Prefeitos marajás

0

Os prefeitos que reclamam da grave crise financeira instalada nos municípios são os mesmos que, caladinhos, embolsam salários de marajás. Reportagem do Jornal da Cidade mostra que o de Itabaiana, Valmir de Francisquinho (PSC), abocanha mensalmente R$ 26,6mil, sendo o gestor municipal mais bem pago de Sergipe. Pior é que ele acha normal ganhar tanto: “Tenho minha consciência tranqüila que faço jus ao salário que recebo”, afirma Valmir em nota, na qual culpa o antecessor Luciano Bispo (PMDB) por ter instituído o vencimento de marajá. Antes de falarem em cortes de despesas, incluindo a redução das próprias vantagens, os gestores municipais preferem fazer pirotecnia. Agora mesmo estão prometendo fechar as portas das Prefeituras por três dias para protestar contra o governo federal que, segundo eles, é o único responsável pela crise financeira instalada no Brasil. Aqui pra nós, macaco não olha pro o rabo!

Lava a jato

Entre as pessoas que o delegado da Polícia Federal, Josélio Azevedo de Sousa, quer ouvir sobre a Operação Lava a Jato está o diretor da Petrobras, Zé Eduardo Dutra (PT). No início das investigações, a imprensa do Sudeste chegou a divulgar que Dutra havia sido citado pelo Alberto Youssef como um dos beneficiados com as propinas. Em seguida, os mesmos jornais se desculparam com o diretor da Petrobras, alegando que, na verdade, o doleiro afirmou jamais ter tido qualquer contato com Zé Eduardo.

Denúncia grave

O site do radialista e ex-deputado estadual Gilmar Carvalho adverte sobre o edital da concorrência visando selecionar empresas para coletar lixo em Aracaju. Segundo a denúncia, “a corrupção nasce em forma de consórcio para ganhar lotes da coleta na licitação aberta pela Prefeitura”. O site do radialista informa que uma autoridade está montando um “laranjal” para vencer a licitação. Será?

Seca assusta

Os municípios do semiárido sergipano já começam a sentir os primeiros sinais da estiagem. Prefeitos da região estão fazendo um levantamento da situação visando a decretação de estado de emergência. Segundo eles, a lavoura está praticamente perdida e as aguadas começam a secar rapidamente. Pior é que está ladainha se repete ano após ano, sem que sejam adotadas medidas definitivas para garantir a convivência do homem com a seca. Uma lástima!

Banco dos réus

Já estão com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, as ações penais movidas contra o deputado federal André Moura (PSC). Os processos envolvem uma série de pagamentos irregulares, sendo o parlamentar acusado de custear despesas pessoais, como celular e compras em supermercados, com recursos da Prefeitura de Pirambu. A informação é do Jornal da Cidade.

Super safra

Uma ótima notícia para os torradores de castanha do povoado Carrilho, em Itabaiana. Produtores de caju do Ceará e do Piauí estão animados com a perspectiva de bons resultados da safra de caju em 2015.  Levantamento pelo IBGE prevê que, este ano, a castanha deverá somar 229 mil toneladas, representando um aumento de 113% em relação a 2014. Esta boa safra deve contribuir para reduzir o preço da excelente castanha torrada em Itabaiana.

Literatura na praça

Um ônibus transformado em biblioteca chega em Aracaju. Em comemoração aos seus 45 anos, a Estácio traz à capital de Sergipe o projeto Livros nas Praças, que promove o acesso à cultura e à informação para a população de Aracaju pelas próximas duas semanas. A partir desta segunda-feira até o dia 25 de setembro, a biblioteca sobre rodas vai estar na Praça Eronildes de Carvalho, no bairro Salgado Filho, com empréstimo gratuito de livros das 10h às 16h, de segunda a sexta-feira.

Sem tesão

Comenta-se à boca miúda que o prolongado repouso para se recuperar da cirurgia no tendão do pé esquerdo é apenas uma desculpa para justificar a prolongada licença do governador Jackson Barreto (PMDB). Hoje completa um mês que ele está afastado do cargo, e não há previsão para reassumir o governo. Não falta quem afirme que, diante das dificuldades financeiras vividas pelo Estado, JB teria perdido a tesão para governar.

Sem festa

O novo prefeito de Nossa Senhora das Dores, João Marcelo (PSDB), cancelou a programação social da festa em homenagem à padroeira do município. Alegou falta de recursos para pagar as atrações artísticas contratadas pelo prefeito cassado Fernando Lima (PDT). Segundo João Marcelo, somente a dupla César Menotti e Fabiano tinha sido contratada por R$ 220 mil. Um absurdo para uma Prefeitura que gasta 62% da receita somente com a folha de pessoal.

Fez bonito

E o Confiança fez bonito ao empatar ontem, com o Fortaleza, em jogo válido pela Série C do Campeonato Brasileiro. O gol do time sergipano foi feito por Robinho aos 44 minutos do 2º tempo. Com este resultado, o Dragão do bairro Industrial conquistou a 5ª posição no certame, estando a quatro pontos do América (RN), o último do G4.

Recorte de jornal

Publicado na Folha da Manhã em 21 de abril de 1938

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais