Os “porta-vozes” do governador e seus contratos X Justiça Eleitoral

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

E não é que por conta do julgamento do pedido de cassação feito pela Procuradoria Eleitoral do governador Belivaldo Chagas desde a sexta-feira,16, a assessoria dele movimentou os “porta-vozes” não oficiais na mídia para alertar que ele foi eleito com mais de 300 mil votos de diferença?

Ou seja, se ganhou com muitos votos de diferença pode cometer crime eleitoral? E quantos destes votos não foram angariados com o crime eleitoral denunciado pela Procuradoria Eleitoral? Nas redes sociais o que se viu nas vésperas da campanha foi Belivaldo Chagas e Jackson Barreto participando de tudo e distribuindo de tudo nas “ações” governamentais.
A assessoria do governador foi tão ridícula que enviou para os “porta-vozes” não oficiais o mesmo texto. No rádio, nas redes sociais e jornais foram os mesmos argumentos sem mudar nada. Como se quisesse induzir e impor os votos dos integrantes do pleno do TRE antes do tempo. Como se eles não tivessem discernimento, competência e o mais importante: independência para votar.

A verdade é que não se pode tratar o trabalho investigativo da Procuradoria Eleitoral, como sendo uma besteira qualquer. O que estará em julgamento, são os crimes supostamente praticados, e não os votos obtidos, possivelmente captados de forma ilícita.

Está claro que a estratégia de blindagem montada pelo governador e sua assessoria foi para passar para a opinião pública que o julgamento será político e não jurídico. O tiro pode sair pela culatra.

Nos bastidores ainda tem gente que diz que essa cassação jamais acontecerá. Mesmo que o TRE decida pela cassação, alguns apostam na protelação através de recursos e mais recursos.
Tem gente que ainda diz que “o ar de Brasília é seco boa parte do ano, mas para alguns sergipanos durante todo o ano o ar de Brasília é agradável e predomina o céu de brigadeiro. O clima é tão propício para a impunidade em Brasília que nem a Justiça divina se atreve a aparecer…”

 

Está sobrando dinheiro na SMTT de Aracaju A Prefeitura de Aracaju fecha todas às terças, quintas (4h30 às 6h30) e aos sábados (5h às 10h), um trecho da Avenida Santos Dumont (orla de Atalaia) numa extensão de 2,5 km para os atletas. Tudo excelente, mas precisa que os agentes de trânsito logo cedo – no caso, no último sábado às 7h – fiquem dentro do veículo da SMTT com o ar condicionado ligado durante todo o fechamento? Um absurdo se tratando de um local cheio de sombras, com coqueiros e aprazível. Com certeza é dinheiro sobrando…

Carro na calçada em plena Avenida Beira Mar Enquanto isso na Avenida Beira Mar, em frente ao boteco do Paulo Preto,  um veículo passou ontem algumas horas estacionado prejudicando os pedestres. Um absurdo! Quando é para multar ou até mesmo rebocar os agentes de trânsito não aparecem.

Enfim, a Praça da Bandeira, ganhou uma bandeira.

Aleluia! A Prefeitura de Aracaju conseguiu “botar”’ outra bandeira do Brasil na praça, de mesmo nome! Aleluia! Já não havia desculpa para o descaso.

Verba do Bird e empresa de publicidade E tem um órgão fiscalizador esperando “sair” um contrato com uma empresa de publicidade envolvendo muitos recursos com verba do Bird. A título de “assessoria.” Vai pegar…

Marasmo na Secretaria da Inclusão Com mais de 8 meses de gestão, nada acontece na Secretaria de Inclusão e do trabalho. As eminências pardas não perdem a pose. Só perdem os prazos e os recursos, segundo servidores revoltados. Nos bastidores o comentário é que sem saber o que fazer a secretária Leda Lúcia, que não manda em nada, vive em reunião, fechada no gabinete ou despachando fora. Não resolve e nem recebe ninguém. Segundo fontes tem até servidores que tem a carga horária reduzida com vínculos empregatícios na Bahia, no município de Coronel João Sá. A pergunta dos servidores que trabalham corretamente é: Será que o governador compactua com o que está acontecendo nesta importante pasta?                                                                                                   

Socorro a Prefeitura de Aracaju: buracos por toda parte Aracaju está cheia de buracos e “remendos”  pessimamente feito no asfalto que viraram lombadas de todos os tipos e tamanhos. Na Rua Heráclito Barreto, no Bairro Luzia, moradores do condomínio Cote D´ Azur não sabem mais o que fazer. A rua está intransitável  com buracos por toda parte desde o acesso vindo da Avenida Hermes Fontes.

Falecimento Sebastião Diversas autoridades foram ontem, 18, à tarde ao Cemitério Colina da Saudade, em Aracaju, se despedirem de José Sebastião dos Santos, diretor-geral do Grupo Pio Décimo que faleceu no sábado aos 87 anos. O professor Sebastião nasceu na cidade sergipana de Ribeirópolis e fundou o grupo educacional no ano de 1954, em Aracaju.

Sessão especial em homenagem ao Dia do Maçom hoje, 19 Proposta pelo deputado estadual Luciano Pimentel, a sessão especial em alusão ao Dia do Maçom, comemorado em 20 de agosto, acontece hoje, 19, a partir das 17h. A data é uma homenagem a atuação da maçonaria e foi incluída no calendário cultural sergipano com a sanção da Lei 8.259/ 2017, de autoria do parlamentar.

Papel “Celebrar o Dia do Maçom é uma forma de reconhecer o papel da maçonaria na sociedade e enaltecer o trabalho das lojas maçônicas que, ao longo da história, prestam relevantes serviços à democracia, à justiça, à filantropia e aos mais variados campos do conhecimento humano”, enfatiza Luciano Luciano.

34 lojas Em Sergipe existem cerca de dois mil maçons distribuídos em 34 lojas, sendo 13 do Grande Oriente de Sergipe e 21 da Grande Loja. Essas instituições têm, ainda, Fraternidades Femininas, formada por esposas dos maçons, núcleo para jovens – Ordem DeMolay e Filhas de Jó – além da APJ (Ação Paramaçônica Juvenil).

Canhoba: vereador quer debater importância do Ipessaúde Com o intuito de tirar duvidas do parlamento e debater a importância do convênio assinado recentemente entre a Prefeitura de Canhoba e o Ipesaúde, que beneficiará os servidores do município, o vereador Milton dos Santos, conhecido como Miltinho vai apresentar um requerimento para uma sessão especial inclusive com a participação do sindicato dos servidores e representantes da Prefeitura e do Ipesaúde.

Sindicose entra com representação contra o CREA junto ao MPT por terceirização irregular de mão de obra O SINDISCOSE fez uma representação junto ao Ministério Público do Trabalho contra o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia – CREA – SE, solicitando apuração de procedimentos de terceirização de mão-de-obra, desde 2006, e portanto há 13 anos, o conselho não realiza concurso público para o cargo de assistente administrativo.

Edital O Edital do pregão presencial nº 013/2019 para o cargo do edital CBO 4110-10 de Assistente Administrativo Nível 1 é a mesma dos servidores efetivos e concursados do cargo de Profissional de Suporte Administrativo (PSA). Esta é a primeira vez que o CREA-SE realiza um edital de terceirização para substituir as atividades que são na prática exercidas pelos servidores efetivos do cargo PSA. Toda matéria aqui.

Missão de Empresários Sergipanos Visita a Associação Catarinense de Tecnologia O grupo de empresários sergipanos que participou da missão organizada pelo Inova + Sergipe com o apoio do Sebrae, visitou na sexta-feira, dia 16 de Agosto, a Associação Catarinense de Tecnologia – ACATE, em Florianópolis, na sequencia da programação do Startup Summit 2019. O grupo foi composto por empresários que estão conectados ao ecossistema digital e com alto conhecimento no processo de inovação.

Inovação A Associação Catarinense de Tecnologia é a principal representante do empreendedorismo inovador em Santa Catarina. Com mais de 1200 associados em 13 polos de inovação, a ACATE gerencia uma rede de Centros de inovação em Florianópolis, com escritórios em São Paulo e Boston.

Metodologia A visita foi proposta pelo coordenador do Inova + Sergipe, Roger Barros, com a intenção de conhecer o ambiente de inovação que é referência no Brasil e no mundo. “A Associação Catarinense de Tecnologia desenvolve uma metodologia de trabalho de excelência e os resultados alcançados são animadores. O Sebrae nos apoiou prontamente nessa ideia, estamos muito agradecidos”, disse Roger.

Rotinas e soluções O ambiente colaborativo da ACATE proporcionou ao grupo uma melhor ideia de rotinas e soluções que forneçam subsídios necessários para o crescimento e atualização das empresas. “Encontramos aqui um ambiente completamente conectado e com ações importantes, causando um alto impacto na sociedade”, completou.

Fomento O Superintendente do Sebrae em Sergipe, Paulo do Eirado, acompanhou o grupo de empresários e reforçou a missão da instituição, em fomentar o empreendedorismo e buscar novas ideias e novos caminhos. “A inovação é a palavra que reflete todo o nosso atual momento. Esse modelo é referência e mais um case de sucesso. O que precisamos fazer é estreitar esses laços para fortalecer o nosso estado”.

Conexão O grupo foi recebido pela diretoria da Acate que deu uma visão geral da governança e do trabalho operacional junto aos atores envolvidos. Marco Pinheiro, presidente do Conselho do Sebrae em Sergipe, afirmou que “Essa visita criou uma conexão que renderá bons frutos e com muitas possibilidades de transferência de conhecimento para Sergipe”.

Reformas e adequações na rede pública hospitalar Melhorar o ambiente da recepção, abrir novos acessos, promover reformas e finalizar obras estruturais são algumas das ações que estão sendo realizadas pelo Governo do Estado nas unidades hospitalares da Rede Estadual de Saude. As intervenções acontecem nos hospitais regionais, Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), e unidades de pronto atendimento.

Assistência melhor “Toda melhoria feita tem sempre como principal objetivo oferecer aos nossos pacientes uma assistência melhor, bem como às equipes técnicas e assistenciais, melhores condições de trabalho. As nossas equipes de manutenção estão sempre atentas para as necessidades da Rede”, pontuou o secretário de Estado da Saúde, Valberto de Oliveira.

Acesso exclusivo No Regional de Propriá um acesso independente exclusivo para maternidade está sendo construído para atender orientações técnicas e oferecer maior comodidade às gestantes, segundo informações do gerente de Infraestrutura da SES, Ronin Marcos dos Santos, acrescentando que uma série de melhorias na área de recepção dos hospitais começou a ser realizada focando renovação de pintura, troca de luminárias e recuperação de pisos e demais acabamentos.

Outras unidades “Iniciamos as melhorias pelo Hospital Regional de Socorro e já na próxima segunda-feira daremos início aos trabalhos nas unidades de Estância e Neópolis”, acrescentou o gerente, salientando que nesta manhã de sexta-feira, a equipe da infraestrutura fez visita de avaliação à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Boquim. Segundo ele, as melhorias na recepção do Regional de Propriá serão feitas após a finalização da obra de abertura do novo acesso, enquanto no de Nossa Senhora da Glória, será iniciada nos próximos dias, em paralelo com as obras estruturais que estão sendo efetuadas na unidade.

Estágio Nível Médio: inscrições até 19 de agosto Estão abertas até 19 de agosto as inscrições para o Processo Seletivo de Estágio de Nível Médio no TJSE. O Edital n° 01/2019, publicado no Diário da Justiça desta quarta-feira, 07/08, visa ao preenchimento de vagas em Capela, Malhador, N. Sra. das Dores, Pacatuba, Poço Verde, Propriá, Simão Dias, Tobias Barreto e Neópolis (01 vaga para cada município), além da formação de cadastro reserva para outras Comarcas, conforme dispõe o anexo do edital.

Valor e inscrição O valor da bolsa de estágio será de R$ 535,71 (quinhentos e trinta e cinco reais e setenta e um centavos) e o valor do auxílio-transporte será de R$ 160,00 (cento e sessenta reais). Para realizar a inscrição, o candidato deverá preencher o cadastro em www.tjse.jus.br/concursoestagio/ ; imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento de R$ 20,00 (vinte reais), em qualquer agência do Banco do Estado de Sergipe (Banese), até o dia 20 de agosto de 2019.

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Estamos a destruir o planeta e o egoísmo de cada geração não se preocupa em perguntar como é vão vier os que virão depois. A única coisa que importa é o triunfo do agora. E a isto que eu chamo de cegueira da razão. José Saramago. Excelente reflexão lembrada pelo engenheiro e advogado Ailton Rocha pelas redes sociais.

Nossa Senhora de Lourdes: renovação na Câmara De alguns leitores: “O povo de Nossa de Lourdes está mostrando que a Câmara de vereadores terá uma enorme renovação. As enquetes feitas com a comunidade mostram o descontentamento com boa parte dos vereadores atuais. Enquanto isso nomes novos e conhecidos pelas redes sociais como o locutor e produtor de eventos, Binho Silva aparecem como alternativas de mudanças. Ele está sem partido, mas já vem sendo sondado por muitos.”

As mulheres em Itabaiana. Por Antônio Samarone: “ Até a segunda metade do século XX, Itabaiana foi uma sociedade centralizada na mulher, uma sociedade matricêntrica. As mulheres camponesas lutavam pelo o mesmo status econômico e social dos homens. Em muitos casos, eram as líderes familiares. Itabaiana era uma sociedade matrilinear, obedecia a um sistema de parentesco, de filiação, através do qual somente a ascendência (família) da mãe era tida em consideração para a transmissão do nome, dos benefícios ou do status de se fazer parte de um clã. Toda leitura aqui.

PELO E-MAIL E FACEBOOK

GAECO do MPSE emite Nota de Repúdio à aprovação do Projeto de Lei de Abuso de Autoridade

Nós, Promotores de Justiça, integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO, do Ministério Público do Estado de Sergipe, frente à aprovação no Congresso Nacional do Projeto de Lei nº 7.596/2017, que cuida dos chamados crimes de abuso de autoridade, manifestamos, por meio da presente Nota, o mais profundo repúdio ao texto encaminhado para sanção Presidencial.

Com efeito, para além de questionamentos atinentes aos aspectos constitucionais de diversos dispositivos, não só no tocante ao mérito mas também no que diz respeito à tramitação, percebe-se que o propósito inequívoco da iniciativa é impedir, acuar, dificultar e inviabilizar o exercício responsável, eficiente e eficaz da atividade investigativa, repressiva e punitiva do Ministério Público e de outros órgãos e Instituições reconhecidas e admiradas pela sociedade.

Não obstante questões pontuais retratadas no projeto aprovado, que fogem por completo à normalidade e esmagadora maioria dos casos, que já ensejam, sem qualquer alteração legislativa, as devidas apurações e responsabilizações, o que se vislumbra e busca é atingir justamente os trabalhos comumente levados a efeito pelos integrantes dos grupos especiais, como o GAECO, dedicados a combater o crime organizado, a corrupção, a lavagem de capitais e crimes praticados pela internet ou em ambiente virtual.

Assim, ao pretender, por meio de lei, tornar crime diversas atividades típicas e comuns àqueles que investigam e visam combater e reprimir os diversos abusos e crimes verificados em detrimento da sociedade, como uso de algemas, realizações de prisões, efetivação de buscas, dentre outros, o recado dado é claramente uma forma de frear os avanços e a busca constante pela responsabilização dos criminosos, do combate ao crime do colarinho branco e às organizações criminosas, sejam os envolvidos com tais atividades poderosos ou não.

O Projeto de Lei possibilita a vulnerabilidade dos órgãos, instituições e agentes que atuam em prol da probidade administrativa e da repressão ao crime, não bastassem os riscos a que diariamente estão expostos os juristas e servidores públicos que trabalham ininterruptamente por uma sociedade melhor e mais justa. Investigar, buscar a responsabilidade de criminosos, sejam eles quem forem, combater o crime de colarinho branco e as organizações criminosas, com o constante receio de ter as conclusões de trabalhos complexos e dedicados sujeitas não mais aos controles já existentes, mas também à possibilidade de responsabilização criminal, civil e administrativa, dentro de previsões genéricas, abstratas e sujeitas a uma variante de interpretações, certamente é mecanismo suficiente para inibir e dificultar as atividades que, especialmente nos últimos tempos, tem sido apoiadas e incentivadas por todos os setores da sociedade.

Por esse motivo, o Projeto de Lei seguirá para apreciação presidencial e o GAECO do Ministério Público do Estado de Sergipe clama pelo apoio da população e das instituições parceiras na campanha pelo veto, a fim de que os agentes públicos possam continuar exercendo legitimamente suas atribuições, com segurança, resolutividade e independência.

Promotores de Justiça do GAECO/MPSE

 

Juízes de Direito estaduais, federais e do trabalho promotores de justiça, procuradores da República e do Trabalho farão uma manifestação na próxima terça-feira, dia 20, a partir das 8h, em frente ao Fórum Gumercindo Bessa num ato público pelo veto ao PL do Abuso de Autoridade. O projeto de Lei 7596/2017 foi aprovado na Câmara Federal na semana passada. É um evento que ocorrerá no país inteiro. Em Brasília ocorrerá na tarde de terça um ato na frente do Palácio do Planalto.

PELO TWITTER

www.twitter.com/GDimenstein A verdade se resume a 5 palavras: o Brasil elegeu um idiota.

www.twitter.com/cezar_britto A lei de abuso deixa um recado muito importante para os que confundem autoridade com autoritarismo: Ninguém está acima da lei, especialmente os que dela têm a obrigação de por ela zelar.

www.twitter.com/Sen_Alessandro Não adianta tentar tapar o sol com a peneira: as intervenções que o governo Bolsonaro está fazendo no COAF, Receita, PF e PGR têm as piores motivações. É um processo claro de desmonte das estruturas de combate à corrupção. Mas vamos resistir! #unidoscontraacorrupçao #acordabrasil

 

Siga Blog Cláudio Nunes:

 

Instragram

 Facebook

 Twitter

Frase do Dia
“A canseira, a ansiedade, a inquietação, toda a ferrugem da vida será eliminada pelo óleo da alegria.” Wendell Willkie.

E um casal de corujas resolveu construir um ninho na calçada no final da Avenida Santos Dumont na Orlinha da Coroa do Meio, entre a avenida e o enorme estacionamento. Fizeram num buraco onde deveria ter um coqueiro que foi retirado e se encontra cheio de mato. Quem passa pelo local logo percebe que o casal está  preparado para defender o ninho. Tomará que o homem com sua insanidade peculiar não vá e destrua o ninho construído pelo casal mostrando que a natureza se adapta a tudo.
Comentários