O futebol, a pandemia e o futuro

0

Estamos em março de 2021, completando um ano de pandemia. Não por acaso, um país que encara o problema com negacionismo, soluções ineficazes e indiferença continua piorando cada vez mais. Fatores como este levaram o Brasil a ser o terceiro país do mundo em óbitos e casos confirmados da Covid-19.

Dito isso, pensemos na realidade do futebol. O retorno às pressas na metade do ano passado, forçado por equipes da elite, escancarou que, por mais que protocolos sejam bem elaborados, eles não podem frear contaminações. Na Série A, apenas o São Paulo e o Sport não tiveram surtos em seus elencos. Na Série B, o Confiança foi uma das equipes que sofreu com a disseminação da doença entre os atletas.

A temporada de 2021 já começou com campeonatos estaduais e regionais no país inteiro. A bola já rola no Campeonato Sergipano, na Copa do Nordeste e estamos às vésperas da estreia das equipes sergipanas na Copa do Brasil. O Confiança enfrenta amanhã o 4 de Julho no Piauí. Já o Sergipe recebe o Cuiabá na Arena Batistão no próximo dia 16. Sergipe e Piauí são estados que se encontram em fases críticas. O Mato Grosso anunciou no último domingo, o colapso na sua rede hospitalar.

Assim, como pensar que, no momento em que as mortes por coronavírus no Brasil voltam a bater recordes diários, vários estados já estão sem poder oferecer atendimento aos pacientes, o futebol deve continuar como se nada estivesse acontecendo? Mais ainda: por que fazer equipes atravessarem o país inteiro no fogo cruzado de uma guerra que está longe de acabar, expondo jogadores, comissões técnicas, funcionários, dirigentes, familiares e toda a cadeia ao redor?

Os Estaduais de Santa Catarina, Paraná e Acre já estão paralisados. A tendência é que outras federações adotem a suspensão. O que poderia acontecer, para que o prejuízo ao calendário da temporada seja mínimo, seria o adiamento, pelo menos por 15 dias, de competições regionais e nacionais. Essa hipótese reduziria a circulação de delegações pelo país e pelo menos não deixaria o esporte parado novamente.

O futebol pode esperar. A vida, não. E você, torcedor? O que acha?.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais