OS’s estão proibidas

0

Agiu correto a Justiça ao proibir que a Prefeitura de Aracaju contrate suspeitas Organizações Sociais (OS’s) para administrar a saúde pública. Segundo o Sindicato dos Médicos, a contratação de tais entidades significa privatizar o setor, com graves prejuízos à população carente. Tendo assumido prometendo uma saúde de primeiro mundo, o prefeito João Alves Filho (DEM) tenta a todo custo contratar as tais OS’s, sob a alegação de que elas serão a salvação da lavoura. Não é verdade. Em vários estados essa prática se mostrou nefasta e causou graves prejuízos aos cofres públicos. Ao insistir com as Organizações Sociais, o demista deixa claro que não tinha um projeto para a saúde de Aracaju. Só falta agora o prefeito e seus assessores culparem a Justiça pelos caos instalado nos postos e unidades de pronto atendimento da capital.

Comemorou

A decisão da ministra do Supremo, Rosa Weber, de garantir a instalação da CPI exclusiva sobre a Petrobras foi festejada pelo vice-prefeito de Aracaju, José Carlos Machado (PSDB). O tucano entende que é preciso conhecer detalhes sobre a suspeita compra da refinaria de Pasadena para que os culpados pelos prejuízos causados à Petrobras sejam rigorosamente punidos. Machadão está certíssimo!

Vida em risco

E o presidente da Câmara Municipal de Lagarto, vereador Fraga de Brasília (PSDB), anda preocupado com a segurança pessoal. Segundo postagem feita ontem na internet pelo secretário da Ordem Social de Lagarto, Kércio Pinto, um colega do vereador tucano teria comprado uma faca peixeira para matá-lo.

Piso garantido

Foi aprovado ontem pela Câmara Municipal projeto do Executivo aracajuano concedendo aos professores reajuste de 8,32% retroativo a janeiro passado. Esse índice garante o pagamento do Piso Salarial do Magistério aos educadores da capital: “Este é um direito dos professores que fiz questão de respeitá-lo desde que assumi”, discursa o prefeito João Alves Filho (DEM).

Alguém sabe?

Alguém sabe quanto o governo estadual já economizou com as medidas anunciadas em fevereiro visando enxugar a máquina e garantir o reajuste salarial dos servidores? A ideia era reduzir consideravelmente o exagerado número de cargos comissionados e cortar gratificações pagas geralmente a apadrinhados políticos. Pelo visto, as medidas não surtiram o efeito necessário, pois o governo esquiva-se do assunto do mesmo jeito que o diabo foge da cruz.

RedeSim

Em quem está em Aracaju é Afif Domingos, ministro da Micro e Pequena Empresa. Veio lançar a Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSim). Marcado para as 10h, no Centro de Convenções de Sergipe, o evento será presidido pelo governador Jackson Barreto (PMDB). Depois, Afif Domingos participa da reunião-almoço promovida pela Associação Comercial e Empresarial de Sergipe.

30 anos de MST

A Assembleia realizou ontem sessão especial para marcar a passagem dos 30 anos do MST. A dirigente nacional do Movimento, Gisnele Reis, proferiu palestra sobre as três décadas de luta pela terra, a reforma agrária e a transformação da sociedade brasileira. Segundo ela, atualmente existem 12 mil acampamentos espalhados pelo país, representando uma movimentação de mais de 90 mil trabalhadores rurais. Somente em Sergipe já foram assentadas em terras improdutivas mais de 10 mil famílias.

Encurralados

Já está à disposição dos cidadãos o aplicativo para identificar procurados pela Justiça. A ferramenta permite consultar pelo celular o cadastro nacional de 352 mil mandados de prisão. Quem identificar alguém nessa condição pode acionar a polícia para que a ordem judicial de prisão seja cumprida. Para checar se a pessoa tem condenação na Justiça ou se há ordem judicial de prisão contra ela, basta digitar dados como nome completo ou número de algum documento do suspeito.

Cata moeda

A empresa CataMoedas, que recolhe moedas no comércio em troca de bônus em compras para o cliente, projeta expandir seus serviços para Aracaju. A empresa foi criada para diminuir um problema recorrente no mercado: a falta de troco. Segundo o Portal Uol, o valor do bônus dado em compras varia. Cada loja fica com as moedas e paga um aluguel de R$ 1,5 mil.

Explicando-se

O vereador Renilson Felix (DEM) nega que não votará mais a favor dos projetos enviados à Câmara pela Prefeitura de Aracaju. “Na verdade, vou analisar cada matéria do Executivo para só depois definir o voto. Não há motivos para me posicionar contra a administração municipal, pois sou correligionário do prefeito João Alves Filho e acredito que ele é o melhor para Aracaju”, discursa Felix.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna em  2 de abril de 1931

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais