O que fazer para gerar cortesia?

0

Que seja bem-vinda a cortesia! Não queremos viver na falta de modos e nem na brutalidade. Estamos em busca de pessoas gentis e bem humoradas. Batemos palmas para a tolerância e solidariedade.
A cortesia está a serviço do bem e proporciona ao homem tranquilidade e bom convívio de relacionamento. Ninguém quer estar perto de pessoas mal humoradas, egoístas, ciumentas, grosseiras e violentas, por isso devemos dar mais valor  cortesia.
Devemos buscar dentro de nós, uma maneira mais delicada e civilizada de agir, pois, buscamos o aperfeiçoamento nos relacionamentos para viver melhor. Temos que evitar a correria do dia a dia, o estresse, a violência e a grosseria para que não influenciem negativamente no modo de viver.

Muitos exemplos de falta de cortesia são repetidos por pessoas, que se rendem imitando o incivil.

Numa época em que o Brasil está evidenciado, um ato de incivilidade aconteceu recente na abertura da copa do mundo quando alguns torcedores brasileiros ofenderam com palavrões em couro, a presidente Dilma Rousseff. Mais uma vez a imagem que o Brasil passou ao mundo foi negativa onde algumas pessoas de bom poder aquisitivo, xingaram e desrespeitaram, com ar de baderna, a presidente do país. Com isso, muitos estrangeiros ficam com receio em vir ou investir num país, onde se ver falta de respeito e vandalismo. A credibilidade do povo fica abalada, e ainda, quando chegam brasileiros em outros países são olhados com desconfiança.

Não imitar a falta de respeito ou revidar o grosseiro é um dos passos principais para garantir a harmonia e solidariedade. A cortesia não tem gênero, deverá ser praticada igualmente por homens e mulheres. A cultura da gentileza não pode morrer nesses tempos modernos e sim ser evidenciada. Todos podem praticá-la e ser responsável para garantir um cotidiano com integridade.

Exemplos de cortesia aparecem quando um vendedor atende bem, independente do valor gasto pelo cliente. Alguns atendem com desdém e recriminação quando os clientes não aceitam algumas ofertas e gastam pouco. Outros funcionários não olham sequer nos olhos e somente são gentis a pessoas bem vestidas.

No trânsito, atitudes comuns do dia a dia, como o motorista parar para o pedestre passar é um ato raro. A falta de cordialidade entre os motoristas também está frequente, principalmente para aqueles que se acham os mais entendidos: eles correm, ultrapassam o sinal fechado, desrespeitam as leis e são intolerantes com os aprendizes.

A pessoa cortês atende e se doa para outra pessoa, conseguindo admiração pelos seus atos. Atitudes simples como: saber ouvir, segurar a porta para o outro passar, pedir licença, agradecer e tentar se colocar no lugar do outro é uma boa orientação de conduta.
É importante também ter disciplina nas atitudes, evitando ironizar, falar mal, não levantar falso testemunho, não falar gritando e não tratar o outro com desdém ou discriminação.

Sem a valorização dessas normas de conduta, viveremos numa sociedade onde não haverá um vínculo recíproco de pessoas, em prol da solidariedade e o do bem comum. Portanto, a cortesia é determinante para obtermos uma vida melhor, baseada no respeito e consideração pelos outros.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais