O “Posto Ipiranga” está sem gás

0

O Brasil caminha a passos largos para o caos total. Isso ficou evidente desde que o “Posto Ipiranga” Paulo Guedes perdeu o controle da economia, viu seus auxiliares diretos o abandonarem após o dólar disparar e a bolsa de valores afundar. Agora, quem fala sobre economia é o próprio presidente Jair Bolsonaro, embora sempre tenha confessado não entender patavina deste assunto. Antecipando-se a Guedes, o capitão de pijama disse que “a inflação é péssima, mas pior ainda é o desabastecimento”. Ah, bom! Também previu o que já se sabia: vão ocorrer novos reajustes nos preços dos combustíveis. Como nem tudo é tão ruim que não possa piorar, os caminhoneiros confirmaram a greve para o próximo dia 1º, após considerarem “uma esmola” o “auxílio-diesel” de R$ 700 mensais prometido por Bolsonaro. Decididamente, estamos no mato sem cachorro. Mas, apesar dessa catástrofe econômica, o “Posto Ipiranga” tem motivos de sobra para comemorar: a crise fiscal criada pelo governo federal está multiplicando os milhões de dólares guardados por ele nas Ilhas Virgens Britânicas, um paraíso fiscal no Caribe. Misericórdia!

CPI já era

O presidente da Assembleia, deputado Luciano Bispo (MDB), anunciou o que já se sabia: sem a assinatura do deputado Zezinho Guimarães (MDB), a CPI da Covid foi pro vinagre. Diante da insistência do deputado Georgeo Passos (Cidadania) para manter a rubrica do emedebista no requerimento, Bispo foi curto e grosso: “Não existem obstáculos legais ou regimentais que impeçam o parlamentar retirar a sua assinatura, principalmente quando o requerimento da CPI se encontra em fase prévia à tramitação”. E dito isso, mandou arquivar a papelada. Crendeuspai!

Mesa de Enrolação

E a tal Mesa de Negociação do governo ouviu as reivindicações do Movimento Polícia Unidade. Depois de escutarem o blábláblá do secretário da Administração, Dernival Santos Neto, as lideranças dos policiais deixaram a reunião com as mãos abanando. Aliás, o governador Belivaldo Chagas (PSD) já disse não existir dinheiro para pagar o adicional de desempenho reivindicado pela categoria. Ora, se já é sabido que “desse mato não sai coelho”, qual será mesmo o objetivo da Mesa de Negociação? Seria cozinhar as reivindicações dos servidores em banho maria? Cala-te boca!

Sonhar é livre

E a Revista Realce dá como quase certa uma aliança política entre os deputados federais Valdevan Noventa (PL), Gustinho Ribeiro (SD), ex-senador Antônio Carlos Valadares (PSB) e o ex-prefeito de Capela, Manoel Sukita (Republicanos). Segundo o periódico, a imaginária coligação deve eleger Gustinho e Valadares Filho (PSB) para a Câmara Federal, Valdevan para o Senado, Carla Sukita (Republicanos) deputada estadual e ainda disputar o governo de Sergipe com amplas chances de vitória. A revista não revela, contudo, se os políticos aqui citados já combinaram essa estratégia com os eleitores. Marminino!

Vergonha nacional

Mais da metade (55,4%) dos alunos do 3º ano do ensino fundamental no país não leem e não interpretam um texto de forma correta. Foi o que constatou a Avaliação Brasileira do Final do Ciclo de Alfabetização, a Prova ABC. O 3º ano é a série considerada limite para a alfabetização, segundo o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). Só Jesus na causa!

Luto

Morreu hoje, o médico ginecologista Jean Santana. Ele estava internado num hospital de Aracaju após sofrer um infarto, na última quarta-feira (20), quando se exercitava numa academia de Lagarto. Doutor Jean trabalhava numa clínica particular daquela cidade. As primeiras informações dão conta que o corpo do médico será velado em Lagarto, onde ocorrerá o sepultamento. Descanse em paz!

Tortura nunca mais

Por sugestão do deputado Iran Barbosa (PT), o relatório da Comissão Estadual da Verdade Paulo Barbosa de Araújo foi debatido, ontem, no plenário da Assembleia. Coube à professora Andréia Depieri de Albuquerque Reginato fazer a exposição do documento, produzido no período de 2015 a 2019. Organizado pelo governo estadual, o relatório aborda as graves violações de direitos humanos ocorridas em Sergipe (ou envolvendo sergipanos), no período entre 1946 e 1988. Danôsse!

Trocando figurinhas

E os pré-candidatos a governador Edvaldo Nogueira (PDT) Fábio Mitidieri (PSD), trocaram figurinhas políticas, horas antes de o pedetista avionar para Dubai, onde permanecerá por 10 dias. Neste período, Aracaju está sob o comando da vice Katarina Feitoza (PSD). Após a troca de amenidades com o aliado, Mitidieri reafirmou a amizade com Nogueira, lembrou que ambos compõem o mesmo grupo político e garantiu que “encontraremos o melhor caminho”. Então, tá!

Eleitor arrependido

Eleitor do presidente Bolsonaro em 2018, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) virou adversário ferrenho do capitão de pijama. Agora mesmo o cidadanista está alertando a população para o fato de o governo usar os precatórios e o Auxílio Brasil para justificar o rompimento do teto de gastos. Segundo Alessandro, “o objetivo real é acessar volumes bilionários de recursos em ano eleitoral, para fazer festa no orçamento secreto. Ao destruir os fundamentos econômicos, o governo Bolsonaro afunda o país na inflação”, discursa. É pena que o senador só tenha descoberto agora que o presidente eleito por ele é uma tragédia em pessoa. Aff Maria!

Quer dinheiro fácil?

Essa informação interessa a quem amanheceu cheio de dívidas e sem um tostão furado no bolso: a Mega-Sena pode pagar amanhã um prêmio de R$ 26,5 milhões. Nessa carestia que tanto inferniza a população, uma graninha dessa ajuda a pagar parte das dívidas e comprar algumas garrafas de cachaça mineira. Tome R$ 4,50 emprestado e faça uma fezinha na loteria. E então, vai ficar aí sentado no trono de um apartamento, com a boca escancarada cheia de dentes, esperando a morte chegar? Mexa-se, figura!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Notícia, em 3 de dezembro de 1896

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais