Ouro em grãos

0

Ouro em grãos

 

Apesar da seca, que faz a temperatura chegar perto dos 40º graus na sombra, o sertanejo sergipano não tira o sorriso largo do rosto. A causa de tanta satisfação é a super safra de milho. Em Carira, que faz divisa com o não menos causticante sertão baiano, caminhões transportam toneladas de milhos, grandes colheitadeiras e tratores desfilam penas ruas em direção as fazendas e o comércio festeja a dinheirama deixada na cidade pelo ouro em grãos. A Conab tenta regular o mercado comprando parte da produção, mas o agricultor prefere mesmo vender a safra ao atravessador, pois este dispensa a burocracia do órgão governamental, se encarrega da colheita e paga na hora com dinheiro vivo. É a agricultura mantendo o homem no campo e ajudando a combater a miséria, que sempre se hospeda no sertão sergipano quando o inverno cede lugar ao verão.

 

Viva a beleza

 

A maior participação da mulher no mercado de trabalho e o avanço da classe C são tidos como os responsáveis pelo crescimento seguido e geométrico do mercado de beleza. Segundo matérias publicada hoje no Jornal do Brasil, o setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos calcula que em 2010 o aumento real, sem a inflação, supere os 11%, acima da média dos últimos 13 anos, que foi de 10,6%. Para as c1ínicas de estética, a crise passa mais longe, e o ano deve fechar com 40% a mais de faturamento.

 

Meia boca

 

Hoje é dia de o servidor público de Sergipe e da Prefeitura de Aracaju colocar as pernas para o ar. É que os governos estadual e municipal decretaram ponto facultativo para que a turma possa brincar o Pré-Caju, que começou ontem e segue até domingo que vem. A medida não se aplica às atividades consideradas essenciais, a exemplo dos serviços de saúde, segurança públicas e congêneres, que permanecem de plantão para atender as demandas da população. O ‘feriado’ meia boca não alcança o comércio, bancos e indústrias.

 

Mudanças na Lei

 

As mudanças na Lei do Inquilinato, que entram em vigor na próxima segunda-feira, deverão dar mais garantias aos proprietários de reaver o imóvel, em caso de inadimplência, além de reduzir o número de exigência ao locatário, como pagamento antecipado, contratação de seguros e indicação de fiadores. Com as alterações, o juiz poderá conceder liminarmente ação de despejo, caso o contrato não tenha garantia. A possibilidade de o juiz agora ter normas objetivas para conceder o despejo liminar, em caso de inadimplência do inquilino, deve até resultar em aquecimento do mercado.

 

CPF pela Internet

 

A população poderá pedir o Cadastro de Pessoa Física (CPF) pela página da Receita Federal na internet ainda no primeiro trimestre deste ano. A mudança conclui as reformas que a Receita está realizando há mais de um ano para modernizar o atendimento ao contribuinte. No portal do contribuinte, o cidadão já pode tirar certidão negativa, imprimir o Darf, fazer o pagamento e consultar a malha fina. O fechamento dessa reforma é exatamente o CPF online, que sai até o fim de fevereiro.

 

Pagou mais

 

O consumidor pagou juros mais altos nas compras de fim de ano, pois o crédito pessoal aumentou de 43,6% para 44,4%, na comparação de novembro com dezembro. Isso ocorreu também com o financiamento de veículos, cuja taxa subiu de 25,3% para 25,4%. Na compra de outros bens, a alta foi ainda maior: 51,8% para 54,8%. No crédito consignado, o aumento foi de 27% para 27,2%. A única modalidade com queda foi o cheque especial, que terminou 2009 em 159,1% ao ano, o nível mais baixo desde maio de 2008.

 

Tarifa social

 

Já está em vigor a lei da Tarifa Social de Energia Elétrica. Ela beneficia com o desconto de tarifa na conta de luz apenas as famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com renda mensal per capita de até meio salário mínimo. O CadÚnico é a base de dados para programas como o Bolsa Família. A legislação também cria condições especiais de pagamento para famílias que tenham portadores de deficiência e idosos com mais de 70 anos.

Livres para brincar

 

O Tribunal de Justiça de Sergipe, através do Mandado de Segurança, decidiu permitir a participação de crianças e adolescentes menores de 16 anos nos blocos e trios elétricos em companhia dos pais ou responsáveis. Os maiores de 16 anos podem brincar na prévia carnavalesca desacompanhados de responsáveis e sem a necessidade de apresentar documento assinado pelos pais. Permanece a proibição de menores de 18 anos, mesmo que acompanhado dos pais ou responsáveis, no bloco das Cajuranas.

Buscam prosseguem

 

As buscas pelo baixista da banda de rock britânica After Death, Timothy Kennelly, 18, que está desaparecido após se afogar em uma praia de Aracaju, foram retomadas hoje por volta das 5h. Um outro integrante do grupo também morreu quando se banhava com o colega nas proximidades do Oceanário.  Segundo o Corpo de Bombeiros, Kennelly e o guitarrista do grupo, Leon Villalba, 21, estavam em um ponto perigoso da praia. O corpo do guitarrista foi encontrado ontem, mas Kennelly continua desaparecido e os bombeiros já descartam encontrá-lo com vida.

 

Caia na gandaia

 

Assim como ontem, hoje é dia de cair na folia, pois atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu. Mas vale o alerta para brincar com tranqüilidade e evitar áreas do Pré-Caju onde existam confusões. Outro aviso: leve apenas uma xerox da carteira de identidade e dinheiro somente para gastar com a cervejinha gelada e o táxi. Não precisa gastar a energia toda nesta sexta-feira, pois a prévia segue até domingo que vem.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais