PEC dos partidos e as eleições 2014

0

  “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

O senador Rodrigo Rollemberg, do PSB do Distrito Federal,impetrou ação, junto ao STF, visando a impedir o prosseguimento do  processo relativo a uma PEC – Proposta de Emenda Constitucional, que estabelece restrições à criação de novos partidos. Mais rápido do que imediatamente, o ministro Gilmar Mendes, em decisão de caráter monocrático, concedeu a liminar. Em contrapartida, os presidentes da Câmara e do Senado, respectivamente Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, ambos do PMDB, recorrem da decisão tomada por Gilmar Mendes.

O presidente do STF, Joaquim Barbosa, declara que restrições ao STF fragilizam a democracia brasileira. Ocorre que, de acordo com a Constituição da República Federativa do Brasil, a aprovação de PECs não passa, absolutamente, pelo crivo do Supremo Tribunal Federal. Aprovada, uma PEC é promulgada, em seguida, pelas duas mesas do Congresso Nacional, da Câmara e do Senado.

A oposição esbraveja e acusa o PT de autoritarismo ao apoiar as restrições aos novos partidos. Alegam os oposicionistas, em especial do PSDB e do DEM, que, quando houve a criação do PSD, há cerca de dois anos, tudo transcorreu normalmente. E agora, como interessa ao governo, pensando nas eleições de 2014, é uma boa impedir que novas agremiações sejam criadas. Interessante é que os partidos PPS e PMN aprovaram sua fusão e a conseqüente criação do MD – Mobilização Democrática – partido que deverá ter a adesão de inúmeros parlamentares, sendo que já conta com um bom número deles, no mesmo dia, como se,numa espécie de premonição, tivessem adivinhado o que iria acontecer em seguida.

Outro aspecto interessante desse episódio é que o senador que apelou para o STF é um destacado quadro do PSB, o partido de Eduardo Campos, que por sua vez postula sua candidatura à presidência.

Fica demonstrado, claramente, que seria muito mais lógico que a ação partisse do PSDB ou do DEM. Mas não. Coube a um representante dos socialistas na Câmara Alta esse papel. O fato é que estão todos diante de uma situação curiosa. Em vários aspectos. Só resta esperar  como ficará a decisão final sobre o assunto, vez que o embargo proposto por Renan e Eduardo Alves terá, obrigatoriamente, que ser analisado e votado pelo STF.

Uma coisa é certa: a participação direta de Rodrigo Rollemberg, filho do sergipano Armando Rollemberg, que chegou a ministro de tribunal superior, é um sinal claro de que a candidatura de Eduardo Campos não é jogo de cena.

Captação de recursos federais. SE é destaque na imprensa nacional
Tem gente que acha que o estado de Sergipe está devagar na captação de recursos do orçamento geral da União. Mas os dados não corroboram esta tese.Vejam por exemplo a nota da agência estado sobre a liberação de recursos para saneamento no Nordeste:

Liberação
O Ministério das Cidades aprovou a liberação de R$ 464 milhões para obras de água e esgoto em três capitais nordestinas: Fortaleza (CE), João Pessoa (PB) e Aracaju (SE). Segundo a portaria publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 26, as obras estão inseridas na segunda fase do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2).

Recursos
O valor total está dividido da seguinte forma, por Estado: R$ 226 milhões para as obras de abastecimento de água e esgoto de Fortaleza; R$ 88 milhões para obras de abastecimento de água de João Pessoa; e R$ 150 milhões para obras de esgoto de Aracaju.  A nota: http://www.estadao.com.br/noticias/geral,governo-libera-r-464-milhoes-para-capitais-nordestinas,1025824,0.htm

Outros recursos
Esses recursos são adicionais a outros 150 milhões divulgados em dezembro passado, para adutoras na região da seca, e captados pela DESO. Também foram divulgadas recentemente liberações de recursos de PGU captados para a reforma do Batistão, e na semana passada, para a reforma do Centro de Convenções, pelo Ministério do Turismo.

Fórum da juventude
O PSC Jovem lança hoje, em convenção estadual, um novo movimento de mobilização popular que pretende fazer consultas e promover fóruns de discussão com os mais diversos segmentos sociais do estado. O objetivo é elaborar o que os jovens chamam de um novo programa de desenvolvimento social e econômico do estado de Sergipe.

Fórum da juventude II
Para o presidente do PSC Jovem, o advogado José Anselmo Junior, o documento fará um rigoroso e denso diagnóstico da realidade sergipana e em seguida apresentará, sob a ótica dos jovens socialistas cristãos, uma série de propostas de políticas públicas para todas as áreas de atividade governamental.

Fórum da juventude III
Os principais lideres do PSC, senador Eduardo Amorim, deputado federal André Moura e a deputada Angélica Guimarães, presidente da Assembleia Legislativa, entre outros, estarão presentes ao fórum da juventude. O PSC Jovem garante que o seu programa de desenvolvimento será consistente, democrático e inovador. Até ontem 600 militantes já estavam inscritos e devem participar do grande evento.

Novo partido: Antonio Luiz é o presidente em Sergipe 
O Diário Oficial da União publicou, em sua edição do último dia 25 de abril, o Estatuto do novo partido surgido com a fusão do PMN e o PPS, chamado de Mobilização Democrática (MD). Chama a atenção no referido estatuto, com 75 artigos, uma pérola jurídica no tocante à administração partidária.

Indicado
Destaca-se no texto (Art. 49) que a composição das executivas estaduais serão designadas "ad nutum" pela executiva nacional. Traduzindo a expressão latina, em todo o Brasil, os presidentes estaduais do MD só sentarão na cadeira se autorizados pela nacional. Em Sergipe, o indicado foi o auditor Antonio Luiz, que teve seu nome também referendado como o único nome de Sergipe como membro titular do Diretório Nacional, cujo presidente é o deputado federal Roberto Freire.

Composição
Por outro lado, os entendimentos entre Antonio Luiz e o ex-presidente do PPS em Sergipe, Marcos Andrade, para a composição da executiva estadual do MD já estão avançados, inclusive com a participação de políticos com mandato.

Comunicação
Ao anunciara nova estrutura da comunicação da Prefeitura de Aracaju, lançando novidades, o prefeito João Alves (DEM), disse estar bastante satisfeito com toda mudança dentro desses 100 dias de governo e que a comunicação com a população deve ser sempre clara e eficiente.

Investimento
"Sempre pensei que o investimento na Comunicação não é gasto, desde que seja feito de forma comedida. Devemos dar satisfação ao povo do que está acontecendo em nossa gestão. Não podemos ficar trancados sem prestar contas com o povo. Essa é uma preocupação que tenho", disse o prefeito.

Divulgação
O secretário da Comunicação, Carlos Batalha, anunciou as novas ferramentas que serão utilizadas a partir de maio para a divulgação dos projetos da administração municipal. "A Comunicação entre a PMA e a população, de uma maneira geral, se tornou ampla. Antigamente tratávamos exclusivamente dos veículos de comunicação. Hoje, estamos sempre em busca de aperfeiçoamento. Fazemos parte de uma equipe capitaneada pelo prefeito João Alves, que é o homem público que mais valoriza a área da Comunicação", afirma Batalha.

Nova estrutura é apresentada
Entre as principais mudanças destacam-se a melhoria da estrutura física, que foi equipada de forma a melhor acomodar todas as instalações pertinentes à comunicação. Novos setores foram criados para melhor atender a demanda da Secom, como o Departamento de Mídia e Atendimento, e redistribuídos setores já existentes, a exemplo do Núcleo de Multimeios, que agora chama-se Núcleo de Mídias Sociais, e o Fala Aracaju que depois de anos abandonado foi reativado.

Mídias Sociais
Uma novidade na atual gestão está inteiramente ligada às mídias sociais. Por meio de uma página no Facebook e perfil no Twitter, todas as ações da PMA são divulgadas ao público em tempo real. Isso facilita o contato mais direto da população com a administração municipal. Outra informação anunciada foi a licitação de publicidade governamental, que está tramitando na Procuradoria Geral do Município, devendo ser liberada nos próximos dias para publicação em edital.

A Barrigada: aluguel da escola de Esportes
Infelizmente, em vários muros de prédios públicos, são colados cartazes  de todos os tipos, desde shows e eventos, até para aluguel e venda de imóveis. É o caso do muro da Escola de Esportes Professor Kardec, no Santa Maria, que fica bem localizada na avenida e em frente ao ponto de ônibus. E a comunidade vive colando cartazes de aluguel de casas. Mesmo com os servidores fazendo a remoção, os donos de imóveis insistem em colar cartazes no local.

A Barrigada: aluguel da escola de Esportes II
Na última sexta-feira, 26, a reportagem da Infonet cometeu uma barrigada ao fotografar um dos cartazes de aluga-se e não ter o discernimento  necessário para perceber que o “aluga-se” não era da Escola, mas de algum imóvel dos moradores da área.  O trabalho da Escola de Esportes professor Kardec é referência nacional. O titular deste espaço já comprovou pessoalmente.

Itaporanga: assentamento recebe energia elétrica
Os moradores do Assentamento Padre Jósimo Tavares, no município de Itaporanga D’Ajuda, estão comemorando a chegada de mais um benefício para a comunidade: a energia elétrica. Há mais de dois anos que a comunidade sofria com a falta de energia, como relata um dos moradores e líderes do Assentamento Padre Jósimo Tavares, o agricultor Luciano Ferreira da Silva.

Promessa
“Foi uma promessa que a prefeita Gracinha nos fez há pouco tempo atrás, quando eu estive aqui reivindicando junto aos assessores de Comunicação. Ela nos recebeu e garantiu que ia trabalhar junto aos órgãos competentes para colocar a energia em nossa comunidade. Todos nós da comunidade estamos gratos à prefeita pela atenção e o compromisso que ela teve com a nossa gente”, reconheceu Luciano.

De volta o Cabaré da 5ª. João Alves será o entrevistado
Na próxima quinta-feira, 02, está de volta o Cabaré da 5ª, um espaço de debate sobre política. O primeiro entrevistado da nova fase será o prefeito de Aracaju, João Alves Filho. Será no antigo bar Templo Gelado, próximo a Praça da Imprensa. Agora é o “Face Bar”.

Encontro Rede Nordeste de TVs Públicas em SE
Representantes de TVs públicas do nordeste reúnem-se em Sergipe, nesta sexta e sábado, 26 e 27 de abril, para o Encontro Rede Nordeste de TVs Públicas. O diretor-presidente da Fundação Aperipê, Luciano Correia, e o Secretário de Estado da Comunicação de Sergipe, Carlos Cauê, abriram o Encontro na manhã de hoje.

Consolidação
"Um passo importante na consolidação e fortalecimento da TV Pública brasileira. É a partir da formatação de um conteúdo nacional que vem sendo construído um espaço público na TV", afirmou Carlos Cauê.São discutidos no evento, perspectivas para uma programação unificada na transmissão das festas juninas, digitalização das TVs públicas, além da busca por novos modelos de cooperação e negócio associados à produção e distribuição de conteúdos audiovisuais.Participam do Encontro, emissoras de Alagoas, Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe.

Eleições na ABI
o pleito da Associação Brasileira de Imprensa – ABI – realizado ontem, confirmou a vitória da chapa prudente de Morais Neto, encabeçada pelo jornalista Maurício Azedo e tendo como vice Vilasboas Correia. O presidente eleito afirmou que continuará lutando pelas legítimas causas da categoria jornalística, e sempre ao lado daqueles que defendem a democracia, os direitos humanos e das minorias, com ênfase especial na defesa da liberdade de imprensa, de expressão do estado de direito. movimento que tentou, junto à justiça, impedir a realização da eleição no dia de ontem foi negado pelo poder judiciário, por não ter sido constatada qualquer ilegalidade. O sergipano Ancelmo Góis integra o conselho consultivo da Associação Brasileira de Imprensa.

CTB/SE promove ato em praça pública no 1º de Maio
Manter a luta pela valorização do trabalho e comemorar os avanços e direitos conquistados com o esforço de cada trabalhador sergipano. É dessa forma que a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB/SE) pretende comemorar o 1º de Maio. A data será lembrada com um grande ato público, na Praça do Conjunto Sol Nascente, Bairro Jabutiana, na próxima quarta-feira.

Música e shows
A manifestação começará às 8 horas com muita música e shows de artistas sergipanos. Durante o ato, a CTB/SE fará o sorteio de dezenas de brindes entre os trabalhadores. A expectativa é de que a festa promovida pela entidade termine às 13 horas.Para Edival Góes, presidente da CTB/SE, esse é o momento de os trabalhadores unirem forças para continuar avançando na campanha pela valorização do trabalho e na defesa da Consolidação das Leis Trabalhistas – CLT – que completa 70 anos.

Bandeiras de luta
Durante as comemorações do Dia do Trabalhador, a CTB/SE defenderá ainda outras bandeiras de luta, a exemplo da jornada de 40 horas semanais sem redução de salários, fim do fator previdenciário e reforma agrária.A CTB/SE luta ainda para a destinação de 10% do PIB para Educação, 10% do Orçamento para Saúde, ampliação do investimento público, igualdade de oportunidade entre homens e mulheres, e política de valorização dos aposentados.

Estacionamentos shoppings
O Poder Judiciário de Sergipe reconheceu, na última sexta-feira, dia 26, o direito dos shoppings de cobrarem pelo serviço de estacionamento também dos consumidores que apresentarem nota fiscal de consumo. Apesar da decisão judicial para a cobrança ser feita a partir do dia, 26, as administrações dos centros comerciais Shoppings Jardins e Riomar optaram por cobrar apenas a partir da segunda-feira, dia 29, permitindo, assim, que o consumidor tenha acesso à informação e tempo para se adaptar à decisão judicial.

Lei de Acesso à Informação no Dia do Contabilista
Estudantes e profissionais da área Contábil estiveram reunidos na noite da última quinta-feira, 25, no Centro de Convenções de Sergipe (CCS), em evento comemorativo ao Dia Nacional do Contabilista. Promovido pela Fanese, o evento contou com a participação do secretário-chefe da Controladoria-Geral do Estado (CGE/SE), Adinelson Alves, que, representando o Governo de Sergipe, debateu sobre a Lei de Acesso à Informação como instrumento do exercício da cidadania.

Direito constitucional
Adinelson explicou que a Lei nº 12.527/2011 de Acesso à Informação Pública (LAIP) – em vigor desde o dia 16 de maio de 2012 – estabelece que todos os cidadãos têm o direito constitucional de receber dos órgãos públicos informações de seu interesse, construindo um novo tempo de transparência em todas as esferas de governo do país.

Decisão
Segundo o secretário, o dia 25 de abril, em consonância com a LAIP, representa um momento em que mais de 485 mil profissionais da Contabilidade, em todo o Brasil, festejam a profissão de contabilizar os atos e fatos de gestão das empresas e organizações governamentais, produzindo informações que subsidiam o processo de tomada de decisão.

Qualidade
“A qualidade das informações produzidas pela Contabilidade em Sergipe tem permitido importantes decisões empresariais que vêm ajudando na conquista de investimentos para a geração de emprego e renda à população do nosso Estado. A CGE parabeniza a todos os contadores, que, com o seu trabalho, contribuem para tornar o Brasil mais desenvolvido e justo com a erradicação da miséria absoluta em nosso país”, observa o secretário da CGE/SE, Adinelson Alves.

Futebol
CAMPEONATO SERGIPANO – Jogos deste fim-de-semana: Hoje, às 20 horas, no Fernando França, em Carmópolis, jogarão River Plate e Confiança. Amanhã, domingo, com todas as partidas sendo iniciadas às 16 horas, teremos: Itabaiana X Sergipe – Lagarto X Boca Júnior – Estanciano X Socorrense e América X Olímpico. PRIMEIRO DE MAIO – Na próxima quarta-feira, dia do trabalhador, o Confiança vai completar 77 anos de vida. A data será festejada com uma programação organizada pela diretoria do Dragão do Bairro Industrial, que culminará com o clássico Sergipe X Confiança. Governo do Estado patrocina a festa. Cada clube receberá uma cota de 40 mil reais. Os ingressos serão trocados por alimentos não perecíveis. /// CASO BERNARDO – O atleta do Vasco da Gama vai depor somente na próxima semana. O meia foi espancado por causa de suposto caso com mulher de um traficante. APOSENTADORIA – O técnico DEL BOSQUE, 62 anos, campeão do mundo pela Espanha, em 2010, anunciou que vai se aposentar após a Copa de 2014, a ser realizada no Brasil. /// BARRADO NO BAILE – O ex-craque Zico não foi convidado para a festa de reabertura do Maracanã. /// PATROCÍNIO MASTER – O Santos fechou contrato com a PHILCO, até o final do campeonato paulista. PENTACAMPEÃO – O Confiança sagrou-se pentacampeão sergipano da categoria sub-18. Vai, mais uma vez, representar o nosso Estado na Copa São Paulo de Futebol Júnior, a maior competição da categoria no Brasil. CBF PROTESTA, MAS DEPOIS RECUA – A CBF emitiu nota criticando o Ministério dos Esportes por sua intenção de adequar o calendário do futebol brasileiro ao modelo europeu. Mas depois recuou. Percebe-se claramente um antagonismo entre a CBF e o governo, às vésperas do início da Copa das Confederações. /// Comando da seleção brasileira está sendo muito criticado pela péssima apresentação do time de brasileiros diante do Chile, na última quarta-feira.

Curtas
PETROBRAS TEM LUCO DE 7,7 BILHÕES DE REAIS, REGISTRANDO QUEDA DE 17 POR CENTO EM UM ANO. /// MINISTÉRIO PÚBLICO DECIDE NÃO RECORRER NO PROCESSO DO MENSALÃO. /// APÓS CRISE, PRESIDENTE DA CÂMARA DEFENDE ENTENDIMENTO COM O STF. /// MERCADANTE DESISTE DE CONCORRER AO GOVERNO DE SÃO PAULO EM 2014. /// RENAN CALHEIROS E HENRIQUE ALVES TERÃO ENCONTRO COM GILMAR MENDES NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA. /// JOÃO ALVES AFIRMA QUE CUMPRIRÁ DECISÃO DA JUSTIÇA. /// MAS NO CASO DO REAJUSTE DOS SERVIDORES VAI RECEBER LIDERANÇAS E ANTECIPA QUE NÃO PODE CONCEDER MAIS DO QUE 5 POR CENTO.

Memória – Aconteceu há 60 anos – (1953)
No Brasil – Março – Jânio é eleito prefeito de São Paulo. Junho – Getúlio faz uma reforma ministerial: João Vicente Belchior Goulart é nomeado ministro do Trabalho, Osvaldo Aranha, da Fazenda e Tancredo Neves, da Justiça. Julho – É criado o Ministério da Saúde Pública. Outubro – É promulgada a lei que cria a PETROBRÁS. Fica estabelecido o monopólio estatal do petróleo. Essa política provoca a reação dos conservadores, liderados pela UDN – União Democrática Nacional. Outros fatos importantes ocorridos em 1953 foram: uma greve geral por reajuste de salários mobiliza 300 mil trabalhadores em São Paulo e dura 24 dias, terminando com acordos em separado de várias categorias. Outra greve paralisa 100 mil trabalhadores do setor marítimo no Rio de Janeiro. EM Sergipe – O governo Arnaldo Garcez alcançava seu penúltimo ano. A oposição (UDN) preparava-se para o grande embate do ano seguinte (1954)- a nova eleição para governador. No dia 7 de setembro, era inaugurada a Rádio Liberdade de Sergipe, ZYM-20, operando em ondas médias, na frequência de 930 quilociclos. O seu proprietário era o industrial e comerciante Albino Silva da Fonseca. Udenista e leandrista, Albino Silva contribuiu decisivamente no que toca ao apoio à candidatura do engenheiro Leandro Maciel, em 1954. Sergipe passava a contar com duas emissoras de rádio: a Aperipê, emissora oficial do Estado, e a Liberdade. SILVA LIMA, radialista baiano, foi a figura central da programação da Liberdade, vindo em seguida Santos Mendonça e Santos Santana. Havia três jornais em Aracaju: Correio de Aracaju, Diário de Sergipe e A Cruzada, este último ligado à diocese de Aracaju. O bispo era D. Fernando Gomes. No próximo mês de setembro a Rádio Liberdade AM completará 60 anos de existência.

PELO TWITTER

www.twitter.com/clovis_silveira   A vida só muda, se a mudança estiver dentro de você!

www.twitter.com/marcos_rm   Jornalista virou selo de autenticidade?

www.twitter.com/leleteles   MUDO porque não sou SURDO!

www.twitter.com/JoseRollemberg  Conta protegida  Muita gente critica propostas de emenda constitucional sem sequer passar os olhos nelas. É assim que a ciência jurídica é feita no Brasil.

www.twitter.com/valter_jornal   "O texto de Joel Silveira é maciamente perfurante, como uma punhalada que só dói quando esfria" (Manuel Bandeira)

www.twitter.com/_zalberto   A generalização é o caminho para a injustiça.

DO LEITOR

Denúncia. Crime ambiental em dunas da Zona de Expansão
E-mail enviado por moradores da região: “Um crime ambiental conforme fotos em anexo está sendo cometido por

grileiros na avenida João José De Santana zona de expansão robalo. Estão de forma inescrupulosa aterrando e construindo dentro das lagoas de estabilização, Várias denúncias já foram feitas ano passado a Emurb e nenhuma providencia foi tomada até agora, com a chegada das chuvas como ficaremos nós moradores? Espero e aguardo já que sou morador da região uma providencia urgente por parte das autoridades Emurb, secretárias de meio ambiente, dentre outras e só esse conceituado jornalista para chamar o feito a ordem denunciando fatos tão graves. Aproveitando para cobrar também da Emurb melhorias para avenida que está intransitável”

ARTIGO

O propósito do SUS      por Drª Leila Lessa*

Parafraseando o filósofo Jean Jacques Rousseau, eu digo que: o SUS é bom, a gestão é que o corrompe. O SUS, criado em 1988 e aprovado pela Constituição Federal como sendo a solução para a problemática da atenção à saúde universal, está sendo agredido. Os serviços de saúde oferecidos pelo sistema estão, de forma acelerada, tendendo ao caos.

A saúde é direito de todos e dever do Estado, como prega a Constituição Federal. Sem saúde não há disposição, não há trabalho, não há produção. Sem saúde, o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de um país entra em declínio e seu ‘status’ cai na escala mundial. É conhecido que a cada dia o exorbitante número de pessoas doentes dá início à falta de controle sobre os atendimentos hospitalar e ambulatorial, sobre a distribuição de medicamentos, reduzindo a qualidade do serviço, que entra em falência.

Vamos, agora, falar sobre o marco na saúde pública brasileira, que foi a criação do grande SUS: o sistema que clama por resgate.

Considero o SUS um dos maiores orgulhos do povo brasileiro. Pelo menos é como deveria ser tratado. O SUS foi criado para satisfazer a população, para atender a sociedade em todas as etapas, desde a preventiva até a reabilitação, quando o processo de doença já tem se instalado. O sistema foi instaurado com o objetivo de ser o apoio do povo que necessita de atendimento público em saúde com qualidade, ou seja, com eficiência. Sem filas, com respeito e cuidado. O SUS é de todos e para todos. E assim, com princípios norteadores, o SUS foi criado e vem, de forma desorganizada, sendo “oferecido” ao povo.

Vamos, agora, desenvolver o que foi dito no segundo parágrafo. Quando falo em crescente número de pacientes, não ignoro o fato da instalação da doença. E sim, quero relevar a importância de se prevenir. Prevenir custa pouco e não engorda a indústria farmacêutica. Prevenir, como diz o ditado antigo, porém muito sábio: é melhor que remediar. A sociedade quer ênfase nas campanhas que educam, que ensinam a cuidar da saúde como algo precioso que, se perdido, pode demorar a ser recuperado. É necessário mobilizar a população, investir com vontade, ir às ruas e ensinar o povo a se cuidar. Enquanto isto não é feito, a dengue mata, a AIDS torna-se avassaladora e tantas outras se instalam e encharcam os setores de saúde.

Apesar de considerar a atenção primária à saúde o principal meio para se chegar ao SUS projetado, não há como fugir repentinamente da realidade: quando se fala em saúde pública brasileira, várias imagens surgem em nossa mente, como a do telejornal noticiando as quilométricas filas nas UBS´s (Unidades Básicas de Saúde), o desgaste das famílias que lutam e sofrem com a falta de leito nas enfermarias, a da indústria farmacêutica que inova em pesquisas e formulação de novos medicamentos contra doenças letais, lembramos também dos corredores dos hospitais repletos de pacientes que agonizam sem atendimento, geralmente no chão, sem dignidade. Além disso, a longa espera dos pacientes que aguardam a autorização de exames complementares para fins diagnósticos é uma das maiores reclamações existentes. As imagens são angustiantes e, muitas vezes chocam, mas traduzem o atual cenário da saúde pública no Brasil. E assim o SUS vai se transformando no mais temido dos sistemas. Para o paciente, é humilhante pagar pelo sistema (que de público nada tem) e sofrer a humilhação de um atendimento desqualificado, sem humanização. E por citar a palavra, digo que é humanamente impossível tratar o paciente com dignidade quando não se tem o mínimo recurso material para isto, por maior intenção que se tenha em agir com ética e respeito ao que procura auxílio.

Quando se fala em reabilitação física, convivemos com os transtornos sociais que envolvem as pessoas que, por qualquer motivo, tiveram sua locomoção ou qualquer tipo de movimento limitado.  No âmbito trabalhista, nota-se o transtorno do empregador que tem seus funcionários afastados do trabalho, pois não suportam realizar sua atividade sem os típicos “picos de dor” que as lesões por esforço repetitivo provocam. As histórias formam praticamente um ciclo que só tende a aumentar. As longas filas parecem não ter fim e a angústia do povo na espera por atendimento também. Voltamos, então, ao ciclo. Então lembramos da prevenção, citada no início do texto.

Convém lembrar que do SUS nasceram políticas de saúde, como a Política Nacional de Saúde da Pessoa Portadora de Deficiência e a Política Nacional de Atenção à Saúde dos Povos Indígenas.  Mas, é impressionante como até hoje ainda se foge da acessibilidade e o acesso do povo indígena aos serviços de saúde ainda é extremamente precário. E o que falar da aprovação do ‘Pacto Pela Vida’? O que falar da proposta de humanizar? Infelizmente o que se vê é o avesso, em todos os setores: morte programada nas UTI´S, onde a humanização se desfaz e o ‘tanto faz’ é levado ao paciente terminal. O pacto, agora, é de morte.

E a culpa? A culpa sempre acaba sobre o SUS. Mas, por que o SUS? A população deve entender que o sistema, no papel, é brilhante. O projeto SUS é humano, atende a todos de forma igualitária, em tempo hábil, prevenindo a morte e promovendo cada vez mais a vida. O problema, na minha visão, se concentra nas falhas orçamentárias, na difusão de pessoas sem responsabilidade ou experiência suficiente para lidar com o assunto. Aos gestores, cabe o dever de se inclinar sobre a saúde com mais força e entender que a saúde ainda move as pessoas. É preciso entender que o processo de doença, seja ela qual for, degrada de forma espantosa a imagem de uma sociedade.

É lamentável, mas a saúde, de uma forma geral, anda a passos lentos e tem se tornado cada vez mais uma das principais preocupações dos gestores em todos os governos, em todas as esferas. Não se realiza campanha pré-eleitoral sem falar em saúde. Como citado, não se vive sem saúde. Certamente pela complexidade que envolve a vida, talvez pela ignorância em não saber estabelecer prioridades na questão ou não abrir os olhos para o campo primário, ainda não se chegou ao patamar estabelecido pelas leis orgânicas que norteiam o grande SUS. Aguardemos, então, de forma esperançosa, o dia em que haverá universalidade, equidade e integralidade da atenção à saúde. E que as gestões se energizem a favor.

* fisioterapeuta generalista formada pela Universidade Estácio (Faculdade de Alagoas – FAL), pós-graduada em Docência do Ensino Superior pela Universidade Paulista (UNIP/São Paulo), especializando em Acupuntura – Medicina Tradicional Chinesa, e colunista/colaboradora do Caju News.Email: leilalessa@gmail.com

 
Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun   

Frases do Dia
“Ainda existem muitos Barretos. O preconceito é uma coisa velada, escondida, não acabou”. Stênio Garcia – Ator, comentando seu personagem rico e preconceituoso na novela Duas caras, da Rede Globo. Stênio, completa neste domingo, 27, 80 anos.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários