Pastorando o gado

0

À boca miúda, políticos têm se queixado dos adversários que tentam invadir seus redutos eleitorais no interior sergipano. Ao mesmo tempo, ameaçam estourar os ‘currais’ dos invasores se a grilagem persistir. Como se vê, em pleno século 21, muitas lideranças continuam fazendo política como os velhos ‘coronéis’ do passado, que se achavam donos da consciência do cidadão e até agiam com violência se alguém tentasse cruzar as cercas de seus territórios eleitorais. Até as eleições de outubro, os políticos que insistem em fazer clientelismo terão muito trabalho para evitar o ‘estouro da boiada’. Vão continuar recorrendo aos favores do governo para fazer agrados ao eleitor menos politizado e ficar alertas para evitar surpresas desagradáveis, pois, como dizia ontem uma liderança do interior, “quem engorda o gado é o olho do dono”. É uma pena que ainda se faça política desta forma.

Uniu o PT

E o ex-prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB), conseguiu uma façanha: unir todas as tendências do PT. Só que contra ele. Depois de ser duramente criticado pelo deputado João Daniel, o comunista foi fustigado ontem por Sílvio Santos, ex-presidente do PT sergipano. Os dois petistas dizem não entender por qual motivo Edvaldo quer ver o partido fora da chapa encabeçada pelo governador Jackson Barreto (PMDB).

Educação Física

Começa nesta quarta-feira a 3ª Semana Científica de Educação Física da Faculdade Estácio Fase. O destaque deste ano é a participação do renomado professor e escritor Reinaldo Soler, que vai coordenar a Oficina Jogos Corporativos. Também estão previstos Colóquios e Workshop de Nutrição Probiótica e treinamento em musculação. O evento será aberto às 19h no auditório da faculdade.  As inscrições ainda podem ser feitas no espaço ao lado do E3.

Boas falas

O governador Jackson Barreto (PMDB) deve anunciar nos próximos dias o reajuste salarial para os servidores estaduais. A dúvida do peemedebista é se concede 6,28% relativos ao IPCA acumulado dos últimos 12 meses, ou se dispara o gatilho previsto no recentemente aprovado Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV). Quanto aos reajustes relativos a 2012 e 1013, só quando Deus der bom tempo.

Alguém sabe?

A que conclusão teria chegado a Comissão de Trabalho Técnico para apontar medidas visando reduzir os gastos com custeio e as despesas com pessoal? Criada em setembro passado pelo governador Jackson Barreto, a tal comissão tem a função de apontar onde o governo pode cortar gorduras para viabilizar o reajuste salarial dos servidores. Será que a criação da própria comissão não foi uma despesa desnecessária?

Saúde na UTI

Em discurso feito ontem no Senado, o pré-candidato ao governo de Sergipe, Eduardo Amorim (PSC), fez duras críticas à saúde estadual. Acusou a administração estadual de ter aniquilado a saúde pública e submeter a população ao risco de morte eminente por falta de assistência adequada. Amorim disse não entender porque a situação se agravou tanto, já que de 2011 a 2013 Sergipe recebeu R$ 250 milhões para a saúde.

Contra vetos

E a oposição fez coro para criticar os vetos do governador Jackson Barreto às emendas ao projeto que autoriza o Executivo a contrair empréstimo de R$ 250 milhões para a saúde. “Não pode apresentar emendas para obras, mas na planilha do projeto existe verba para construção. É melhor dizer 'não mexam no meu projeto’. Emendar é função nossa”, protestou o deputado Venâncio Fonseca (PP). O choro é livre!

Birita congelada

Excelente notícia para os amigos biriteiros: o governo federal adiou por três meses a decisão de aumentar os impostos para o setor de bebidas frias – cervejas, refrigerantes, isotônicos e refrescos. A previsão é que o reajuste entrasse em vigor no dia 1º de junho. Pelo que ficou acertado, os donos das biroscas não podem aumentar o preço da cerveja até segunda ordem. Só falta congelar o valor da excelente cachaça mineira. Seria ótimo!

Escravidão

Cerca de 60% dos trabalhadores rurais atuam na informalidade e com salários menores que os formais. O número foi divulgado ontem pelo Dieese, com base em pesquisa do IBGE. Além da perda de garantias trabalhistas, os baixos salários são preocupantes. Segundo a pesquisa, 78,5% dos trabalhadores assalariados rurais informais têm rendimento médio mensal de até um salário mínimo, sendo que quase metade desse total (33,9%), recebe menos de um salário.

Grana preta

Acumulada, a Mega-Sena promete pagar hoje o prêmio de R$ 12 milhões para quem acertar as seis dezenas sorteadas. Caso haja apenas um ganhador e ele queira aplicar o prêmio na poupança, poderá se aposentar com uma renda de mais de R$ 65 mil por mês – o equivalente a mais de R$ 2,1 mil por dia. Ou, se preferir, poderá adquirir 20 imóveis no valor de R$ 600 mil cada, ou montar uma frota com 80 carros de luxo. É muita grana, seu menino!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Tribuna de Aracaju em 20 de julho de 1931

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais