Obras da ponte podem parar

0

As obras da ponte ligando os povoados Mosqueiro, em Aracaju, e Caueira, em Itaporanga, podem parar a qualquer momento. A advertência é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil (Sintracon), Jaime Umbelino de Souza. Segundo ele, os cerca de 200 operários estão ameaçando fazer greve em protesto contra a empreiteira paulista que se recusa a pagar o piso salarial da categoria, que é de R$ 630. “Já tentamos negociar, mas a empresa continua irredutível”, explica o sindicalista. Revoltados, os trabalhadores prometem cruzar os braços se continuarem ganhando apenas R$ 610. “Estamos mantendo contatos com setores do governo na tentativa de encontrar uma solução. Não queremos a greve, mas se a construtora insistir em desrespeitar o piso salarial, não enxergamos outra solução”, afirma Umbelino. 
 

Mais universitários

 

O número de estudantes de baixa renda aumentou consideravelmente nas universidades entre os anos de 2004 e 2006. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios, entre os dois anos houve aumento de 49% na proporção de universitários com renda familiar mensal de até três salários mínimos – de 10,1% para 15,1%. Na população em geral, a proporção de pessoas com essa faixa de renda subiu apenas 8%. Em 2004, 51,5% dos brasileiros tinham renda familiar mensal de três salários mínimos. Em 2006, eram 55,2%. Um dos motivos do crescimento foi a ampliação, embora pequena, da classe média brasileira.

Bagunça organizada

A Procuradoria Regional Eleitoral reuniu todas as coligações políticas para tentar organizar a bagunça generalizada promovida pelos carros de som dos candidatos na praia de Atalaia. O barulho provocado, principalmente aos domingos, está afugentando os banhistas e, naturalmente, causando sérios prejuízos aos comerciantes da orla. Depois de muita conversa, foram criados alguns mecanismos para reduzir a baderna causada pelos vários carros de som dos candidatos a vereador e prefeito de Aracaju. Os coordenadores das campanhas prometeram que no próximo domingo vão mandar para a orla apenas um trio elétrico por coligação partidária. Os ouvidos agradecem.
 

Nepotismo ameaçado
 

Uma péssima notícia para quem vive pendurado nas tentas do poder público: O Supremo Tribunal Federal deve decidir nesta quarta-feira (20) se acaba definitivamente com o nepotismo, prática de contratar parentes para cargos de chefia, direção ou assessoramento no serviço público. Se aprovado o veto, o Congresso não precisaria votar uma emenda constitucional ou lei específica. A proibição já é prevista na Constituição, mas a maioria dos ocupantes de cargos públicos faz vista grossa à proibição e insiste em manter as “boquinhas” dos parentes e aderentes. Uma vergonha!


Advogado bem tratado

O desembargador Edson Ulisses de Melo preparou um lugar específico para recepcionar os advogados que procuram consultar os processos em andamento no 2º grau. “Instalei no meu gabinete um birô para que eles possam, quando da minha ausência, consultar os processos de forma mais estruturada e confortável, à altura dos representantes da advocacia”, explicou o desembargador. O advogado Ginaldo Moura Amaral aprovou a iniciativa: “Senti-me valorizado com a atitude do desembargador. Creio que a ação é resultado da experiência adquirida por ele na militância da advocacia”, afirma Moura.

Político denunciado
 

O Ministério Público Federal em Sergipe encaminhou à Justiça Federal duas ações por ato de improbidade administrativa contra Gildeon Ferreira da Silva, ex-prefeito de Tomar do Geru. Nas duas o político é acusado de praticar irregularidades em programas do Ministério da Educação. As duas ações vão ser julgadas pela Justiça Federal em Estância/SE
 

Turismo debatido

A Secretaria de Estado do Turismo promove hoje (20) a 10ª Reunião do Fórum Estadual de Turismo de Sergipe. O evento será realizado a partir das 8 horas, no Hotel Parque dos Coqueiros, em Aracaju. Vão ser divulgadas diversas ações e estratégias de capacitação profissional, infra-estrutura e marketing turísticos de Sergipe. Também serão lançados os portais online do turismo sergipano, assinados convênios para capacitação de trabalhadores e anunciadas ações de promoção turística em todo o Brasil e exterior. Agora vai!

Compra de dinheiro
 

Uma boa notícia para as agências de turismo e hotéis. Estes dois setores da economia ganharam um novo instrumento para aumentar a receita e reduzir perdas com a redução das comissões dadas pelas companhias aéreas: a compra e venda de moeda estrangeira. A Resolução 3.685 do Banco Central (BC) libera as empresas do setor para fazer operações de câmbio com moeda em espécie, Travellers Cheques, cheques em moeda estrangeira e Visa Travel Money. Quem desejar trabalhar com esse instrumento têm até maio de 2009 para se filiar a uma instituição financeira, que será responsável pela fiscalização das operações, a fim de coibir lavagem de dinheiro. 
 

Medo do grampo

“Ao conversar com prefeitos, administradores e servidores públicos, vemos que todos estão com medo de se comunicar, de falar ao telefone. Esse cenário começa a atrapalhar a máquina pública, pois, se ninguém decide nada, as coisas ficam paralisadas, por puro medo”. O alerta foi feito pelo presidente nacional da OAB, Cezar Britto. Segundo ele, o estado policial e o estado do medo, que assolaram o país na época do regime militar, ainda não imperam no Brasil. No entanto, defendeu que a sociedade e a advocacia repudiem esse clima que vem contaminando os agentes públicos.

Sexo novo

Agora não precisa mais passar por baixo do arco-íris para trocar de sexo. Portaria do Ministério da Saúde prevê a realização do processo transexualizador nos hospitais públicos. A coluna acha um escândalo que num país onde se morre de fome, dengue e malária, o Estado banque esse tipo de cirurgia. Nada contra quem quer virar homem ou mulher, mas não é justo que a mudança de sexo seja custeada pelos cofres públicos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários