Pega pra capar

0

Os deputados estaduais Samuel Carvalho (PPS) e Francisco Gualberto (PT) armaram o maior pega pra capar na Assembleia. O motivo do bafafá foi a possível compra de um castra-móveis pelo governo para controlar a população de cães e gatos. Gualberto ficou uma fera ao ouvir o pepista compará-lo a um bichano e que, por isso, merecia ser castrado. “Vou apresentar uma emenda ao projeto do castro-móvel para que, além de cães e gatos, os moleques também sejam castrados. Então, vossa excelência se cuide”, ameaçou o petista. É bom Samuel Carvalho se precaver, pois por muito menos Chiquinho Gualberto se armou de um facão e correu atrás do sindicalista Nivaldo do Sepuma. Com todo respeito, o nível dos debates na Assembleia já foi bem melhor. Danôsse!

Abram o olho!

Um alerta aos congressistas favoráveis a malfadada reforma da Previdência deste governo militar: dos 23 deputados federais que votaram, em 2017, a favor de projeto idêntico na Comissão Especial, só quatro foram reeleitos. Dos 14 que ficaram contra, 10 se reelegeram. É bom a população ficar de olho nos deputados e senadores simpáticos a este projeto lesa-pátria para aposentá-los nas urnas. Marrapaz!

Além de preso, cassado

Preso desde fevereiro sob a acusação de improbidade administrativa, Valmir Monteiro (PSC) não é mais prefeito de Lagarto. O político foi cassado graças a outro processo contra ele, transitado e julgado no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além de ter perdido o mandato, Valmir se tornou inelegível pelos próximos cinco anos. Diante desta decisão do STJ já comunicada à Comarca de Lagarto, a vice Hilda Ribeiro (SD) assume a Prefeitura em definitivo. Misericórdia!

Desigualdade

O percentual de crianças negras de 7 a 14 anos que estão mais de dois anos atrasadas na escola é o dobro do registrado entre as brancas. Enquanto 16,7% dos alunos negros estão nessa situação, entre os brancos o índice é apenas 8%. Os dados do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade reforçam a tese de que as desigualdades entre negros e brancos se repetem no ambiente escolar. Coisas do Brasil!

Turismo falido

Decididamente, Sergipe não possui qualquer política para atrair turistas. O último golpe foi a suspensão dos voos diretos Aracaju-Salvador-Aracaju, que eram feitos pela falida Avianca. Se o estado tivesse uma robusta política de turismo, outras empresas disputariam estes voos cancelados. Como não faz nada neste sentido, o governo está oferecendo subsídios, a serem custeados pelo contribuinte, para a Gol assumir os voos da Avianca. A que ponto chegamos!

Fábrica à venda

Três empresas avaliam a hipótese de comprar a fábrica de laticínios Sabe, fechada em fevereiro passado por conta da crise econômica. Segundo Albano Franco, um dos donos da indústria, as interessadas atuam no mesmo ramo da Sabe. Comenta-se que a Vigor está entre as pretendentes. Com futuros incertos, os 300 empregados da Sabe estão em casa torcendo pela reabertura da indústria, localizada em Muribeca. Aff Maria!

Cultura quer ajuda

Conceição Vieira (PT), presidente da Fundação de Cultura e Arte Aperipê de Sergipe, esteve com o deputado federal Laércio Oliveira (PP). Foi tratar sobre projetos culturais e propor que o pepista apresente uma emenda parlamentar em favor da Fundação. Laércio prometeu se engajar na luta por recursos federais visando deslanchar projetos culturais. Então, tá!

Sem repúdio

Por maioria de votos, a Câmara de Aracaju reprovou uma moção de repúdio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL). De autoria do vereador Isac Silveira (PCdoB), a proposta condenava o capitão de pijama por ele ter autorizado a extinção do Ministério do Trabalho, “pondo em risco a geração de emprego”, justifica Isac. Dos 24 vereadores, apenas oito votaram favoráveis ao repúdio. Crendeuspai!

Novos peixinhos

De olhos nas eleições de 2020, o PSC promove, nesta sexta, um evento para filiar novos “peixinhos”. Marcada para o plenário da Assembleia, a solenidade será comandada pelo presidente do PSC em Sergipe, ex-deputado federal André Moura. Entre os novos filiados estão quase todos os políticos que deixaram o PPS contrariados com a mudança de direção do partido em Sergipe.

Mudem o ministro

E o senador Rogério Carvalho (PT) condenou o ministro da Educação, Ricardo Vélez, que prometeu mudar os registros sobre a ditadura nos livros didáticos. “Em vez de mudar os livros, a gente deve é trocar o ministro. O que este cidadão faz, de fato, não é pedagógico”, reagiu o petista. Para Rogério, essa é mais uma amostra da total incompetência do ministro para cuidar de uma área tão estratégica quanto a educação. Homem, vôte!

Frutas e legumes

De um bebinho, numa bodega de esquina na feira de Carira: De tanto chupar laranjas, o ministro do turismo está descascando abacaxi. Que quiabos!

Recorte de jornal

Publicado no jornal Diário de Aracaju, em 29 de outubro de 1923

Resumo dos jornais

Comentários