O TCE e a vaga da discórdia

0

Esta sendo motivo de polêmica a vaga aberta no Tribunal de Contas de Sergipe com a aposentadoria do conselheiro Flávio Conceição. O TCE entende que a cadeira desocupada no Pleno deve ser ocupada por um dos seus auditores, mas a Assembléia quer o direito de escolher o novo conselheiro. Precavido, o governador Marcelo Déda (PT) preferiu encaminhar para a Procuradoria Geral do Estado uma consulta sobre o assunto antes de escolher um dos três nomes que compõem a lista tríplice elaborada pelo TCE. No Legislativo, a polêmica promete aumentar, pois alguns deputados discordam do presidente Ulices Andrade (PSDB). O tucano entende que a indicação do novo conselheiro é papel do Parlamento, mas deputados como Venâncio Fonseca (PP) e Valmir Monteiro (PSC) querem deixar a obrigação para o TCE. Taí uma briga que promete.
 

Folha corrida

Questionado por um jornalista se a Assembléia vai exigir folha corrida aos próximos pretendentes ao cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, o presidente do Legislativo, Ulices Andrade (PSDB), foi taxativo: “Certamente que sim”. A pergunta foi motivada pelo escândalo provocado no TCE depois que a Polícia Federal prendeu o conselheiro Flávio Conceição, acusado de participar de um rumoroso esquema comandado pela construtora Gautama. Como punição, Flávio foi aposentado com um gordo salário.
 

Propaganda queimada
 

Um candidato eleito domingo passado, em Aracaju, ficou surpreso ao saber que muita gente estava indo ao seu comitê à procura de propaganda para colocar nos carros. Segundo ele, na segunda-feira à tarde, um seu assessor telefonou para saber por que as pessoas ainda queriam material de propaganda se as eleições já haviam acabado. Experiente, o político entendeu o golpe dos eleitores: “Os desgraçados votaram com outros candidatos, mas ao saber que venci, foram atrás dos adesivos para me enganar e, naturalmente, pedir favores”, explica. Para acabar com a malandragem, o moço mandou queimar a propaganda que sobrou e fechar o comitê em definitivo. Pode?

Tênis na orla

Será aberto nesta sexta-feira (10), nas quadras de tênis da Orla de Atalaia, em Aracaju, o Celi Open 2008, consagrado evento de tênis. O torneio vai ser realizado de hoje até o próximo dia 19 e será dividido em várias categorias. Na edição de 2008, foram inscritos cerca de 400 atletas. O Celi Open é um torneio promovido pela Construtora Celi e tem apoio da Federação Sergipana de Tênis, do Racket Club e do Centro de Excelência do Tênis (CET).

Exposição no Pronese

Termina hoje (10) a exposição e venda de produtos artesanais organizada pela Associação de Costureiras e Artesãs do Bairro Pedra Branca, município de Laranjeiras. Instalada na sede da Pronese, na rua Vila Cristina 1051, bairro São José, em Aracaju, a mostra foi aberta na última quarta-feira. O Centro de Artesanato é referência na confecção de colchas, almofadas, painéis, roupas e acessórios com uma técnica chamada como “patchwork”, ou peças feitas com retalhos de tecidos.

Apoio sergipano

Profissionais liberais sergipanos estão fazendo campanha em favor do candidato a prefeito do Rio de Janeiro, Fernando Gabeira (PV). Diariamente eles enviam mensagens para amigos que residem na capital carioca pedindo votos para o prefeiturável verde. Todos acreditam que Gabeira é o candidato que melhor se identifica com o eleitorado do Rio e que, por isso mesmo, tem amplas chances de vitória no 2º turno.
 

Idade nova
 

O Ipesaúde está completando dois anos de implantado nesta sexta-feira (10). Oriunda do extinto Ipes, a autarquia tem por finalidade promover prevenção e assistência à saúde a seus associados, servidores estaduais e seus respectivos dependentes. Segundo o presidente do Instituto, Vinicius Barbosa de Melo, foram dois anos construindo uma nova identidade e uma nova empresa visando criar, realmente, um plano de saúde do servidor estadual. Parabéns!
 

Perigo On line
 

Cerca de 87% dos internautas de 5 a 18 anos não possuem restrições ao uso da internet e 63% dos pais não impõem regras para o uso que seus filhos fazem da rede. Os dados fazem parte de uma pesquisa divulgada ontem. Segundo os dados, 64% dos jovens que responderam à pesquisa usam a internet no próprio quarto, 38% relataram já ter sido vítima de algum tipo de agressão ou humilhação pela internet, o chamado cyberbullying, e 10% disseram já ter sido vítima de chantagem online. A respeito do tempo que podem ficar na internet, 77% dos entrevistados afirmaram não possuir limite e 55% reconheceu que fica tempo demais na rede.

Dinheiro difícil
 

Grandes ou pequenos, todos os bancos negam. Mas é fato. Com a crise internacional à solta, tomar dinheiro emprestado tornou-se tarefa dificílima no Brasil. Em alguns casos, como no ramo de automóveis, os juros dos financiamentos dobraram. O crédito consignado, antes oferecido até na calçada das cidades, agora está suspenso em várias instituições financeiras. 
 

MST festeja

Nas eleições de domingo passado, o MST elegeu três candidatos orgânicos e mais de 20 aliados políticos. Os orgânicos foram o vice prefeito de Poço Redondo, José Roberto (PT), e os vereadores Jocei (PR), em Gararu, e Flamarion Déda (PT), em Lagarto. O coordenador do MST em Sergipe, João Daniel, garante que o resultado alcançado pelo Movimento nas eleições passadas “foi o mais positivo possível”.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários