Pra onde vai a grana?

0

A Mesa Diretora da Assembleia decidiu pelo fim das indecentes verbas de subvenções, que são recursos usados pelos deputados para beneficiar suspeitas entidades filantrópicas. Diante desta decisão, é preciso indagar qual será o destino dos R$ 36 milhões anuais gastos com filantropia pelos parlamentares? O lógico é que este dinheiro retorne ao governo estadual visando custear as emendas ao Orçamento a serem criadas pelo Legislativo para substituir as subvenções. Caso isso não ocorra, estará se trocando seis por meia dúzia. Pior, os deputados apresentarão emendas ao Orçamento no valor de R$ 36 milhões e ainda ficarão com o mesmo volume de recursos para gastar como bem entenderem. Portanto, cabe à sociedade acompanhar este processo para impedir que, em vez de acabar com uma indecência, o Legislativo institua um novo sumidouro de dinheiro público.

Padre safado

A Justiça acaba de condenar o padre Márcio Gonzaga por estupro de vulnerável. O condenado era vigário da paróquia de Nossa Senhora da Glória, tendo sido denunciado pelo crime em 2013. A condenação do reverendo safado ficou a cargo do juiz de Direito Fernando Luis Lopes Dantas. Bem feito!

Conta errada

Grato aos internautas por terem advertido que um terço de 3,3 mil é 1,1 mil e não 990, como pensava, burramente, a coluna. Portanto, a conta do secretário de Planejamento e Gestão, João Gama (PMDB), está corretíssima. Errado mesmo é o governo, que prometeu acabar com a farra dos cargos em comissão, mas segue nomeando centenas e centenas de apadrinhados.

Caravanas

A Caravana do Esporte e a Caravana da Música instalaram, desde ontem, suas arenas esportivas e artísticas em Porto da Folha, onde vão permanecer até a próxima quinta-feira. As duas Caravanas são promovidas pelo Instituto Esporte & Educação e tem o apoio pela Estácio, uma das maiores instituições de Ensino Superior do Brasil. Mais de três mil estudantes de 6 a 14 anos participam de atividades esportivas e artísticas ministradas por especialistas do projeto.

Analfabetos

Ano após ano, cresce o número de analfabetos em Sergipe. O deputado governista Zezinho Guimarães (PMDB) revela que em 2011, os jovens com 15 anos que não sabia ler e escrever correspondia a 16% da população sergipana. Em 2013, este percentual subiu para 17%, e estudos mostram que continua crescendo. Bastam estes dados, fornecidos pelo próprio governo, para atestar que a educação pública em Sergipe está falida. Uma lástima!

Fisco invocado

E os auditores estaduais de tributos decidiram manter a mobilização e protestos com a redução do expediente de trabalho. A categoria também resolveu promover um ato público amanhã em frente à Secretaria da Fazenda. Os fiscais exigem do governo que resolva pendências sobre a periculosidade/GAT; subsídio; reposição inflacionária; reforma do plano de cargo e salários, e as condições de trabalho.

Há vagas

O sistema prisional de Sergipe ampliará a oferta de vagas. Serão 610 novos espaços ofertados nas cadeias de Areia Branca, Glória e Estância, que têm diferenciados tipos de regime. No primeiro semestre deste ano, a Secretaria da Justiça disporá de 500 tornozeleiras eletrônicas, que vão permitir o surgimento das novas vagas.

Dou-lhe uma…

O Detran realiza no próximo sábado mais um leilão de veículos apreendidos. Será a partir das 9h no Espaço Emes, em Aracaju. Ao todo vão ser leiloados 205 veículos, sendo 16 aptos para circulação (três carros e 13 motocicletas) e 189 vendidos como sucata. Os lotes disponíveis no leilão podem ser vistos no galpão do Detran, situado na avenida Jacy Carvalho Gomes, S/N, bairro Santa Maria, próximo ao Gbarbosa.

É grave a crise!

A indústria da construção teve, em fevereiro, o menor nível de atividade nos últimos cinco anos. O indicador do número de empregados encerrou o mês passado em 36,4 pontos, com recuo de 10,1 pontos em relação a fevereiro de 2014, no índice mais baixo desde janeiro de 2011. Segundo a Confederação Nacional da Indústria, o desaquecimento está cada vez mais intenso e disseminado em todos os setores da indústria da construção. Credo em cruz!

Lei desrespeitada

As empresas concessionárias de água, energia, telefone e operadoras de cartão de crédito estão desrespeitando a Lei estadual Nº 12.007. Este dispositivo legal às obriga a fornecer aos usuários declaração de quitação anual de débitos. Autor da Lei, que visa impedir a cobrança da fatura em duplicidade, deputado estadual Garibaldi Mendonça (PMDB) solicitou que o Ministério Público denuncie as empresas judicialmente.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Gazeta Socialista, em 5 de setembro de 1952

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários