O PT vai encolher

0

O PT vai encolher
Caso seja cumprida a ameaça de expulsão feita pelo presidente do PT Sílvio Santos daqueles filiados que não apoiarem os candidatos definidos pela cúpula petista, o partido voltará a ser nanico em Sergipe. Os primeiros movimentos da campanha mostram ser impossível a qualquer coligação fechar o apoio aos seus dois candidatos a senador. O prefeito de Socorro, Fábio Henrique (PDT), por exemplo, vota em Eduardo Amorim (PSC) e Albano Franco (PSDB), embora o outro candidato da coligação que ele apóia seja Antônio Carlos Valadares (PSB). No PT, por enquanto, apenas Paulo Britto (PT), prefeito de Própria, declarou apoio a Albano, mas sabe-se que o nome do tucano transita fácil entre os petistas sergipanos. Portando, a ameaça de Sílvio Santos é tão inócua quanto a tentativa de conter o estouro de uma boiada, além de soar antipática contra Albano, que tem dado sinais claros de apoio à reeleição do governador Marcelo Déda. Pelo visto, Sílvio Santos está pregando no deserto. 

Sangue novo
O juiz federal Ronivon de Aragão tomou posse como magistrado efetivo do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Indicado pelo Tribunal Regional Federal da 5ª Região, ele foi empossado pelo presidente do TRE, desembargador Luiz Mendonça. Ronivon de Aragão ingressou na Magistratura Federal em 2003, assumindo o cargo de juiz federal substituto da 2ª Vara da Seção Judiciária de Sergipe, tendo assumido posteriormente a função de titular.

Cruz credo!
O leilão que o Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região realizará no próximo dia 13, traz um lote macabro: duas urnas fúnebres, sendo uma super luxo, um caixão e tampa de madeira de pinho com visor inteiro e oito alças argentinas de ouro metalizadas, tudo avaliado em R$ 8 mil. Os interessados podem comparecer no dia do pregão ao auditório do TRT, na avenida Carlos Rodrigues da Cruz, s/n, Centro Administrativo Augusto Franco, em Aracaju. Pé de Pato, Mangalô três vezes!

Tucano festejado
O deputado federal Albano Franco (PSDB) foi homenageado pelos vereadores de todo o País, que participam em Aracaju do XXV Congresso Brasileiro de Servidores de Câmara Municipais e do V Encontro Nacional de Vereadores. A homenagem é uma gratidão ao empenho de Albano quando da votação e aprovação da PEC dos vereadores pela Câmara dos Deputados. Os dois eventos acontecem até amanhã no Hotel Mercure.

Pé no chão
Do senador Antônio Carlos Valadares (PSB): “Quem está bem tem que trabalhar para continuar bem. Não pode cair na vaidade e nem deixar cair a popularidade”. Candidato à reeleição, Valadares não esconde a satisfação por ser o primeiro entre os candidatos na preferência do eleitorado, conforme pesquisa do Cinform divulgada segunda-feira passada. O estudo coloca Albano Franco (PSB) na segunda colocação.

Debate online
“O que vocês acham de um debate online entre os candidatos sergipanos ao Senado?” A idéia foi postada ontem no twitter pelo deputado federal e candidato a senador José Carlos Machado (DEM). A proposta é interessante, resta saber se os concorrentes de Machadão aceitam e quem organizará o confronto. Aliás, as emissoras de rádio e TV, que promovem debates com os candidatos a governador, deveriam fazer o mesmo com os postulantes às duas vagas para o Senado. Afinal, esta também é uma eleição majoritária.

Debate do PSOL
O PSOL promove amanhã mais um debate público programático das candidaturas do partido. Será a partir das 19h, no Sindicato dos Petroleiros de Sergipe e vai discutir a reforma urbana. “A posse da cidade pelo povo é um tema pouco discutido nas eleições, porém não vamos deixar que este assunto passe em branco nesta campanha eleitoral”, afirma Alexis Pedrão, candidato a deputado estadual. O PSOL convidou para participar do debate os coordenadores do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (MOTU).

Primeiros passos
Embora muito tímida, a campanha eleitoral começa a dar as caras. Já estão aparecendo os primeiros carros de som divulgando candidaturas, nas esquinas da cidade é possível ver cabos eleitorais agitando bandeiras e distribuindo panfletos, sem contar com as carreatas e caminhadas organizadas por algumas coligações. Não se apoquente, é apenas o começo. Logo, logo, você vai odiar tanto barulho em sua porta, no local de trabalho, na praia e até no motel.

Ficha limpa
Começa a funcionar hoje o portal da Ficha Limpa, um site no qual os candidatos podem se cadastrar de forma voluntária para prestar contas de suas campanhas eleitorais. Uma iniciativa do Instituto Ethos, o site (www.fichalimpa. org.br) terá a prestação de contas dos candidatos à Presidência, governos estaduais, Senado e Câmara Federal. As informações poderão ser acessadas por qualquer internauta. O portal também permite que os internautas questionem os dados fornecidos pelos candidatos. Legal!

Do baú político
Eleições de 1988 para a Prefeitura de Aracaju. O médico Lauro Maia, que começou o embate liderando as pesquisas, despencava igual a avião em queda livre. Não por culpa dele, mas pelas trapalhadas dos coordenadores da campanha. Do outro lado, Wellington Paixão surfava no prestígio político de Jackson Barreto. Não adiantava a força da máquina (Lauro tinha o apoio de Valadares, João Alves, dos Franco e dos Teixeira), a candidatura governista definhava a olhos vistos. Para fechar o caixão, o encarregado pelos showmícios teve a brilhante idéia de contratar o cantor Wando para o ato de encerramento da campanha. Era o showmício no populoso conjunto Augusto Franco. Nem precisa dizer: quanto Wando começou a cantar “Você é fogo”, a praça respondeu em peso: “E eu sou Paixão!”. O bom Lauro perdeu feio.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários