PM, imagem e fatos estarrecedores

0

 

O blog está disposto – por sugestão de alguns leitores – abrir um debate sobre a Policia Militar de Sergipe. Muitos entendem que como instituição a PM está devendo a população sergipana. Apesar de terem conseguido um excelente aumento salarial (um dos melhores do Brasil), não se vê, por parte da maioria dos seus integrantes, um esforço concentrado no sentido de diminuir a violência no Estado, salvo as raras exceções.

Há muito tempo os cidadãos vêm reclamando da ausência de policiais nas ruas das cidades sergipanas, isso acaba aumentando a sensação de insegurança na sociedade. Foram realizados pesados investimentos na Polícia por parte do Governo do Estado, como compra de armamentos, veículos novos, inclusive helicóptero, munição, instalação de câmeras de precisão, criação do CIOSP, além é claro, da tão comentada recuperação salarial, mas mesmo assim os resultados ainda são aquém do esperado, fato este que tem contribuído para sua péssima imagem perante a sociedade sergipana.

Não bastasse isso, recentes episódios envolvendo militares têm contribuído para deteriorar a imagem da Polícia Militar de Sergipe junto aos sergipanos. Só na última semana, três episódios estarrecerem a população sergipana. Apenas alguns:

1) Um policial militar foi preso em flagrante no município de São Cristóvão, por estuprar uma senhora, mãe de uma jovem que também havia estuprado antes;

2) Um aspirante do Corpo de Bombeiros Militar de Sergipe foi preso  após realizar um programa com duas meninas de 13 anos na Orla de Atalaia, fato este que configurou o crime de estupro de vulneráveis;

3) Um policial militar foi assassinado por outro policial na orlinha da praia de Atalaia após iniciarem uma discussão por motivo banal.

O governo estadual deveria realizar, após as eleições, uma pesquisa ampla com a comunidade sergipana sobre o papel da PM e a imagem da instituição junto a sociedade. É preciso criar um novo modelo para a PM de Sergipe e só depois realizar um novo concurso público.

Polícia já investiga 196 inquéritos contra militares

Ainda sobre o envolvimento de policiais em crimes a Infonet publicou na última segunda-feira, 30, uma excelente matéria sobre o assunto. Leia em:

https://.infonet.com.br/cidade/ler.asp?id=102958&titulo=especial

 

Liminar obriga município a preservar patrimônio

Através de ação impetrada pelo MPE, o juiz Manoel da Costa Neto, concedeu liminar

determinando que o município de São Cristovão no prazo de 15(quinze) dias, promova a pintura das fachadas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Vitórias e do Colégio São Francisco, cuja intervenção deverá ser previamente aprovada e acompanhada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, fixando multa diária de R$ 500,00 (quinhentos reais) por dia de descumprimento, individualmente e diretamente contra o Prefeito Municipal de São Cristóvão, além do enquadramento no Crime de Desobediência.

 

PF e crime eleitoral

Um “profissional” da comunicação está com sérios problemas com a Polícia Federal. Fez um site com o domínio homônimo de um candidato majoritário, com registro fora do Brasil, no intuito de denegrir a imagem do adversário do patrão. A PF e a Justiça Eleitoral foi acionada e ele deixou um rastro de viçoso. Agora responderá uma queixa crime por falsificação e muito mais. Pode até ser preso.

 

Agente de braços cruzados

É comum o motorista passar por algum local em Aracaju, com o trânsito engarrafado e o agente de trânsito de braços cruzados. Ontem, 31, por exemplo, às 19h, um caos no retorno na Avenida Hermes Fontes próximo ao McDonald`s e um agente de trânsito assistia a tudo de braços cruzados, vendo a “banda passar”. Lamentável. Parece que estão fazendo uma operação “tartaruga”. Será necessário terceirizar para funcionar?

 

Ministro do Turismo em Sergipe

Nesta quarta-feira, 1º de setembro, o ministro do Turismo, Luiz Barretto Filho, desembarca em Sergipe para realizar uma visita às obras da ponte Gilberto Amado, entre os municípios de Estância e Indiaroba. Obra de suma importância para o desenvolvimento turístico do Estado, a ponte visa qualificar Sergipe na disputa para ser uma subsede da Copa de 2014, a ser realizadas no Brasil, recebendo investimentos de cerca de R$ 106 milhões dos governos Federal e do Estado

 

Judiciário sergipano bem na fita

O jornal Valor Econômico publicou ontem, 31, uma ampla matéria com o título “Maioria dos tribunais não cumpre meta do CNJ – Judiciário: Só 40% conseguiram julgar ações distribuídas neste ano”, mostrando que os judiciários não cumpriram a “Meta 1”, proposta pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estabelece o julgamento de todos os processos distribuídos neste ano, além de uma parcela do estoque de ações. O percentual do estoque fica a critério de cada tribunal, bastando julgar um processo para que a meta seja considerada cumprida.

 

Sergipe está entre os quatro que estão conseguindo cumprir meta do CNJ

A Justiça estadual obteve os piores resultados até agora no cumprimento da Meta 1. Dos 27 TJs, quatro estão conseguindo cumprir o estabelecido: Amazonas, Pará, Sergipe e Rio Grande do Sul. O TJ do Pará é o primeiro da lista, e cumpriu 167% da meta, o que significa que foram julgados os 98 mil processos ajuizados até julho e 67 mil do estoque. No TJ do  RS, Estado de maior litigância do país, foi ajuizado o maior número de processos no primeiro semestre, 863 mil, período em que foram julgados 930 mil, resultando no cumprimento de 107% da meta. Leia toda matéria: https://.valoronline.com.br/?impresso/categoria/196/6466217/maioria-dos-tribunais-nao-cumpre-meta-do-cnj

 

TSE decide que Lei da Ficha Limpa aplica-se a quem renunciou ao mandato

Por seis votos contra um, o Tribunal Superior Eleitoral decidiu que a Lei da Ficha Limpa (LC 135/2010) aplica-se aos candidatos que renunciaram mandato eletivo para escapar de eventual cassação em processo por quebra de decoro parlamentar. Ao analisar o caso concreto, o TSE manteve a rejeição do registro de candidatura de Joaquim Roriz. O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal negou o registro de Roriz com base na Lei da Ficha Limpa, por ter ele renunciado ao cargo de senador, em 2007, para evitar um processo de cassação.Apenas o ministro Marco Aurélio afastou a aplicação da lei, concedendo o direito a Roriz de concorrer à eleição de 2010 para o cargo de governador do DF.Com a decisão, Roriz fica inelegível durante o período do mandato que exercia (2007-2015), e mais oito anos, ou seja até 2023.

 

Carros de som: ninguém agüenta mais

Os membros da Justiça Eleitoral poderiam sugerir que nas próximas mudanças da legislação eleitoral sejam abolidos de uma vez por toda os carros de som que ficam rodando pelas ruas das cidades. Ninguém agüenta mais! Será que os candidatos não entendem que não ganham votos com toda esse barulho? Que sejam proibidos na próxima eleição. Felipe – um dos que fazem parte da uma dúzia de leitores – escreveu um texto excelente que está publicado no espaço do leitor.

 

TCU avaliou recentemente projeto do Platô de Neópolis

O blog recebeu a informação de um leitor que reside e trabalha em um importante órgão federal que recentemente o Tribunal de Contas da União – TCU, fez uma inspeção no projeto do Platô de Neópolis e detectou diversas irregularidades. Entre elas que o projeto foi idealizado de forma clandestina, pois a captação de águas não tinha registros federais (o São Francisco é rio federal).

 

Investimento de R$ 500 milhões e indenizações irrisórias

O TCU detectou também que foram investidos mais de R$ 500 milhões em valores atuais, sendo que a região se desenvolveu, ao longo dos anos, de forma inferior aos municípios vizinhos que não receberam os valores. Outro dado é que as  desapropriações, por terem sido feitas a toque de caixa, chegaram a valores que, em alguns casos, representaram 7% do valor do terreno, fazendo com que as famílias que tiraram sustento da terra perdessem praticamente tudo da noite pro dia (inclusive, teve casos de expropriados que sofreram infarto quando viram o valor depositado pelo Estado à época).

 

Dívida de 100 milhões

Na inspeção o TCU descobriu ainda que por conta desse malfadado projeto, o Estado acumulou uma dívida superior a R$ 100 milhões em precatórios judiciais que ainda restam serem pagos pelas próximas gerações. Ao final, o projeto foi um dos maiores equívocos históricos do Estado de Sergipe. Gerou um prejuízo multimilionário para as futuras gerações

 

Estelionato com dinheiro público

O concessionário tem razão (artigo publicado ontem) quando afirma que a região não consegue produzir nada. Neópolis não tem vocação para fruticultura. Existem diversos estudos nesse sentido. Insistir é dar murro em ponta de faca. E as parreiras que o governador mostrava na época (para dizer que tudo estava indo muito bem) foram filmadas em Petrolina. Dizer que o Platô dava certo é cometer um estelionato com o dinheiro público.

 

Comitê de Plinio 50 será lançado hoje em Aracaju

O Comitê Sergipe com Plínio será lançado na noite desta quarta-feira, 1 de Setembro, no auditório do Sindicato dos Bancários. O comitê é um fórum suprapartidário, que tem como objetivo a articulação da candidatura presidencial de Plínio de Arruda Sampaio, do Partido Socialismo e Liberdade- PSOL, no Estado de Sergipe. Acontecerá um debate com a participação do ex-vereador Goisinho, da professora Sonia Meire, da professora Romero Venâncio e do advogado Mauricío Gentil. O início da atividade está previsto para as 19h00min, no Auditório do Sindicato dos Bancários do Estado de Sergipe, situado na Avenida Gonçalo Rollemberg, no centro de Aracaju.

 

TSE indefere candidaturas de Eduardo Marques e Mário César

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu duas candidaturas atendendo a recursos apresentados pela Procuradoria Regional Eleitoral em Sergipe (PRE/SE). Com isso, os políticos Eduardo Marques (DEM) e Mário César (DEM) não poderão se candidatar a deputado federal e estadual, respectivamente.

 

As condenações

Eduardo Marques, ex-prefeito do município sergipano de Pinhão, foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) devido a irregularidades na aplicação de verbas destinadas ao município pelo extinto Ministério do Interior. Por conta disso, a PRE/SE havia ajuizado ação de impugnação contra Marques, mas o Tribunal Regional Eleitoral em Sergipe (TRE/SE) deferiu sua candidatura. O procurador regional eleitoral, Ruy Nestor, recorreu da decisão e o TSE acatou o recurso. Já Mário César não poderá se candidatar por não ter comprovado o pagamento de multa eleitoral no ato do registro de candidatura.

 

Caravana amarela e vermelha em Capela

A caravana amarela e vermelha invadiu a cidade de Capela na manhã da última segunda-feira, 30. Em uma caminhada organizada pelo prefeito Sukita, Valadares Filho 4040 percorreu várias ruas da cidade. Entre as lideranças que apóiam o deputado está também o vice-prefeito Milton Tourinho. “ Eu quero pedir o voto de vocês ao deputado federal que mais fez por Capela, um deputado sempre atuante e que jamais negou apoio a nossa população, vamos fazer com que Capela continue avançando” destacou.

 

Prado destaca defesa de categorias

O deputado federal e candidato à reeleição, Mendonça Prado (DEM/SE), lembrou que vem dedicando o seu mandato à defesa de categorias profissionais, aposentados, e ao fortalecimento das carreiras da segurança pública nacional.  “A dignidade profissional e a qualificação dependem de uma remuneração justa, de regras adequadas, leis eficientes e condições específicas de trabalho”, disse.

 

Correção nome de hidrelétrica

No texto ontem publicado neste espaço sobre os fundos de pensão e em especial a respeito dos investimentos da PREVI, houve, por erro de digitação, uma inversão no nome da hidrelétrica que será construída no Pará. A denominação correta é Belo Monte e não Monte Belo. A propósito, será a terceira maior do mundo. Contestada por muitos ambientalistas, finalmente será tocada a obra, para a execução da qual o Governo Federal estimulou a formação de uma nova empresa, a NEOENERGIA. A PREVI entra com 10 por cento dos investimentos.

 

Novo estádio em São Paulo

Terminou a novela sobre a construção de um novo estádio de futebol, na capital paulista. De propriedade do Esporte Clube Corinthians Paulista, um dos clubes de futebol mais populares do país, que está completando um século de existência. O governador de São Paulo, Alberto Goldman e o prefeito Gilberto Kassab garantem que não haverá investimento de recursos públicos na construção do “FIELZÃO”. O mesmo afirma o presidente LULA, convidado especial para a festa de abertura do centenário do clube de Parque São Jorge. Segundo revelou a Folha de São Paulo, foi Lula quem pediu à construtora ODEBRECHT que fizesse a obra. Agora três cidades disputam a honra de sediar o jogo de abertura da Copa 2014: Belo Horizonte, Salvador e São Paulo.

 

Previdência e Saúde

Até o começo dos anos 90, não havia, no Brasil, planos de saúde ou de previdência. A saúde do trabalhador era financiada pela Previdência Social. Atualmente, 40 milhões de brasileiros são assistidos por planos de saúde e 13 milhões é o número de participantes de planos de previdência. A Previdência deixou de financiar a saúde em 1990, quando foi criado o INSS. Os planos de saúde querem atingir, nos próximos anos, a marca de 60 milhões de pessoas. Um aumento de 50 por cento sobre o número atual.

 

Sábado, 04, tem noite dançante no Iate Clube

Neste sábado 04/09 no Iate Clube a partir das 22h: “Sábado Dancante”. A abertura ficará a cargo de Jair Almeida e grupo. Como atração principal estarão no palco dois ícones da música dos áureos tempos e dos tradicionais bailes: Medeiros & Djalma, para quem é adepto da boa música ou gostou e gosta dos grandes bailes, é realmente imperdível.Faça sua reserva através do celular: (79) 9977-3304.

 

DENUNCIE OS CRIMES ELEITORAIS

Ouvidoria do TRE/SE: (79) 2106-8777. E-mail: ouvidoria@tre-se.gov.br ou ainda por correspondência preenchendo o formulário eletrônico no site www.tre-se.gov.br.O prazo para as respostas às consultas é de 03 (três) dias. Na Procuradoria Regional Eleitoral: Enviar, por correio, a documentação endereçada à Procuradoria da República em Sergipe, situada na Avenida Beira Mar, nº 1064, Praia Treze de Julho, Aracaju/SE, CEP 49020-010: Enviar para o e-mail denuncia@prse.mpf.gov.br ou preencher  formulário site www.prse.mpf.gov.br

 

Profissionais de comunicação no twitter neste período eleitoral:

Elton Coelho (coelhoelton): “Na política é assim, adversários de ontem, amigos de hoje. Eu levantei tantas bandeiras contra a REDE CABAÚ DE NOTÍCIAS e depois votei Banban”

Márcio Rocha (marciorocha1): “Tem gente que além de carregar 20 fakes nas costas, ainda tem tempo de ser ghost writer. Eu fico besta. Choquei!”

Eugênio Nascimento (eugenio_nas):“Sou candidato a reeleição por que a ética precisa continuar imperando no governo do Estado”, disse Déda em ato agora há pouco em Aju”.

Marcos Cardoso mc_jornalista) “Só não vê quem não quer: o programa de @dilmabr esta muito a frente dos outros, que só falam do passado. O discurso eh outro. Os outros…”

Diogénes Brayner (braynerr) Acontece que resquícios da ditaduras ficaram em segmentos democráticos, que não sabe conviver nem com o isento, nem com o contraditório.

Douglas Magalhães (douglasmagalhae): “Segunda feira na lixeira do gabinete daquele homem público a faxineira encontra uma garrafa vazia de bala black e embalagem de Cialis. UIA”.

Sales neto (salesneto1): “@jairoguedes_se é o alter ego idoso do David. Tava há pouco falando de motorista. É mole? Justo vc David, falando de motorista?”

Gilberto Ribeiro (Gilbertotv): “O que a gente faz, é por debaixo dos panos, pra ninguém saber, é por debaixo dos panos….”

 

DA CAMPANHA ELEITORAL – Matérias dos majoritários enviados por suas respectivas assessorias:

Déda participa de almoço com associados da ADEMI-SE

 O governador Marcelo Déda (PT), candidato à reeleição pela coligação ‘Para Sergipe Continuar Seguindo em Frente’, participou de um almoço, promovido pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliária de Sergipe (ADEMI-SE), no início da tarde de ontem, 31. O presidente da ADEMI-SE, Júlio César de Vasconcelos Silveira, falou a respeito do setor imobiliário no Brasil e em Sergipe. “Apesar da grande crise que atravessou a economia mundial, o presidente Lula em uma atitude muito corajosa, lançou o programa ‘Minha Casa Minha Vida’, que alavancou a economia do mercado imobiliário em todo o Brasil. O presidente do SINDUSCON-SE, Tarcísio Teixeira, ressaltou o avanço do setor imobiliário em Sergipe. “Através de programas sociais o governo Lula conseguiu alavancar o setor em todo o Brasil e em Sergipe não foi diferente, tendo a parceria, que é de fundamental importância, do governo estadual”, declarou Tarcísio Teixeira.

 

Pujança da indústria da construção civil

Logo após todos almoçarem, Marcelo Déda iniciou agradecendo a oportunidade de poder falar sobre as ideias de seu plano de governo para o setor. Começou prestando contas das ações do atual governo, com foco no desenvolvimento econômico e depois apresentou as novas perspectivas para o empreendedorismo sergipano, marca do setor imobiliário do Estado.“Não canso de dizer que um dos maiores orgulhos do nosso Estado é a pujança da indústria da construção civil, nós temos um mercado imobiliário forte, as empresas que aqui atuam, são marcas consolidadas não apenas no nosso mercado, mais também estão presentes em mercado mais competitivos como os de São Paulo, Recife, Fortaleza, na Bahia e Alagoas, demonstrando toda a força do empreendedor sergipano”, afirma Déda.

 

Caminhada pelas ruas de Aracaju

O candidato à reeleição Marcelo Déda realizou no final da tarde dessa terça-feira, 31, uma caminhada no centro comercial de Aracaju. A concentração aconteceu na esquinas das Avenidas Coelho e Campos com Carlos Firpo, reunindo centenas de populares, militantes e candidatos proporcionais da coligação ‘Para Sergipe Continuar Seguindo em Frente’. Marcelo Déda foi recebido mais uma vez com festa popular nas ruas de Aracaju. Déda fez questão de, ele mesmo, distribuir seu material de campanha. Nas paradas de ônibus o candidato abraçava um por um e pedia o voto para continuar fazendo a mudança, para Sergipe continuar seguindo em frente e explicou porque ser governador por mais quatro anos. “Nosso governo mudou muitas coisas em Sergipe e uma das principais foi o restabelecimento da ética perdida. Não vamos permitir que volte um governo preocupado em estabelecer privilégios para poucos, vamos manter o governo que trabalha para todos”, disse. (Da assessoria).

 

João Alves: meu plano de governo reconstruirá SE

O candidato da coligação “Em Nome do Povo”,  João Alves Filho concedeu entrevista na manhã de segunda-feira na Rádio Cultura e anunciou que o seu programa de governo vai salvar Sergipe do abandono e do descaso com a Saúde, a Segurança Pública e a Educação. “Foram quatro anos de desgoverno, de total incompetência administrativa e de perseguição política”, disse João, revelando os dois pontos fortes do seu projeto político: erradicar as casas de taipas, levando energia elétrica e água encanada para todas as casas do Estado e implantar um programa de desenvolvimento auto-sustentável.

 

Bom ator global

João respondeu às perguntas do apresentador do programa, tirou dúvidas dos eleitores, e explicou aos ouvintes porque aceitou ser candidato ao governo do estado ao invés de disputar o Senado Federal e se eleger folgadamente. “Achei que esse governador entraria para a história como o maior administrador de Sergipe. Estava convicto de que ele iria encher o Estado de obras públicas e implantar uma forma diferente de governar. Mas foi um ledo engano. O compadre do Presidente Lula não tinha Plano de Governo. O que ele sabe fazer é falar bem e representar. Daria um bom ator global”, finalizou.

 

Tudo abandonado

“Cheguei a falar com Maria, minha mulher, que iria para o Senado, no entanto quando voltei de São Paulo, onde passei dois anos, conheci uma nova realidade do Estado de Sergipe. Tudo estava abandonado, as escolas não funcionavam, os hospitais foram derrubados ou fechados e o povo morrendo nas eternas filas de espera e sem segurança em sua própria casa. O único caminho foi aceitar o desafio e me candidatar ao Governo novamente, disse convicto.Com o apoio de apenas três prefeitos, sem dinheiro e sem caciques políticos, João afirma que está fazendo uma campanha franciscana, que conta com dois pontos fortes que seu adversário não tem: a força de Deus e o apoio popular.   (Da assessoria)

 

Comitê de Robson Viana

Na noite desta segunda-feira, 30, o senador Valadares prestigiou o evento organizado pelo vereador, candidato a deputado estadual, Robson Viana, no Iate Clube. Estiveram presentes, o governador Marcelo Déda, o futuro vice Jackson Barreto, os dois candidatos ao Senado Federal, Valadares e Eduardo Amorim, seu primeiro suplente Laurinho da Bomfim, os candidatos a deputado federal e estadual Rogério Carvalho e Robson Viana.Em seu discurso Valadares enfatizou que a Assembleia Legislativa precisa de deputados que tenham compromisso com o governador Marcelo Déda e com os movimentos sociais, para o aumento do turismo no estado e valorização da cultura sergipana, como o forró e o São João, “Robson criou o Rasgadinho que é um movimento cultural que deve ser lembrado por todos nós”, frisa.

 

Robson destaca voto para Valadares

O vereador Robson Viana agradeceu aos que estiveram presentes e fez questão de lembrar sobre a importância do voto ao Senado Federal: “A gente não pode esquecer o senador Valadares, que é companheiro, amigo, e fez muito durante esses dezesseis anos, vamos precisar de Valadares na reforma política e tributária, eu tenho certeza que com a experiência do senador Valadares a gente terá o melhor para Sergipe”. (Da assessoria).

 

Albano diz que defende SE independente de quem ganhar o governo I

Ao afirmar que o povo “nem é burro nem é besta e está cansado de tanto blá, blá, blá”, o deputado federal Albano Franco, candidato do PSDB ao Senado, voltou a assegurar que independente do candidato que ganhar as eleições para Governador do Estado, “estarei no Senado defendendo os interesses de Sergipe acima das questões político-partidárias, a exemplo do que tenho feito na Câmara dos Deputados”.

 

Albano diz que defende SE independente de quem ganhar o governo II

Foi durante entrevista ao radialista Augusto Júnior, da Rádio Jornal, oportunidade que o parlamentar apresentou relato sintético de sua atuação na Câmara e as principais propostas da sua candidatura ao Senado. Do mandato de deputado federal ele destacou a ocupação da Vice-presidência da Comissão de Desenvolvimento Econômico – 2007, da Presidência da Comissão do Turismo e do Deporto – 2008, e da Presidência da Comissão da Crise para o setor industrial – 2009. (Da assessoria).

 

DO LEITOR

Homenagem Póstuma – Marcos Pinheiro

Do leitor Thiago Bahia Messias:Ontem quando eu cheguei ao trabalho recebi um telefonema, era minha esposa para me dizer que o o Prof. Marcos Pinheiro tinha falecido, assim que desliguei, entrei em contato com o CCPA para me informar sobre o velório e o sepultamento. Quando coloquei o telefone no gancho a ficha caiu! Pinheirão, o nosso querido Pinheirão tinha desencarnado, de imediato passou um filme na minha frente, meu segundo grau, as aulas, o colégio e lá estava ele, imponente mas de andar calmo, com seu característico perfume (que ele próprio fazia), entre os alcanos, alcenos e alcinos da química orgânica que ele tanto tinha prazer em lecionar sempre havia espaço para que ele pudesse ensinar português, matemática, história etc. Pensei muito, lembrei de cada detalhe de suas aulas, dos haletos, enois, fenois, aldeídos, cetonas, nitrocompostos, cicloalcanos, enfim de cada momento, de como ele resistiu bravamente aos quadros de pincel e mantinha o velho giz como opção de uso nas salas de aula, justificando que até em Harvard se usava giz (ele usava uma foto da uma das salas da citada universidade como prova), das minhas visitas a sala dele para ler jornal e que eventualmente debatíamos sobre alguma manchete, da forma como ele se apoiava em uma das primeiras carteiras e enquanto ditava suas aulas todos copiavam em silêncio. Quando estive em seu velório o fúnebre silêncio só era quebrado por choros e soluços dos que lá estavam para prestar uma homenagem, mas apesar da tristeza que irradiava de cada lágrima dos presentes, havia um sentimento de dever cumprido. O homem que viveu para educar, formar e conduzir o jovem dos primeiro passos até o início da fase adulta se foi, deixou não só um patrimônio físico, mas principalmente uma história de amor e dedicação a arte de ensinar. Partiu cedo, apenas 69 anos, a mesma idade que meu avô, o saudoso Antonio Messias a 10 anos também partiu, avô este que por morar vizinho ao 1º CCPA na rua Estância conheceu de perto o início da trajetória de sucesso. Fica aqui uma parte da minha memória e uma homenagem ao educador que os alunos carinhosamente chamavam de Pinheirão!! Que os bons espíritos o guiem para o caminho de luz! Siga em paz!! Seu legado ficará para eternidade!!”

Eleições e Carros de Som

Do leitor Felipe Barreto de Melo: “Aproveito o momento eleitoral para indagar: o que os políticos pensam sobre os carros de som? Não sei qual o propósito dos diversos candidatos que colocam diversos carros de som nas ruas para rodarem insistentemente em determinados bairros. Mas uma coisa tenho certeza, aquele que circula no meu bairro com seu mini trio e o barulho inconveniente perde o meu voto. Explico. Os carros de som invadem a minha privacidade. Atrapalham uma manhã de trabalho ou estudo em casa. Incomodam um descanso no domingo à tarde. Perturbam uma conversa na varanda com os amigos etc.Os candidatos praticamente não apresentam nada nos carros de som. Apenas repetem de forma chata jingles ou versões plagiadas de músicas populares. Não sabem eles que, quanto maior a repetição, maior a minha rejeição. Perdoem-me a impaciência, mas quanto mais converso sobre o assunto com amigos, percebo que todos concordam com meu pensamento. Abaixo os carros de som de políticos!Os candidatos que passam repetitivamente na porta da minha casa perdem meu voto. Não importa o partido. Praticamente todos os grupos políticos praticam o incômodo. Para ilustrar, Tânia Soares, Albano Franco, Valadares Filho, Mendonça Prado, Pedrinho Valadares e Luís Mitidieri. Uma pena que nenhum deles aparece na porta dos eleitores para apresentar seu projeto de atuação. Seria mais persuasivo. Pergunta-se: será que os candidatos nunca pensaram em passar uma tarde escutando seus carros de som enquanto tentam trabalhar em casa? Ninguém nunca notou o desrespeito? Alguém observa o limite de decibéis? Como votarei em pessoas que sequer observam normas básicas de meio ambiente sonoro? E nem falem de legislação! Não é preciso de lei para se ter bom senso! Os carros de som são incompatíveis com um país que se pretende evoluído! Chega! Usem a internet para divulgar seus projetos com clareza! Vocês têm o horário político na televisão e no rádio! Existem as panfletagens, as passeatas e carreatas!Façam as suas campanhas! Mas não nos incomodem e dêem um bom exemplo de civilidade! Abaixo os carros de som! Escrito por um cidadão que, às 21:41 horas, do dia 30 de agosto de 2010, tenta estudar em casa com as janelas abertas, apesar do carro de som que circula por perto”.

 

Abuso do poder econômico nas eleições pode e deve ser evitado

Do leitor Gilton Santos Freire: “Não há como se falar em processo democrático com os gastos absurdos e com a utilização de recursos públicos desviados e aplicados em favor de candidaturas políticas partidárias principalmente de quem está no poder, mas o pior é que tudo isso ocorre para a manutenção de praticas corruptas o que mantém projetos políticos corruptos no poder.Não há qualquer necessidade de volumes astronômicos de dinheiro para campanhas políticos partidárias e eleitorais sérias, pois bastava os recursos para divulgar os partidos os nomes dos candidatos e suas propostas para os cargos que concorressem coerentes com as necessidades da sociedade e de quem necessita dos seus serviços. No entanto para que serve os altos volumes de recursos financeiros, apenas para mostrar alto volumes de campanha, e compra de votos através de recursos e pagamento a lideranças de diversos tipos e caráter para captação de sufrágio, na verdade não há hoje grandes lideranças populares em Sergipe e em boa parte do Brasil, há grandes arrecadadores de dinheiro e estrategistas para distribuição deste dinheiro para a compra de votos, basta observar que há muito tempo as lideranças municipais e regionais não tem ocupado espaços na Assembléia Legislativa, as lideranças comunitárias tem dificuldade para chegar as Câmaras de Vereadores dos seus municípios, isso simplesmente porque está institucionalizado, GANHA ELEIÇÕES QUEM GASTA MAIS, OU SEJA QUEM COMPRA MAIS VOTOS. Mas há possibilidades concretas de evitar este abuso e deve ser evitado, primeiro o povo precisa se mobilizar sempre, buscar a conscientização política partidária, buscar a organização e participação dos processos políticos eleitorais, estimular as lideranças populares a participar e em outro aspecto o PODER JUDICIARIO aplicar A LEI de forma rápida,  basta que se cumpra os prazos do processo eleitoral, para termos grande redução no ABUSOS DO PODER POLITICO EECONOMICO NAS ELEIÇÕES, além é obvio do PODER JUDICIARIO, aplicar a lei com total autonomia entre os poderes e seus representantes, utilizando as suas prerrogativas constitucionais e a FORÇA DO SEUS CONHECIMENTOS E DOS SEUS CARATER, que acreditamos ser de homens e mulheres de espírito publico,alto saber jurídico e reputação ilibada”. Gilton Santos Freire é advogado e natural de Riachão do Dantas.

 

Reclamação sobre cones em pista dos Jardins

E-mail recebido: “Aqui na avenida Oviêdo Teixeira, em frente ao edifício Luciano Barreto Junior, no Jardins, resolveram reservar uma faixa da pista. Passo diariamente nessa avenida e, há mais ou menos 1 mês, colocaram cones, correntes e pedras na faixa da direita da pista, o que interrompe o trânsito, além de por em risco os motoristas, já que as pedras, caso não se desvie, podem causar sérios acidentes. Creio que a compra do edifício não inclui a compra da rua, mas, de modo interessante, resolveram “cercar” a pista da frente.  Já fiz a reclamação 2 vezes à SMTT, porém nada foi resolvido.

Mentiras: E a  verdade no debate

DO leitor Élcio Conceição de Santana: “As ultimas pesquisas apontam uma vantagem de Déda de 16% em relação ao candidato João Alves. Nos programas de rádio e TV João tenta passar a idéia de que Sergipe não AVANÇOU e ele seria o Sassá Mutema para os Sergipanos. O programa da Coligação de Déda coloca para o público as realizações em quase 04 anos de governo. Uma verdadeira revolução nas áreas de Infra-estrutura, educação, saúde, segurança pública, turismo, geração de empregos agricultura e moradia. Espero com muita expectativa o debate que acontecerá em Sergipe. Tanto na TV Atalaia quanto na TV Sergipe. Nesses debates, poderemos ver além dos discursos. O público conhecerá o estilo e a personalidade dos candidatos, como eles se comportam perante as câmeras e como agem sobre pressão Poderemos ver a verdade dos candidatos em pequenos gestos, tiques, nas suas manias e até mesmo em vícios de linguagens. Será, o momento da verdade. Os candidatos se estudarão a todo momento e muitas estratégias serão colocadas em prática. Veremos nos candidatos a maturidade, o conhecimento, a experiência, e o equilíbrio, tão importantes para um candidato. Perplexo, com tantas mentiras que vem sendo colocadas pelo candidato do DEM, passei a procurar na psicologia respostas e razões pelas quais as pessoas mentem. A mentira nos políticos é mais uma táctica usada como um jogo defensivo dos seus interesses; A mentira também pode surgir como forma de ludibriar os outros para atingir benefícios. Há, pelo menos, quatro tipos de mentiras na política: 1- Mentira fruto da fantasia do candidato-2 Mentira para ludibriar o eleitor-3- Mentira que se torna um crime eleitoral 4- E por fim a mentira política que faz parte do marketing eleitoral de alguns candidatos. Confesso que a partir dessa leitura começo a entender a forma como o DEM vem fazendo a sua campanha eleitoral em Sergipe. O debate irá mostrar quem está com a verdade e o eleitor terá a compreensão de como e em quem votar em 03 de outubro”.

 

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

 

Frase do Dia

“O segredo da felicidade está na liberdade; o segredo da liberdade está na coragem”.  Péricles.

 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários