O trânsito em Aracaju

0

Na indústria automobilística são constantes os recordes de produção. Produção esta que, em sua maior parte, se destina ao mercado interno, podendo-se afirmar, sem risco algum de erro, que, cada dia que passa, um maior número de pessoas possui carro.

Em Aracaju, uma cidade com uma boa renda per capita não é diferente.

Em conseqüência, o trânsito, bem diferente daquele de vinte atrás quando aqui cheguei, está a merecer das autoridades uma atenção maior para evitar que chegue ao caos. Existem horas pela manhã, ao meio dia e à noite que em determinadas ruas, a locomoção através de veículos torna-se muito difícil.

Aracaju espera das autoridades medidas efetivas que ajudem realmente resolver o problema do trânsito. Medidas que permitam que as pessoas, a qualquer hora do dia, saiam a mesma hora para se dirigirem ao trabalho e para retornar ao lar.

É preciso que a sociedade cobre das autoridades medidas imediatas, pois é muito grande o risco de que ocorra como na maioria das vezes ocorre, ou seja, o poder executivo somente toma alguma medida para resolver um problema quando o caos se instala.

Para reduzir os cruzamentos, será necessário construir mais viadutos? Está na hora de implantar o rodízio de veículos? Seria necessário instalar mais sinais luminosos? Deveriam os ônibus terem vias exclusivas?

Estas e outras questões deveriam ser respondidas, de imediato, pelas autoridades e as conseqüentes medidas necessárias deveriam ser imediatamente implantadas para evitar tornar o trânsito em Aracaju num caos sem solução.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários