O povo paga

0

Entra governo, sai governo e o povo continua pagando caro pelos acordos eleitorais. O caso mais recente disso foi a indicação de Silvany Sukita para a superintendência da Codevasf em Sergipe. A moça pode até ser uma profissional competente, porém a sua escolha só ocorreu pelo fato de ela ser esposa do prefeito de Capela, Manoel Messias, o Sukita (PSB). Como em tantos outros, neste caso os responsáveis pela indicação de Silvany pouco se importaram com os prejuízos que a Codevasf poderá ter ao ser dirigida por uma pessoa que pouco, ou quase nada, conhece da estatal. Este é apenas mais um exemplo de como o poder público é usado eleitoralmente. Alguém sabe quantos incompetentes ocupam cargos comissionados no governo de Sergipe? O custo dessa prática perniciosa é elevadíssimo. Pior é que vai continuar saindo do nosso bolso enquanto o povo continuar votando em políticos que usam o erário como cartão de crédito para pagar suas faturas eleitorais.

Chantagem gorou

Ponto para o deputado estadual Rogério Carvalho (PT) e o jornal Cinform que denunciaram por chantagem Keberson Rodrigues e Fábio dos Santos. Os dois, segundo a Polícia, queriam extorquir o petista e o jornal em R$ 120 mil e R$ 57 mil, respectivamente, sob a alegação que tinham imagens mostrando graves irregularidades na Secretaria estadual da Saúde. Rogério e o Cinform não foram no papo e procuraram a polícia, que prendeu Keberson e Fábio. Agora, os dois terão que se explicar direitinho, sob pena de passarem alguns anos vendo o sol nascer quadrado.

Girassol em debate

A Rede Sergipe Biodiesel vai promover, nos próximos dias 28 e 29, o Encontro dos Produtores de Girassol do Alto Sertão. Será no assentamento Jacaré Curituba, em Poço Redondo e estão previstas palestras, Dia de Campo e Noite Cultural.  A produção de girassol no Estado tem aumentado graças ao programa de biodiesel de Sergipe, que contempla a capacitação de agricultores multiplicadores, o treinamento em serviço de agricultores familiares e implantação de áreas de cultivo.

Quanto vale?

Você teria coragem de apostar que a candidatura de Albano Franco (PSDB) a senador vai vingar na Justiça Eleitoral? Muita gente acha que o TRE negará o registro do tucano, pois uma coligação não pode ter mais de dois candidatos. Todo o imbróglio que está a ameaçar o futuro político de Albano foi montado pelo partido dele para atender aos caprichos do DEM sergipano.

Fora de moda

Alguém precisa avisar a alguns eleitores que José Carlos Machado é candidato a senador. Ainda ontem, a coluna flagrou um carro circulando em Aracaju com um adesivo escrito: “Machado deputado”. Tudo bem que o material de campanha foi feito antes do lançamento de ‘Machadão’ para o Senado, mas não precisa continuar usando só porque custou alguns reais, pois termina confundindo ainda mais o eleitorado.

Posse na Fecomércio

Um grande evento no Centro de Convenções de Sergipe vai marcar, às 20 horas desta segunda-feira, a posse da nova diretoria da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio). O empresário Hugo França entregará a presidência da entidade a Abel Gomes da Rocha Filho, que terá como 1º vice Marcelo Oliveira. França continuará participando da diretoria na condição de 2º tesoureiro. A proposta da nova diretoria e continuar as ações já desenvolvidas e estimular o uso dos servidos oferecidos pela Fecomércio, Sesc e Senac.

Arma poderosa

O uso da internet nas eleições a partir deste ano apresenta pontos positivos, entre eles o aumento da transparência. A utilização dessa poderosa ferramenta vai ampliar em muito a relação dos candidatos com o público na faixa de 16 a 24 anos, que é o principal canal de busca de informação pela web. Pesquisa recente mostra que quase 80% da faixa etária entre os 16 e 24 anos utilizam a interne”. Segundo o estudo, 70% desse público usam rede social e 90% utilizam a ferramenta para buscar informações.

Os riscos da web

Os candidatos, contudo, devem tomar alguns cuidados quando utilizarem a internet para expor suas ideias e opiniões. O alerta é do especialista em direito digital Leandro Bissol. Segundo ele, o ideal é colocar na rede sempre informações verídicas, que não ofendam os demais concorrentes. Os candidatos devem tomar cuidado também com os crimes contra a honra, como injúria, difamação e calúnia. É preciso ainda cautela para não ser seja acusado da prática de spam (mensagens enviadas aos eleitores sem o seu consentimento).

Café e almoço

A Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese) promoverá, nos dias 16 e 23 próximos, respectivamente, a 4ª edição de 2010 do Almoço com Empresários, e o Café com Negócios. Os dois eventos acontecerão no Mercure Hotel, na Orla de Atalaia. Para o primeiro, a Acese convidou como palestrantes o diretor presidente da Energisa, Eduardo Montalvani e o diretor técnico e comercial da Sergigás, Rosildo Silva. O palestrante do Café com Negócios será Cristiano Cobo, gerente geral da Unidade da Vale em Sergipe.

Do baú político

Nas eleições de 2002, o saudoso deputado estadual Nego da Farmácia (PL), que foi candidato com o número 22222, andou não se reelegendo. Nas últimas projeções, o parlamentar aparecia sempre na suplência. Foi o bastante para seus adversários espalharem carros de som nas ruas de Boquim divulgando que os “cinco patinhos” (referência ao número do deputado) morreram afogados. Terminada a apuração, Nego se elege graças aos votos de Boquim e Salgado. Imediatamente, seus aliados contrataram carros de som para anunciar que “os cinco patinhos sabem nadar”.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais