e por pouco não fica na suplência. Para completar o quadro, seu candidato a deputado federal Iran Barbosa (PT) não conseguiu se reeleger. A fraca atuação do grupamento liderado por Ana Lúcia é atribuída à decisão do MST de lançar a candidatura de João Daniel (PT) para a Assembléia. Nas eleições de 2006, o movimento votou fechado com a deputada e Iran Barbosa.

Dois vitoriosos

Adelson Barreto, reeleito para a Assembléia, e capitão Samuel, eleito o segundo deputado estadual mais votado, estão entre os grandes vitoriosos das eleições de ontem. O primeiro obteve exagerados 61.598, enquanto o militar foi o segundo mais votado com 43.370 sergipanos. Vale destacar que esta é a primeira vez que a Polícia Militar de Sergipe elege um representante.

Festa na Treze

O senador eleito Eduardo Amorim (PSC) colocou um trio elétrico no Mirante da Treze de Julho para comemorar a estrondosa vitória. A festa foi até a madrugada, com a participação de centenas eleitores e amigos. O deputado federal Mendonça Prado (DEM) também contratou um trio elétrico, que ficou posicionado em frente ao seu comitê eleitoral, na rua Cedro. A festa do democrata, contudo, não durou muito, nem contou com as mesmas participação e animação da organizada por Eduardo Amorim.

Vitória fácil

E quem tem motivos de sobra para comemorar as eleições de ontem é o presidente da Assembléia Ulices Andrade (PDT). Ele não disputou o pleito, mas conseguiu eleger o filho Jeferson Andrade (PDT), que teve 33.726 votos. Agora, Ulices vai se preparar para assumir uma cadeira no Tribunal de Contas do Estado, o que deverá acontecer até o final de seu mandato.

Do baú político

No final da década de 80, o radialista Laércio Miranda foi derrotado para a Câmara Municipal de Aracaju por um criminoso boato espalhado, no dia da eleição, pelo radialista Paulo Brandão. Tido como eleito por todas as pesquisas, Laércio quase morreu ao ouvir, logo cedo, Brandão afirmar na rádio Atalaia/AM: “Tenho duas notícias: uma boa e outra ruim. A boa é que o competente Laércio Miranda recebeu um convite irrecusável da rádio Sociedade da Bahia para apresentar um programa policial. A ruim é que, diante de sua transferência imediata para Salvador, ele renunciou a candidatura”. Desesperado, o candidato tentou reverter o boato, que corria nos bairros de Aracaju igual a rastilho de pólvora. Não conseguiu e perdeu a eleição. Quando era indagado sobre o que pretendia fazer com o fofoqueiro Paulo Brandão, Laércio afirmava simplesmente: “Vou fazer o que? Não se mata o que não se come.”

Resumo dos jornais

Clique aqui para ler os destaques de capa dos principais jornais do Brasil

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais