Paparicando o algoz

0

A homenagem da Assembleia ao vice-presidente da República, general Hamilton Morão (PRTB), desagrada os próprios deputados. Entre os insatisfeitos está o vice-presidente do Legislativo, Francisco Gualberto (PT). Ele enumera uma série de argumentos contra a bajulação do Parlamento sergipano ao verde-oliva. Segundo o petista, Mourão representa o governo que nada faz para reabrir a Fafen, em Laranjeiras, está desativando a Petrobras no estado, nega recursos para concluir a duplicação do trecho da BR-101 em Sergipe, proíbe a Caixa Econômica Federal de liberar recursos para o Nordeste, rotula os nordestinos de “paraíbas”, e retira recursos da educação: “Qual o motivo desta homenagem?”, questiona Gualberto, disposto a não prestigiar a entrega da Medalha do Mérito Parlamentar ao vice-presidente. Aliás, quem não conhece Sergipe e sua boa gente, é capaz de pensar que somos um bando de masoquistas, ávidos por bajular um general de pijama fantasiado de algoz dos sergipanos. Misericórdia!

Novo Judas

Sindicalistas sergipanos já têm um novo Judas Iscariotes para tocar fogo: é o senador de primeira viagem Alessandro Vieira (Cidadania). Segundo o professor Joel Almeida, diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Educação, “com o discursinho pela moralidade e de o novo na política, o senador enganou muitos sergipanos”. Joel criticou o voto de Alessandro em favor da famigerada reforma da Previdência e sugere ser “preciso fazer a queima do Judas mais novinho”. Homem, vôte!

Faça o que digo…

O Tribunal Faz de Contas de Sergipe saiu em defesa do projeto governista criando o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe. Os conselheiros Clóvis Barbosa e Susana Azevedo bateram palmas para a proposta, totalmente condenada pelos professores. Aqui pra nós, alguém sabe quando vão aprovar um projeto propondo uma avaliação externa do lerdo TCE? Seria bom saber por qual motivo existem mais de 500 pessoas na folha de pessoal daquele órgão e, principalmente, por que os super-salários dos sete felizes conselheiros custam mais de R$ 240 mil aos sergipanos. Marminino!

Vão às urnas

Os partidos têm de 11 a 14 deste mês para fazer as convenções visando escolher os candidatos a prefeito e vice de São Francisco. Marcadas para 1º de dezembro, as eleições suplementares naquele município sergipano vão eleger os substitutos da ex-prefeita e do ex-vice, respectivamente, Altair Nascimento (PSB) e Manoel Messias Araújo (PSD). Os dois foram cassados porque prometeram empregos em troca de votos.  Altair foi substituída interinamente pelo presidente da Câmara de Vereadores, Gilvânio Santana Silva, o popular “Marreta” (PSDB). Vixe!

Matando a saudade

E quem deu com os costados no Congresso foi o ex-senador Eduardo Amorim (PSDB). O tucano acompanhou a diretoria do Hospital Cirurgia, que tenta conseguir recursos através de emendas parlamentares. Além de Márcia de Oliveira, interventora do Cirurgia, acompanharam Eduardo Amorim os diretores do hospital, médicos Rilton Moraes, Marcos Ramos, Paulo César de Carvalho Salloti e Sílvio Maurício, todos diretores do hospital.

De olho em 2020

Os partidos estão de olho no passe do ex-presidente da OAB em Sergipe, Henri Clay Andrade (PPL). Além de analisar os convites de filiação, o moço estuda a hipótese de disputar a Prefeitura de Aracaju. Entre os partidos que já conversaram com o causídico estão o PDT e o PSOL. Candidato a senador no pleito passado, Henri Clay obteve cerca de 110 mil votos, dos quais 60 mil só em Aracaju, onde foi o segundo mais votado. Esta informação é do blog Primeira Mão. Então, tá!

Último adeus

Será sepultado, hoje, o corpo da procuradora de Justiça aposentada Creuza Brito de Figueiredo. Esposa do ex-vice-governador Benedito Figueiredo, ela morreu em São Paulo após ter se submetido a uma cirurgia na cabeça. O corpo está sendo velado na residência do casal, à rua Jordão de Oliveira, 1152, Atalaia, devendo ser sepultado no Cemitério Santa Isabel, em Aracaju. Deus a tenha!

Contra os pobres

Eleitor da famigerada reforma da Previdência, o senador Alessandro Vieira (Cidadania) jura que quem apoia essa patifaria está “tentando garantir que o Brasil tenha um futuro”. O novato parlamentar diz que neste debate não “cabe o discurso raivoso do nós contra eles”. Não tivesse tão anestesiado pelos argumentos da burguesia e dos empresários patrocinadores dessa trágica reforma, o senador poderia muito bem condenar o discurso deles contra nós. Danôsse!

Ignorância condenada

Entidades médica de Sergipe emitiram nota de desagravo em favor do neurologista Ivanilson Alves de Oliveira. Convidado pela Câmara de Itabaiana para falar sobre prevenção do suicídio, o médico foi agredido verbalmente pelo vereador Vardo da Lotérica (PTB). As entidades de classe lembram que o parlamentar petebista “ganhou notoriedade pela brutalidade e incompetência, contrariando a tradição de urbanidade e respeito daquela casa legislativa”. Crendeuspai!

Chove chuva

Desde as primeiras horas de hoje que chove em boa tarde de Sergipe. Então, como bem canta Jorge Ben Jor, “chove chuva/ chove sem parar”, principalmente no sertão sergipano, onde o homem do campo reza para as chuvas continuarem para garantir a lavoura e as pastagens para o gado. Oremos!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A República, em 26 de novembro de 1935

Comentários