Para Debate! A Nestor Sampaio e a preocupação com a nossa economia

0

                                                  Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça

O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.
       

Para Debate!

O blog publica, hoje, um artigo do empresário Marco Pinheiro, Presidente da Acese e do Conselho Deliberativo do Sebrae Sergipe sobre a mudança no trânsito da Avenida Nestor Sampaio que vem gerando muita celeuma, entre os empresários, a Prefeitura de Aracaju e os moradores da região. O blog está aberto para outros artigos, contra ou a favor. O titular deste espaço entende que é preciso resolver aquele problema, pois não tem mais como aquela via minúscula e com grande fluxo ficar nos dois sentidos, porém prega também que se encontre um modo de contemplar a todos.


A Nestor Sampaio e a preocupação com a nossa economia Por Marco Pinheiro

A Avenida Padre Nestor Sampaio é uma das mais famosas da nossa Capital. Com aproximadamente 1,4 km de extensão, cruzando os bairros Luzia e Ponto Novo, ela interliga as grandes avenidas Hermes Fontes e Augusto Franco. Ou seja, uma via de grande circulação, por onde passa um sem-número de veículos diariamente e que tem grande valor econômico pela localização e pelo comércio instalado no local.

Por isso, é natural o embate recente em torno da mudança do fluxo de seu trânsito. Sob o argumento da necessidade de melhorar o tráfego na região, diminuindo seu volume, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Aracaju (SMTT) decidiu implementar um projeto de nova circulação, transformando a Nestor Sampaio em uma via de mão-única. O fluxo será transferido para as ruas Ministro Nelson Hungria e Abigail Ferreira Araújo Ramos.

Sem querer entrar no mérito envolvido no âmbito da engenharia de trânsito, uma vez que é evidente a necessidade de modernização, é imperioso que se tenha cautela e discussão aprofundada com os que serão os maiores prejudicados – os moradores e comerciantes da região. Afinal, há uma preocupação instaurada com essa medida, principalmente por prejudicar o ecossistema de negócios que habita na via.

Oras, a Nestor Sampaio possui uma grande quantidade de comércio distribuído ao longo da sua extensão, justamente, pelo fluxo de trânsito que ela recebe. Com a medida, já se prevê uma queda substancial no movimento das empresas ali inseridas. O futuro se mostra nefasto, com a possibilidade de morte de muitas empresas e, por consequência, dos empregos que elas geram. Pais e mães de família perderão seu sustento.

E o questionamento que se faz é: neste momento de crise, onde vários micros e pequenos comerciantes lutam diariamente para sobreviver e manter seu sustento, onde os efeitos da pandemia ainda são sentidos por todos, vale a pena prejudicar toda uma cadeia de negócios instalada na via? Como ficam os empregos? Essa conta não tem que ser levada em consideração pela Prefeitura?

O momento é difícil e os números deixam isso claro. Basta olhar os números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que, em maio, colocou Sergipe em último lugar na geração de vagas de trabalho no Nordeste. Apenas 432 postos de trabalho com carteira assinada foram abertos – um saldo positivo, porém, que se desfaz ante um resultado negativo de 136 postos de trabalho a menos durante o ano.

Esses dados precisam ser estimados. Além disso, Aracaju já tem uma jurisprudência preocupante quando o assunto é mudança de fluxo: a Avenida Rafael de Aguiar. Cruzando os bairros Suíça e Pereira Lobo, ela também possuía um comércio pujante. Hoje, não há quem não se entristeça ao ver as portas dos estabelecimentos fechadas diante da crise que a mudança provocou. Quantos negócios e empregos não foram perdidos ali?

Por isso, é mais que urgente que a Prefeitura Municipal de Aracaju paralise essa alteração e abra o canal de diálogo com os envolvidos. Os comerciantes precisam ser ouvidos. Pensar no trânsito é admirável, mas as consequências econômicas precisam ser consideradas. De nada adianta melhorar em uma área e prejudicar tanto aqueles que só querem levar o pão para dentro das suas casas.

Show dos milhões Repercutiu negativamente na sociedade sergipana a notícia sobre a venda do colégio arquidiocesano. Nos grupos de redes sociais circula muita notícia sobre a falta de informação e transparência da arquidiocese de Aracaju sobre o processo e o motivo da venda. O blog já foi informado por pessoas da área da educação quem foi o comprador do colégio, porém vai aguardar algum esclarecimento da arquidiocese.

 Show dos milhões II O que será feito com os milhões de reais da venda do extinto colégio arquidiocesano? Muitos católicos revoltados estão sugerindo que os fiéis deixem de contribuir financeiramente com a arquidiocese de Aracaju, pois os cofres estarão abarrotados de dinheiro.

A turma do amém Quando você não conseguir fazer algo absurdo porque um conselho não permite, mude integralmente o conselho e coloque a turma irresponsável e bajuladora do amém. Amém?

MPE e MPF: deputado pede que órgãos apurem demissão de servidor da Prefeitura de Aracaju O deputado estadual Gilmar Carvalho protocolou ontem, 26, uma Representação Criminal para que os Ministérios Públicos Estadual e Federal apurem a demissão do servidor Flávio Cardoso Valença, ocupante do cargo em comissão de Auxiliar de Gabinete I na Secretaria de Saúde da Prefeitura de Aracaju.

Apurar delitos previstos na legislação penal Gilmar apresentou as Representações aos órgãos embasado pela publicação na edição de 15 de julho de 2021 do Diário Oficial do Município de Aracaju, numa decisão por meio da qual a PMA aplicou ao referido servidor, a penalidade administrativa de destituição do cargo em comissão, tendo em vista a prática da conduta de “transferir valores do Fundo Municipal de Saúde para sua conta pessoal”. “Diante do relatado é imprescindível que o MPE e o MPF apurem se houve a prática do crime de peculato ou de outros delitos previstos na legislação penal”, salientou o parlamentar.

Itabaiana: trabalho consolidado quando o assunto é a causa animal O prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa, participou ontem, 26, de uma reunião com integrantes da Associação dos Bichos Carentes de Itabaiana – ABCITA. “Na reunião discutimos o tema e debatemos novas ideias para minimizar a situação de abandono animal, incentivar a adoção e castração, além de anunciar a ampliação do Posto de Saúde e Casa de Acolhimento Animal Maria Salete da Silva, que recebe animais em situação de abandono, acometidos por doenças ou vítimas de acidentes, tratam e preparam para ganharem um novo lar”, escreveu o prefeito nas redes sociais.

Demandas Para Adailton, foi muito oportuno poder ouvir as demandas de todos e saber das principais dificuldades. “Nossa administração, em apenas sete meses, já enviou um total de 20 importantes projetos voltados à causa animal para a Câmara de Vereadores e está elaborando a criação de mais 5. Hoje tivemos a oportunidade de falar de políticas públicas, esclarecer dúvidas e ouvir diversas opiniões. Estarei sempre à disposição para dialogar sobre essa causa em defesa dos animais”, concluiu.
   
Agenda na região Centro Sul de Sergipe O deputado federal Laércio Oliveira participou ontem, 26, de uma missa em celebração à Senhora Sant’Ana, padroeira do município de Boquim, ao lado do prefeito Eraldo de Andrade e sua esposa Joyce Cruz. A missa aconteceu na igreja Matriz Senhora Sant’Ana. Depois esteve no no município de Riachão do Dantas realizando uma visita à prefeita Simone Andrade. “Aproveitamos para colocar o nosso mandato à disposição!”, explicou nas redes sociais. Estiveram com na reunião o vice-prefeito Galego da Samba e os vereadores Marcelo da Carnaíba e Berinho do Mercadinho, o ex-vereador Zé Cosme, e a assessora parlamentar Glória Sena. De Riachão, o deputado foi ao município de Salgado, onde foi recebido pelo prefeito Givanildo Costa, sua esposa, Aldeane França, e o vice Miúdo do Tombo. Na pauta demandas do município e as eleições 2022.

 

Hospital Primavera comemora 1.500 altas de pacientes com Covid-19 O dia 23 de julho foi marcado de emoção e alegria para os médicos, enfermeiros, psicólogos e toda equipe multidisciplinar do Hospital Primavera, após registrar 1500 altas médicas de pacientes com a Covid-19. O átrio, no 4º andar, foi o lugar escolhido para receber balões, colaboradores e a Banda de Música da Polícia Militar, que executou um repertório eclético com músicas que emocionaram os participantes. Desde o início da pandemia foram realizados mais de 29 mil atendimentos em estrutura preparada com 50 leitos de UTI e 70 distribuídos nos apartamentos e enfermarias. O gerente médico do Internamento, Dr. Enilson Vieira, aproveitou o momento para agradecer a todos profissionais que foram responsáveis na recuperação dos pacientes e no empenho da equipe multidisciplinar que atuou e atua na linha de frente de combate à doença, levando assistência segura aos internados, como também ao tratamento em tempo hábil. “Desde que o Hospital passou a atender pacientes com a Covid-19, cada alta médica é motivo de alegria para todos nós. O sentimento é de gratidão, respeito e ter a capacidade de reinventar, transformar e ampliar unidades com o propósito de salvar vidas”, concluiu.

Fase difícil Formado há 18 anos, o médico e coordenador da Urgência e Emergência da Rede Primavera, Dr. Rodrigo Cabral, relembra que essa foi uma das fases mais difíceis vividas até hoje, diante de uma demanda muito grande no atendimento aos pacientes. “Esse é um momento ímpar. A recuperação de cada paciente é uma vitória para toda a equipe de saúde. Me sinto feliz em ver o paciente grave, entubado e depois se recuperar. É preciso manter o alerta para que todos se cuidem, usem máscaras, distanciamento social e a higienização das mãos, para vencer uma doença que tirou a vida de milhares de pessoas. Estou muito feliz”, ressaltou emocionado.

Julho Vermelho: Câncer de Boca O Julho Vermelho é o mês de conscientização do Câncer de Boca. Para alertar a população sobre este tipo de câncer, a clínica Onco Hematos orienta sobre as principais causas da doença que, na maioria das vezes, estão relacionadas a fatores externos, como tabagismo e a exposição ao HPV (papilomavírus humano). Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), entre 2020 e 2022, cerca de 15 mil novos casos de câncer de boca e orofaringe deverão ser diagnosticados no país. O Câncer de Boca é duas vezes mais comum em homens, principalmente em homens acima de 40 anos e tabagistas. De acordo com a oncologista clínica da Onco Hematos, Gisélia Tavares, o câncer de boca é mais comum do que se imagina, que envolve tanto o câncer nos lábios, como na cavidade oral, que acomete a língua, gengivas, céu da boca, a região do fundo da boca e até o assoalho bucal, que é a região abaixo da língua.

Principais causas “As principais causas do câncer de boca vão estar relacionadas aos fatores externos. Por exemplo, o câncer de lábio é bem mais comum em pessoas de pele clara, relacionadas a exposição solar. E na cavidade oral vai estar relacionado aos hábitos de vida como tabagismo, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, assim como a exposição ao HPV, que é um vírus de transmissão, principalmente, por via sexual e que podem sim causar esses tipos de tumores”, explicou Dra. Gisélia.

HPV Com relação à transmissão por HPV, a oncologista alerta que para evitar o risco de transmissão ao vírus, é necessário proteção com camisinha também no sexo oral. “O câncer mais comum relacionado ao HPV é o câncer de colo uterino, mas esses tipos de câncer de cavidade oral e orofaringe, também são comuns, principalmente para pacientes acima de 40 anos e 50 anos, que lá na frente é que podem demonstrar algum tipo de tumoração, até por uma prática feita ainda mais jovem. Lembrando que a vacina contra o HPV já está sendo disponibilizada para crianças e adolescentes e a gente tenta, através disso, com que as próximas gerações não venham a sofrer tanto com essas doenças. Mas claro, sempre mantendo todos os cuidados” alertou Gisélia Tavares.

Sinais e Sintomas Ainda segundo a oncologista, os principais sintomas são lesões no lábio ou na boca que não cicatrizam por mais de 15 dias. “São lesões às vezes dolorosas, ou até indolor, que sangra ou que muda de cor, pode ser algo mais esbranquiçado, que muda a textura da região, pode ser nódulo ou até úlcera. Na parte da orofaringe, pode estar muito relacionada a rouquidão, dor para mastigar ou deglutir ou dificuldade para falar. E uma coisa importante é a questão da saúde bucal, fazer boa higiene, observar o céu da boca, olhar a língua e, se perceber algo diferente, buscar o dentista ou profissional da área”, ressaltou a médica, acrescentando a importância de ir ao dentista a cada seis meses para detectar qualquer problema e, se necessário, buscar otorrinolaringologista e em alguns casos, o cirurgião de cabeça e pescoço.

Diagnóstico e Tratamento O diagnóstico da doença, segundo a oncologista, pode ser através de exames de imagem relacionados ao nariz e pescoço ou por meio de biópsia. Já com relação ao tratamento, a médica orienta que é um tipo de câncer tratável. “O primeiro tratamento possível seria o cirúrgico, para retirar o máximo possível da lesão nos casos iniciais da doença. Em alguns casos, em que a cirurgia não é possível ou não retira o tumor completo, se faz a radioterapia. Já em casos mais avançados, pode ser realizada a quimioterapia, juntamente com a radioterapia e/ou com uso de medicações mais novas, como imunobiológicos, por exemplo”, finalizou.



EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Novo canal de conteúdo 24 horas por dia Do jornalista Pedro Carregosa: “Olá! Nessa live Catia Monari e eu falamos do novo canal de conteúdo 24 horas por dia que será lançado em 16 de agosto. E eu vou participar em dois movimentos! Quer saber como será? Só assistir.” Aqui: https://www.instagram.com/tv/CRybOrrpk52/?utm_medium=copy_link


 

 


Frase do Dia
“O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.Guimarães Rosa.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais