Pesquisa é um tiro no escuro

0

Não acreditem nas pesquisas sobre as eleições de 2022. Embora feitos, na maioria, por institutos sérios, estes estudos não conseguem retratar a distante realidade do próximo ano. Tanto isso é verdade que mesmo os políticos bem colocados nas avaliações feitas agora falam pouco ou nada sobre os percentuais de aprovação. Ademais, diante desta mortal pandemia, é impossível fazer previsões políticas com tanta antecedência. Quem garante que estaremos vivos em 2022? E mesmo que estejamos – oremos que sim – qual será o quadro político no ano das eleições gerais? A pandemia terá arrefecido? Como se percebe, acreditar nas pesquisas de opinião pública divulgadas agora, muitas vezes feitas ao gosto de quem as paga, é tão irracional quanto confiar em profecias de falsa cartomante. Depois não diga que a cigana lhe enganou. Marminino!

A voz da experiência

O ex-governador Albano Franco (PSDB) continua sendo ouvido sobre política e economia. Outro dia, o tucano participou de um almoço com cardápio recheado com as eleições de 2022 e a economia de Sergipe após a pandemia. Os convivas também discutiram sobre turismo, particularmente a importância do Cânion de Xingó, em Canindé do São Francisco. Entre outros, dividiram a mesa com o experiente Albano Franco o ex-deputado federal Jony Marcos (Republicanos), o jornalista Luiz Eduardo Costa e o empresário Manoel Foguete. Ah, bom!

PM de luto

Vítima de coronavírus, morreu ontem, o coronel Carlos Augusto, da Polícia Militar de Sergipe. Ele estava internado há mais de um mês num hospital de Aracaju. Com 54 anos de idade e natural de Frei Paulo, o oficial da reserva era pastor evangélico. Nas últimas eleições ele tentou, sem sucesso, se eleger vereador em Aracaju. Em 2007, Carlos Augusto chefiou o Gabinete Militar do governo Marcelo Déda (PT). Descanse em paz!

Livro novo na praça

Em solenidade virtual, foi lançado, ontem, o livro ‘Luiz Garcia: Um governante inovador’. Publicada pela Editora Diário Oficial de Sergipe (Edise) a obra tem prefácio assinado pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), que destaca a gestão do líder político sergipano como modernizadora. Luiz Garcia governou o estado entre 1959 e 1962. Advogado, jornalista, promotor público e professor acadêmico, o ex-governador também foi deputado estadual e federal. Vale a pena ler este livro!

Saudades do Senado

E quem anda com saudades do Senado é o tucano Eduardo Amorim. Entrevistado pela Rádio Cultura, o distinto anunciou o desejo de disputar a cadeira ocupada hoje pela senadora Maria do Carmo Alves (DEM). Tendo passado pelo Senado entre 2011 e 2019, Amorim jura que a sua pré-candidatura é uma exigência do PSDB: “O partido tem cobrado muito e eu aceitei o desafio”, explica. Então, tá!

Quem não chora…

Bastou o ex-deputado estadual Reinaldo Moura cobrar a recuperação do Estádio João Hora, para a Prefeitura de Aracaju tocar a obra de restauração do gramado. Conselheiro do Clube Sportivo Sergipe, Moura disse que o time “Mais Querido” não merecia o tratamento dispensado pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PDT), pois foi muito bom ao permitir que seu estádio fosse transformando num hospital de campanha. Após a queixa, a Prefeitura entrou em campo e promete deixar o estádio pronto em 60 dias. Quem não chora, não mama!

Indireta política

O presidente do Avante em Sergipe, Clóvis Silveira, usou o twitter para reclamar de algum aliado político: “Não entendo como pessoa que sonha com uma carreira na vida pública promissora não conversa e não dá a mínima atenção às lideranças, só as procurando na hora que precisa e, mesmo assim, quando consegue o objetivo não cumpre nada do que foi combinado. Só Deus na causa!”, desabafou. Procurado pela coluna para saber a quem destinava a indireta, Clóvis não citou nomes, porém disse que em Sergipe muitos políticos merecem vestir esta carapuça. Home vôte!

Meio ambiente

O vereador aracajuano Breno Garibalde (DEM) está organizando a “Semana do Meio Ambiente: bora pensar verde?”, agendada para acontecer de 31 deste mês a 5 de junho. Estão previstos debates e palestras no formato de lives, oficinas, plantio de árvores, competições e apresentação teatral, além de sorteios de prêmios. Segundo Breno, “enquanto não mudarmos nossos hábitos de consumo e tivermos mais consciência ambiental, continuaremos caminhando para um amanhã muito complicado”. Misericórdia!

Eleitor de carteirinha

O ex-deputado federal Mendonça Prado (PDT) está entre os eleitores mais fiéis do capitão de pijama encastelado no Palácio do Planalto. Segundo o pedetista sergipano, “apesar de ser alvo de uma oposição forte e de veículos de comunicação de alcance nacional, Jair Bolsonaro se mantém inabalável e caminha para a reeleição com grande chance de vitória”. E Mendoncinha concluiu: “Se está assim no momento mais difícil da pandemia, imagine posteriormente!”. Danôsse!

Futuro imortal

O médico José Aderval Aragão é o único candidato à vaga aberta na Academia Sergipana de Letras com a morte recente do professor Clodoaldo Alencar Filho. Cirurgião vascular, o futuro imortal presidiu por dois mandatos a Sociedade Médica de Sergipe. Em 2019, Aderval Aragão lançou o livro ‘Anatomistas do Brasil’, com a história de todos estes profissionais de saúde. A Academia Sergipana de Letras ainda não marcou a data para a eleição do seu novo acadêmico. Aguardemos, portanto!

Recorte de jornal

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais