Pariu um rato

0

A Câmara dos Deputados rejeitou ontem as propostas de reforma política que visavam modificar substancialmente o atual modelo eleitoral. Por maioria de votos, os parlamentares derrubaram o chamado “distritão”, modelo em que os deputados e vereadores seriam eleitos apenas de acordo com a quantidade de votos recebidos. Preocupados com os próprios umbigos, os parlamentares também rejeitaram o sistema de votação em listas fechadas, que previa a distribuição das vagas de acordo com relações preordenadas. Portanto, depois de muita conversa mole, a montanha pariu um rato. Nenhuma novidade em se tratando de Câmara Federal.

Bate boca

Não chamem para o mesmo forrobodó os deputados Gustinho Ribeiro (PSD) e Goretti Reis (DEM). Os dois trocaram farpas ontem em plenário após a demista ter desconfiado que Ribeiro esteve nas áreas atingidas pelas chuvas em Lagarto. “Esta é uma forma leviana de tratar os adversários. Respeite-me para ser respeitada”, reagiu Gustinho. Calma, gente!

Por um fio

E o deputado lagartense Valmir Monteiro (PSC) está com o mandato por um fio. Ontem, a 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Sergipe negou provimento ao recurso impetrado pela defesa do parlamentar. A assessoria jurídica de Monteiro promete recorrer contra a decisão, mas o suplente, vereador aracajuano Adelson Barreto Filho (PTB), não tira o olho da cadeira de deputado.

Papo cabeça

Estreia no próximo domingo, no Teatro Tobias Barreto, a peça Ecologia é Papo Cabeça. O texto e produção são de Antônio Leite, direção de Jorge Lins e coreografias de Paulo Sérgio Lacerda. De autoria do compositor Xambu, a trilha sonora gerou um CD homônimo gravado com apoio do Ibama Sergipe e patrocínio da Petrobras. Os ingressos custam dois quilos de alimentos não perecíveis. Prestigie!

Sem novidade

E os professores da rede estadual seguem em greve. Embora a paralisação tenha sido considerada ilegal, eles prometem só voltar ao trabalho quando o Executivo reajustar em 13% o piso salarial da categoria. O governo diz não ter dinheiro para tanto e anuncia que está cortando o ponto dos grevistas. Enquanto isso, os alunos permanecem sem aula.

Endureceu

Os professores da rede pública e os candidatos que concluíram o ensino médio até 2010, antes dispensados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), terão também que obter o desempenho mínimo de 450 pontos. O Ministério da Educação (MEC) mantém a exigência de nota mínima e decidiu que, a partir do primeiro semestre de 2016, a seleção de candidatos será "exclusivamente" com base nos resultados obtidos no Enem.

Ingratidão

A Rede Ilha de Rádio demitiu ontem o experiente radialista Ferreira Filho. Interessante é que, segunda-feira passada, o profissional prestou depoimento à Justiça em favor do grupo radiofônico, processado por crime eleitoral. Como prêmio, foi demitido. Para quem não sabe, a Rede Ilha pertence ao dublê de político e empresário Edvan Amorim (PTB), aquele que se candidatou a deputado estadual é teve meia cuia de votos.

Diplomado

Como dizem os colunistas sociais, Aracaju de A a Z esteve ontem no Senado para prestigiar a homenagem prestada por aquela Casa ao ex-governador e empresário Albano Franco (PSDB). Por sugestão do senador Antônio Carlos Valadares (PSB), o tucano recebeu o Diploma José Ermírio de Moraes.

Trololó

Em nota enviada à imprensa, a Prefeitura diz que “Aracaju suportou bem as chuvas”. Gaba-se de “mesmo com os incidentes ocorridos”, ter evitou que a situação fosse ainda mais crítica. Você acha isso?

Juros altos

Depois de a Caixa Econômica Federal reajustar os juros dos financiamentos imobiliários, as demais instituições financeiras também subiram as taxas. Segundo levantamento divulgado pela Proteste, todos os bancos aumentaram os juros das linhas de crédito do setor entre março e maio deste ano. As únicas linhas que não sofreram alteração nas taxas foram as do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Folha da Manhã, em 30 de agosto de 1939

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais