Por quem os sinos dobram

0

Este título de famoso filme de Hollywood cabe de forma exata sobre as acusações, denúncias, ameaças, processos, lavagem de escadaria, etc. que, como uma verdadeira avalanche são desfechadas sobre o Tribunal de Contas do Estado de Sergipe. Desde a “Operação Navalha” e aquelas gravações de conversas inconvenientes dos nobres Conselheiros entre si e com pessoas profundamente envolvidas com um esquema de distribuição de propinas (bons vinhos, doce de leite e por aí afora) e o uso da máquina pública para favorecimentos pessoais e políticos, que uma verdadeira “tsunami” vem solapando aquela Corte de Contas. As últimas informações, comentários e opiniões sobre o TCE são lamentáveis, e muitas delas emitidas, diga-se de passagem, por fontes que, mesmo sem ter ficha pregressa de boa qualidade, encontram eco, exatamente, na falta de credibilidade a que chegou aquela Casa.

 

Em defesa do seu irmão prefeito de São Cristóvão, o deputado Wanderlê Correia (PMDB), após denunciar a utilização de “nomeações dirigidas” pelo Conselheiro Carlos Pinna para favorecer lideranças políticas da “velhacap”, conseguiu aprovar por unanimidade um requerimento solicitando informações detalhadas (nome, endereço, atc) daquele Tribunal de todas as nomeações de comissionados e servidores terceirizados que, segundo denuncia, foram beneficiados pela presidência do TCE, enquanto servissem aos interesses do seu titular, sendo o caso mais flagrante o do deputado e ex-prefeito daquele município Armando Batalha e alguns dos seus mais íntimos coligados. Interessante é que o seu Requerimento até hoje está dormindo na gaveta do deputado Ulices Andrade, presidente da Assembléia, pois até a última quinta-feira (1.11) não chegara ao protocolo do TCE.

 

Mas, mesmo com a retirada estratégica do presidente Carlos Pinna – que tomou férias – e da viagem da presidenta substituta Izabel Nabuco, que deve estar retornando de uma missão oficial ao Rio de Janeiro, o deputado Wanderlê – que diz que dá uma boiada pra não sair de uma briga – já tem em mãos uma ação elaborada pela sua assessoria jurídica pedindo ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) o afastamento do Conselheiro Carlos Pinna da Presidência, igualzinho ao que aconteceu no Espírito Santo.

 

No último fim-de-semana a imprensa publicou comentários e entrevistas contundentes (Henry Clay da OAB deitou e rolou) e culminou com a declaração de que o Ministério Público iria entrar com um processo de investigação no Tribunal de Contas. Certamente, embora não tenha sido anunciado, o MPE recebeu autorização para tanto, até porque tem que se ver até onde vão as atribuições dos procuradores. E é exatamente por ter falado em Ministério Público Estadual e em limitação de competências que nos vem à memória uma pergunta que não quer calar: o MPE tem acertadamente determinado um duro combate ao nepotismo, e os prefeitos e importantes órgãos públicos têm cortado fundo na própria carne, sim, mas, e o absurdo nepotismo que campeia escancaradamente no Tribunal de Contas do Estado de Sergipe, quem é que tem poder de controle? Ninguém. Até agora.

 

O Conselho Nacional de Justiça é um órgão superior para o Poder Judiciário, o Conselho Nacional do Ministério Público avalia e segura as rédeas dos “xerifes” dos Ministérios Públicos Estaduais, mas não existe um Conselho Nacional dos Tribunais de Contas, e, então tudo ali corre suave e tranquilamente, tanto é que o Conselheiro Flávio Conceição, continua numa boa, mesmo sendo acusado de ser o principal lobista em Sergipe. E, por quê? Bem, o Conselheiro Flávio Conceição tem foro privilegiado, só o STJ pode julgá-lo, e, além do mais, ele garante que tem “cartas na manga”, o que deixa muita gente de orelhas em pé e cabelos arrepiados.

 

Mas, sabem porque os sinos dobram pelo TCE? De autoria do deputado federal Jackson Barreto (PMDB) tramita, velozmente, na Câmara Federal um projeto que cria o Conselho Nacional dos Tribunais de Contas. Normas, limitações, e, principalmente, controle sobre os Tribunais de Contas determinarão uma nova fase para essas Cortes que, ao final das contas, terão consciência de que, acima de seus Conselheiros, existem leis superiores.

 

Cacique pode ser transformado em restaurante escola
Da assessoria de comunicação da Setur: “Em resposta as suas notas ‘O que fazer com o antigo Cacique?’ I e II, como você mesmo informou ali atualmente funciona irregularmente um comércio de venda de livros usados. O Secretário de Estado do Turismo, João Augusto Gama, esteve lá recentemente e combinou com o sr. Bomfim que ele deverá sair nos próximos 30 dias, acordo firmado através da assinatura de um documento legitimado pela Procuradoria e registrado em cartório.A Secretaria de Turismo pretende fazer um contrato de cessão de uso daquele estabelecimento para a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/Sergipe) para que ali seja montada um restaurante escola para treinamento de mão-de-obra de garçons, maitres, cozinheiros, chefes de cozinha e atendentes, para serem aproveitados posteriormente pela iniciativa privada. As negociações estão em andamento e em estágio adiantado.Em relação ao painel de Jenner Augusto a Secretaria de Turismo está firmando um convênio com a Secretaria da Cultura para a preservação daquela importante obra de arte”.

 

Rogério, candidatura e pesquisa
Durante entrevista ao programa Jornal da Ilha, comandado pelo radialista Gilmar Carvalho, o secretário de Estado da Saúde Rogério Carvalho, afirmou categoricamente que não será candidato a prefeito de Aracaju nas próximas eleições. Detalhe: uma pesquisa interna, encomendada pela oposição, mostrou Rogério bem situado numa pesquisa qualitativa e quantitativa. Será o motivo de tantas denúncias?

 

Jornalistas esquecem do artigo 15, da Lei de Imprensa
Sobre o episódio envolvendo o Secretário Rogério Carvalho, talvez fosse interessante que determinados jornalistas, que todos nós sabemos quem são, dessem uma olhada no art. 16 da Lei de Imprensa, não custa nada. A propósito disso, vale lembrar que o senhor Augusto Liberato (Gugu do SBT) responde a processo criminal por conta daquela falsa notícia envolvendo o PCC.

 

Transcrição repercute na imprensa
A transcrição neste espaço ontem, 05, da “bomba” envolvendo a saúde foi amplamente divulgada pela imprensa. A entrada da Polícia Federal no caso e a análise da gravação em um instituto de renome nacional está provocando calafrios em várias pessoas. Aliás, os próximos lances prometem muito. Tem suplente já encomendando o terno na Assembléia.

 

Déda na PMA: TCU encontra irregularidades I
O Tribunal de Contas da União (TCU) julgou irregulares as contas de Marcelo Déda Chagas, ex-prefeito de Aracaju (SE), e o multou em R$ 20.000,00, por não comprovar a regularidade no contrato para obras da segunda e terceira etapas da Avenida São Paulo, firmado entre a Empresa Municipal de Obras Públicas e Urbanização de Aracaju (Emurb) e a Construtora Queiroz Galvão S/A. O tribunal fará tomada de contas especial para apurar as responsabilidades pelo sobrepreço de 48,95% encontrado na execução das obras. O relatório de auditoria visou abranger a área de convênios e contratos de repasse celebrados entre a União e a prefeitura de Aracaju, e identificou, ainda, indícios de fraude e direcionamento na locação de ônibus e nas compras e serviços dos convênios entre a prefeitura e a Federação das Mulheres de Sergipe.

 

Déda na PMA: TCU encontra irregularidades II
De acordo com o relatório, as empresas participantes das pesquisas de preços, em ambos os casos, possuem sócios da mesma família. O TCU aplicou ainda multa de R$ 5 mil a Nicelma Sampaio, presidente da Federação das Mulheres de Sergipe à época, e de R$ 3 mil a Rosária de Sousa Rabelo, secretária municipal de assistência social e cidadania. Os responsáveis têm 15 dias para comprovar o recolhimento das dívidas aos cofres do Tesouro Nacional. A cobrança judicial foi autorizada. Cabe recurso da decisão. O ministro Valmir Campelo foi o relator do processo. (Da ascom/TCU).

 

Enquanto isso TC do RJ homenageia Déda
Com a viagem a Espanha, o governador Marcelo Déda, foi representado ontem, 04, pela primeira-dama, Eliane Aquino na solenidade de entrega do Colar do Mérito Ministro Victor Nunes Leal, do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro. Entre os agraciados com a comenda estava o jornalista Sérgio Cabral, pai do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho. Em conversa com a primeira-dama Eliane Aquino e o secretário Oliveira Júnior após a cerimônia, ele recordou dos tempos da infância em Boquim, onde aprendeu a ler, e em Aracaju. Sérgio Cabral prometeu uma nova visita a Sergipe. Em telefonema ao presidente do órgão, Thiers Vianna, Déda disse que não estaria fisicamente presente, por motivo de agenda, mas que seu coração lá estaria, já que a única dona de seu coração, a primeira-dama Eliane Aquino, o representava na solenidade. O conteúdo do telefonema foi divulgado antes da entrega da comenda à primeira-dama.

 

PT pode ter candidato a prefeito em Socorro
Devido a disputa dos aliados do atual governador em Socorro, o PT daquele município pode ter candidato a prefeito. As conversas já foram iniciadas e já tem dirigente disposto a apresentar seu nome nas prévias do partido.

 

Indeferimento de chapa para eleições do Coren gera protesto I
A publicação do indeferimento de uma das chapas do Conselho Regional de Enfermagem de Sergipe (COREN –SE) causou desentendimento entre membros do Conselho e enfermeiros devido a uma suposta fraude no processo eleitoral.Segundo Irene Alves Ferreira, enfermeira coordenadora da chapa indeferida, o processo de inscrição para as chapas já foi bastante suspeitoso e beneficiário a chapa já existente. “No dia 7 de outubro deste ano, a presidente do COREN deflagrou um processo eleitoral com prazo de dez dias para inscrição das chapas para o pleito. No entanto, a documentação exigida foi absurda. Eram 12 documentos que teríamos que conseguir em dez dias, enquanto toda a chapa número um já dispunha de tais papéis desde setembro”, conta Irene.

 

Indeferimento de chapa para eleições do Coren gera protesto I
Segundo ela, após conseguirem toda a documentação exigida em tempo hábil, o conselho eleitoral divulgou na manhã de ontem, 5, o indeferimento da chapa coordenada por Irene. “Não entendemos o indeferimento porque toda a documentação foi entregue. A outra chapa, que faz parte da gestão atual, não foi indeferida. Já obtivemos informações de fraude em todo processo eleitoral e nosso advogado já está cuidando disso”, afirma ela. Na manhã de ontem, 5, a coordenação da chapa esteve na sede do COREN a fim de saber quais os motivos do indeferimento. “Chegamos antes das 09h da manhã e saímos às 11h. Ninguém nos deixou ver papel algum porque a presidente não estava”.O Portal Infonet entrou em contato com Marli Francisca Santos, atual presidente do Conselho, mas ela não estava presente. A secretária Denise Santana informou que hoje,6, a partir das 9h, disponibilizará toda a documentação referente ao processo do indeferimento. (Da Infonet). Infelizmente, somente a PF pode dar um jeito nesta polêmica do COREN. Uma categoria importante como essa não merece os dirigentes que estão à frente da entidade ultimamente.

 

Mais denúncias de veículos da PM
De um leitor: “Estou indo trabalhar por volta das 8hs do dia 05/11/2007 na Avenida Pedro Valadares um veiculo GOL da Policia Militar, Companhia de Turismo do Estado de Sergipe com identificação 179, estava se dirigindo em sentido centro com dois militares na parte da frente e duas mulheres no banco traseiro do veiculo quando sem sirene e sem sinalização avançaram o sinal vermelho no cruzamento com a Avenida Silvio Teixeira. É para isso que serve os veículos locados e adquiridos com pagamento de impostos. Antes não se tomava providencia porque os carros não tinham identificação, e agora que tem o que será feito pelo comando da policia? Será que esse militar não tem o conhecimento que carro de policia é para fazer a segurança da população e não para transporte de familiares e pessoas amigas do comando. O que esta acontecendo com o comandante da policia, ele esta com vendas no rosto. Toda semana a policia é criticada e sempre porque alguns policiais que acham que a viatura de ronda é carro de passeio, transporte de filho ao colégio e de esposas ao trabalho”.

 

Palestra com roteirista do filme “Tropa de Elite”
No dia 30 de novembro, às 19 horas, no auditório do Colégio Graccho Cardoso, o capitão Rodrigo Pimentel, autor do livro “Elite da Tropa” e roteirista do filme “Tropa de Elite”, estará juntamente com o jornalista e ativista social André Fernandes (o missionário Kevin do livro “Abusado” de Caco Barcelos), concedendo a palestra: Segurança Pública: Olhares contrastantes, objetivos semelhantes. O objetivo do evento é integrar a sociedade com os problemas, para que desta forma, soluções possam ser encontradas, criando a conscientização de todos para uma segurança pública melhor. Os ingressos, no valor de R$ 20, estarão à venda, a partir da próxima semana, no Posto São José (Rua: Construtor João Alves com Avenida Gonçalo Rolemberg), Cyber Café Center Net (Calçadão da João Pessoa, próximo ao Bingo Palace), Baviera (Unit – Campus II – Farolândia) e na Livaria Escariz do Shopping Jardins. O evento conta com o apoio da Polícia Militar e do Sindicato da Polícia Federal do Estado de Sergipe. Mais informações: 9142-4545.

 

Procura-se poodle
O jornalista Luduvice José e toda família estão à procura da cadela July que desapareceu na noite de 30 de outubro da rua Adroaldo Campos, no conjunto Inácio Barbosa. É uma cadela poodle, branca, pequena, que atende pelo nome de July. Pede-se a quem a encontrou que a devolva, pois a cadela necessita tomar medicação diária, além de já contar com nove anos, o que pode causar-lhe a morte por saudade dos donos. Quem encontrou a July pode entregá-la à rua Adroaldo Campos, 55, que será bem gratificado. Contatos pelos telefones: 3249-1839 / 9972-62-90. Os donos de July apelam para a consciência cristã de quem a encontrou, pois a cadela, pode morrer pela falta de medicamento e por saudades.

 

Frase do dia

“Não tenha medo da perfeição, você nunca vai atingi-la”. Salvador Dali.


Por problemas técnicos ocorridos, que impossibilitou a leitura da coluna por vários leitores abaixo toda coluna de ontem, 05:

 

Quem dá esmola, não dá futuro
Existem duas faces na mendicância. Aqueles que migram do interior e de outros Estados para a capital sergipana e aqueles se aproveitam da boa vontade de algumas pessoas e se aproveitam para pedir esmolas. O problema não é novo, e não acabará tão cedo. Porém cada um pode fazer a sua parte. Começa agora o período do ano que muitas pessoas ficam mais “sensíveis” devido a aproximação do Natal, com isso aumenta o número de mendigos nas esquinas e ruas.

 

Há algumas semanas a Prefeitura de Aracaju, com o apoio do Ministério Público Estadual retomou a campanha “Não dê Esmola: Dê Cidadania”, justamente porque este período há o maior fluxo de crianças e adolescentes que vêm da região metropolitana para pedir esmolas. Em todo país a preocupação aumenta para reduzir o número de pessoas que ficam nas esquinas e ruas pedindo esmolas. É bem melhor, quem desejar ajudar, contribuir mensalmente com uma instituição séria do que dar esmolas e contribuir para viciar principalmente jovens e crianças.

 

Em alguns municípios, em todo o país, estão sendo realizadas ações conjuntas dos Ministérios Públicos, Prefeituras e policiais para coibir a mendicância. Um exemplo: em Uberlândia (MG) a polícia fez um levantamento e uma investigação dos mendigos da cidade e descobriu algo estarrecedor: vários mendigos com casa, geladeira, aparelho de som, TV e dvd. Ainda em Uberlândia, o MP descobriu que tem outro que finge ser portador do mal de Parkinson. Pede esmolas durante o dia, mas à noite joga carteado. Tem mendigo que tirava R$ 100 por dia, o que dá R$ 3 mil por mês. Outro caso, um homem recebia R$ 1.800 por mês, só pedindo dinheiro na rua. Estes exemplos se multiplicam por todo país e Sergipe não é diferente. Ou seja, todos estão se aproveitando da boa vontade das pessoas que dão esmolas e acham que com isso estão ajudando a amenizar o sofrimento de alguém. Pelo contrário, está apenas prolongando o sofrimento destas pessoas. Em Uberlândia, todos os mendigos são cadastrados. Quando são crianças, os casos são mais graves e elas são levadas aos conselhos tutelares, se têm família, no caso de reincidências os

pais perdem a guarda.

 

Por isso, este espaço dará a sua contribuição a partir de hoje, com a entrega gratuita de do adesivo ao lado com a frase que já foi usada em várias cidades é tem um sentido bem forte: “Quem dá esmola, não dá futuro”. Quem desejar receber o adesivo em casa, pelo correio, é só enviar o endereço para o e-mail: claudionunes@infonet.com.br

 

A “bomba” do jornal da família do ex-governador João Alves I
Na última semana o rebuliço foi uma suposta “bomba” publicada no jornal da família do ex-governador João Alves com a suspeita de envolvimento de pessoas do governo em propinas. No final de semana circulou em vários locais cópias da gravação onde é cobrada a suposta propina. O cd, com a gravação foi encaminhado ao secretário da SSP, Kércio Pinto, que com alguns técnicos descobriu que é uma montagem e que trata-se de uma farsa. A gravação será encaminhada para um laudo final num famoso instituto de criminalista. Aliás, não foi grampo feito com a autorização das policias federal ou civil, e, suspeita-se que seja algo feito ao vivo mesmo.

 

A “bomba” do jornal da família do ex-governador João Alves II
A gravação é muito barulhenta. Leia o que tem na “bomba” que o jornal da família do ex-governador preferiu não publicar. Qual o motivo? Deixa prá lá. O diálogo: (telefone tocando). Puta merda, é o cara – (Barulho de patos ao fundo). Barulho de celular sendo atendido – 1ª Pessoa – Alô. 2ª Pessoa – Dr “JM”, rapaz vai ter….envolvendo a saúde. Rapaz, cheguei a falar com Lidiane, Lindemberg, o chefe e ninguém me atendeu rapaz. 1ª Pessoa – Diga, Ribeiro, fique à vontade. – 2ª Pessoa – …é o seguinte, diga ao pessoal que se eu sair este mês vai estourar tudo, mas vai estourar, tudo mesmo, viu? Até Eduardo, rapaz, quer dinheiro. Uma compra gerou ( ou gera) 30% e você sabe que isso não existe. 1ª Pessoa – Eu não decido nada, você sabe que eu não decido nada. Peça calma ao pessoal da flex, da Sanfarma, da Crisfarma… 2ª Pessoa – Mourão, é o seguinte: Dê o recado a (nome inaudível, com mir no final), que está cheirando a treta. 1ª Pessoa – Ok. Tenha paciência, viu?

 

É preciso apuração rigorosa da gravação
Somente uma investigação rigorosa vai apurar tudo. Citam nomes da Secretaria da Saúde, como Lidiane e Lindemberg que são do gabinete de Rogério Carvalho. Detalhe: ninguém chama a secretaria de Lidiane e sim de Lila. O certo é passar a investigação para a Polícia Federal para que tenha isenção total. Agora é preciso a punição dos culpados. Se for mesmo uma montagem será comprovado que era para ser usado como chantagem ou barganha. A quem interessa? E quem está por trás de tudo isso? É fácil descobrir.

 

Quando os escrivães tomarão posse?
Leitores pedem informações sobre a posse dos escrivães que foram convocados do último concurso. Já tem mais de uma semana que todos os candidatos entregaram a documentação exigida e até agora não foram convocados para tomar posse e serem lotados nas delegacias.Outra coisa, não é justo que escrivães que estão entrando agora, que são titulares de seus cargos, sejam lotados no interior, enquanto ad-hoc’s ficarão com as benesses de continuarem a exercer desvio de função na capital. Só para lembrar: existe uma discriminação tão grande com os escrivães, que os delegados quando convocados, já foram nomeados e ao mesmo tempo apresentaram a documentação, mas os escrivães, foram primeiro convocados para a entrega de documentação e depois é que serão convocados para tomar posse.

 

SSP: veículos sem controle
Basta circular um pouco pela cidade que é fácil encontrar veículos da SSP sendo usados indevidamente por policiais. Até as motos são usadas sem controle e a maioria não tem mais a numeração devida. Aliás, a coluna está esperando até agora a identificação individual dos veículos da SSP, principalmente da Polícia Militar.

 

PSC e PR: deputados unidos com o governo
Quatro deputados não vão mais falar sobre a polêmica levantada sobre o PSC e o PT, mas já decidiram: não deixam o governo estadual seja qual for a decisão das lideranças maiores. Até porque, um que está na oposição, André Moura, já deu entrevista afirmando que não quer ir para a bancada governista. Por falar em deputado tem um que está de volta a Assembléia Legislativa no próximo ano, depois de ter organizado a pasta que comanda atualmente.

 

BR bate recorde de venda
Deu na coluna do sergipano Ancelmo Góis, no Globo: “A BR Distribuidora bateu o seu recorde histórico de vendas em um mês. Em outubro foram 3 bilhões, 206 milhões de litros de combustível vendidos no Brasil”.Por coincidência foi logo depois a chegada de José Eduardo Dutra que recebeu criticas pesadas da imprensa do sul do país.

 

R$ 500 mil mensais para apenas uma rede
No final do ano a coluna vai publicar o comparativo que era gasto em publicidade no governo anterior com o atual. Por exemplo, tem uma rede que recebia mensalmente R$ 500,00 (isto mesmo, quinhentos mil reais) e hoje está dentro da realidade com o fim das cotas. Por conta disso as pressões e os recados são muitos…

 

Prefeitura tem que encontrar alternativa para comércio
Há mais de um mês a PMA, através da SMTT, proibiu, em um lado, o estacionamento ao longo da rua Guilhermino Resende – ao lado do Hospital São Lucas. Se por um lado o trânsito fluiu mais por outro prejudicou os comerciantes que são muitos naquela área. Logo cedo, pela manhã, ficam dois agentes de trânsito multando a tudo e a todos. Até os veículos que entregam mercadorias são multados pelos agentes. É preciso uma alternativa porque a corda está quebrando do lado mais fraco.

 

O que fazer com o antigo Cacique? I
O governo do Estado, através da Secretaria de Turismo tem que abrir um debate para chegar a melhor opção para o antigo Cacique Chá, localizado na praça Olimpio Campos. Hoje o local está sendo usado pelo repórter-fotográfico Bomfim, como um sebo, onde vende livros, alguns até raros. A coluna foi informada que o secretário de Turismo, João Gama, já deu um prazo para que o local seja desocupado. A pergunta é: o que fazer com o local? Só para lembrar: durante décadas o Cacique Chá reuniu, primeiro a sociedade, até dançante (décadas de 50 e início de 60) e depois intelectuais,jornalistas, artistas, políticos, todas os dias,pela tarde e pela noite, fechando à meia-noite em ponto e não abrindo às segundas.

 

O que fazer com o antigo Cacique? II
Foi um ponto turístico famoso até para os de fora do Estado. Em uma das últimas visitas feita a Aracaju, o jornalista Armando Rollemberg, telefonou para um amigo, reclamando: mas como deixaram fechar o Cacique, onde eu tomava minha cervejinha quando aparecia por aqui? Deixaram acabar o Cacique, propriedade do Estado. A pergunta de novo, agora ao secretário Gama: Qual o projeto para o Cacique, lembrando que ali, dentro e fora, existem pinturas na parede do mais que famoso artista plástico Jenner Augusto? É bom que se abra a discussão sobre isso, desfazendo-se de início a proposta de demolir o imóvel. Em locais que respeitam a cultura, aquilo ali é patrimônio público.

 

Deso vem conversando com grandes devedores
As reuniões que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) vem realizando desde o início do ano com grandes devedores e órgãos municipais já proporcionou nos últimos meses um incremento de 8% na arrecadação da companhia.No início do ano, foi elaborado e implementado o Programa de Gerenciamento de Contas Especiais especificamente para acompanhar essa questão e vem oficiando empresas e órgãos públicos sobre a necessidade da realização de reuniões com diretores da área financeira. O objetivo é recuperar recursos financeiros para que possam ser investidos na infra-estrutura operacional da Deso em todo o Estado, assim como trazer à regularidade o cliente.O programa consiste no controle e acompanhamento das ações de atendimento, faturamento e cobrança dos grandes consumidores na busca da regularização de débitos daquelas empresas que tenham, no mínimo faturas em atraso cujos valores superem R$ 10 mil. (Da ascom/Deso).

 

Funcaju: Faltam recursos para realização do salão dos novos?
A coluna recebeu a informação que a Prefeitura de Aracaju, através da Funcaju, não realizará o tradicional salão dos novos – na Galéria de Artees Álvaro Santos – porque falta de verba. Espera-se que seja apenas boato. Não é possível, principalmente porque o prefeito Edvaldo Nogueira a todo o momento diz que é preciso valorizar a arte sergipana. Sem falar que a PMA vem patrocinando diversos eventos na cidade e até festas eletrônicas.


Jornalistas e radialistas junto na convenção coletiva 2008
Foi entregue ao sindicato patronal, na última quarta-feira, 31 de outubro, a pauta de reivindicações para a Convenção Coletiva dos Jornalistas de Sergipe para o ano de 2008. A pauta de reivindicações da categoria foi entregue juntamente com a pauta dos radialistas, já que este ano, num acordo muito positivo firmado entre os dois sindicatos, as duas categorias negociarão conjuntamente, com quatro pontos de pauta em comum: reajuste salarial linear de 12,5%, auxílio-refeição, assistência médica e odontológica, e sobre estágio. Uma comissão de negociação foi instituída entre os sindicatos, sendo composta pelos jornalistas George Washington e Cristian Góes, e pelos radialistas Francisco Ferreira e Valquíria Miron. “Estamos vivendo um momento bastante singular e positivo, com radialistas e jornalistas, enfim, voltando a se unir. Os dois sindicatos só se fortalecem entrando juntos para negociar com os patrões. “Esperamos que nas negociações possamos avançar em alguns pontos, já que nos anos anteriores o patronato só aceitou discutir o reajuste salarial. Continuamos com um piso ridículo, um dos mais baixos do Brasil, e precisamos de algo mais para as categorias”, afirmou o presidente do Sindijor-SE, George Washington.

 

Frase do dia
“Viver é uma coisa rara. Algumas pessoas somente existem”. Oscar Wilde.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários