Prefeitos não querem recursos

0

Prefeitos não querem recursos

 

Acaba amanhã (04) o prazo para a assinatura de convênios com os governos federal, estaduais e municipais. A partir de sábado (05) nada poderá ser mais assinado em respeito à legislação eleitoral. Uma fonte revelou à coluna que esta semana alguns prefeitos sergipanos fizeram beicinho para firmar convênios que garantem o repasse de recursos do governo estadual para o pagamento de transporte escolar. Um deles chegou a sugerir que a Secretaria estadual da Educação enviasse um carro para transportá-lo à capital. Ainda conforme a fonte, até a tarde de ontem (02) o dito cujo não havia comparecido, mesmo sabendo que se não o fizer o município dele vai deixar de receber cerca de R$ 200 mil. Outro prefeito alegou estar doente para não ir à Secretaria assinar o convênio e um terceiro simplesmente informou que não tem interesse no convênio. Um absurdo!

 

Álcool e energia

Em setembro próximo será inaugurada a Agro Industrial Campo Lindo. Localizada em Capela, a usina começará produzindo 350 mil litros de álcool por dia e 30 megawolts/hora de energia. A usina vai consumir oito megawolts e o restante será vendido ao mercado. O diretor da empresa, Carlos Vasconcelos, garante que já em 2009 a produção de álcool será duplicada. “Vamos começar gerando 1.350 empregos diretos”, informa o empresário, que não esconde a satisfação com o investimento.

Farmácias doentes

Não é boa a situação dos pequenos empresários do setor farmacêutico de Sergipe. A chegada das grandes redes no Estado, tipo Pag Menos, provocou o desaparecimento de quase 100 pequenas drogarias nos últimos dois anos. Segundo o vice-presidente do Sindicato das Farmácias, Raimundo Oliveira, só existe uma saída para a crise não se agravar ainda mais: formar uma cooperativa das pequenas empresas para comprar estoques maiores. “Quem compra mais pode negociar melhor”, explica Oliveira.

 

Investindo na Aperipê

 

Computadores a câmeras de vídeos, CD player, mesa de áudio, microfones e processadores de áudio. Estes e outros equipamentos foram Vários foram entregues ontem (02) pelo governador de Sergipe, Marcelo Déda (PT), à Fundação Aperipê. A partir de um investimento de R$ 750 mil, tanto as emissoras de rádio Aperipê AM e FM e a Aperipê TV quanto setor administrativo da fundação, passaram por uma reestruturação. Segundo o governador, além dos equipamentos, a estrutura física das emissoras e a programação estão sendo mudadas.

 

Torneiras fechadas

 

Quem reside em Aracaju, Barra dos Coqueiros e Socorro poderá ficar sem água tratada durante todo o dia de hoje (03). É que a Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso) está realizando um serviço de manutenção corretiva na adutora do São Francisco, que abastece a Grande Aracaju. O fornecimento de água só deverá ser restabelecido na madrugada de amanhã (04). Portanto, economize para não ficar com sede.

 

Prazos eleitorais

 

Termina às 19 horas de amanhã (05) o prazo para que partidos políticos e coligações apresentem, nos cartórios eleitorais, o pedido de registro de seus candidatos aos cargos de prefeito, vice-prefeito e vereador nas eleições de 5 de outubro. Já os candidatos escolhidos em convenção, mas que não tiverem o requerimento protocolado por seus partidos ou coligações, têm até a segunda-feira (07) para solicitarem seus próprios registros. A partir do próximo domingo (06), partidos políticos, coligações e candidatos podem realizar seus comícios – entre 8 da manhã e meia noite – bem como utilizar “carros de som” para divulgação da campanha. A participação de candidatos a prefeitos e vice em inaugurações de obras públicas estará proibida a partir deste sábado (05). 

Propaganda eleitoral

Os juízes eleitorais começam a se reunir na próxima terça-feira, com os partidos políticos e representantes das emissoras de TV e rádio, com o objetivo de elaborar o plano de mídia que será seguido no horário eleitoral gratuito. Os programas começam a ser veiculados no dia 19 de agosto.

 

Professores aliviados

 

Por 11 votos a favor e apenas um contra, o pleno do Tribunal de Justiça de Sergipe decidiu pela constitucionalidade da progressão vertical dos professores das redes municipais e estaduais. A votação foi acompanhada de perto por milhares de docentes da capital e interior e o resultado final foi muito comemorado. Caso a matéria tivesse sido considerada inconstitucional, milhares de professores sergipanos sofreriam grandes perdas em seus salários.

 

Contra lei seca

A lei seca, que entrou em vigor o mês passado, derrubou as vendas dos bares e restaurantes em 25%. A informação é de Álvaro Egerland, presidente da sucursal sergipana da Abragel, entidade que reúne os empresários do setor. Naturalmente que a entidade não vai ficar de braços cruzados. Além de prometer recorrer contra a inconstitucionalidade da lei, a Abragel deve fazer uma campanha para mostrar que os bares e restaurantes não podem ser discriminados. Essa briga vai render alguns goles.

Fortuna à vista

A Mega-Sena vai ter um sorteio especial de fim de ano. Com isso, os apostadores terão a chance de ganhar uma bolada especial. A partir de 3 de agosto, quando começam as vendas do concurso 993 da Mega-Sena, 5 % do valor destinado a prêmios, em cada sorteio, ficarão reservados para o último concurso de final 0 ou 5 do ano. A previsão é que o total acumulado garantido para o sorteio do fim de 2008 gire em torno de R$ 20 milhões. Caso o prêmio do concurso anterior acumule, o valor será ainda mais expressivo. Que Deus nos ajude!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários