O imortal e dadivoso “Velho Chico”

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Texto do advogado Clarkson Moura:

Desconhecer a importância econômica  e o alcance social do maior empreendimento de integração hídrica de bacias hidrográficas das Américas corresponde a assumir, de público, a sua incontida ignorância, a sua transbordante estultícia, a sua evidente alienação.

A transposição é a satisfação de uma inadiável necessidade social de mais de 12 milhões de coirmãos nordestinos, um histórico resgate político de uma secular dívida social, um empreendimento arrojado da capacidade resolutiva de uma consagrada e criativa equipe multidisciplinar da Ciência e Tecnologia brasileiras.

Perdoem-me a intencional reconsideração enfática: ignorar ou fingir desconhecer, por capricho, ressentimento, passionalidade, proselitismo, preconceito ou quaisquer outros sentimentos mesquinhos, esses truísmos significam, na melhor das hipóteses, dar um testemunho aberto e inequívoco de seu apedeutismo, de sua estreiteza cultural, de sua inata debilidade intelectual, de seu fundamentalismo ideológico, de seu fanatismo irracional e de sua intolerância compulsiva.

Como um dos três representantes estaduais no Comitê de Gestão da Bacia Hidrográfica do São Francisco, no Governo de Antônio Carlos Valadares, este modesto articulista teve o prazer e a sorte de contatar com, até então, o maior conhecedor das bacias hidrográficas deste País, mormente, do Rio da Integração Nacional, o saudoso Dr. José Theodomiro de Araújo, à época, um anoso, experiente e estudioso engenheiro civil, geólogo, servidor público, integrante, sucessivamente, dos Quadros do DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra Secas) e do extinto DNOS (Departamento Nacional de Obras de Saneamento).

Sempre questionado por nós, membros do aludido Comitê, sequiosos de beber do seu inesgotável e salutar caudal de notórios conhecimentos técnicos e científicos especializados, atinentes ao seu domínio de atuação funcional e formação profissional (Hidrologia, Hidrografia,Hidrodinâmica,Geologia e Engenharia Hidráulica) o solícito e erudito Mestre, desinvestindo-se de sua meritória cátedra, ao estilo aristotélico, nos brindava a todos, com pertinentes, sábias e didáticas preleções circunstancias, ou melhor – com verdadeiras "aulas-magnas" – dirimindo-nos, assim, quaisquer resquícios de dúvida sobre a temática improvisadamente lançada por ocasional discípulo interlocutor.

A propósito, a pergunta mais recorrente que se fazia ao festejado Especialista, naquela quadra, era sobre a possível, remota e porvindoura extinção do "Velho Chico", seja por conta das frequentes, progressivas e multiusuais intervenções humanas, seja pelas adversidades naturais, na sua vetusta, tarimbada, especializada, magistral e acadêmica visão, sob as três dimensões: científica, filosófica e religiosa.

Todas as vezes em que fora instado a responder a essa reiterada indagação, o renomado Mentor, exímio Conferencista e assediado Consultor Técnico foi rápido e categórico: "Nunca, jamais, em tempo algum!" De pronto, oraculou: "Pelo ângulo religioso, o São Francisco, como atesta seu próprio nome, é uma singular dádiva divina. Do ponto de vista filosófico, é uma realidade transcendental, que tem sua própria lógica, sua perseidade. Sob a óptica científica, é um sistema organizado, autossuficiente, autopoiético, ou seja, que se autorrenova, se autorregula, se autoalimenta, se autorreproduz. E rematou: É um rio perene e não um mero acidente geográfico temporário".

Aliás, como criatura diferenciada, o imortal Prof. Theodomiro, detentor de uma intuição sobrenatural, chegou a prever o surgimento, num futuro próximo, de tais figuras sociais, que, irreverente e pejorativamente, chamava de "pregoeiros do caos". Ou seja, espécie de falsos "profetas do Apocalipse", que arvorariam em vaticinar acontecimentos catastróficos como, por exemplo, a "morte" do eterno "Velho Chico".

Nesse diapasão, diga-se, de bom alvitre, que, neste nosso Sergipe d'El-Rey, o que não tem faltado são servis seguidores desses malevolentes e passionais mentores do discurso tendencioso, enganoso e catastrófico de que o vigoroso e imorredouro Rio São Francisco agoniza, está em estado terminal e cuja "causa mortis" é a transposição, monumental obra hidráulica que atende, direta e indiretamente, a 12 milhões de irmãos nordestinos, distribuídos por algumas centenas de municípios de quatro Estados da Região, alcançados pelo famigerado e árido "Polígono das Secas".

Por derradeiro, impõe-se-nos a oportuna inquirição: " Se a "transposição é a exclusiva e fatal "causa mortis" do nosso afetuoso, vital, infindo e caudaloso "Velho Chico", por que não o foi para o Rio Colorado (EUA), o Rio "Yang Tsé" (China), os Rios Tejo-Segura (Espanha), o "Projeto Chavimochic" (Peru), etc?!

Com a palavra, os "Defensores do Povo", os "Arautos da Verdade", os "Salvadores da Pátria", os "Benfeitores da Pobreza", os "Oráculos da Justiça", os "Paladinos da Ética", os "Predestinados da Governança".

Graças a Deus e a sua capacidade discernitiva, o autor deste singelo texto continua refratário e irredutível para com o "catastrofismo", a "fracassomania", a "teoria do caos" e o "escatologismo" que ameaçam essa "Fonte de Vida" batizada com o epônimo sagrado de São Francisco.

Heresia Judicial
Ainda do advogado Clarkson Moura: “Sem querer posar de jurisconsulto, constitucionalista ou coisa que o valha, entendo que ato de nomeação de um Ministro de Estado é um autêntico "ato de império; e não, um mero "ato de gestão". Sendo assim, com que lídima competência, um juiz singular, de primeiro grau, ousa proferir decisão monocrática cautelar, com deferimento liminar, pretendendo suspender os efeitos da posse de Lula, como Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República?! A não ser usurpando-a do Juízo colegiado competente, no caso, o STF.”

São Cristovão: Adilson Júnior lembra que prazo é em maio e conversa com Marcos Santana
O pré-candidato a prefeito de São Cristovão, Adilson Júnior, reafirmou que conversou com o governador Jackson que não iria deixar a secretaria de Turismo e Esporte agora, já que o prazo de desincompatibilização é em maio. Ele confirmou que vem conversando com Marcos Santana e professor Vanderlê e que o grupo montando uma excelente chapa para disputar a Câmara.

Itaporanga
Na última quinta-feira, 17, durante sessão na Câmara Municipal de Itaporanga d’Ajuda, o vereador Marcello Anchieta comunicou sua filiação ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). A adesão promete somar e fortalecer o grupo. Na ocasião, além dos demais vereadores, estiveram presentes o deputado estadual Luciano Pimentel; o presidente municipal do PSB, Faustinho Sobral; demais lideranças políticas e outros amigos do partido.

Mudou de lado
O vereador Adelson de Jesus (PSB), conhecido como “Bito”, resolveu deixar a oposição em Rosário do Catete para alinhar-se ao grupo de situação. Alguns colegas parlamentares não compreenderam a atitude de Bito, que há poucos meses desferia diversas críticas relacionadas à atual administração.

Critica ao prefeito
O vereador chegou a criticar a conduta do prefeito Laércio Passos e dizer que o gestor era “conversador”, além de questionar o abandono do conjunto Incra; a falta de infraestrutura nas ruas da cidade e os maus serviços prestados pela Saúde.

Ato democrático
A sexta-feira (18) foi marcada por gigantescas manifestações em todo Brasil, em defesa da presidenta Dilma, do ex-presidente Lula, da democracia e do estado democrático de direito. Foram registradas manifestações em 24 Estados e mais o Distrito Federal.Em Sergipe, segundo a organização, mais de 22 mil pessoas foram às ruas de Aracaju com faixas, cartazes e um grito único: “Não vai ter golpe, vai ter luta”.

Organização
Uma multidão vista do Banco do Estado de Sergipe, no centro de Aracaju, tomando toda a Av. João Ribeiro, chegando ao supermercado G. Barbosa, no bairro Santo Antônio. O ato foi organizado pela Frente Sergipana Brasil Popular e contou com diversos movimentos sociais organizados, como entidades de classe e centrais de trabalhadores, com centenas de caravanas vindas do interior do Estado.

Governador visita e inaugura obras no interior do estado
O governador Jackson Barreto visitou na sexta-feira, 18, as obras de construção das escolas profissionalizantes de Nossa Senhora do Socorro e Nossa Senhora das Dores e inaugurou quadra poliesportiva Leonardo Vieira da Silva, o asfaltamento de 21 ruas de Cumbe e escola e pavimentação em Ribeirópolis. São mais de R$ 24 milhões investidos nos três municípios nas áreas de educação, esporte e lazer e infraestrutura urbana.

Formação
Jackson Barreto afirmou que as duas escolas vão possibilitar aos jovens das duas regiões adquirirem uma formação profissional para enfrentarem o mercado de trabalho. Ele disse que para definir os cursos, o governo analisou a vocação econômica dos dois municípios. “Como Socorro é um polo industrial que a cada dia se fortalece, vamos oferecer curso de automação industrial. Já para Dores, optamos por cursos na área da agroindústria, uma vez que a região é potencialmente voltada para a produção agrícola e pecuária”, enfatizou.

Parceria
O governador fez questão de ressaltar a parceria do governo federal para a construção das duas escolas. “Agradecemos à presidenta Dilma Rousseff por ter feito esta parceria com o governo de Sergipe para levar educação profissional aos nossos jovens. Após esses cursos os jovens e adultos terão uma profissão para ingressar no mercado de trabalho e ainda contarão com o ensino médio”, enfatizou.

Greve: Assembleia da Administração Geral na próxima segunda, 21
O Sindicato dos Trabalhadores nos Serviços Públicos do Estado de Sergipe (SINTRASE) realizará na próxima segunda, 21, uma assembleia para discutir a continuidade ou não da greve dos servidores da Administração Geral, deflagrada no dia 4 de fevereiro.

Negociações
A categoria também deverá avaliar o avanço das negociações com o Governo do Estado durante a paralisação. A assembleia acontece à tarde, a partir das 14h, no auditório do Sindicato dos Bancários, localizado na Av. Gonçalo Prado Rollemberg, 794/804, Centro de Aracaju.    

47 dias de paralisação
A greve, que completará na segunda (21) 47 dias de atividades paralisadas em todo o estado, tem como objetivo principal pressionar o Governo a implementar integralmente o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos da Administração Geral (PCCV/AG), que foi aprovado há quase dois anos sem trazer benefícios concretos para o servidor.

10 mil servidores
A categoria, que reivindica o pagamento do Plano, é formada por quase 10 mil servidores que trabalham em secretarias, escolas da rede estadual, entre outros órgãos, e em sua grande parte é representada por servidores que não recebem nem um salário mínimo vigente, conhecidos como a “arraia-miúda” do funcionalismo público.

DO LEITOR

Considerações sobre texto de Júnior Carvalho
Por Marcelo Barberino: “Não posso me omitir frente ao texto publicado nesta sexta-feira (18), e escrito pelo senhor Júnior Carvalho. Em suas considerações Júnior traça de forma equivocada e até maldosa a narrativa de fatos que ocorreram com o petista Olivier Chagas e seu agrupamento. Ao ser eleito em 2008 ao cargo de vereador, o petista Olivier Chagas, fiel ao seu líder político Marcelo Déda, participou do grupamento liderado no município de Itabaiana pela então Prefeita Maria Mendonça até então aliada ao saudoso Governador petista Marcelo Déda. Nesta conjuntura, Olivier se manteve fiel aos entendimentos do grupo liderado por Déda até que Maria num ato de traição política se uniu aos irmãos Amorim, fato latente quando a deputada votou contrária aos projetos do Proinvest. Tal atitude tornou insustentável a permanência do então vereador petista Olivier Chagas no grupamento liderado por Maria Mendonça. Fiel as suas origens e valores, Olivier seguiu a nova condução de seu líder Marcelo Déda que o indicou a afinar entendimentos com o então prefeito Luciano Bispo, que abriu esta possibilidade ao permitir que seu irmão e deputado Arnaldo Bispo votasse nos projetos do Proinvest. Com sua postura e dedicação Olivier abriu espaço e conquistou condições necessárias para ser indicado á chapa majoritária da reeleição de Luciano Bispo. Mesmo derrotado, seguiu com suas convicções e valores e os frutos vieram. O petista Olivier Chagas foi escolhido por seu partido para assumir um importante espaço no Governo de Jackson Barreto e hoje está Secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Quanto ao seu comando frente á pasta da Semarh, Olivier vem conduzindo de forma sistemática e proativa com olhar macro sobre o Estado. Os resultados falam por si! Quanto aos entendimentos com o grupo liderado pelo deputado Luciano Bispo, Olivier continua aliado e motivado para militar em favor do podo de Itabaiana! O PT não tem dono mas militantes, por isso fica difícil para alguns entenderem que não se trata de um, mas de todos por um!”

Frase do Dia
“A única maneira de se definir o limite do possível é ir além dele, para o impossível.” Arthur C. Clarke, escritor britânico, morreu em 19 de Março de 2008 (nasceu em 16 de dezembro de 1917).

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários