Os cem anos de Seixas Dória

0

Se vivo fosse ainda hoje, o ex-Governador Seixas Dória estaria completando este mês cem anos de idade. Por isso, na segunda-feira, 24 de abril, a Assembleia Legislativa fará uma sessão especial comemorativa do centenário dele, em parceria com a Academia Sergipana de Letras. Integrante da Academia Sergipana de Letras, João de Seixas Dória foi deputado estadual ainda nos anos 40 e, em seguida, Deputado Federal, e, finalmente, Governador do Estado. Para o período de 4 anos para o qual foi eleito em outubro de 1962, ele só pode cumprir um ano e três meses, sendo preso e cassado em abril de 1964 pelos militares que lavraram o golpe de Estado que mudou o regime democrático brasileiro para regime ditatorial.

VIDA LIMPA – Os militares adorariam ter encontrado algum ato desabonador na carreira do político da antiga UDN mas não encontraram nada. Seixas primava por ter uma vida limpa, bem longe da corrupção reinante naquela época. Uma vez preso na madrugada de 2 de abril de 1964, ele foi enviado para Fernando de Noronha, onde “cumpriu pena”, mesmo sem ser julgado e/ou condenado. Na prisão, Seixas escreveu o livro “Eu, Réu Sem Culpa”, que foi um enorme sucesso de vendas. Passado o regime militar, Seixas voltou a residir em Aracaju mas ficou afastado da política. Esta é, sem dúvida, uma homenagem justa, porque Doria era também um intelectual de primeira linha.

Retração no ICMs do início do ano

Com base nos dados do Conselho Nacional da Política Fazendária (Confaz), a arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços aproximou-se dos R$ 233 milhões, no segundo mês do ano. Em termos relativos, verificou-se queda de 7,9% em termos reais (considerando o efeito da inflação medida pelo IPCA), em comparação com a arrecadação de fevereiro do ano passado. No comparativo com o mês imediatamente anterior, janeiro último, notou-se retração de 23%. Nos meses de janeiro e fevereiro, do ano corrente, a arrecadação do ICMS no Estado ultrapassou os R$ 534,4 milhões, registrando elevação de cinco por cento, em termos reais, em comparação com o mesmo período de 2016.

A arrecadação do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no mês analisado, ficou em R$ 44,8 milhões. Nos dois primeiros meses do ano, a arrecadação com o imposto superou R$ 65,3 milhões, crescimento de 67,8%em relação a arrecadação do mesmo período do ano passado. O recolhimento do Imposto sobre Tansmissão Causa Mortis e Doação (ITCD) ficou um pouco acima de R$ 1,8 milhão, enquanto que as taxas (pagas em função da contraprestação de algum serviço público) reuniram R$ 22,1 mil aos cofres do Estado no mês analisado.

Comissão de Valadares debate crise dos Correios

Essa história de entregar a presidência da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e de Amazônia foi o santo remédio para “baixar o fogo”oposicionista do deputado federal Valadares Filho. Ele abraçou um outro órgão nacional para poder resolver a crise que o assola. Os Correios e Telegráfos andam numa situação calamitosa, por conta da perda de clientes, por causa das novas tecnologias postas à disposição do público. Com tantos aplicativos, como twitter, por exemplo, o povão deixou de escrever cartas. É mais rápido e até mais seguro os aplicativos que existem na internet. Valadares Filho propôs que a discussão sobre o fechamento das unidades de atendimento dos Correios seja retomada pela Comissão da qual é preciso a fim de aprofundar o debate.

Sotero deixa a equipe do IPES

O Dr. Raimundo Sotero, um dos melhores endocrinologistas do Estado, acaba de deixar a equipe do IPES, onde trabalhou por 37anos, 6 meses e 18dias. Em ofício dirigido as principais autoridades do IPES, o Dr. Sotero lamenta a dissolução do casamento que julgava eterno, “mas infelizmente algumas situações nosso últimos tempos têm me deixado extremamente desconfortável no trabalho do dia a dia no serviço que tive a honra e o orgulho de fundar em março de 1982”. E mais adiante: “Talvez o peso da idade, quem sabe a mudança comportamental da clientela, ou quimeras diversas que se impõem na relação médico;paciente e que fogem do nosso controle e das nossas atividades profissionais, tenha ocasionado esse pequeno, porém indelével desgaste. No entanto torna-se importante para mim, deixar bem claro que não desejo deixar nenhuma queixa ou reclamação ao grupo que ora dirige a nossa querida instituição, porque seria injusto com o esforço que vocês t~em tido de acertar, e com os resultados que estão tendo obter num trabalho a despeito da difícil situação de indefinição econômica, que vem atravessando o nosso país”.  

Enfermeiros expõem números

As enfermeiras Irene Ferreira e Maria Claudia Tavares de Matos, atendendo convite do deputado Moritos Matos, foram na 3ª feira pela manhã a Assembleia para uma palestra sobre a pretendida reforma da Previdência Social e a terceirização dos serviços. Foram bastante aplaudidas pela plateia formada de profissionais da enfermagem. Denunciaram então que tem enfermeiras trabalhando 80h por semana para receber um salário que “é uma bobagem”. No setor filantrópico tem hospital pagando apenas mil reais aos seus profissionais. Denunciaram também a violência que se comete contra as (os) enfermeiras (os): “O setor de descanso fica bem ao lado da área de expurgo. Os coletores são de plástico, não há sequer lençóis. Os lençóis sujos servem para enxugar aqueles que acabam de tomar banho.”.

20 MIL – 84% das enfermeiras são mulheres e em todo o país, 2 milhões de pessoas abraçam a profissão de enfermagem. “Em Sergipe, são apenas 20 mil o número de profissionais. Nas unidades de saúde pública leva-se 3 meses para marcar uma consulta, mesmo para doenças as mais simples. Nas unidades privadas, um exame de lâmina são marcadas para daí a dois dias. “Não temos outra opção – disseram as palestrantes – ou a gente se une ou a gente se une”. O deputado Moritos Matos, ao agradecer a presença dos profissionais da enfermagem no plenário da Casa, cunhou uma frase interessante: “Pobre é que nem prego, só leva na cabeça”.

Poucos acompanham as palestras

Um fato que tem chamado a atenção dos que acompanham as sessões da Assembleia Legislativa: em dias de palestra, os deputados ou não comparecem à sessão ou embora mais cedo, antes mesmo de terminar a sessão.

   …e para encerrar…
PP-A – Revelação do deputado Luciano Bispo: o governador Jackson Barreto já tem em mãos autorização do Governo Federal para formar uma PP-A com vistas a duplicação da estrada Aracaju-Itabaiana-Carira.

     ***
SHOPPING – Alguns parlamentares da Oposição oram a Itabaiana no início desta semana e visitaram as obras de construção do Peixoto Shopping Center, que já estão quase nos finalmente. Aproveitaram a sessão da Assembleia Legislativa para reivindicar ao governo a construção de uma rodovia de ligação da BR-235 com o novo Shopping, que deve ser inaugurado nos próximos meses. Sem querer botar areia no brinquedo de ninguém, por que é que tem que ser o governo a gastar o seu suado dinheirinho para uma obra que só vai beneficiar a iniciativa privada?                                                                 

     ***
COLABORAÇÃO – Colaboração dos governos do Estado e do Município para o dolce far niente do povo sergipano. Amanhã, quinta-feira, será ponto facultativos. Ninguém precisa ir trabalhar. Com tantos feriados e dias santos pela frente, os governos não precisavam colaborar decretando mais um…

      ***
A LISTA DO FACHIM – Veio a lume, afinal, a tão falada lista do Fachim. Parece mais um catalogo teleõnico de políticos envolvidos na Lava Jato. Sobrará inquérito para 9 dos ministros de Temer, 3 govenadores, 29 Senadores e 42 deputados federais, além de 3 ex-presidentes.

     ***
ATUALIZAÇÃO – Por força dessa ruma de dias santificados e feriados, além de pontos facultativos, este blog só será atualizado na segunda-feira, 17/4. Boa Páscoa para todos aqueles que nos acompanham neste cantinho do Portal Infonet.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários