O povo brasileiro não tem importância

0

Essa crise provocada pelo movimento dos caminhoneiros pôs os olhos de todos os brasileiros na Petrobras, onde reina o todo poderoso Pedro Parente, um executivo dos mais ousados que se tem noticias. Pois mal os piquetes dos caminhoneiros estão sendo desarrumados nas estradas federais que cortam o país, a Petrobras anuncia um novo reajuste nos preços da gasolina. É um aumentozinho mixuruca de menos de 0,8%, algo que podia até esperar para um pouquinho mais tarde. Mas, a Petrobras quer logo, com medo de ser assaltada ali na esquina. Claro que já foi concedido. Mas., a insatisfação da população colocou em xeque a gestão de Pedro Parente na Petrobras. É uma denúncia gravíssima  que pode tornar a sua permanência no cargo praticamente insustentável.  Enquanto sacrificava a população com abusivos aumentos, Parenta fazia pagamentos antecipados de cerca de R$ 2  bilhões para o Banco J. P. Morgan. A Petrobras tem uma dívida com a instituição financeira que só vence em 2022. A situação de favorecimento explícito fica ainda mais grave quando se constata, que Pedro Parente e o banqueiro José Berequer, presidente do J.P. Morgan, são sócios. Ambos são donos da empresa Kwenaz Participações. Na empresa, Berequer tem 210 mil quotas e uma outra, empresa,  a Viedma Participações tem 810 mil coas. Os donos da Vietma são Pedro Parente e sua mulher, Lúcia Hauptmanl.
A sessão que não existiu

O escriba confessa que, frequentando há tanto tempo a Assembleia Legislativa, nunca viu uma coisa assim. Na quarta-feira, até quase as 10h30, o plenário estava vazio e nenhum parlamentar quis assumir  a mesa diretora. Em suma, tudo sinalizava que não haveria sessão ordinária. E não deu outra. Um pouco antes das onze horas, veio o aviso: não haveria sessão porque todos os parlamentares tinham se dirigido ao velório do deputado José Carlos Teixeira que se realizava ali nas proximidades, ou seja, no Palácio Olimpio Campos. . O interessante é que não foi anunciado o começo e o fim da sessão, nem mesmo a suspensão da sessão. Não foi anunciado sequer se se lavraria ata negativa.

A LDO já está na Câmara

A Prefeitura de Aracaju protocolou na última quarta-feira na Câmara Municipal de Aracaju, o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO)  para o próximo ano. Agora o projeto de lei vai para apreciação da Comissão de Finanças, Tomadas de Contas e Orçamento da CMA. O Projeto de Lei estabelece as metas e prioridades do orçamento municipal para o ano que vem.  A LDO chega a Câmara dentro do prazo legal. Mas, a aprovação pela Câmara só deve ocorrer entre setembro e outubro.

Gilmar Mendes apronta mais uma

A Procuradora da Força-Tarefa da Lava Jato de São Paulo, Adriana Scordamaglia, colocou sob suspeita a atuação fulminante do ministro Gilmar Mende3s, no caso envolvendo o ex-diretor do Dersa, Paulo Vieira de Souza, o “Paulo Preto”. Apenas 12 horas após a decretação da prisão de Paulo Preto, de sua filha Tatiana Arana de Souza e de Geraldo Casas Vilela, ex-diretor e assentamento  do Dersa, o ministro determinou a soltura do trio. O fato é inédito, absurdo e, nos dizeres da procuradora, causa “estranheza”. “O mais estranho e absurdo no caso é que cabia recurso à segunda instância em São Paulo, o Tribunal Regional Federal da 1ª. Região (TRF-1) porém os advogados de Paulo Preto optaram pela supressão da instância, recorrendo diretamente ao ministro. É coo se tiesse certeza de qual seria a decisão. A audiência de custodia foi interrompida. Não seu tempo de ser realizada. Em pleno andamento foi atropelada pela liberdade concedida”.

Policial Feminina Foi Assassinada

A Policial Feminina Eliana da Silva, que serve na Assembleia Legislativa, foi morta ontem a tarde ao reagir a um assalto na porta de sua casa, no Conjunto Orlando Dantas. Um garoto de bicicleta  preparava=se para um fazer um assalto na  porta da casa vizinha a da Polícia Feminina. Ao pressentir o assalto ela puxou a irmã, mas o ladrão foi mais rápido e a atingiu por duas vezes. Ela morreu a caminho do Hospital.

Comentários