Ônibus velhos, porém mais caros

0

A passagem dos ônibus de Aracaju deverá subir dos atuais R$ 1,75 para R$ 1,95, embora os empresários do setor reivindiquem R$ 2,15. O Conselho de Administração da SMTT se reúne hoje para discutir o reajuste, que será anunciado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) nas próximas horas. Os conselheiros vão analisar, entre outras coisas, a planilha de custo das concessionárias. Tomara que avaliem também o péssimo estado de conservação da grande maioria dos coletivos que, aos trancos e barrancos, circulam pelas ruas de Aracaju. Velhos, mal cuidados e dirigidos, muitas vezes, por motoristas sem educação, os ônibus são o retrato do péssimo sistema de transporte oferecido aos aracajuanos. O certo seria que, antes de reajustar o valor da passagem, a Prefeitura exigisse que as empresas oferecessem um serviço de melhor qualidade à sofrida clientela.

 

Carroça é melhor

 

Por falar em nosso sucateado sistema de transporte coletivo, uma cena comum hoje nas ruas de Aracaju é um ônibus quebrado que deixa pelo caminho quem pagou caro para chegar ao trabalho. Outro dia, de tanto sacolejar, um ônibus largou o pára-brisa traseiro no asfalto. Imaginem o susto? Aliás, usuário diário do sistema, este colunista compara os ônibus a liquidificadores barulhentos. Podem acreditar, as carroças de tração animal são bem mais confortáveis e os amigos carroceiros nunca cobram pela carona.

 

Boa parceria

O termo de cooperação assinado entre a Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec) e o Banco do Nordeste, no valor total de R$ 740 mil, já começa a render bons frutos em Sergipe. Os recursos aportados resultaram no lançamento de um edital de Tecnologias Sociais e dois avisos que visam incrementar o desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais (APLs) em Sergipe. Esta é a primeira vez que o BNB lança chamadas em parceria com uma Fundação de Apoio à Pesquisa, com o objetivo de atender às demandas específicas de um Estado.

Novo prazo


O Comitê Gestor do Simples Nacional (Super Simples) prorrogou para 20 de fevereiro o prazo de adesão ao regime especial de tributação. O novo prazo também vale para pedidos de parcelamento, pagamento da primeira parcela e regularização de pendências. Os prazos terminariam hoje. Segundo a Receita Federal, a prorrogação vai proporcionar um período maior de tempo às empresas que estão tendo dificuldades para regularizar as pendências apontadas quando da efetuação do pedido de adesão.

Pouca confiança

Na hora de realizar compras por meio da internet, o consumidor estaria disposto a gastar mais, dispensar descontos relâmpagos e promoções publicitárias em troca de maior segurança durante as transações on-line. A razão, segundo pesquisa conduzida pela Synovate, seria que, para 85% dos consumidores, a confiança em um site é fator mais importante do que o custo, visto que, ao realizarem compras na internet, compartilham informações importantes. De acordo com o estudo, 93% dos entrevistados afirmaram que não fariam mais transações em um site que não se mostrasse seguro e 76% apontam o furto de identidade como principal preocupação.

Barbas de molho

Alô, amigos empresários. A cara da crise é mais feia do que parece. Segundo a CNI, as pequenas empresas ainda devem sentir de maneira mais relevante os efeitos dessa hecatombe financeira que se abateu sobre o mundo. O estudo da CNI diz que as grandes empresas industriais sentiram primeiro os efeitos da crise por causa da queda nas exportações. Isso não significa que as pequenas empresas não sentirão nada. Vão sentir porque muitas delas fornecem para as grandes e estão, portanto, na cadeia de produção. Cuidem-se!

Sangue novo

 

O prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), empossa hoje os novos secretários municipais. A nova presidente da Emsurb, Lucimara Passos, será conduzida ao cargo às 11 horas. Já os titulares da Secretaria Municipal de Administração, Daniel Fortes, da Funcaju, Waldoílson Leite, e da Secretaria Municipal o Planejamento, Sílvio Santos, tomarão posse às 14 horas, em solenidade marcada para o auditório do Centro Administrativo Professor Aloísio Campos.

Mal agradecido

Falar em posse dos novos secretários da Prefeitura, o deputado federal Mendonça Prado (DEM) distribuiu release com a imprensa descendo a lenha na reforma administrativa feita por Nogueira. Segundo ele, a mudança feita por Edvaldo em seu quatro de auxiliares significa “o pagamento da fatura pelos acordos feitos na eleição passada”. O argumento de Mendonça, que disputou o pleito passado em Aracaju, permite suspeitar que se ele tivesse sido eleito, não convidaria os aliados políticos para ajudá-lo a administrar. Ô deputado, ingratidão tira a feição!

Aposta na saúde

 

O governador Marcelo Deda (PT) e o secretário da Saúde, Rogério Carvalho, entregam nesta sexta-feira novos equipamentos para o Samu 192 Sergipe e veículos para os 75 municípios sergipanos. Na solenidade, marcada para as 9 horas no Teatro Tobias Barreto, também serão anunciados o financiamento para ações de Tratamento Fora de Domicílio (TFD) intermunicipal e a construção de Unidades de Pronto-Atendimento (UPA) 24 horas.

 

Para bom entendedor…

 

Uma entrevista concedida ontem pelo secretário estadual da Fazenda, João Andrade, permite suspeitar que as reuniões das próximas mesas de negociação não serão nada calmas. Ele disse à repórter Magna Santana, da Liberdade FM, que neste momento as categorias de servidores devem lutar para garantir o emprego. “É preciso cautela. O momento não é de reivindicação, mas de preservação do posto de trabalho”, disse Andrade, que, por sinal, será o coordenador das mesas de negociação salarial. Como diz o velho adágio, para bom entendedor, meia palavra basta.

 

]

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários