Pedrinho desmascara Gama

0

Pedrinho desmascara Gama

 

O deputado federal e candidato a vice-prefeito de Aracaju, Pedrinho Valadares (DEM), deu um show de fidalguia ao conceder entrevista à rádio FM Ilha para contestar acusações que lhes foram feitas pelo secretário estadual de turismo, João Augusto Gama. Apesar da elegância, Pedrinho prometeu processar seu detrator, que afirmou na mesma emissora que ele não era advogado por ter reprovado duas vezes no exame da OAB. De posse da carteira da Ordem, o deputado disse fazer questão de assinar a ação contra Gama. Talvez se estivesse preocupado em desenvolver uma consistente política de turismo para Sergipe, o secretário teria escapado desse constrangimento.

 

Aracaju sem greve

 

Quem pretende viajar de avião nesta quarta-feira (30) deve estar preparado para possíveis transtornos em alguns aeroportos brasileiros. É que os aeroviários cruzaram os braços em vários estados. A greve não atingiu o aeroporto de Aracaju. Os aeroviários reivindicam, entre outras propostas, um aumento salarial, reajuste do vale alimentação e do bônus de Natal e a implementação de um plano de carreira. Ainda hoje serão realizadas assembléias para discutir a contra-proposta feita ontem pela Infraero, o que pode acabar o movimento paredista.

 

Aeroportos atingidos

 

 O Sindicato dos aeroviários informa que estão parados parte dos funcionários dos seguintes aeroportos: Viracopos (Campinas, SP), Campo de Marte (São Paulo), Campo Grande (MS), Campos (RJ), Congonhas (São Paulo), Cumbica (Guarulhos, SP), Corumbá (MS), Fortaleza (CE), Imperatriz (MA), Jacarepaguá (RJ), Londrina (PR), Porto Alegre (RS), São José dos Campos (SP), Galeão (RJ), Santos Dumont (RJ) e Vitória (ES).

 

Juros nas alturas

 

Os juros cobrados pelos bancos subiram nas principais modalidades de crédito para a pessoa física, num reflexo de alta da taxa Selic pelo Banco Central. Em junho, o custo médio pago pelas famílias para tomar dinheiro emprestado atingiu 49,1% ao ano, o maior nível desde março de 2007. A alta tem afastado clientes dos bancos e o ritmo de crescimento dos empréstimos vem caindo. O fato interessante é que mesmo com os juros altos, o consumidor não deixou de comprar, sobretudo em empresas de maior porte, que conseguem negociar taxas de financiamento mais acessíveis.

 

Denúncia séria

 

O Ministério Público Federal em Sergipe está apurando a situação de defensores públicos estaduais que estariam exercendo a função sem serem concursados. A investigação tem como base informações chegadas à Procuradoria da República dando conta que cerca de 25 defensores públicos, admitidos após fevereiro de 1987, nunca prestaram concurso público. O procurador da República, Bruno Calabrich, já encaminhou ofício ao defensor-geral Elber Batalha para que este esclareça o assunto.

 

Telefone útil

 

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe implantou um serviço de atendimento ao público que pode ser acessado pelo telefone (79) 3259-3551. O objetivo é esclarecer dúvidas relacionadas às matérias eleitorais. Através dele, o cidadão poderá se informar sobre calendário eleitoral, dados dos eleitores referentes às seções, locais e endereços de votação e a situação do título eleitoral. O sistema também oferece dados sobre justificativa de voto, eleitores no exterior e documentos que podem substituir o título para votar.

 

Carrocinhas proibidas

 

O Ministério Público Eleitoral identificou uma irregularidade nas carrocinhas com propaganda do candidato a vereador por Aracaju Bertulino Menezes. Segundo o entendimento do promotor eleitoral Marcílio de Siqueira Pinto, elas afrontam a legislação, que proíbe a propaganda fixa. Ao tomar conhecimento que seria acionado judicialmente, Bertulino se comprometeu a recolher as ditas carrocinhas que haviam sido colocadas em vários pontos da capital.

 

Mudança na Caixa

 

Está marcada para as 10 horas de amanhã (31) a posse do novo superintendente da Caixa Econômica Federal em Sergipe, Luciano Pimentel. Ele vai substituir Gilberto Occhi, que foi transferido para Alagoas. A solenidade vai acontecer na sede da Caixa em Aracaju, localizada no calçadão da rua João Pessoa. Ontem (29), Occhi e Pimental foram recebidos em audiência pelo governador Marcelo Déda (PT).

 

Prazo final

 

Os partidos políticos têm até hoje (30) para questionar os nomes das pessoas indicadas para compor as juntas eleitorais. A contestação deve ser fundamentada e dirigida ao Tribunal Regional Eleitoral. As juntas eleitorais são formadas por um juiz de direito – que é o presidente, e de dois a quatro cidadãos de notória idoneidade. Compete às juntas eleitorais apurar, no prazo de 10 dias, as eleições das zonas eleitorais sob sua jurisdição. É ainda de responsabilidade das juntas eleitorais resolver impugnações e demais incidentes, se houverem, durante os trabalhos da apuração de votos. 

 

Vitória do consumidor

 

Será assinado amanhã (31) o decreto presidencial tornando mais rígidas as normas de atendimento ao cliente por empresas privadas (call center). Elas terão 120 dias para se adaptar às regras, que valerão para aviação, água, energia, planos de saúde, telecomunicações, transporte terrestres e sistema financeiro. As empresas não poderão mais obrigar o cliente a repetir tudo para um segundo atendente. O governo quer ainda, em portarias, fixar em dois minutos o tempo máximo da ligação até o atendimento. Segundo os call centers, o custo das novas regras pode ser repassado ao consumidor.

 

O que muda

 

Pelo decreto, as principais mudanças são: atendimento 24 horas por dia para serviços ininterruptos, como TV a cabo e telefonia; empresas têm de oferecer um telefone só, gratuito, para informações e reclamações; contato com o atendente e opção de cancelamento são obrigatórios no menu de atendimento; cancelamento de um serviço tão logo ele tenha sido solicitado pelo cliente. Fique de olho!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais